Archive for the ‘Bragantino’ Category

Brasileirão 1996 – Grêmio 6×1 Bragantino

November 15, 2021
https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/c269b-z25c325a92bimg_48902b-2bc25c325b3pia.jpg

Foto: Paulo Franken (Zero Hora)

Coincidência ou não, nas últimas duas vitórias do Grêmio eu publiquei materiais sobre jogos do Brasileirão de 1996 contras os mesmos adversários. Por via das dúvidas acho que vale publicar esse material da goleada de 6×1 sobre o Bragantino (“No creo en brujas, pero que las hay, las hay”)

Aquele foi o segundo jogo da campanha do título. É interessante notar que os jornais projetavam uma afirmação de Zé Afonso como companheiro de ataque de Paulo Nunes, o que acabou não acontecendo. Zé Alcino assumiu a titularidade na partida contra o Flamengo (13º compromisso do tricolor naquele campeonato).

https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/15158-19962bbragantino2bvaldir2bfriolin2bzh.jpg

Foto: Valdir Friolin (Zero Hora)

“GRÊMIO MOSTRA ATAQUE ARRASADOR

O bicampeão gaúcho fez 6 a 1 no Bragantino, com destaque para a dupla Paulo Nunes e Afonso

Aos 10 minutos do primeiro tempo da goleada de 6 a 1 do Grêmio sobre o Bragantino, ontem à noite, no Estádio Olímpico, o atacante Paulo Nunes tentou driblar um adversário, escorregou e ficou estirado no gramado. Atento, o roupeiro Hélio correu ao vestiário e providenciou um outro par de chuteiras para o jogador não sucumbir mais ao gramado molhado pela chuva do meio da tarde.

Em condições de ficar em pé, Paulo Nunes necessitou de apenas 10 minutos para desmanchar a retranca armada pelo técnico Jair Picerni, o mesmo da medalha de prata na Olimpíada de Los Angeles. Endiabrado, o atacante gremista entrou a dribles na área paulista e foi derrubado pelo volante Marcos. Pênalti, que o volante Dinho converteu com tranquilidade. A noite era de Paulo Nunes. Aos 35 minutos, Ailton fez grande jogada e chutou no poste. Enquanto o meia se lamentava na linha de fundo, Paulo Nunes recuperou a bola, driblou o lateral Da Guia e cruzou para Afonso, ao melhor estilo Jardel, marcar de cabeça o segundo gol do Grêmio.

Inoperante, o Bragantino continuou congestionando o seu campo de defesa. Aos cinco minutos do segundo tempo, Paulo Nunes lançou Afonso, que chutou forte e marcou o terceiro do Grêmio, aparecendo como um dos goleadores do Brasileiro, ao lado de Luisão e Renaldo, com três gols. Descontrolado, o Bragantino partiu para o ataque. O habilidoso Edilson dominou a bola na área e foi derrubado por André Silva. Esquerdinha cobrou na trave. Depois desse erro, as coisas ficaram ainda mais fáceis para o Grêmio. Aos 22 minutos, Paulo Nunes, novamente, fez a jogada e cruzou para Ailton marcar o quarto gol. Ovacionado, o centroavante Afonso foi substituído pelo meia Emerson, que deu sequência à série de gols. A. 31 ele marcou o quinto e, aos 40, de pênalti o sexto. O Bragantino ainda descontou com Gilson Batata batendo falta aos 46 minutos.

 O Grêmio possui o melhor ataque da competição, com nove gols (no domingo fez 3 a 1 no Criciúma) e um aproveitamento de 100% com duas vitórias.” (Zero Hora, quinta-feira, 22 de agosto de 1996)

LUIZ FELIPE CONFIRMA AFONSO COMO TITULAR

A boa atuação e os dois gols na partida de ontem proporcionaram ao centroavante Afonso a garantia do técnico Luiz Felipe de que permanecerá como titular no jogo de domingo, contra o Vitória-BA, no Estádio Olímpico. O treinador adiantou que Saulo, apesar de estar com a sua situação regularizada, ficará na reserva contra os baianos. “O Afonso só não joga se estiver lesionado”, decretou.

