Archive for the ‘Copa do Brasil’ Category

Estreias em Copa do Brasil

August 24, 2016
Hoje o Grêmio inicia sua 23ª participação na Copa do Brasil. Eis o retrospecto tricolor nas partidas de estreia nas suas participações anteriores:

 

Foram 13 vitórias, 5 empates e 4 derrotas.
Em apenas 3 ocasiões o Grêmio venceu por dois ou mais gols de vantagem.

 

Vale lembrar que a regra que elimina o jogo de volta em caso de vitória do time visitante por 3 ou mais gols no primeiro jogo das fases iniciais foi introduzida em 1995 e em 1996 a exigência baixou para dois gols, portanto o Grêmio só eliminou o jogo da volta em duas ocasiões.

Também é importante ressaltar que a partir de 2001 os times que participam da Libertadores ficaram de fora da Copa do Brasil. Por esse motivo o Grêmio não disputou as edições de 2002, 2003, 2007 , 2009 e 2011.

Abaixo os confrontos detalhados por ano:

 

1989
19/7/1989 – Quarta-Feira – 21h30min
Ibiraçu-ES 0x1 GRÊMIO –
Gol: Alfinête 07 do 2º tempo
Local: Estádio Engenheiro Alencar Araripe,Cariacica-ES

1990
27/06/1990 – Quarta-feira – 21h00min
Joinville-SC 1×1 Grêmio
Gols: Nardela (Joi) e Nílson (Grê)
Local: Estádio: Ernesto Sobrinho

1991
21/02/1991 – Quinta-feira – 21h00min
Auto Esporte-PB 0x1 Grêmio
Gol: Vilson (pênalti)
Estádio: Almeidão, em João Pessoa – PB

1992
21/07/1992 – Terça-feira – 20h30min
Ji-Paraná 0x4 Grêmio
Gols: Caio 16/1T, Caio 18/1T, Carlinhos 37/2T, Marcos Severo 39/2T
Estádio: Aluízio Ferreira,Porto Velho-RO

1993
12/03/1993 – Sexta-feira – 20h00min
Sorriso-MT 1 x 1 Grêmio
Gols: Carlos Miguel (Grê), Róbson (Sor)
Local: Estádio Egídio José Preima, em Sorriso-MT

1994
11/2/1994 – Sexta-feira- 20:30
Criciúma 2 x 2 Grêmio
Gols: Carlinhos 25/1T, Roger 12/2T, Gílson 33/2T, Vilmar 36/2T
Local: Heriberto Hülse, Criciúma

1995
14/02/1995 – Terça-feira – 20:30
Desportiva-ES 0 x 1 Grêmio
Gol: Jardel
Local: Estádio Engenheiro Alencar Araripe,Cariacica-ES

1996
06/02/1996 – Terça-feira
Operário-MS 0x1 Grêmio
Gol: Paulo Nunes, aos 19 do 1º tempo
Local: Estádio Pedro Pedrossian, em Campo Grande-MS

1997
18/3/1997 – terça-feira – 20:30
Fortaleza 2x 3 Grêmio

Gols:Sandro Gaúcho 12/1T (pen), Zé Alcino 27/1T, Paulo Nunes 36/1T, Zé Alcino 07/2T, Paulo Silva 43/2T
Local: Estádio Castelão,Fortaleza-CE

1998
11/02/1998 – Quarta-feira – 20h30
Linhares-ES 0x0 Grêmio
Local: Estádio Guilherme Carvalho, em Linhares

1998

1999
03/03/1999 – Quarta-feira – 20h30
ABC-RN 1×2 Grêmio
Gols: Palhinha e Walmir (Grêmio), Theo (ABC)
Local: Estádio Machadão, em Natal-RN


2000
22/03/2000 – Quarta-feira – 21h40min
União-MT 0x4 Grêmio
Gols: Ronaldinho (2), Nenê e Zinho
Local: Estádio Luthero Lopes, Em Rondonopolis
2000

2001
14/3/2001 – Quarta-feira – 20:30
Villa Nova-MG 3×2 Grêmio
Gols:Anderson Lima 34/1T, Paulo César 39/1T, Paulo César 07/2T, Anderson Lima 26/2T, Wellington Amorim 32/2T
Local: Estádio Castor Cifuentes – Penidão, Nova Lima-MG

2001.jpg

2004
04/02/2004 – Quarta-feira – 21h45min
Chapadão-MS 0x0 Grêmio
Local: Estádio Morenão, em Campo Grande (MS)


2005
16/02/2005 – Quarta-feira
Bahia 2×1 Grêmio
Gols: Guaru e Viola (Bahia), Somália (Grêmio)
Local: Estádio Fonte Nova , em Salvador, BA

2006
22/02/2006 (quarta-feira)
Piauí 1 x 2 Grêmio
Gols: Lucas (aos 38min do 1º tempo); Pedro Júnior (aos 6min), e Joniel (aos 15min do 2º tempo)
Local: Estádio Albertão, em Teresina-PI

2008
14/02/2008 – quarta-feira – 21h45min
Grêmio Jaciara 0 x 1 Grêmio F.B.P.A
Gol: Tadeu (G), aos 44 minutos do segundo tempo
Local: Estádio Verdão, em Cuiabá (MT).

2010
10/02/2010 – quarta-feira – 19h30min
Araguaia 1 x 3 Grêmio
Gols: Gledson aos 37min do 1º tempo e Borges aos 39min do 1º tempo. Rochemback, aos 12min e Borges aos 40min do 2º tempo
Local: Estádio Luthero Lopes, Rondonópolis (MT).

2012
07/03/2012 – quarta-feira – 22h00
River Plate-SE 2x 3 Grêmio 
Gol: Almir Sergipe, 42’1T; Jonathan, 4’2T; Fernando Belém (contra), 22’2T; Kleber, aos 45’2T e Bertoglio, aos 48’2T
Local: Estádio Lourival Baptista, em Aracaju (SE)

2013
21/8/2013, quarta-feira, 19h30min
Santos 1×0 Grêmio
Gol: Gabriel, aos 36 minutos do segundo tempo.
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP

2014
28/08/2014, quinta-feira, 20h00min
Grêmio 0x2 Grêmio
Gol: David Braz, aos 37, e Robinho, aos 44 minutos do primeiro tempo
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre.

