Archive for the ‘copa do brasil 2008’ Category

Copa do Brasil – Grêmio 2 (3) x 1 (4) Atlético-GO

April 10, 2008
O Grêmio foi eliminado pelo Atlético Goainiense. Um time campeão do mundo foi desclassifcado por um clube da 3ª divisão. É vexame. Fiasco. Não tem o que contestar. As coisas não vão bem e eu não tenho um diagnóstico preciso e nem uma solução pronta para melhorar.

No jogo de ontem o time começou jogando com muita vontade, conseguiu um gol cedo. Mas isso não trouxe muitas melhoras. O time seguia tendo as dificuldades de sempre. Aos 20, uma falta (mal marcada talvez). Goleiro Márcio vai pra cobrança, metade da barreira pula, outra metade não. Marcelo toma um gol defensável. A torcida continuou apoiando. O time ia pra frente. Roger era bem marcado, restava o apoio dos laterais. Hidalgo não contribuia, Paulo Sérgio ia com freqüência ao ataque, mas não raro se precipitava nos cruzamentos.

No segundo tempo, Roth adiantou Hidalgo, colocando Eduardo Costa como terceiro zagueiro pela esquerda e liberando o peruano de tarefas defensivas. O jogo acabou fluindo mais por ali, mas sem muita qualidade. Perea e Tadeu só recebiam bola de costa para o gol, cercado por zagueiros. Roger era obriga a carregar a bola desde a metade do campo, pois nenhum companheiro era capaz de encostar nele para fazer uma tabela. 0 segundo gol acabou saindo. Hidalgo bateu falta na barreira, a bola subiu, foi rebatida e Hidalgo chutou denovo, William Magrão empurrou paras as redes. Gol de chiripa, no sufoco, na raça. As coisas poderiam melhorar pro Grêmio, mas isso não aconteceu. O Atlético saiu mais pro jogo, o Grêmio cansou da correria. Uma cabeçada de Tadeu, um chute precipitado de Perea, o Grêmio até poderia ter feito mais um gol, mas a sensação que dava era de que aquele time, jogando daquele jeito, não iria muito longe na competição.

O time nunca ganha a segunda bola. Não faz uma troca de passes no ataque, não inverte o jogo, raramente rouba a bola antes do meio de campo.

Pênaltis, o Atlético foi mais competente.

Grêmio 2 x 1 Atletico Goianiense – ( Atlético 4×3 nos pênaltis)
Roger (pen) 5´
Márcio 20´
William Magrão 60´

GRÊMIO:Marcelo; Paulo Sérgio, Leo, Pereira (Jean, 19’/2°T) e Hidalgo (Jonas, 39’/2°T); Willian Magrão (Júnior, 24’/2°T), Eduardo Costa, Rafael Carioca e Roger; Perea e Tadeu
Técnico: Celso Roth

ATLÉTICO-GO: Márcio; Ari, Gilson, Rafael e Julinho; Putica, Lindomar, Robston e Anaílson (Pedrinho, 26’/2°T); Juninho (Rivaldo, 26’/2°T) e Adriano
Técnico: Zé Teodoro

Copa do Brasil 2008 – 2ªfase – jogo de volta
Data: 9/4/08 – quarta-feira – 21h45min
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre – RS
Público: 29.847 (27.080 pagantes)
Renda: R$ 27.1290
Arbitragem: Guilherme Cereta de Lima (SP), auxiliado por Claudemir Mafessoni (SC) e Angelo Rudimar Bechi (SC)
Cartões amarelos: Rafael, Ari, Rivaldo e Pedrinho (A-GO); Paulo Sérgio e Hidalgo (G)
Gols: Roger (G), aos cinco minutos, e Márcio (A), aos 20, no primeiro tempo. Willian Magrão (G), aos 15 minutos do segundo tempo
Pênaltis: GRÊMIO: Roger, Tadeu (perdeu)Paulo Sérgio,Eduardo Costa e Perea (Perdeu). ATLÉTICO-GO: Lindomar, Ari, Julinho e Márcio converteram

Advertisements

Copa do Brasil – Atlético-GO – Volta – Jornais

April 10, 2008

Copa do Brasil – Atlético-GO 2 x 1 Grêmio

April 3, 2008

Antes mesmo da noite começar as coisas ja iam dando errado, Reinaldo se machucou e para por 45 dias. Roth optou por Jonas no seu lugar. Esse jogador não me agrada muito, ainda mais jogando de centroavante. Mas o Grêmio iniciou a partida bem, tocando a bola no campo do adversário e até levando perigo, em chutes de Perea e Rudinei. Pico se machucou e saiu aos 14, Hidalgo entrou e entrou mal. Aos 20 minutos, a bola é rebatida pela defesa dos goianos, o Grêmio perde no alto. Nunes, já machucado, não acompanhou Anaílson que lançou Juninho na velocidade, Jean não mostrou recuperação e quando Leo partiu ja era tarde. Juninho, de bico, 1×0. Aos 33, Nunes saiu, Thiego entrou e passamos para o 3-5-2. Não deu certo, Hidalgo não consegue apoiar, Rudinei nem marcou e nem armou.