Luiz Felipe elogiou a atuação de Afonso e, fugindo das sua característica, comparou o atual titular com o goleador Jardel. “Ele não tem aquela cabeçada certeira, mas participa mais da partida”, afirmou. O centroavante é o goleador do Brasileiro, ao lado de Renaldo e Luisão, com três gols. Mesmo reconhecendo a fragilidade do Bragantino, o treinador elogiou a sua equipe por induzir o adversário a cometer os erros que resultaram nos gols. O meia Carlos Miguel sentiu uma lesão no púbis e é dúvida para o jogo de domingo.

O técnico do Bragantino, Jair Picerni, indignado, considerou uma “vergonha profissional” a goleada de 6 a 1 sofrida para o Grêmio. Ele afirmou não entender as péssimas atuações de alguns jogadores experientes do seu time. O treinador adiantou que, apesar das três derrotas consecutivas, não pensa em sair do comando da equipe. ‘Vou continuar trabalhando porque temos como objetivo nos classificar entre os oito finalistas” disse.

Com a vitória de ontem, o Grêmio passou a liderar o Brasileiro, ao lado  São Paulo, com 100% de aproveitamento. A rodada de ontem teve os seguintes resultados: Portuguesa 2 x 0 Paraná, Bahia 2 x 0 Atlético-PR. Coritiba 1 x 0, Atlético-MG, Cruzeiro 2 x 1 Vitória e Goiás 3 x 1 Sport.” (Zero Hora, quinta-feira, 22 de agosto de 1996)

https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/840ca-ingressos.jpg

“Durante toda partida o Bragantino procurou se defender, e o Grêmio teve liberdade para atacar. Em nenhum momento a equipe gaúcha esteve ameaçada de perder ou empatar” (Tabelão Placar)

A partida contra os paulistas marcou o reencontro da equipe com os torcedores, depois de quase 50 dias sem jogar em Porto Alegre. Com objetividade, o Grêmio amassou o Bragantino ainda no primeiro tempo, abrindo uma vantagem de três gols.” (Arquivo Gremista)

“Desde o início, o Grêmio procurou o ataque e fechou o segundo tempo vencendo por 2 a 0. A equipe soma agora seis pontos -100% dos disputados” (Folha de São Paulo, 23 de agosto de 1996)

GRÊMIO GOLEIA BRAGANTINO 

Porto Alegre — Numa noite inspirada, o Grêmio goleou o Bragantino por 6 a 1, ontem, no estádio Olímpico. Esta foi a segunda vitória do tricolor, que subiu para seis pontos no Campeonato Brasileiro. Dinho, Afonso (2), Ailton e Emerson (2) marcaram os tentos na maior goleada da competição até o momento. Gilson descontou.

O reencontro com a torcida depois de 45 dias não poderia ter sido melhor. Foi uma grande atuação do Grêmio, onde quase tudo deu certo. Aos 10min, Carlos Miguel perdeu boa chance. Aos 16min, Ailton chutou rente ao poste. Um minuto depois, Roger obrigou o goleiro Marcelo fazer grande defesa. Aos 21 min, Dinho abriu o placar cobrando pênalti com categoria. Aos 37min, Ailton concluiu na trave. No rebote, Paulo Nunes, um dos destaques do jogo, cruzou para Afonso, de cabeça, ampliar.

Na etapa final, o Grêmio manteve o ritmo. Aos 5min, Roger deu grande passe para Afonso fazer 3 a O e ficar ao lado de Luisão (Palmeiras) e Reinaldo (Atlético-MG) na liderança dos artilheiros com três gols. Aos 19min, Esquerdinha cobrou pênalti no travessão. Aos 23min, Ailton fez 4 a 0. Aos 33min, Emerson fez o quinto gol. Aos 41 min, Emerson, de pênalti, fez 6 a 0. Aos 45min, o Bragantino descontou através de Gilson.