2015
01/04/2015, quarta-feira, 22h00min
Campinense-PB 1 x 2 Grêmio
Gols: Douglas, aos 4 minutos do segundo tempo, Felipe Alves (de pênalti), aos 20 minutos do segundo tempo e Luan (G), aos 22 minutos do segundo tempo
Local: Estádio Amigão, em Campina Grande (PB) .

 

Copa do Brasil 2000

August 28, 2014

Com a estreia do Grêmio na Copa do Brasil 2014 acho oportuno retomar a série sobre as participações do tricolor na competição
Em março de 2000 o clube já estava no seu segundo treinador na temporada (Emerson Leão fora demitido após uma campanha ruim na Copa Sul-Minas). Antônio Lopes faria sua primeira partida oficial no comando da equipe gremista em Rondonópolis, mas o Delegado sofreu de uma indisposição estomacal que o impediu de acompanhar o time no Mato Grosso. Ainda assim  o Grêmio não teve dificuldades para eliminar o adversário logo na partida de ida.
O problema esteve na fase seguinte, quando o tricolor enfrentou a Portuguesa. Na primeira partida, ocorreu um 0x0 no Canindé, onde as atenções se voltaram para a forma física de Ronaldinho, que havia entrado numa polêmica com Vanderlei Luxemburgo, então técnico da seleção brasileira, sobre o seu peso.
Os gols e a surpresa ficaram para o jogo de volta. A Lusa abriu 2×0 antes dos 30 minutos de partida. Ronaldinho descontou ainda na primeira etapa, mas no segundo tempo o “Príncipe” Leandro Amaral marcou dois gols, sacramentando a eliminação e a pior derrota gremista em todas edições da Copa do Brasil.

União Rondonópolis União Rondonópolis 0x4 Grêmio Grêmio

UNIÃO RONDONÓPOLIS: Jéferson; Bira, Viana, Souza e Augusto; Baré, Nunes, Claudinho (Fábio Jr.) e Barbosa; Edmílson e Zumbi.
Técnico: Édson Boaro
GRÊMIO: Danrlei; Ânderson ima (Itaqui), Marinho (Rodrigo Costa), Nenê e Roger; Eduardo Costa, Astrada, Zinho e Paulo Nunes; Ronaldinho e Amato (Gauchinho)
Técnico: Miguel Ferreira (auxiliar)
Jogo de ida – Segunda Fase – Copa do Brasil 2000
Data: 22 de março de 2000, quarta-feira, 21h40min
Local: Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT).
Árbitro: Getúlio Barbosa de Souza Júnior (MS)
Auxiliares: José Carlos de Oliveira-MG e Paulino Mariano Fernandes-MG
Cartão Amarelo: Bira, Roger, Ronaldinho e Anderson Lima
Gols: Ronaldinho, aos 10 minutos do primeiro tempo. Nenê aos 7, Ronaldinho aos 16 e Zinho aos 33 minutos do segundo tempo


Portuguesa Portuguesa 0x0 Grêmio Grêmio

PORTUGUESA: Fabiano; Celso Vieira (Cafu), Émerson, Tinho e Wagner; Simão (Alexandre), Élson, Marquinhos e Evandro; Leandro e Bentinho (Jean).
Técnico: Nelsinho Baptista

GRÊMIO: Danrlei; Ânderson Lima, Marinho, Nenê e Roger; Eduardo Costa, Gavião, Zinho (Jé) e Paulo Nunes (Fabrício); Ronaldinho e Amato (Gauchinho)
Técnico: Antônio Lopes

Jogo de ida – Terceira Fase – Copa do Brasil 2000
Data: 27 de abril de 2000, quinta-feira, 20h30min
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo-SP
Árbitro: Antônio Pereira da Silva (FIFA/GO)

Grêmio Grêmio 1×4 Portuguesa Portuguesa

GRÊMIO: Danrlei; Ânderson, Marinho, Fabrício e Roger; Astrada (Gavião), Eduardo Costa, Paulo Nunes (Gauchinho) e Zinho; Ronaldinho e Amato (Rodrigo Gral)
Técnico: Antônio Lopes

PORTUGUESA: Fabiano (Marcelo Moretto); Cafu, Émerson, Tinho e Wágner; Simão, Élson, Evandro (Sandro Fonseca ) e Marquinhos; Leandro (Da Silva) e Bentinho
Técnico: Nelsinho Baptista

Jogo de volta – Terceira fase – Copa do Brasil 2000
Data: 3 de maio de 2000, quarta-feira, 20h30min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Árbitro: Reinaldo Ribas Vieira-RJ
Auxiliares: Manoel do Couto Pires e Carlos Henrique Alves Lima (RJ)
Cartões Amarelos: Astrada, Amato, Eduardo Costa, Fabiano, Tinho e Wagner
Gols: Evandro aos 9, Émerson aos 26 e Ronaldinho aos 38 minutos do primeiro tempo. Leandro aos 21 e aos 39 minutos do segundo tempo


Fontes: Correio do Povo e Zero Hora

Copa do Brasil 1999

October 23, 2013
Assim como aconteceu na edição anterior, o Grêmio foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil de 1999.
O time comandado por Celso Roth  dividia as atenções entre Gauchão, Copa Sul e Copa do Brasil no primeiro semestre daquela temporada. Naquele momento, o maior destaque do plantel era o zagueiro Scheidt, que então era convocado para a seleção brasileira por Vanderlei Luxemburgo.
O Grêmio conseguiu os títulos das competições regionais que disputou, mas no certamente nacional foi eliminado pelo Flamengo, após fazer uma partida muito ruim no Olímpico na ida e quase te conseguido buscar a reversão no Maracanã na volta.
O curioso é que a eliminação poderia ter sido ainda mais precoce, contra o ABC de Natal logo na primeira fase. O Tricolor ganhou a primeira partida por 2×1 no Rio Grande do Sul. Na volta, o ABC ganhava por 3×2 quando, aos 39 minutos do segundo tempo, ocorreu um blecaute nas regiões sul, sudeste e centro-oeste. O Olímpico ficou sem luz por mais de 20 minutos, período no qual houve dúvida sobre quais seriam as consequências se a energia não retornasse (O jogo seria dado como encerrado? Seriam jogado novamente desde o começo? Somente os minutos restantes). Por sorte a iluminação retornou em tempo hábil e Agnaldo conseguiu marcar, aos 43 minutos do segundo tempo, o 3×3 que colocou o Grêmio na fase seguinte.

