Archive for the ‘Couto Pereira’ Category

Brasileirão 2017 – Coritiba 0x1 Grêmio

October 16, 2017

014 (2)

Foi um jogo muito ruim. O Coritiba mostrou que não é toa que está na zona do rebaixamento. E ainda assim o Grêmio foi inferior ao seu adversário na maior parte da partida (menos posse de bola, menor número de conclusões). A escalação tricolor apresentou problemas no meio de campo. Arthur ficou perdido entre as tarefas de auxiliar Jailson na proteção da zaga e aparecer na criação das jogadas. Ramiro mais uma vez não rendeu tão bem jogando centralizado. Contudo o Grêmio foi resistindo e acabou tendo um pouco de sorte no final da partida. Aos 47, Jael caiu ao tentar o drible mas se levantou em tempo de aproveitar a falha causada pelo escorregão do volante Jonas. Ramiro, incansável, entrou em velocidade, aproveitando o passe do centroavante para concluir de pé esquerdo na saída do goleiro Wilson.

007

Everton não está fazendo uma temporada espetacular, mas ainda assim não pode ser reserva nesse time do Grêmio.

Pro meu gosto o calção branco com meias pretas é a pior combinação para camisa tricolor do Grêmio.
005 (1)
Fotos: Coritiba.com.br

Coritiba 0x1 Grêmio

CORITIBA: Wilson; Dodô, Cleber Reis, Werley e Carleto; Jonas, Alan Santos, Matheus Galdezani (Yan Sásse, intervalo) e Tiago Real (Neto Berola, 27’2ºT); Rildo (Anderson, 30’2ºT) e Henrique Almeida
Técnico: Marcelo Oliveira.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Jaílson, Arthur, Fernandinho (Jael, 44’2ºT), Ramiro e Arroyo (Everton, 16’2ºT) ; Barrios (Beto da Silva, 30’2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

28ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 15/10/2017, domingo, 19h00min
Local: Couto Pereira, em Curitiba-PR
Público: 14.802 (10.814 pagantes)
Renda: R$ 242.500,00
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Dodô, Luizão, Jonas, Henrique Almeida (COR); Ramiro, Kannemann, Beto da Silva (GRE)
Gol: Ramiro, aos 46 minutos do 2º tempo

Advertisements

Brasileirão 2016 – Coritiba 4×0 Grêmio

September 8, 2016

2016-coritiba-4x0-gremio-b2016-coritiba-4x0-gremio-c

Era difícil de imaginar que o Grêmio teria uma atuação pior do que a que teve contra o Botafogo.  O início da partida em Curitiba até foi animador. Aos 7 minutos , Henrique Almeida chutou com endereço certo, mas um defensor do Coxa desviou para escanteio. Aos 15, Marcelo Oliveira cruzou e a bola parou no braço de um zagueiro do Coritiba que estava dentro da área e o juiz nada marcou (aparente é só a favor do Grêmio que não marcam esse tipo de pênalti) e aos 19 Douglas desarmou Juninho na intermediária mas desperdiçou a oportunidade tentando um pretensioso toque de cobertura. Mas esse bom início de partida foi uma ilusão e em 17 minutos o Coritiba fez 4 gols. Um de cabeça em lance de bola parada, um em arrancada de Leandro pelo lado direito, um em arrancada de Raphael Veiga pelo lado esquerdo e o mais um em chute de Neto Berola de fora da área.

A atuação do Grêmio foi muito apática. Prova disso está no baixo número de faltas cometidas e no fato de que o Coritiba, mesmo aplicando 4×0, recebeu três cartões amarelos contra NENHUM do Grêmio.

É improvável que algo dito pelos jogadores após uma goleada consiga agradar os torcedores, mas eu fiquei incomodado ao saber que o Edilson afirmou que “o Roger às vezes faz até milagre com o grupo que tem”.  A goleada no Couto Pereira não passa por limitações do plantel.

Não entendi porque o Grêmio usou a meia preta do ano passado. É chato perceber a falta de atenção aos detalhes no próprio uniforme do clube.

 

2016-coritiba-4x0-gremio
Fotos: Coritiba F.C.

Coritiba 4×0 Grêmio

CORITIBA: Wilson; Walisson Maia, Luccas Claro, Juninho e Juan; Alan Santos, João Paulo e Raphael Veiga (Bernardo, 38’/2º); Iago Dias, Neto Berola ( Yan, 17’/2º)e Leandro (Evandro, 18’/2º)
Técnico: Paulo César Carpegiani

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Ramiro (Pedro Rocha, 34’/1º) e Douglas; Luan e Henrique Almeida (Kannemann, int)
Técnico: Roger Machado

23ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 07 de setembro de 2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio  Couto Pereira, em Curitiba – PR
Público: 9.221 (8.507 pagantes)
Renda: R$ 182.140,00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Asp.Fifa-RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone -(Asp.Fifa-RJ)
Cartões amarelos: Iago, Neto Berola e Joao Paulo (Coritiba)
Gols:  Walisson Maia, aos 21 minutos, Leandro, aos 30 minutos, Raphael Veiga, aos 34 minutos, e Neto Berola, aos 38 minutos do primeiro temp0