Os demais resultados de ontem: Flamengo O x 1 Juventude, Portuguesa 2×0 Paraná, Bahia 2×0 Atlético-PR, Coritiba 1 x O Atlético-MG, Cruzeiro 2 x I Vitória e Goiás 3 X 1 Sport Recife. Hoje jogam Botafogo X São Paulo, Santos X Fluminense e Inter x Criciúma” (Pioneiro, quinta-feira, 22 de agosto de 1996)

https://i.imgur.com/jSrSKF7.png

GRÊMIO: Danrlei; André Vieira, Rivarola, Adílson e Roger; Dinho, Goiano, Aílton (Mauro Galvão 25 do 2º) e Carlos Miguel (Émerson, intervalo); Paulo Nunes e Zé Afonso.
Técnico: Luis Felipe Scolari

BRAGANTINO: Marcelo; Édson Baiano, Júnior, Augusto e Da Guia; Marcos (Esquerdinha – Intervalo), Maurinho, Ronaldo Alfredo e Marcão; Edílson e Kelly (Gílson Batata 23 do 2º)
Técnico: Jair Picerni

4ª Rodada – Primeira Fase
Data: 21 de agosto de 1996, quarta-feira, 20h30min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre, RS
Público: 9.548 (6.245 pagantes)
Renda: R$ 51.185,00
Juiz: Valdemar R. Fonseca – PR
Auxiliares: Roberto Gonçalves e Waldemir dos Santos
Cartão Amarelo: Júnior, Rivarola e Maurinho
Gols: Dinho (de pênalti) aos 21 e Zé Afonso aos 36 do 1ºtempo; Zé Afonso aos 5, Aílton aos 23, Émerson aos 33 e aos 44 (pen) e Gílson Batata aos 44 do 2ºtempo.

Brasileirão 2021 – Bragantino 1×0 Grêmio

August 4, 2021

Tá complica a coisa. O Grêmio não jogou muito pior do que o Bragantino. Certamente não jogou melhor. Mas acabou perdendo.

Sigo sem entender porque em jogos como este o Grêmio não usa a camisa azul (ou ao menos alguma peça do fardamento azul)

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar (Natan 49’/2ºT); Raul, Praxedes (Jadsom Silva 38’/2ºT) e Ramires (Lucas Evangelista 21’/2ºT); Ytalo (Alrreandro 38’/2ºT, Artur (Helinho 49’/2ºT) e Cuello
Técnico: Claudio Maldonado (auxiliar)

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Vanderson, Geromel, Ruan e Bruno Cortez (Guilherme Guedes 30’/2ºT); Lucas Silva, Darlan (Victor Bobsin 42’/2ºT) e Jean Pyerre; Alisson (Pinares 30’/2ºT), Léo Pereira (Léo Chú 42’/2ºT) e Ricardinho (Luiz Fernando 30’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

14ª Rodada- Brasileirão 2021
Data: 31 de julho de 2021, sábado, 21h00min
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, SP
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Marcus Vinícius Gomes (ambos de MG)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Jadsom, Geromel, Cortez
Gol: Praxedes, aos 16 minutos do segundo tempo

Brasileirão 2020 – Bragantino 1×0 Grêmio

February 26, 2021

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Essa escalação usada em Bragança Paulista deixou claro que Ferreirinha não será titular na final da Copa do Brasil. Mas o desempenho e, especialmente, a iniciativa dele em campo ontem serviram para demonstrar que ele pode e deve ser considerado como uma das primeiras opções para ingressar no decorrer do jogo.

Sigo achando que, em situações como a de ontem, o Grêmio deveria usar ao menos uma peça azul no fardamento.