1ª Fase – Jogo de ida
ABC ABC-RN 1×2 Grêmio Grêmio

ABC: Michel Schumacher; Jamur (Éverton), Marcão, Mário César e Quinho; Ivanildo, Evandro (Téo), Humberto e Tecy (Jorginho); Sérgio Alves e Róbson.
Técnico: Ferdinando Teixeira

GRÊMIO: Danrlei; Walmir, Rodrigo Costa, Scheidt e Roger; Fabinho, Goiano, Itaqui e Palhinha (Otacílio); Zé Alcino (Agnaldo) e Macedo (Ronaldo Alves).
Técnico: Celso Roth

Data: 03/03/1999, Quarta-feira, 20h30
Local: Estádio Machadão, em Natal-RN
Árbitro: Antônio Hora Filho (SE)
Auxiliares: Terêncio Santos (SE) e José Pedro Vanderlei (PE)
Cartões Amarelos: Mário César, Walmir, Robson, Roger, Goiano e Agnaldo
Cartão Vermelho: Walmir (23/2ºT)
Gols: Palhinha, aos 16/1ºT e Walmir aos 35/1ºT; Téo aos 21 minutos do segundo tempo

 

 

 

1999 abc

1ª Fase – Jogo de volta
Grêmio Grêmio 3×3 ABC-RN ABC

Grêmio: Danrlei; Itaqui, Rodrigo Costa, Scheidt e Roger; Otacílio (Zé Afonso), Goiano, Palhinha (Ronaldinho) e Arílson (Robert); Macedo e Agnaldo.
Técnico: Celso Roth
ABC: Michel Schumacher; Humberto, Marcão, Mário César e Quinho; Ivanildo, Evandro, Théo (Rincón) e Tecy (Wanderlei, depois Rau);  Sérgio Alves e Róbson.
Técnico: Ferdinando Teixeira
Data: 11/03/1999, Quinta-feira, 20h30min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 6.480 (5.142 pagantes)
Renda: R$ 48.892,00.
Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Auxiliares: Roberto Braatz
Cartões Amarelos: Palhinha, Rodrigo Costa, Marcão, Mário César, Quinho, Humberto e Evandro

Gols: Robson aos 2/1ºT, Robson aos 6/1ºT e Palhinha aos 23/1ºT; Macedo aos 18/2ºT, Robson aos 23/2ºT e Agnaldo aos 43/2ºT

 

2ª Fase – Jogo de Ida

Vila Nova-GO Vila Nova 2×1 Grêmio Grêmio

VILA NOVA: Harley; Moisés, Vladimir, Leonardo e Carlos Eduardo; Donizete, Cléber (Luciano), Sabino (Reinaldo Aleleuia) e Cacá; Ânderson e Verona (Luizão).
Técnico: Tata.
GRÊMIO: Danrlei; Walmir, Ronaldo Alves, Éder e Roger; Fabinho, Goiano, Itaqui e Robert (Zé Alcino); Ronaldinho (Zé Afonso) e Macedo (Rodrigo Gral).
Técnico: Celso Roth
Data: 24 de março de 1999, quarta-feira, 20h30min
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO
Público: 12.376 pagantes
Renda: R$ 108.028,00
Árbitro: Luciano Almeida (DF)
Auxiliares: Nelson Garrijo (DF) e Marrubson Mello Freita (DF)
Cartão Vermelho: Rodrigo Gral, aos 48/2ºT
Gols: Moisés, aos 21/1ºT. Anderson aos 41/2ºT e Zé Afonso aos 47/2ºT

 

 

2ª Fase – Jogo de volta

 Grêmio Grêmio   4×2 Vila NovaVila Nova-GO

GRÊMIO: Danrlei; Walmir, Ronaldo Alves, Éder e Roger; Fabinho, Goiano (Otacílio), Itaqui e Arílson; Macedo e Agnaldo (Zé Afonso)
Técnico: Celso Roth
VILA NOVA: Harley; Moisés; Wladimir, Leonardo e Carlos Eduardo (Reinaldo); Donizete, Cléber (Verona), Luizão e Cacá; Luciano e Ânderson (Sabino)
Técnico: Tata
Data: 31 de março de 1999, quarta-feira, 20h30min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 7.268 pagantes
Renda: R$ 50.985,00
Árbitro: Jamir Carlos Garcez (DF)
Auxiliares: Rogério Monteiro Oliveira (DF) e Ildelfonso Trombetta (PR)
Cartões Amarelos: Leonadro, Verona, Carlos Eduardo, Cacá e Éder
Cartão Vermelho: Donizete e Verona
Gols: Macedo aos 12/1ºT, Itaqui aos 35/1ºT; Arílson (pênalti) aos 10/2ºT, Luciano aos 16/2ºT, Itaqui aos 23/2ºT e Verona aos 29/2ºT

 

 

 

 

 

Oitavas de final – Jogo de ida

Grêmio Grêmio 1×2 Flamengo Flamengo

GRÊMIO: Danrlei; Itaqui, Ronaldo Alves, Scheidt e Roger; Fabinho, Goiano, Palhinha (Walmir) e Arílson (Zé Afonso); Macedo e Agnaldo (Zé Alcino).
Técnico: Celso Roth
FLAMENGO: Clemer; Fábio Baiano (Pimentel), Fabão, Luís Alberto e Athirson; Jorginho, Maurinho, Beto e Iranildo; Caio (Rodrigo Mendes) e Romário.