Brasileirão 2015 – Atlético-PR 1×2 Grêmio

September 17, 2015

A jogada que o São Paulo tão bem bloqueou no domingo acabou fluindo diante do Atlético Paranaense em Curitiba. Foi justamente no recuo do atacante para criar espaço para entrada do homem do meio que o Grêmio começou a vencer o jogo no Couto Pereira. Aos 32 do primeiro tempo, Luan recebeu de Fernandinho na frente da área e limpou bem a marcação antes de dar um belo passe para Douglas, que da marca do pênalti tirou do goleiro e fez o 1×0. Com a vantagem no marcador o Grêmio passou a ter mais espaço para contra-atacar, se aproveitando da situação incomoda do time da casa. Logo aos 2 minutos do segundo tempo, Giuliano encontrou Luan entrando por trás da zaga, e o camisa 7 não desperdiçou o passe , tocando na saída de Weverton. O Atlético chegou a descontar aos 32 minutos, através de Ewandro, que concluiu uma boa jogada de Otávio, mas acabou tendo pouco tempo para buscar um empate.

Giuliano já é um dos líderes em assistências do Brasileirão.
O Footstats divulgou ontem que Luan é o “mais desarmado do Brasileiro Serie A 2015, 212 vezes“. Penso que a informação ficaria mais completa se eles também divulgassem que Luan é o jogador que mais faltas sofreu durante a competição.

Até entendo que parte da torcida do furacão questione o seu treinador por algumas decisões tomadas. Mas Milton Mendes jamais poderia ser criticado por ter escolhido essa sensacional combinação de paletó, camisa e gravata.

Eu não tenho nada contra a ideia do “Naming Rights”. Acho que, se bem trabalhada, pode gerar uma parceria legal entre clube e patrocinador. Mas confesso que tenho dificuldade em imaginar por que uma marca tem interesse em associar o seu nome com essa ampliação tosca do Couto Pereira.

Fotos: Guilherme Artigas (Lance), Gustavo Oliveira (C.A.P), Geraldo Bubniak (Banda B) e Hugo Harada (Gazeta do Povo)

 Atlético-PR Atlético-PR 1×2 Grêmio Grêmio

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Vilches, Wellington e Roberto (Sidcley, 22’/2ºT); Otávio, Deivid (Daniel Hernández, 5’/2ºT), Hernani, Marcos Guilherme e Ytalo (Ewandro, 45’/1ºT); Walter.
Técnico: Milton Mendes
GRÊMIO: Marcelo Grohe (Tiago, 40’/1ºT); Galhardo (William Schuster, 28’/2ºT), Erazo, Bressan, Marcelo Oliveira; Edinho, Walace, Giuliano, Douglas (Bobô, 26’/2ºT) e Fernandinho; Luan.

Técnico: Roger Machado

26 ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 16/09/2015, quarta-feira, às 21h00min
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR
Público: 15.300 (13.619 pagantes)
Renda:  R$ 280.500,00
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Rosnei Hoffmann Scherer (SC)
Cartões amarelos: Otávio (CAP); Tiago e Edinho (GRE).

Gols: Douglas, aos 32 minutos do primeiro tempo; Luan, aos 2 minutos e Ewandro, aos 32 minutos do segundo tempo.

Copa do Brasil 2015 – Coritiba 0x1 Grêmio

August 20, 2015
O Grêmio conseguiu um resultado bem melhor do a sua apresentação no Couto Pereira. No primeiro tempo o tricolor tentou diminuir o ritmo da partida, mas o Coritiba acabou não embarcando nessa ideia e teve várias oportunidades de arrematar a gol. Marcelo Grohe trabalhou bastante nos 45 minutos iniciais.
Na etapa final o Grêmio conseguiu ocupar mais o seu campo de ataque. Giuliano se fez mais presente nas ações do meio de campo e aos 26 minutos Marcelo Oliveira marcou o único gol do jogo em chute da intermediária.
Uma dúvida que fica: Teria como Roger manter o esquema sem centroavante na ausência do Luan? Ontem mais uma vez o Bobô foi pouquíssimo acionado como centroavante de área. E Pedro Rocha está sendo prejudicado pela falta de maior movimentação no ataque (além de aparentar um compreensível cansaço).

 Até acho que o Galhardo foi empurrado antes, mas isso não explica porque ele colocou a mão na bola dentro da área naquela lance no início da partida. De todo forma, ficou bem claro que Sandro Meira Ricci marcou falta no defensor gremista antes do pênalti reclamado pelos mandantes.

Bem interessante essa informação que o posicionamento do Marcelo Oliveira no lance do gol se originou de um vídeo mostrado pelo Roger no intervalo.

Disse antes que, na impossibilidade de usar a meia branca nessa combinação com camisa tricolor e calção branco, o Grêmio deveria sempre usar uma meia azul celeste. Pela primeira vez no ano foi essa a combinação utilizada. Realmente fica melhor. Mas, ao menos na minha TV, o tom do azul da meia parecia ser um pouco diferente do tom do azul da camisa tricolor.