FotosAri Ferreira (Red Bull Bragantino)

Bragantino 1×0 Grêmio

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Ligger e Edimar; Raul, Evangelista (Leandrinho, 43’/2ºT); Artur (Ryller, 43’/2ºT), Claudinho e Vitinho (Cuello, , 37’/2ºT); Ytalo (Hurtado, 37’/2ºT)
Técnico: Maurício Barbieri

GRÊMIO: Julio César; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Cortez; Darlan (Isaque, 16’/2ºT), Thaciano; Everton (Guilherme Azevedo, 24’/2ºT), Pinares e Ferreira; Diego Churin
Técnico: Alexandre Mendes

38ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2020
Data: 25 de fevereiro de 2021, quinta-feira, 21h30min
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista – SP
Árbitro: Ramon Abatti Abel
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Thiaggo Americano Labes
VAR: Gilberto Castro Júnior
Cartões amarelos: Edimar, Lucas Evangelista e Fabrício Bruno (BGT)
Gol: Claudinho, aos 7 minutos do 2º tempo

Brasileirão 2020 – Grêmio 2×1 Bragantino

November 3, 2020

Grêmio não jogou bem, mas venceu.

Não entendo a insistência de Renato em escalar Robinho como titular, especialmente nesse posicionamento por dentro. No Cruzeiro, na campanha dos dois títulos que da Copa do Brasil  ele só jogou uma vez centralizado (contra o Grêmio no Mineirão), nas demais partidas ele sempre atuou mais pelo lado do campo.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 2×1 Bragantino

GRÊMIO: Vanderlei; Orejuela, Rodrigues, David Braz e Diogo Barbosa; Maicon (Lucas Silva, 15/2ºT) e Matheus Henrique; Luiz Fernando (Ferreira, 15/2ºT), Robinho (Isaque, intervalo) e Pepê (Cortez, 37/2ºT); Diego Souza (Diego Churín, 22/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Chrigor, 22/2ºT), Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Raul e Evangelista; Artur (Morato, 39/2T), Claudinho (Thonny Anderson, 39/2ºT) e Cuello (Ricardo Ryller, 22/2ºT); Ytalo (Hurtado, 22/2ºT)
Técnico: Maurício Barbieri

19ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2020
Data: 02 de novembro de 2020, segunda-feira, 20h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: Lucas Silva (Grêmio); Claudinho (Red Bull Bragantino)
Gol: David Braz, aos 23 minutos do 2º tempo e Orejuela, aos 26 do 2ºT; Hurtado, aos 32 minutos do 2º tempo

Brasileirão 1994 – Grêmio 2×1 Bragantino

November 1, 2020

 

Na última rodada da primeira fase do Brasileirão de 1994, o Grêmio conseguiu sua primeira vitória sobre o Bragantino (foram 4 empates e 1 derrota nos jogos anteriores).

O centroavante Silvio (que viria a ser contratado pelo tricolor no início de 1996) abriu o placar para os visitantes, mas Agnaldo e Carlinhos marcaram os gols da virada gremista.

Com o resultado o Grêmio encerrou a primeira fase na terceira posição do grupo A, enquanto o Bragantino ficou em último lugar. Contudo, essa situação acabou sendo estranhamente mais vantajosa para os paulistas, uma vez que eles foram para a repescagem, onde 2 das 8 equipes avançavam para as quartas-de-final, enquanto o tricolor teve que disputar as restantes 6 vagas com as 16 melhores equipes da competição

 

 

 

GRÊMIO VENCE POR 2 A 1 E CAI O TABU
Time derrotou o Bragantino pela primeira vez. Time paulista chegou a largar na frente, mas não resistiu

O Grêmio chegou a levar um susto, mas teve força e serenidade para chegar aos 2 a 1 sobre o Bragantino, ontem, no Olímpico. Obtido numa tarde chuvosa, o resultado também serviu para que fosse quebrado um velho tabu. Até ontem, o Grêmio jamais havia vencido o Bragantino.

Como sempre, a falta de conclusões pelo meio foi o principal problema do Grêmio. Luís Felipe chegou a trocar Carlinhos e Fabinho de posição, fixando este pelo meio. A manobra, porém, não deu resultado, porque a zaga adversária sempre levava vantagem.