Técnico: Carlinhos

Data: 21 de abril de 1999, quarta-feira, 16h00min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 35.556 (30.408 pagantes)
Renda: R$ 334.554,00
Árbitro: Luciano A. Almeida (DF)
Auxiliares: Jorge Paulo Gomes e Nilson Carrijo
Cartões Amarelos: Jorginho, Iranildo e Zé Afonso
Gols: Romário, aos 6/2ºT, Caio aos 9/2ºT e Macedo aos 14/2ºT

 

 

 


Oitavas de final – Jogo de volta

Flamengo Flamengo 2×2 Grêmio Grêmio

FLAMENGO: Clemer; Pimentel (Leonardo Inácio), Fabão, Luiz Alberto e Athirson; Jorginho, Maurinho, Iranildo e Beto (Vágner e depois Rodrigo Mendes), Leandro Machado e Romário.
Técnico: Carlinhos

GRÊMIO: Danrlei; Walmir, Ronaldo Alves, Scheidt e Éder; Djair (Ronaldinho), Fabinho, Goiano e Itaqui; Macedo (Arílson) e Zé Alcino (Rodrigo Gral).
Técnico: Celso Roth

Data: 29 de abril de 1999, quinta-feira, 20h30min
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ
Público: 20.366 pagantes
Renda: R$ 133.708,00.
Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (MG)
Auxiliares: Marco Antônio Martins e Helbert Costa Andrade
Cartões Amarelos: Leandro Machado, Goiano e Itaqui
Gols: Fabão aos 8/1ºT, Zé Alcino aos 37/1ºT e Romário aos 41/1ºT; Scheidt aos 13/2º T

Fontes: Correio do Povo, O Globo, Zero Hora e Bola na Área

Copa do Brasil 1998

August 21, 2013
A participação do Grêmio na Copa do Brasil de 1998 foi bastante rápida. O time comandado por Sebastião Lazaroni, fez apenas 4 partidas na competição, sendo eliminado nas oitavas de final.
No primeiro semestre daquela temporada o tricolor contava com figuras como Beto, Jorginho (irmão de Junior Baiano), Guilherme, Maurílio e Ronaldinho no seu plantel, que, apesar de estar também disputando a Libertadores, gozou de relativa folga no calendário, uma vez que só teria compromissos pelo Gauchão no final de abril.
Na primeira fase o Grêmio fez uma partida muito ruim (0x0) com o Linhares no Espírito Santo. Na volta os capixabas levaram 2×0 no primeiro tempo e fizeram um “cai cai” no início da segunda etapa. Nas oitavas de final o adversário foi o São Paulo, que largou com uma vantagem de 2×0 no primeiro jogo no Morumbi. A direção do Grêmio tentou mobilizar time e torcida para o jogo da volta, com campanha de marketing e de ingressos para buscar a classificação. Não deu certo. Já no primeiro tempo do jogo no Olímpico o São Paulo repetiu o placar do jogo da ida e garantiu a vaga.

Primeira Fase – Jogo de Ida
Linhares-ES 0x0 Grêmio

LINHARES: Luiz Carlos; Polaco, Paulo Renato, Oliveira e Rogério; Marquinhos, André Pimpolho, Beto e Edu; Glaedson e Betinho (Pedro Paulo).
Técnico: Dario Lourenço

GRÊMIO Danrlei; Itaqui, Jorginho, Scheidt e Roger; Otacílio, Luiz Carlos Goiano, Beto (Zé Alcino) e Ailton (Robert); Maurílio e Guilherme.
Técnico: Sebastião Lazaroni

Data: 11 de Fevereiro de 1998, quarta-feira, 20h30min
Local: Estádio Guilherme Augusto de Carvalho, em Linhares-ES
Árbitro: Wagner Tardelli (RJ). 
Cartões Amarelos: Scheidt, Roger, Goiano, Otacilio, Polaco, Paulo Renato e Oliveira
Cartão Vermelho: Beto (Linhares)

Primeira Fase – Jogo de Ida
Grêmio 2×0 Linhares

GRÊMIO: Danrlei; Itaqui, Jorginho, Scheidt e Roger; Fabinho, Goiano, Beto e Aílton; Maurílio e Guilherme. 
Técnico: Sebastião Lazaroni
LINHARES: Luiz Carlos; Polaco, Pinheiro, Paulo Renato e Rogério Tatu; Pedro Paulo, Marquinhos, André Pimpolho (Igor) e Edu (Leco); Glaedson e Betinho (Cerezo). 
Técnico: Dario Lourenço
Data: 18 de fevereiro, quarta-feira, 20h30min.
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 23.518 (16.081 pagantes)
Renda: R$ 103.040,00. 
Arbitragem: Renildo Nunes (SC)
Auxiliares: Roque Bohnemberger e Carlos Brekemberck (SC).

Cartões Amarelos: Pinheiro, Pedro Paulo e Betinho
Cartões Vermelhos: Pinheiro, Marquinhos e Rogério Tatu (Linhares).
Gols: Beto, aos 33 minutos e Guilherme, aos 47 minutos do 1º tempo

Oitavas de final – Jogo de ida
São Paulo 2×0 Grêmio

SÃO PAULO: Rogério; Zé Carlos, Capitão, Márcio Santos e Serginho; Alexandre (Edmílson), Fabiano (Gallo), Carlos Miguel e Denílson; Marcelo Sergipano (França) e Aristizabal
Técnico: Nelsinho Batista
GRÊMIO: Danrlei; Itaqui, Jorginho, Scheidt e Roger (André Silva); Fabinho, Luiz Carlos Goiano (Otacílio), Aílton e Beto; Ronaldinho (Zé Alcino) e Guilherme
Técnico: Sebastião Lazaroni


