Archive for the ‘camisa tricolor’ Category

Camisa Titular Umbro 2017

March 13, 2017

umbro 12017 costas

Como já afirmei no post anterior, não gostei da nova camisa titular do Grêmio. Por uma série de motivos.

Na comparação imediata com os trabalhos anteriores da Umbro fica uma impressão de  retrocesso. A começar pela época do lançamento. Em 2015 e 2016 o Grêmio conseguiu iniciar o ano com uma nova camisa tricolor. Em 2017 a camisa titular só foi ser lançada em março, no nono jogo da temporada.

Também não gostei da ausência de listras nas mangas e achei que  não se encontrou a  melhor distribuição dos elementos (distintivo, logo da Umbro e patrocínio do Banrisul). A Umbro usou no Grêmio o mesmo template que usou no Avaí. A repetição de template por si só não é problemática (a camisa de 2005 era um template mundial da Puma, mas ficou bem resolvida), mas acho que as características típicas da camisa do Grêmio não foram totalmente contempladas nesse template. Disso tudo, fica uma sensação de desleixo, de falta de atenção aos detalhes (que é era a última coisa que eu esperava da marca que lançou a campanha “tailored by Umbro“)

 

O “tradicional” da camisa titular do Grêmio é a continuidade das listras nas mangas.  Só em 2006, 2007 e 2012 (e na camisa genérica/tampão de 2005) isso não aconteceu. De longe esse é o aspecto que mais me incomoda no modelo atual. Por isso e pela listra branca bastante estreita a camisa titular fica excessivamente azul. Acho que o resultado ficaria melhor com as listras nas mangas. Abaixo uma simulação disso para demonstrar a diferença.

 

Não consegui entender a diagramação da camisa. Como se vê na imagem abaixo, o logo da Umbro não está alinhado com o distintivo do Grêmio.

alinhamento escudoalinhamento escudo centralizado

Acredito que o distintivo e o logo da Umbro ficariam mais harmoniosamente distribuídos na camisa caso fossem centralizados na horizontal, como na imagem acima.

Abaixo, uma simulação de como ficaria a camiseta ficaria com essas duas mudanças sugeridas acima.

listras mangas escudo centro.jpg

Advertisements

Camisas Tricolor e Branca da Umbro 2016

January 28, 2016

Antes de tudo, acho muito legal que o Grêmio e a Umbro tenham conseguido manter a prática de lançar a camisa nova no primeiro jogo da temporada. Poucos clubes no Brasil vem conseguindo fazer isso.

A questão dos vazamentos tem sido problemática para o Grêmio. Quase ninguém no mundo tem conseguido manter sigilo total sobre os lançamento de material esportivo. Desse modo o clube deveria parar de fazer tanto “auê” com “venda no escuro” e começar a pensar em ter uma estratégia para o caso de ocorrer o vazamento de uma imagem do uniforme antes da hora prevista para o lançamento. Essa história do Zini Pires dizer que as camisas eram falsas, mas “parecidas com as verdadeirasfoi um dos episódios mais ridículos da história do jornalismo gaúcho.
Lamento ainda que tenha se mantido a ideia de vender uma camisa “de jogo” e uma de “torcedor” com tamanha diferença nos preços.

Eu confesso que não fiquei empolgado com  a camisa tricolor quando vi as primeiras imagens que vazaram. Mas achei que ela ficou muito bem na transmissão do jogo. Me pareceu mais bonita do que a do ano passado. Alguns problemas vistos em 2015 foram corrigidos. O Banrisul foi colocado um pouco mais no alto na parte da frente. O diamante da Umbro deixou ser dourado e ganhou as letras logo abaixo. A fonte do número pode não ser um primor, mas funciona bem, ficando bem mais visível no jogo (o que talvez passe também pela diminuição da largura das listras brancas). A gola é a mesma que a Umbro usou nos uniformes do Gamba Osaka. Gostei da continuação da listra azul sobre a gola na parte de trás, mas acho que o detalhe na parte da frente não ficou tão bem resolvido. No geral acho que essa camisa “veste melhor” do que a do ano passado, mas ainda fica um pouco aquém dos melhores trabalhos feitos pela Umbro (especialmente comparando com a linha “Tailored by Umbro“) . 
A listra centralizada voltou a ser a azul. Desde 2000 o Grêmio lançou 21 camisas tricolores. 11 tiveram a listra azul centralizada, 8 a listra preta e 2 a branca, o que contrasta um pouco com a média das camisas dos grandes títulos, que costumam ter, na sua maioria, a listra branca centralizada.

Já para a camisa branca não se pode dizer que as fotos que vazaram a prejudicaram. Ela realmente não ficou legal. Não sei como o diretor de marketing Beto Carvalho chegou a conclusão de que “a camisa branca é uma das mais lindas que o Grêmio já teve“. Até entendo que ela possui alguns elementos interessante (parece ter sido inspirada na camisa reserva da Libertadores 2009, essa sim uma das bonitas da história do clube) mas a combinação deles não faz muito sentido. Assim como aconteceu em 2011, 2012 e 2013 a parte de trás é toda branca com o número em azul e o Banrisul em preto, e as costas não guardam relação com a a frente, que por sua vez não combina com os detalhes da gola e manga. Desse modo o conjunto ficou com aspecto estranho, quase tosco, se assemelhando a una camisa pirata.