O Bragantino saiu na frente. Aos 15 minutos do segundo tempo, Silvio dominou no peito e cobriu Danrlei, fazendo 1 a O. O empate só surgiria aos 37 minutos, quando Ciro e Leônidas já haviam entrado para dar mais força ofensiva ao time. Carlos Miguel sofreu pênalti que Agnaldo cobrou com perfeição, fazendo 1 a 1. Aos 43. Carlinhos apanhou um rebote dentro da área e chutou no ângulo, decretando a vitória. O Bragantino, que só tinha dez homens. dada a expulsão de Ronaldo Alfredo, não teve como reagir.

 

 

👍

A calma do Grêmio foi o fato positivo. Depois de duas derrotas, o time desta vez reagiu na hora certa.

 

 

👎

A pouca paciência da torcida do Grêmio foi o fato negativo. Desta vez, não houve razão para vais

 

 

Agnaldo

Mesmo no tempo de Paulão, o zagueiro Agnaldo costumava se destacar. Agora, com o novato Luciano, ele virou o patrão da área. Mesmo sem grande estatura, invariavelmente ganha as bolas altas. E é muito preciso pelo chão. Agnaldo é, sem dúvida, um ótimo zagueiro.”

 

Mais Faltosos
Jamir (Grêmio) 5
Da Guia e Maurinho (Bra) 4

Mais Desarmes
Agnaldo (Grêmio) 5
Maurinho (Bragantino) 5

 

Agnaldo, o melhor jogador em campo
Danrlei — Sem culpa no gol. Rebateu mal uma bola 6
Ayupe — Mais tranqüilo. Uma bela cobrança de falta. 6
Luciano — Discreto. Procura não enfeitar 7
Agnaldo — Excelente. Muita raça e técnica. Fez um gol. 9
Roger — Estava bem no jogo. Saiu por opção tática. 7
Pingo — Tem ficado mais atrás, combatendo. É líder. 7
Jamir — Continua errando passes. Mas combate bem. 6
Arilson — Não conseguiu realizar a jogada pela esquerda. 5
C. Miguel — Criou as principais Jogadas do time. 8
Fabinho — Esteve na ponta e no meio. Valente 7
Carlinhos — Fez um golaço, mas foi apenas regular. 6
Leônidas — Teve pouco tempo. Nada acrescentou. 5
Ciro — Boa presença na área apesar de fora de forma 6″ (Correio do Povo, 26 de setembro de 1994)

 

 (Correio do Povo, 26 de setembro de 1994)
GRÊMIO BRAGA
Conclusões 14 6
Cruzamentos 11 1
Escanteios 10 0
Faltas 19 18
Impedimentos 5 5
Lançamentos 15 9
Desarmes 18 15

 

Foto: Edison Vara (Folha de Hoje / Correio do Povo)

 

“O JOGO: O Grêmio, depois de um mau primeiro tempo e do susto no gol de Silvio no segundo, melhorou e virou o jogo. A vitória acabou com o tabu de nunca ter vencido o Bragantino.” (Tabelão Placar, 1994)

 

 

GRÊMIO DERROTA O BRAGANTINO POR 2 A 1 DE VIRADA EM PORTO ALEGRE
O Grêmio ganhou por 2 a 1 do Bragantino, ontem no estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS), e também garantiu sua vaga no “grupo de elite” do Brasileiro.
O time gaúcho, que começou perdendo, obteve a vitória no último minuto da partida.
Aos 15min, Sílvio abriu o marcador para o Bragantino. Com a desvantagem, os jogadores gremistas passaram a criar mais situações de gol. Mas o empate só aconteceu aos 36min após Agnaldo cobrar pênalti.
O time gremista pressionou muito até que Carlinhos, aos 44min, conseguiu desempatar.
Foi a primeira vitória do Grêmio no segundo turno do Campeonato Brasileiro.
O técnico Luiz Felipe disse no final da partida que a torcida atribui ao Grêmio, às vezes, uma qualidade que o time não tem.” (Folha de São Paulo, segunda-feira, 26 de setembro de 1994)