Data: 19 de março de 1998, quinta-feira, 21h40min 
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (FIFA/MG)
Auxiliares: Herbert Costa Andrade e Marco Antônio Gomes
Cartões Amarelos: Capitão, Carlos Miguel, Jorginho, Roger e Fabinho
Gols: Carlos Miguel aos 14 do 2º tempo e França aos 28 minutos do 2º tempo

Oitavas de final – Jogo de volta

Grêmio 0x2 São Paulo
GRÊMIO: Danrlei; Dário (Itaqui), Jorginho, Scheidt e Roger; Fabinho, Goiano, Tinga e Ronaldinho (Djair); Beto (Zé Alcino) e Guilherme
Técnico: Sebastião Lazaroni
SÃO PAULO: Rogério; Zé Carlos, Capitão, Márcio Santos e Serginho; Alexandre, Gallo, Fabiano (Edmílson) e Denílson (Marcelinho Paraíba); França e Dodô (Aristizabal).
Técnico: Nelsinho Batista
Data: 21 de abril de 1998, terça-feira, 21h40min
Público: 35.295 (32.256 pagantes)
Renda:R$ 322.389,00. 
Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (FIFA/MG)
Auxiliares: Marco Antônio Machado e e Marco Antônio Martins (MG)
Cartões Amarelos: Tinga, Djair e Serginho
Cartão Vermelho: Goiano, aos 42 minutos do 1º tempo
Gols: Alexandre, aos 10 do 1º tempo e Dodô, aos 20 minutos do primeiro tempo

Fontes: Zero Hora, Correio do Povo e Folha de São Paulo

Copa do Brasil 1997

August 20, 2013

Em razão da estreia do Grêmio amanhã na Copa do Brasil 2013, acho válido retomar a série sobre as participações do tricolor nesta competição.
E a retomada acontece numa edição bem interessante: 1997, ano do Tri invicto. Acima a imagem de um anúncio do marketing gremista tocando uma leva flauta em cima do que a torcida do Flamengo cantava na arquibancada do velho Maracanã.

Mais informações sobre essa conquista podem ser encontradas em:

CopaDoBrasil1997.blogspot.com.br

 

Copa do Brasil 1996

March 21, 2012


Retomando a série sobre as participações gremistas na Copa do Brasil.

No ano de 1996 o Grêmio se via envolto numa maratona de jogos. Ainda assim foi bem sucedido na Copa do Brasil, onde só parou na semifinal da competição, em função de um clamoroso “erro” da arbitragem.

Na primeira fase o Grêmio enfrentou o Operário. Vitória magra do tricolor no Mato Grosso do Sul e um susto no Olímpico, quando o time visitante saiu na frente, mas o Grêmio conseguiu virar para 3×1, com direito a um gol em homenagem aos Mamonas Assassinas marcado por Paulo Nunes.

As oitavas de final foram marcadas pelos três gols de pênalti marcados por Adílson no jogo de volta. Façanha que foi repetida em 2008 por Roger, contra o mesmo Atlético Paranaense.

Nas quartas de final a dificuldade não estava só no Criciúma, mas também no calendário tricolor, uma vez que o Grêmio também estava disputando concomitantemente o mata-mata da Libertadores daquele ano.

A semifinal foi com o Palmeiras, marcando mais um capítulo da rivalidade entre os dois times na metade dos anos 90. O Palmeiras, comandado por Luxemburgo, vinha credenciado pelo seu “ataque dos 100 gols“.

Na partida de ida, o Palmeiras venceu por 3×1. No jogo de volta, disputado numa sexta-feira (três dias depois da primeira partida da semifinal da Libertadores), o Palmeiras saiu na frente, aos 12 minutos do segundo tempo, num chute de Cláudio que desviou em Luizão. Jardel empatou aos 16 e Zé Alcino virou aos 33. Aos 49, Jardel marcou o gol que levaria o jogo para os pênaltis, mas o juiz Dacildo Mourão e do bandeirinha Paulo Jorge Alves anularam o tento, assinalando um impedimento inexistente.

O erro da arbitragem (devidamente registrado pelos cronistas de São Paulo) causou um pandemônio no Olímpico e motivou a histórica frase do presidente Fábio Koff sobre o “esquema Parmalat.

Primeira Fase – Jogo de ida
Operário-MS 0 x 1 Grêmio
Data: 6 de fevereiro de 1996, terça-feira
Local: Estádio Pedro Pedrossian, em Campo Grande MS
Juiz: Joelmes da Costa (MT)
Auxiliares: Mário Martins Rodrigues e Claúdio Costa cacho
Gol: Paulo Nunes aos 19 minutos do primeiro tempo


Primeira Fase – Jogo de volta
Grêmio 3 x 1 Operário-MS
Data: 5 de março de 1996, terça-feira
Local: Estádio Olímpico
Público: 10.921 (8.364 pagantes)
Renda: R$ 78.797,00
Juiz: Osvaldo Meira Jr (SC)
Auxiliares: Roque Bohmnerger e Paulo Conceição
Gols: Nilson Aragão (20/2ºT), Silvio (22 e 25/2ºT) e Paulo Nunes (48/2ºT)

———————————————————————————–

1996

Oitavas de Final- Jogo de Ida
Atlético Paranaense 1 x 1 Grêmio
Data: 26 de março de 1996
Local: Estádio da Baixada, em Curitiba-PR
Público: 14.446
Renda: R$ 188.440,00
Juiz: Cláudio Cerdeira-RJ
Gols: Carlos Miguel 4/1ºT e Andrei 39/1ºT

1996-atletico-pr-volta

Oitavas de Final- Jogo de volta
Grêmio 3 x 0 Atlético Paranaense
Data: 19 de abril de 1996
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 27.983
Renda: R$ 373.149,00
Juiz: Wilson de Souza Mendonça-PE
Gols: Adílson 18/2ºT, 25/2ºT e 50/2ºT (Todos de pênalti)
———————————————————————————–

1996-criciuma

Quartas de final- Jogo de ida
Criciúma 1 x 1 Grêmio
Data: 03 de maio de 1996
Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC
Público: 14.003
Renda: R$ 118.353,00
Juiz: Leo Feldman-RJ
Gols: Goiano 34/1ºT e Wanderley 44/1ºT

