Archive for the ‘Ceará’ Category

Brasileirão 2018 – Grêmio 3×2 Ceará

September 24, 2018

Gremio x Ceara

Foi um jogo bastante movimentado, apesar do gramado pesado. O Grêmio errou bastante na defesa, mas criou bastante e nunca deixou de acreditar na vitória, que venho num golaço de falta de Luan.

E o Grêmio está a 4 pontos do líder (4 pontos que ficaram pelo caminho na Vila Capanema, na Ilha do Retiro, em São Januário…)

Thonny Anderson estava escalado como centroavante. Fez gol de centroavante. Mas no  posicionamento médio apareceu mais recuado do que Luan, Everton e Ramiro.

Antes dessa partida O Grêmio tinha jogada cinco vezes na Arena nesse horário de domingo às 11 horas.  A média de público nesses cinco jogos era de 32.220 (29.852 pagantes). Com o jogo de hoje a média passou para 33.337 (31.008 pagantes)

– Média de público da Arena na temporada 2018:
24.476 (22.371 pagantes)

– Média de público do Grêmio no Brasileirão 2018:
23.945 (21.957 pagantes)
Gremio x Ceara
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 3×2 Ceará

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Kaio, aos 40/2ºT) e Cícero; Ramiro (Pepê, aos 17/2ºT), Luan e Everton; Thonny Anderson (Thaciano, aos 27/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho (Robinho, aos 31/2ºT), Richardson, Juninho Quixadá (Felipe Azevedo, aos 31/2ºT) e Calyson; Leandro Carvalho (Pedro Ken, aos 13/2ºT) e Arthur
Técnico: Lisca

26ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 23/9/2018, domingo, 11h00min
Local: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Público: 38.924 (36.789 pagantes)
Renda: R$ 1.523.542,00
Árbitro: Dewson Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Helcio Araujo Neves (PA) Luís Diego Nascimento Lopes (PA)
Cartões amarelos: Ramiro, Geromel, Luan (GRE) Tiago Alves (CEA)
Gols: Luiz Otávio aos 12, Geromel aos 20, Arthur aos 26 e Thonny Anderson aos 43 minutos do primeiro tempo; Luan aos 23 minutos do segundo tempo.

Advertisements

Brasileirão 2018 – Ceará 0x1 Grêmio

May 28, 2018

40588930790_86d6a99d20_k
Everton foi protagonista do jogo. Foi ele que colocou bola na trave no primeiro tempo. Foi ele que sofreu dois pênaltis (um não marcado e outro marcado como falta fora da área) e foi ele que arrancou em alta velocidade, partindo do campo de defesa do Grêmio e indo até a área o Ceará, de onde cruzou para Thonny Anderson fazer o único gol do jogo.

40588931110_4c302aaef8_k
Sigo com a impressão que a Umbro não fez (e nem irá fazer) uma meia azul para 2018. A de 2017 tem um tom um pouco mais fraco/claro do que o calção e camisa azul dessa temporada, o que deixa a combinação estranha (mas ainda melhor do que a combinação de camisa e calções azuis com meia branca).

2018 ceara-x-gremioFotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Lyvia Rocha (Tribuna do Ceará)

Ceará 0x1 Grêmio

CEARÁ: Éverson, Samuel Xavier, Rafael Pereira (Valdo, no intervalo), Luiz Otávio e Romário; Juninho, Richardson e Ricardinho (Douglas Coutinho, aos 23’/2°T); Felipe Azevedo (Hyuri, no intervalo), Elton e Wescley
Técnico: Jorginho

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo Moura (Lima, aos 12’/2°T), Bressan, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Thonny Anderson, aos 34’/2°T), Jaílson, Ramiro, Cícero e Everton; André (Thaciano, aos 19’/2°T)
Técnico: Renato Portaluppi

07ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 27/05/2018, domingo, 19h00min
Local: Arena Castelão, Fortaleza – CE
Público: 15.743 (14.012 pagantes)
Renda: R$ 128.138,00
Árbitro: Wagner Reway (FIFA-MT)
Assistentes: Alessandro  Rocha de Matos (FIFA-BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
Cartões amarelos: Ramiro, Everton; Richardson, Samuel Xavier, Élton
Gols: Thonny Anderson aos 35 minutos do 2° tempo

20 anos da Copa do Brasil 1994 – Ceará 0x0 Grêmio

August 7, 2014

Num 7 de agosto, Ceará e Grêmio disputaram o primeiro jogo da final da Copa do Brasil 1994 em Fortaleza. Felipão tomou todos os cuidados para não repetir o erros cometidos por Palmeiras e Inter, que foram surpreendidos pelo Vozão.