O Grêmio voltou da mesma forma que acabou o 1ºtempo, mal, devagar, errando passes, perdendo sempre a segunda bola. Aos 4 minutos o inaceitável, defesa postado e o Atlético entra pelo meio da zaga, Juninho sai na cara de Marcelo e desvia para o 2×0. As coisas só pioraram. Roger era quem mais corria, marcava, dava carrinho. Ainda teve André Luís entrando aos 14 e saindo aos 20, deixando o time com 10. O tricolor não fez uma jogada de ataque, se limitou a incontáveis escanteios mal-batidos e falta erguidas para área. No final, gol salvador, Perea, dentro da área, teve o chute frustrado, a bola sobrou dentro da área, Roger foi ligeiro e se jogou nela para diminuir. 2×1. Roger até mereceu o gol, o Grêmio não.

Jogadores como Hidalgo, Jonas, Rudinei foram nulidades completas. Jean não merece titularidade até aqui. Thiego, mal escalado, ficou sem função. Sem William Magrão o time fica sem segundo volante. Paulo Sérgio totalmente enlouquecido, tentava chutar de qualquer lugar, aparecia na ponta esquerda, enquanto Roger fazia sua cobertura.

Parece que é quase consenso que Roth errou ontem, mas vamos combinar que, atualmente, ele conta com pouquíssimas opções.

Não sei quando isso começou, talvez tenha sido com o Zetti. Falo das camisa de goleiro com o autógrafo estampado no peito. Atualmente Fábio Costa e Rogério Ceni usam. E o goleiro do Márcio do Atlético Goianiense também. O repórter da TV explicou que ele e ídolo da torcida, bate pênalti e falta (até treinou no intervalo), mas seja como for, acho bizarro.


Fotos: ClicRBS e Diário da Manhã

Atlético Goianiense 2 x 1 Grêmio
Juninho 21´
Juninho 49´
Roger 88´

ATLÉTICO: Márcio; Ari, Gílson (Roni 26’/2°T), Rafael e Juninho; Pedrinho, Lindomar (Uéslei 30’/2°T), Róbston e Anaílson (Fabinho 29’/2°T); Juninho e André Leonel (saiu machucado aos 42 do 2º)
Técnico: Zé Teodoro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Paulo Sérgio, Leo, Jean e Pico (Hidalgo 14’/1°T); Nunes (William Thiego 33’/1°T), Eduardo Costa, Rudinei e Roger; Perea e Jonas (André Luís 14’/2°T – saiu machucado aos 20)
Técnico: Celso Roth

Copa do Brasil – segunda fase – jogo de ida
Data: 2/4/08, Quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro: Edílson Ramos da Mata (MT)
Assistentes: Renato Miguel Vieira e Nílson Alves Carrijo (ambos do DF)
Cartões amarelos: Gílson, Róbston, Ari e Juninho (A); Nunes e Rudnei (G)
Gols: Juninho, aos 21 minutos do primeiro tempo e aos 4 minutos do 2º e Roger, aos 43 minutos do segundo tempo.

Copa do Brasil – Grêmio 6 x 0 Jaciara

February 28, 2008

Num planejamento ideal, esse jogo não deveria acontecer, mas acabou sendo um jogo bom para o time, que precisa de entrosamento. Bom para a torcida, que ganhou uma opurtunidade de ver um jogo com tranquilidade e bom para os atacantes marcarem seus gols e acabar com essa ladainha da imprensa.

O Jaciara é fraco, é verdade. Mas também é verdade que não fica devendo nada para boa parte dos times do Gauchão. O mérito do time do Grêmio está em encarar com seriedadade (e vontade) um jogo que era mera formalidade. Desde no o ínicio o Grêmio pressionava e jogava no campo do adversário. Logo aos 11 Perea recebeu, cortou o zagueiro e bateu com força para abrir o placar. Grêmio seguia pressionando, mas Pico apoiava mal e Maylson e Roger pouco apareciam pro jogo. Sobrava a jogada pelo lado direito, onde invariavelmente Paulo Sérgio jogava no corredor e buscava a tabela. Foi justamente pelo lado direito que Leo apareceu para fazer boa jogada, lançou a bola para área, corta luz no meio do caminho, Perea dominou, ajeitou e soltou um foguete para fazer o 2×0.