1996-criciuma-volta

Quartas de final- Jogo de volta
Grêmio 2 x 0 Criciúma
Data: 10 de maio de 1996
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 25.116
Renda: R$ 194.432,00
Juiz: Márcio Rezende de Freitas-MG
Gols: Aílton 10/1ºT e Dinho 18º/1ºT
———————————————————————————–

Semifinal – Jogo de ida
Palmeiras 3×1 Grêmio


PALMEIRAS: Velloso; Cafu, Sandro, Cléber e Júnior (Cláudio); Flávio Conceição (Galeano), Amaral, Djalminha e Rivaldo; Muller e Luizão (Elivélton)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

GRÊMIO: Danrlei; Arce, Rivarola, Luciano e Carlos Miguel; Dinho (Emerson), Luiz Carlos Goiano, João Antonio e Aílton (Rodrigo Mendes); Paulo Nunes (Zé Alcino) e Jardel.
Técnico: Luís Felipe Scolari

Data: 29/05/1996
Local: Estádio Parque Antártica
Público: 29,747
Renda: 331.224,00
Árbitro: Wilson de Souza Mendonça
Cartões Amarelos: Luizão, Cleber, Dinho, Goiano, Djalminha e Muller
Gols: Rivaldo aos 35/1ºt, Djalminha 47/1ºt, Paulo Nunes 9/2ºt e Muller 34/2ºt


Semifinal – Jogo de volta
Grêmio 2 x 1 Palmeiras


GRÊMIO: Danrlei, Arce, Rivarola, Luciano e Roger; Adílson, João Antônio, Aílton e Rodrigo Mendes (Zé Alcino); Paulo Nunes e Jardel
Técnico: Luís Felipe Scolari

PALMEIRAS: Velloso; Cafu, Sandro Blum, Cláudio e Júnior; Galeano, Amaral, Djalminha ( Roque Júnior) e Rivaldo;, Müller ( Marquinhos) e Luizão (Elivélton)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Data: 07 de junho de 1996, sexta-feira, 21h35min
Renda: 384.050,00
Público: 36,808
Juiz: Dacildo Mourão
Bandeirinha: Paulo Jorge Alves
Cartão Amarelo: Júnior, João Antônio, Sandro, Amaral, Cafu, Rodrigo Mendes, Paulo Nunes, Luciano, Arce, Adílson, Djalminha, Velloso e Cláudio
Cartão Vermelho: Sandro
Gols: Cláudio 12/2ºT, Jardel 16/2ºT e Zé Alcino 33/2ºT

Copa do Brasil 1995

March 11, 2010

A Copa do Brasil de 1995 evoca diversas lembranças. Foi o ano que o SBT comprou os direitos da competição, passando a valorizá-la ao exibir diversos jogos em horário nobre.

Lauro Quadros suspeitou da tabela que favorecia o Flamengo. 10 anos depois Socrátes fez revelações estarrecedoras sobre a montagem dos jogos.

O Grêmio tinha um caminho bem complicado. Nas oitavas, Danrlei fechou o gol no Parque Antártica e garantiu um heróico 2×2 com 8 jogadores em campo. Nas quartas, Jardel pulou mais alto que Zetti e liquidou o São Paulo. Nas semifinais, a lendária briga de Felipão e Luxemburgo.

Na final, cansado pela maratona de jogos daquele primeiro semestre, o Grêmio não teve forças para superar o Corinthians. Contudo, no final do 2º jogo, aconteceu uma das cenas mais bonitas da história do estádio Olímpico, quando a torcida cantou o hino em uníssono para reconhecer o esforço do time no gramado.

PRIMEIRA FASE
Jogo de Ida – 14/02/1995 – Terça-feira – 20:30
Desportiva-ES 0 x 1 Grêmio
Local: Estádio Engenheiro Araripe – Juiz: Carlos Elias Pimentel
Gol: Jardel

Jogo de volta – 28/03/1995 – Terça-feira – 20:30
Grêmio 2 x 1 Desportiva-ES
Local: Estádio Olímpico – Juiz: Dalmo Bozzano
Gols: Paulo Nunes e Magno (GRÊ); Mário (DES)

OITAVAS DE FINAL
Jogo de ida – 11/04/1995 – Terça-feira – 20:45
Grêmio 1 x 1 Palmeiras
Local: Estádio Olímpico – Juiz: Antonio Pereira da Silva(GO)
Gols: Rivaldo (PAL), Dinho [pen](GRÊ)


Jogo de volta – 18/04/1995 – Terça-feira – 20:45
Palmeiras 2 x 2 Grêmio
Local: Parque Antártica – Juiz: Wilson de Souza Mendonça-PE
Gols: Goiano e Paulo Nunes (GRÊ); Lozano e Rivaldo (PAL)

QUARTAS DE FINAL
Jogo de ida – 05/05/1995 – Sexta-feira – 20:45
São Paulo 1 x 1 Grêmio
Local: Pacaembu – Juiz: Sidrak Marinho dos Santos-SE
Gols: Bentinho (SP) Paulo Nunes (GRÊ)

Jogo de volta – 12/05/1995 – Sexta-feira – 20:45
Grêmio 2 x 0 São Paulo
Local: Olímpico – Juiz: Márcio Rezende de Freitas-MG
Gols: Arílson e Jardel

SEMIFINAL
Jogo de ida – 23/05/1995 – Terça-feira – 20:45
Flamengo 2 x 1 Grêmio
Local: Maracanã – Juiz: Lincoln Afonso Bicalho-MG
Gols: Sávio [2] (FLA); Jardel (GRÊ)


Jogo de volta – 31/05/1995 – Quarta-feira – 20:45
Grêmio 1×0 Flamengo
Local: Olímpico – Juiz: Márcio Rezende de Freitas-MG
Gol: Jardel


FINAL
Jogo de ida – 14/06/1995 – Quarta-feira – 20:45
Corinthians 2 x 1 Grêmio

CORINTHIANS: Ronaldo, Vítor, Célio Silva, Henrique e Silvinho; Bernardo (Ezequiel), Marcelinho Paulista e Souza; Marcelinho Carioca, Viola e Fabinho (Elivélton).
Técnico: Eduardo Amorim.