O técnico gremista não poderia contar com o lateral Ayupe, tendo que improvisar André Vieira no setor. Já o falante técnico Dimas Filgueiras teve os desfalques do goleiro Chico e do lateral-esquerdo Claudenésio. O Grêmio estava invicto na competição e o Ceará não havia sofrido nenhum gol jogando em casa. E assim as coisas permaneceram depois dos primeiros 90 minutos disputados em um Castelão hiperlotado.

“O time comandado por Dimas Filgueiras que contava, dentre outros, com os cearenses Ivanoé, Ronaldo Salviano, Airton, Claudemésio, Ivanildo e Jaime, desperdiçou a chance do título no jogo de ida contra o Grêmio, ao perder inúmeras chances de gol. Na ocasião, o Castelão recebeu um público pagante oficial de 53.915. Entretanto, duas horas antes do jogo, em comum acordo, a Federação Cearense de Futebol (FCF) e a Polícia Militar (PM), ´para evitar uma catástrofe´, mandou abrir os portões, já que não tinha como dar vazão à entrada dos torcedores e, assim, milhares entraram sem pagar. Vale lembrar que o Castelão, com sua capacidade anterior, estava completamente repleto.” (Diário do Nordeste, 09/08/2009)

“Assim, o que se viu ao longo dos 90 minutos foi um jogo disputado no meio-campo, com raros lances de área. O goleiro Danrlei praticamente não foi exigido. Já o goleiro Ivanoé trabalhou um pouco, evidenciando a maior potencialidade do Grêmio. Aos 29 minutos, por exemplo, Pingo ficou livre para marcar, mas Ivanoé saiu rápido e defendeu” (Correio do Povo – 8 de agosto de 1994)

“Para Luís Felipe era importante que o Grêmio tivesse feito um gol, o que deixaria o time mais tranquilo para a decisão. “Nós sabemos que o Ceará é perigoso fora de casa. Por isso pedi mais ousadia no segundo tempo. O time teve algumas chances, mas o gol não veio. De qualquer modo o resultado foi bom e justo. O resultado de 0 a 0 diz o que foi o jogo”, admitiu o treinador, que espera o apoio da torcida no Olímpico” (Correio do Povo – 8 de agosto de 1994)


“No intervalo, irritado, Luiz Felipe não mudou o time, mas exigiu mais ousadia do meio e ataque. “Não podemos ter medo deles”, justificou. A intenção era conter as saídas de jogo adversárias e fazer pelo menos um gol, que quase ocorreu aos quatro minutos. Agnaldo desperdiçou excelente oportunidade.” (Zero Hora – 8 de agosto de 1994)

“O centroavante Nildo, que conseguiu estar bem colocado em alguns lances de ataque, considerou boa a atuação do ataque. “Nós fomos sempre superiores a eles, é uma questão de esperar a quarta-feira, o título será nosso”, garantiu.” (Zero Hora – 8 de agosto de 1994)

“O presidente Fábio Koff ficou irritado com a renda apresentada no borderô do Estádio Castelão. “É uma agressão virem nos dizer que só havia 53 mil pessoas em um estádio com capacidade de 120 mil lugares”; reclamou. “A renda do Olímpico vai definida amanhã (hoje)”, ironizou. A Associação dos Cronistas Esportivos do Ceará (ACEC) entrará com um pedido na Justiça para que seja feita a recontagem dos ingressos do jogo de ontem.” (Zero Hora – 8 de agosto de 1994)

“A torcida fez a sua parte: Compareceu em grande número, animou a festa com ôla mexicana e vibrou, o quanto pôde. Em campo, o Ceará não correspondeu, mostrando um futebol medroso e esperando as investidas do Grêmio. A tática alvinegra era não sofrer gols e o objetivo foi alcançado, repetindo as atuações contra Palmeiras e Linhares, quanto também empatou em 0x0, frustrando o torcedor que queria ver futebol. (Jornal O Povo – Marconi Alves – – 8 de agosto de 1994)

1ºtempo

2º tempo

 Fontes: Correio do Povo, Diário do Nordeste, Folha de São Paulo, Globo Esporte, O Povo e Zero Hora


Ceará 0x0 Grêmio

CEARÁ: Ivanoé; Ronaldo, Aírton, Vitor Hugo e Ivanildo; Mastrillo, Zé Ricardo (Claudemir) e Elói (Cafu); Catatau, Jerônimo e Sérgio Alves
Técnico: Dimas Filgueiras

GRÊMIO: Danrlei; André Vieira, Paulão, Agnaldo e Roger; Pingo, Jamir, Émerson e Carlos Miguel; Fabinho e Nildo
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Final – jogo de ida – Copa do Brasil 1994
Data: 7/8/1994, domingo, 17:00
Local: Estádio Castelão, em Fortaleza
Público: 53.915 pagantes
Renda: R$ 139.789,00
Árbitro: Antônio Pereira da Silva-GO
Auxiliares: Marques Dias da Fonseca-GO e Vanderlei Maia da Silva-GO
Cartões Amarelos: Jamir