 

 

GRÊMIO BATE BRAGA DE VIRADA
Porto Alegre- O Grêmio reabilitou-se diante de sua torcida e terminou com a série de cinco partidas sem vencer. Também ficou empolgado para o decisivo jogo de quinta-feira com o Racing, na Argentina, pela Supercopa. Tudo graças à vitória de 2 a 1 contra o Bragantino, ontem à tarde, na última rodada da fase inicial do Brasileiro. “Este resultado dá tranqüilidade, personalidade ao grupo e representa o estímulo necessário para o importante compromisso pela Supercopa”, definiu o técnico do Grêmio, Luiz Felipe. Pelo campeonato nacional, o Grêmio participa da 1ª rodada no sábado (o adversário será conhecido amanhã).
O Bragantino marcou primeiro aos 15min do 2″ tempo, através de Silvio. Aos 35min, Agnaldo empatou cobrando pênalti sofrido por Carlos Miguel. No penúltimo minuto, Carlinhos completou um cruzamento de Leônidas e virou o placar: 2 a 1″ (Pioneiro, segunda-feira, 26 de setembro de 1994)

DUPLA GRE-NAL PASSA PARA A SEGUNDA FASE
O Grêmio ganhou por 2 a 1 do Bragantino, ontem, no estádio Olímpico, garantindo a vaga no “grupo de elite” da próxima fase do Campeonato Brasileiro. O time gaúcho, do técnico Luiz Felipe, saiu perdendo e obteve a vitória no último minuto da partida.
Os fatos importantes do jogo aconteceram no segundo tempo. Sílvio fez 1 a 0 para o Bragantino aos 15min. Com a desvantagem, os jogadores gremistas passaram a criar mais situações de gol. Mas o empate só aconteceu aos 36min, por Agnaldo, que cobrou pênalti de Ferreira em Carlos Miguel. O técnico Luiz Felipe colocou em campo Ciro e Leônidas em substituição, respectivamente, a Arilson e Roger.
O Grêmio, que chegou a ser vaiado por sua torcida, foi beneficiado com a expulsão de Ronaldo Alfredo. O técnico do Bragantino, Cilinho, tentou modificar a atuação de seu time com a entrada de Ludo no lugar de João Santos. O time gremista pressionou muito até que Carlinhos, aos 44min, conseguiu desempatar, e João Santos. O time gremista pressionou muito até que Carlinhos, aos 44min, conseguiu desempatar, na sua primeira vitória no segundo turno do Campeonato Brasileiro. A equipe terminou a primeira fase com 12 pontos, em terceiro lugar no grupo A.” (Folha de Hoje, segunda-feira, 26 de setembro de 1994)

 

Grêmio 2×1 Bragantino

GRÊMIO: Danrlei; Ayupe, Luciano, Agnaldo Liz e Roger (Leônidas, 35 do 2ºT); Pingo, Jamir, Arilson (Ciro 35 do 2ºT) e Carlos Miguel; Fabinho e Carlinhos
Técnico: Luís Felipe Scolari

BRAGANTINO: Marcelo; Ferreira, Júnior, Rémerson e Da Guia; Mauro, Alberto, Edilson e Ronaldo Alfredo; João Santos (Ludo 20 do 2ºT) e Sílvio
Técnico: Cilinho

Brasileirão 1994 – 1ª Fase – Grupo A – 10ª Rodada
Data: 25 de setembro de 1994, domingo
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre, RS
Público: 3.837 pagantes
Renda: R$ 21.210,00
Juiz: Ivo Tadeu Scatola (PR)
Auxiliares: Fernando Homann e José Carlos Menger
Cartões amarelos: Arilson, Pingo, Alberto, Ronaldo Alfredo e Junior
Cartão vermelho: Ronaldo Alfredo (18 do 2º tempo)
Gols: Silvio aos 15 minutos; Agnaldo (de pênalti) aos 36min e Carlinhos aos 44 minutos do segundo tempo