GRÊMIO: Danrlei, Arce, Rivarola, Luciano e Carlos Miguel; Dinho (Gélson), Adílson, Luís Carlos Goiano e Alexandre; Paulo Nunes (Vágner Mancini) e Jardel.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Local: Pacaembu (São Paulo-SP);
Público: 25.281
Renda: R$ 415.212,00
Árbitro: Antônio Pereira da Silva (GO)
Cartões Amarelos: Silvinho, Célio Silva, Marcelinho Paulista,Carlos Miguel, Rivarola, Luciano e Adílson
Cartão Vermelho: Vágner Mancini
Gols: Viola 41′ do 1º; Luís Carlos Goiano 20′ e Marcelinho Carioca 26′ do 2º

Jogo de volta – 21/06/1995 – Quarta-feira – 20:45
Grêmio 0 x 1 Corinthians

GRÊMIO : Danrlei, Arce, Rivarola, Adílson e Carlos Miguel; Dinho (Alexandre), Gélson, Luís Carlos Goiano e Arílson; Paulo Nunes e Jardel.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

CORINTHIANS: Ronaldo, André Santos, Célio Silva, Henrique e Silvinho; Zé Elias, Bernardo e Souza; Marcelinho Carioca, Viola e Marques (Tupãzinho).
Técnico: Eduardo Amorim

Local: Olímpico (Porto Alegre-RS)
Público: 47.352
Renda: R$ 740.415,00
Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (MG)
Cartões Amarelos: Jardel, Rivarola,Gélson, Adílson, André Santos e Bernardo
Cartões Vermelhos: Paulo Nunes e Silvinho.
Gol: Marcelinho Carioca 26′ do 2º

————————————————————————————
Fontes: Bola na área, CBF, Placar, Zero Hora e Jornal do Brasil

Copa do Brasil 1994

March 11, 2010
Lembro da então traumática saída de Gílson Cabeção para o Tigres, do México. Seu substituto foi o inesquecível Nildo, que virou ídolo instantaneamente.


Detalhes da competição no blog:

http://www.copadobrasil1994.blogspot.com/

Copa do Brasil 1993

March 5, 2010

Diversos fatos marcaram a participação do Grêmio na Copa do Brasil de 1993.
A passagem meteórica de Dener.Eduardo Heuser sendo herói nos pênaltis contra o Palmeiras, para depois se tornar vilão na final contra o Cruzeiro. A artilharia de Gílson. A esdrúxula decisão de colocar um juiz mineiro em Porto Alegre e um juiz gáucho em Belo Horizonte nas finais. (E o regulamento garantia o segundo jogo na casa do Cruzeiro). A polêmica decisão de Márcio Rezende de Freitas de não transferir o primeiro jogo da final, mesmo após o dilúvio que caiu sobre Porto Alegre naquele dia. Obviamente que depois do jogo surgiram vários boatos sobre a drenagem do Olímpico.

PRIMEIRA FASE

Jogo de ida – 12/03/1993 – Sexta-feira – 20h00min
Sorriso-MT 1 x 1 Grêmio
Local: Estádio Egídio José Preima – Juiz: Marcos Augusto dos Santos-MS
Gols: Carlos Miguel (Grê), Róbson (Sor)

Jogo de volta – 19/03/1993 – Sexta-feira – 21h00min
Grêmio 5 x 2 Sorriso-MT
Local: Estádio Olímpico – Juiz: Osvaldo Meira Júnior
Gols: , Gílson [4] e Carlos Miguel (Grêmio) ; Cosminho e Luciano [contra](Sor)

1993-copa-do-brasil-sorriso-valdir-friolin1993-copa-do-brasil-sorriso-valdir-friolin-zh-ficha-certo1993-copa-do-brasil-sorriso-valdir-friolin-gilson

OITAVAS DE FINAL

Jogo de ida – 30/03/1993 – Terça-feira – 21h00min
União Bandeirante-PR 0x4 Grêmio
Local: Estádio Comendador Luiz Meneghel – Juiz: Flávio de Carvalho
Gols: Carlos Miguel [2] Eduardo e Charles

1993-uniao-bandeirante-ida-fora

Jogo de volta -13/04/1993 – Terça-feira – 21h00min
Grêmio 2×1 União Bandeirante-PR
Local: Estádio Olímpico – Juiz: Getulio Barreto de Souza
Gols: Gílson e Charles (Grê) e Chicletão (UB)

1993-uniao-bandeirante-volta-valdir-friolin-scan1993-uniao-bandeirante-volta-manchete1993-uniao-bandeirante-volta-chareles1993-uniao-bandeirante-volta-charles-valdir-friolin-scan

QUARTAS DE FINAL

Jogo de Ida – 27/04/1993 – Terça-feira – 21h30min
Palmeiras 1×1 Grêmio
Local: Estádio Pacaembu – Juiz: Antonio Pereira da Silva-GO
Gols: Edmundo (Pal) e Gilson (Grê)

Jogo de Volta – 13/05/1993 – Quinta-feira – 21:40
Grêmio 1×1 Palmeiras
* Nos pênaltis: Grêmio 7×6 Palmeiras

Local: Estádio Olímpico – Juiz: Cláudio Vinícius Cerdeira-RJ
Gols: Tonhão (Pal) e Charles (Grê)

SEMIFINAL

Jogo de Ida – 20/05/1993 – Quinta-feira – 21:40
Flamengo 4×3 Grêmio
Local: Estádio Maracanã – Juiz: Paulo César Gomes
Gols: Nélio, Djalminha [2] e Renato Gaúcho (Fla); Juninho, Gílson e Eduardo (Grê)

 


Jogo de Volta – 27/05/1993 – Quinta-feira – 21:30
Grêmio 1×0 Flamengo
Local: Estádio Olímpico – Juiz: Márcio Rezende de Freitas-MG
Gol: Gílson