O adversário voltou sem nenhuma ilusão para o segundo tempo, o que talvez tennha ajudado. Roth aproveitou para testar Julio dos Santos e Roger juntos, e também dar mais ritmo de jogo a Jean. O Jaciara foi com tudo pro gol de honra e chegou a acertar o travessão, o Grêmio saiu da pasmaceira e resolveu liquidar o jogo. Escanteio batido por Paulo Sérgio, Pereira cabeceou contra o defensor e Perea escorou para fazer seu “hat-trick” aos 15. Três minutos mais tarde, num contra-ataque Roger deu um belíssimo passe para Perea entra em velocidade para fazer o 4×0. Hidalgo entrou no lugar de Paulo Sérgio e mostrou reunir mais condições do que Bruno Teles. Pico foi para direita, mas pouco foi visto. Aos 27 Hidalgo bateu mal o escanteio, o defensor do Jaciara deu uma furada monumental e Jean deu um peixinho para marcar o quinto. Aos 32 falta para o Grêmio na intermediária, o juiz coloca a bola no chão e Roger cobra rápido, lançando Soares que fez o seu primeiro e 0 6×0 final.


Maylson tem algumas qualidades interessantes, mas em que posição joga? É volante? É Meia? muitos jogadores promissores se perderam nessa indefinição.

Hidalgo volta em boa hora. Pico está se desgastando, um tempinho na reserva talvez lhe faça bem.

Roger deu dois belos passes, e era um jogo com quase nenhum desafio, mas mesmo assim é impressionante a falta de compretimento desse jogador em algum momentos da partida. Espero que isso não repita em partidas decisivas. Sem falar na insistência em bater o escanteio curto quando isso aparentemente não foi treinado


Fotos: Grêmio.net e ClicRBS

Grêmio F.B.P.A 6 x 0 Grêmio Jaciara
Perea 11´
Perea 35´
Perea 60´
Perea 63´
Jean 72´
Soares 77´

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Paulo Sérgio (Hidalgo 25/2º), Léo (Jean – intervalo), Pereira e Anderson Pico; Eduardo Costa, William Magrão, Maylson (Julio dos Santos – intervalo) e Roger; Soares e Perea
Técnico: Celso Roth

JACIARA:Pedro Paulo; Wellington Fraga, Marinho, David e Daniel (Duty 24/2º); Tiago Silva, Jamba, Pedrinho (Naldinho 24/2º) e Laírson; Marcelinho e Wellington Pereira
Técnico: José Macena

Copa do Brasil 2008 – 1ªfase – jogo de volta
Data: 27 de fevereiro de 2008, quarta-feira, 20h30min
Local: estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Público: 21.959 (19.705 pagantes)
Renda: R$ 168.268,00
Árbitro: Antônio Schneider (RJ)
Assistentes: Claudemir Maffessoni e Luis Kallenberger (SC)
Cartões amarelos: Wellington, David, Marinho (Jaciara); Perea, Eduardo Costa (Grêmio)
Gols: Perea, aos 11 e aos 35 minutos do primeiro tempo, aos 15 e aos 18 minutos do segundo tempo; Jean, aos 27, e Soares, aos 32 minutos do segundo tempo.

Copa do Brasil – Jaciara 0 x 1 Grêmio

February 14, 2008
No primeiro tempo a sensação era de que o gol sairia a qualquer momento. O Grêmio tinha o lado direito livre para atacar, Paulo Sérgio ia com vontade no apoio, mas faltava mais capricho no cruzamento e alguém mais bem posicionado na área. Com o tempo a sensação passou a ser de que o gol estava demorando a acontecer.

No segundo tempo a sensação foi de uma estranha combinação de irritação com a equipe e tédio com o jogo. O cúmulo foi a bola salva por Anderson Pico em cima da linha. O time criou um pouco de vergonha e tentou reagir. Paulo Sérgio, da intermediária, deu um cruzamento/lançamento para Tadeu cabecear pro gol.

Fotos: ClicRBS e ZeroHora.com

Grêmio Jaciara 0 x 1 Grêmio F.B.P.A
Tadeu 89´

JACIARA: Pedro Paulo; Adeilson, Marinho, Jamba; Fraga, Thiago, Pedrinho, Marcelo Souza, Laírson (Naldinho), Daniel (Branco); Wellington.
Técnico: José Mecena.

GRÊMIO: Victor; Paulo Sérgio, Leo, Pereira e Anderson Pico; Eduardo Costa, William Magrão, Peter (Tadeu 14 do 2º) e Roger; André Luís (Adilson 24 do 2º) e Perea (Jonas 28 do 2º).
Técnico: Vagner Mancini

Copa do Brasil, primeira fase, jogo de ida
Data:14/02/2008, quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Verdão, em Cuiabá (MT).
Arbitragem: Elmo Resende (GO), auxiliado por César Augusto de Oliveira Vaz e Evandro Gomes Ferreira (ambos do DF)
Cartões amarelos: Adeílson e Tiago (J), Anderson Pico, Paulo Sérgio, E. Costa e Adilson (G).
Gol: Tadeu (G), aos 44 minutos do segundo tempo.

Copa do Brasil 2008 – Tabela

February 12, 2008


Clique na imagem para amplia-la