Archive for the ‘Brasileirão 1984’ Category

Brasileirão 1984 – Atlético Paranaense 1×4 Grêmio

October 24, 2020

Foto: Zero Hora (Tribuna do Povo)

 

No Brasileirão de 1984, o Grêmio venceu o Atlético Paranaense em Curitiba por 4×1, com direito a uma épica atuação de Renato, que deu duas assistências no primeiro tempo, fez dois gols no segundo e fez sua tradicional comemoração de mandar a adversária calar a boca.

 

Foto: Zero Hora (Tribuna do Povo)

GRÊMIO, ARRASADOR, ESTÁ CLASSIFICADO
Nos 4 X 1, Grêmio se impôs na marcação e atacou com habilidade

O Grêmio liquidou o Atlético Paranaense, ontem à tarde, em Curitiba, vencendo a partida por 4×1. Mais importante do que a goleada, no entanto foi o fato de que a vitória coloca o clube gaúcho na próxima fase da Copa Brasil, no mínimo em segundo lugar do grupo S. mesmo que seja derrotado pelo Goiás, quarta-feira, no Estádio Olímpico. É que na mesma hora, Corintians e Atlético PR estarão jogando em São Paulo e apenas o Coríntians poderá ultrapassar o Grêmio, que garantiu desde ontem urna vaga na quarta fase.

Foi uma das partidas mais perfeitas já realizadas pelo Grêmio nesta Copa Brasil. O time mostrou todas as suas qualidades: firmeza na marcação para não permitir chances de gol ao adversário, habilidade e rapidez para sair de uma posição defensiva e partir para o contra-ataque e ainda o talento de Renato na frente, que marcou dois gois, bateu o escanteio para Osvaldo marcar mais um e deu o lançamento para Caio fazer o outro.

O pior para o Grêmio foram os cinco minutos iniciais, quando o Atlético PR pretendia decidir o jogo. Depois de um rápido período de domínio em que pressionou a área o Atlético entregou-se ao domínio do  Grêmio que marcou logo aos sete minutos. Caio ampliou aos 41 e Augusto descontou, fazendo 2×1, aos 45 minutos. No reinicio, o Atlético PR não parecia ter habilidade para empatar, embora houvesse força e disposição para atacar o Grêmio. Ai surgiu o talento individual de Renato que, em duas jogadas, aos 17 e aos 25 minutos, liquidou as pretensões do adversário e colocou o Grêmio na situação Invejável de poder até perder o último jogo do grupo sem correr nenhum risco de ficar fora do campeonato, pois o segundo lugar ficou assegurado ontem com a vitória sensacional em Curitiba.

Foto: Sérgio Sade (Placar)

O PLACAR

Osvaldo para o Grêmio — 1×0 aos 7 minutos — Renato cobrou escanteio da direita e Osvaldo cabeceou no canto direito.

Caio para o Grêmio — 2×0 aos 41 minutos — Renato lançou Caio, que entrou livre e desviou de Rafael.

Augusto para o Atlético PR — 2×1 aos 45 minutos — Augusto cobrou falta, a bola passou no meio da barreira e entrou.

Renato para o Grêmio — 3×1 aos 17 minutos do segundo tempo — Rondinelli cabeceou mal Renato bateu de pé esquerdo, no canto esquerdo.

Renato para o Grêmio — 4×1 aos 25 minutos — O ponteiro recebeu de Paulo César, passou a bola entre as pernas de Paulo Marcos e desviou de Rafael.” (Zero Hora, segunda-feira, 23 de abril de 1984)

Foto: Lemyr Martins (Placar)

 

“O Grêmio venceu graças à habilidade e à velocidade de seus atacantes” (Placar, Edição n.º 727, 27 de abril de 1984)

Fotos: Zero Hora (Tribuna do Povo)

ATLÉTICO-PR: Rafael; Sóter (Paulo Marcos, intervalo), Rondinelli , Augusto e João Luís; Déti, Vánder e Nivaldo; Capitão, Amauri (Binga, 20 do 2ºT) e Renato Sá
Técnico: Paulo Sérgio Poletto

GRÊMIO: João Marcos; Casemiro, Baidek, De Leon e Paulo César Magalhães; China, Osvaldo e Luís Carlos Martins; Renato Portaluppi, Caio (Bonamigo , 25 do 2ºT) e Tarciso
Técnico: Carlos Froner

Brasileirão 1984 – 3ª Fase – Grupo S – 5ª Rodada
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR
Data: 22 de abril de 1984, domingo
Público: 25.352 pagantes
Renda: Cr$ 52.759.000,00
Árbitro: Manoel Serapião Filho
Auxiliares: Jaime Santos e Jairo Abuchacra
Cartões amarelos: Renato, Paulo Marcos, João Luis e Rondinelli
Gols: Osvaldo aos 8, Caio aos 41 e Augusto aos 45 minutos do 1º tempo; Renato aos 16 e 25 minutos do 2° tempo