FINAL

Jogo de Ida – 30/05/1993 – Domingo – 18h00min
Grêmio 0 x 0 Cruzeiro

GRÊMIO : Eduardo, Luiz Carlos Winck, Paulão, Luciano e Dida; Pingo, Jamir, Juninho e Dêner; Gílson (Charles) e Carlos Miguel(Mabília)

 Técnico: Sérgio Cosme


CRUZEIRO : Paulo César, Zelão, Célio Lúcio, Luizinho e Nonato; Ademir, Rogério Lage e Marco Antônio Boiadeiro; Roberto Gaúcho, Cleison e Edenílson

 Técnico: Pinheiro


Local: Olímpico (Porto Alegre-RS) 

Público: 36.342 pagantes
Renda: Cr$ 4.492.750.000,00

 Juiz: Márcio Rezende de Freitas (MG) 

Cartões Amarelos: Nonato, Juninho, Luizinho, Cleison e Luiz Carlos Winck

Jogo de Volta – 3/06/1993 – Quinta-feira – 21h40min

Cruzeiro 2 x 1 Grêmio

CRUZEIRO: Paulo César, Paulo Roberto Costa, Célio Lúcio, Róbson e Nonato; Ademir, Rogério Lage e Éder; Roberto Gaúcho, Cleison e Edenílson.
Técnico: Pinheiro.
 


GRÊMIO : Eduardo, Jackson, Paulão, Luciano e Dida(Charles); Pingo, Jamir (Fabinho), Juninho e Dêner; Gílson e Carlos Miguel.


Técnico: Sérgio Cosme.


 
Local: Mineirão (Belo Horizonte-MG);
Público: 70.723;
Juiz: Renato Marsiglia (RS);


Cartões Amarelos: Cleison, Éder, Ademir, Roberto Gaúcho, Dêner e Jamir.


Gols: Roberto Gaúcho 12′ e Pingo 25′ do 1º; Cleison 20s’ do 2º;

1993-zh

 

 




1993-cruzeiro-finalb1993-cruzeiro-final-dener-corrigido

———————————————————————————————-

Fontes: CBF, Bola na Área,Coleção Grêmio Gianfranco, Placar, ClicRBS, Correio do Povo, Zero Hora, Estado de Minas e Jornal do Brasil

Copa do Brasil 1992

July 15, 2008


PRIMEIRA FASE

Jogo de ida – 21/07/1992 – Terça-feira – 20h30min
Ji-Paraná ox4 Grêmio – Estádio: Aluízio Ferreira,Porto Velho-RO
Gols: Caio 16/1T, Caio 18/1T, Carlinhos 37/2T, Marcos Severo 39/2T

1992-ji-parana

Jogo de volta – 28/07/1992 – Terça-feira – 15h30min
Grêmio 4×0 Ji Paraná-RO – Estádio: Olímpico
Gols: PMarcos Severo 16/2T, Alcindo 18/2T, Alaércio 30/2T, Caio 38/2T (Gre), Ademirzinho 41/2T (JiP)

1992-a1992-b

OITAVAS DE FINAL
Jogo de ida – 18/09/1992 – Sexta-feira – 21h45min
Grêmio 0 x 1 Paraná – Estádio: Olímpico
Gol: Serginho 30/2T

“Após 26 partidas e mais de três anos invicto, o Grêmio perdeu o primeiro jogo na Copa do Brasil. Desde a estréia, o clube havia conquistado 16 vitórias e 10 empates. No dia 18 de setembro, o Paraná acabou com a festa gremista. O jogo acabou 1×0, mas não garantiu a vaga para a equipe paranaense. No jogo de volta em Curitiba, o Tricolor Gaúcho deu o troco e venceu por 2×1, se classificando para as Quartas-de-Final”. (Bola na área)

Jogo de volta – 23/10/1992 – Sexta-feira – 21h30min
Paraná 1×2 Grêmio – Estádio: :Pinheirão,Curitiba-PR
Gols: Luís Américo 25/1T, Carlinhos 12/2T, Caio 37/2T

QUARTAS DE FINAL
Jogo de ida – 06/11/1992 – Sexta-feira – 21h30min
Grêmio 1 x 1 Internacional – Estádio: Olímpico
grenal-1992

1992-silas-folha-de-hoje

GRÊMIO: Emerson; Carlão, Paulão, João Marcelo, Xará; Jandir, Alaércio (Caçapa), Caio; Alcindo (Jairo Lenzi), Lima, Carlinhos.
Técnico: Cláudio Garcia

INTERNACIONAL: Fernandez; Célio Lino, Célio Silva, Pinga, Ricardo; Márcio (Simão), Silas (Zinho), Marquinhos, Elson; Maurício, Gérson.
Técnico:Antônio Lopes

Público: 52.252

Juiz: José Mocellin
Cartões Amarelos: Fernandez, Márcio, Elson, Maurício, Gérson
Gols:Alcindo 04/2T, Gérson 27/2T

Jogo de volta – 17/11/1992 – Terça-feira – 21h30min
Internacional 1 x 1 Grêmio – Estádio: Beira-Rio
Inter 3X0 nos pênaltis

grenal-1992-copa-do-brasil-2

1992-grenal-xara-gerson-volta-jose-ernesto-folha-de-hoje1992-grenal-folha-de-hoje-b

INTERNACIONAL: Fernandez; Célio Lino, Célio Silva, Pinga, Daniel; Márcio (Simão), Elson, Marquinhos, Luciano (Silas); Maurício, Gérson.
Técnico: Antônio Lopes

GRÊMIO: Emerson; Leandro Silva, Paulão, Vilson, Xará; Jandir, Alaércio, Carlos Miguel; Alcindo (Lima), Carlinhos.
Técnico: Cláudio Garcia

Juiz: Renato Marsiglia
Cartões Amarelos: Xará, Jandir, Lima
Gols: Gérson 09/2T, Carlinhos 29/2T