O Couto Pereira sempre pareceu seu ser um estádio simpático, mas essa ampliação dele ficou bizarra. Destoa totalmente do projeto arquitetônico anterior.

Fotos: Geraldo Bubniak (Lance) e Coritiba F.C. 

 Coritiba Coritiba 0x1 Grêmio Grêmio

CORITIBA: Bruno; Walisson Maia, Rafael Marques e Leandro Silva; Carlinhos, Cáceres, João Paulo (Rafhael Lucas, 37’/2ºT), Ruy (Thiago Lopes, 28’/2ºT) e Juan;(Michel, 12’/2º T) Negueba e Evandro.
Técnico: Ney Franco
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon (Moisés, 42’/2ºT), Giuliano, Douglas e Pedro Rocha (Fernandinho, Intervalo); Bobô (Vitinho, 17’/2ºT).
 Técnico: Roger Machado

Jogo de ida – Oitavas de Final – Copa do Brasil 2015
Data: 19/08/2015, quarta-feira,  às 19h30min
Local: Couto Pereira, em Curitiba – PR
Público: 14.517 (12.097 pagantes)
Renda: R$ 306.110,00
Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA/SC)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA/GO) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Cartões amarelos: Walisson Maia e Leandro Silva (CTB); Edinho, Marcelo Oliveira e Maicon (GRE)
Gol: Marcelo Oliveira, aos 26 minutos do 2º tempo

Brasileirão 2015 – Coritiba 2×0 Grêmio

May 17, 2015

O Grêmio fez mais uma atuação inexplicável na temporada 2015 e foi derrotado para o Coritiba no Couto Pereira pela segunda rodada do Brasileirão pelo placar de 2×0. O primeiro gol, sofrido aos 27 minutos do primeiro tempo, já foi bastante preocupante, uma vez que o lateral direito e os volantes não bloquearam o lado do campo e o a defesa tricolor permitiu a conclusão após um cruzamento rasteiro mesmo tendo três defensores na linha da pequena área.  O segundo gol foi cômico. Não contente em somente entregar gols, o Grêmio passou a marcar eles para o seu adversário. Aos 33 minutos,  Marcelo Grohe deu rebote para frente e Matias Rodriguez chutou em cima de Erazo e a bola foi pro fundo da rede. O triste é que, com o mínimo de organização, o tricolor poderia ter conseguido um resultado melhor. O time deve duas chances claríssimas para marcar (com Junior aos 28 e com Giuliano/Mamute aos 44 minutos) e teve o mesmo número de conclusões do Coritiba.
O gol perdido no final do primeiro tempo é um belo exemplo de como as coisas acontecem no Grêmio. Giuliano, que é o jogador de maior investimento do atual plantel, prefere não concluir apesar de estar de frente para o goleiro, transferindo a responsabilidade para um guri. Transferência de responsabilidade é uma tendência forte no clube.

Todos nós sabemos das carências do time do Grêmio, mas será que o atual plantel do Coritiba é mais qualificado do que o nosso
Um ponto conquistado em seis disputados. Um começo preocupante, especialmente se levarmos em conta que os adversários não foram aqueles cotados para levar a taça.
Estamos no quinto mês do ano, no segundo jogo da principal competição da temporada e o clube ainda não adotou a numeração fixa, que é algo corriqueiro nos principais campeonatos dos principais esportes profissionais.
O torcedor que tem o mínimo de discernimento sabe em muitas vezes há uma diferença entre o discurso interno e discurso externo dos dirigentes. Ainda assim é muito ruim ouvir o Presidente falar em “reforma do Olímpico” em meio a esse momento de dificuldade e é igualmente ruim ouvir diretor de futebol falar em “poção mágica” após uma derrota vergonhosa.

Fotos: Coritiba.com.br

 Coritiba Coritiba 2×0 Grêmio Grêmio

CORITIBA: Bruno; Norberto, Leandro Almeida, Welinton e Ivan; João Paulo, Hélder, Rosinei (Fabrício, 44’/2ºT), Ruy e Thiago Galhardo; Rafhael Lucas (Negueba, 34’/2ºT).
Técnico: Marquinhos Santos
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matias Rodríguez, Erazo, Geromel e Júnior (Yuri Mamute 33’/2º T); Walace (Felipe Bastos, 30’/2ºT), Marcelo Oliveira e Maicon; Giuliano, Luan e Pedro Rocha (Everton 18’/2º T).  
Técnico: Luiz Felipe Scolari

02ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 16/05/2015, sábado, 18h30min
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR
Público:  13.715 (11.785 pagantes)
Renda: R$ 262.550,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Marcio Eustáquio Santiago (MG)
Cartão amarelo: Ruy , Marcelo Oliveira e Norberto
Gols: Thiago Galhardo, aos 27 minutos do primeiro tempo e Erazo (contra) aos 33 minutos do segundo tempo