Archive for the ‘CRB’ Category

Série B 2022 – CRB 2×0 Grêmio

August 16, 2022
https://pbs.twimg.com/media/FaFMwkOWYAA-1Do?format=jpg

Foto: Francisco Cedrim (CRB)

Não sei se existe uma momento “bom” para perder. Se existe, até dá pra se admitir que uma derrota pro CRB não é o pior dos mundos. Também não sei se existe um momento bom para o Geromel ficar fora do time. Se existe, definitivamente esse momento não seria contra o Cruzeiro

https://live.staticflickr.com/65535/52283941263_1d61f1de46_b.jpg

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

https://i.imgur.com/M85P5Is.jpeg

CRB Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Diego Ivo e Guilherme Romão; Jalysson, Claudinei (Uillian Correia, 33’/2ºT) e Rafael Longuine (Bruninho, 33’/2ºT); Paulinho Mocellin (Richard, 23’/2ºT), Fabinho (Guilherme Lopes, 26’/1ºT) e Gabriel Conceição (Regilado, 23’/2ºT).
Técnico: Daniel Paulista.

GRÊMIO: Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel (Bitello, intervalo), Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Leiva (Elkeson, 37’/1ºT), Biel (Thaciano, 25’/2ºT), Campaz (Gabriel Silva, 17’/2ºT) e Guilherme (Janderson, 17’/2ºT); Diego Souza
Técnico: Roger Machado

24ª Rodada – Série B 2022
Data: 13 de agosto de 2022, sábado, 20h30min
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió, AL
Público: 7.051 pagantes
Renda: R$ 78.222,00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias de Araújo (SP)
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)
VAR: Adriano de Assis Miranda (SP)
Cartão amarelo: Geromel (Grêmio)
Cartão vermelho: Guilherme Romão (22 do 1ºT)
Gol: Diogo Silva (ambos de pênalti) aos 7 e aos 37 minutos do 1º tempo

Série B 2005 – CRB 1×1 Grêmio

August 13, 2022
https://gremio1983.files.wordpress.com/2022/08/79ac8-gre.png

Foto: Correio do Povo (Fonte: Grêmio Dados)

O Grêmio enfrentou o CRB no estádio Rei Pelé em 3 ocasiões. A primeira no Brasileirão de 1972. A última na Copa do Brasil de 2015. E no meio disse teve esse duelo pela 20ª rodada da primeira fase da Série B de 2005.

Eu tinha apagado da memória esse gol de Jeovânio. Na minha lembrança ele raramente aparecia no campo de ataque, se dedicando a proteger a defesa com zelo e elegância.

E vendo a foto abaixo fiquei com saudade do “cruzamento de carrinho” do Escalona.

https://pbs.twimg.com/media/FaCusYDWYAgljFO?format=jpg

Foto: Ailton Cruz (O Jornal/ZH) – Fonte: Grêmiopédia

 

JOGO RUIM , VAGA GARANTIDA

Se algo de positivo restou ao Grêmio no empate em 1 a 1 com o modesto CRB, ontem à noite, em Maceió, foi o sinal de alerta para a próxima fase da Série B. Sem Anderson, convocado para a seleção brasileira sub17, o time mostrou que é igual a quase todos os outros que disputam a competição. E que precisará de uma dose extra de superação se quiser retomar à primeira divisão,

Se a primeira fase tivesse se encerrado ontem, os adversários na próxima fase seriam os perigosos Santo André, Vila Nova e Guarani. O Grêmio chegou a ser irritante no primeiro tempo. Abusou dos passes errados e chegou a ser displicente em alguns momentos, entrando frouxo nas divididas e permitindo ao CRB, um time sem qualquer brilho, levar perigo ao gol de Galatto.

Em sua primeira experiência como substituto de Anderson, Marcel foi tão voluntarioso quanto dispersivo. Participou de quase todos os lances de ataque do time, seja na preparação de jogadas quanto na finalização. Só que errou quase todos. Acabou substituído por Luiz Fernando no intervalo. Mas, ao menos, recebeu o terceiro cartão amarelo, que o deixa com a ficha limpa para a próxima fase, do mesmo modo do que Patrício, Bruno, Jeovânio e Domingos.

A melhor oportunidade para marcar foi aos quatro minutos. Ricardinho passou por dois marcadores e cruzou para o chute errado de Marcel. Pereira já poderia ter sido expulso aos 42 minutos, quando, em um lance grotesco, chutou um adversário para fora de campo. Acabou recebendo o cartão vermelho logo no início do segundo tempo, por nova falta.

Mano Menezes foi obrigado a mexer no time. Para recompor a defesa, trocou o centroavante Samuel por Domingos.

Como só uma vitória o mantinha longe da zona de rebaixamento para a Série C, o CRB lançou-se à frente na segunda etapa. Em dois minutos, criou dois lances curiosos. Aos sete, Helinho arriscou o chute de longe, a bola tocou no gramado, subiu e quase enganou Galatto. Aos nove, Claudinho chutou de fora da área e a bola atingiu o olho direito do goleiro Galatto, que precisou de atendimento médico dentro de campo.

Aos 23 minutos, em sua única jogada criativa, o Grêmio marcou o gol que lhe assegura uma posição entre os quatro primeiros. Ricardinho avançou pela esquerda, deu a Jeovânio que chutou de longe, com a bola desviando em Dino antes de encobrir Jéfferson.

Cristiano empatou aos 39 minutos, após falha da zaga e de Galatto. Os últimos minutos foram de pânico para os dois times. Para o Grêmio, tentando escapar da derrota. Para o CRB, cujos jogadores chegaram a se ajoelhar e rezar em campo em uma cobrança de falta, na luta para escapar do rebaixamento.

O Grêmio joga sábado contra o Marília, no Olímpico. Já classificado, a partida vale apenas para assegurar lugar entre os quatro primeiros.” (Zero Hora, sábado, 3 de setembro de 2005 – Fonte: Grêmiopédia)

 


CRB EMPATA E SE COMPLICA AINDA MAIS

Um jogo dramático. Foi assim o duelo entre CRB e Grêmio, ontem, no Rei Pelé, que terminou em 1×1. Os gols da partida aconteceram no segundo tempo. Geovânio abriu o marcador para os gaúchos aos 22 minutos, ao chutar forte de fora da área, sem defesa para o goleiro Jeferson. 1×0 Grêmio. Mas, na pressão, Cristiano, que havia entrado no lugar de Zé Carlos, aos 42 minutos, mergulhou de cabeça após confusão na área e empatou.

Com o resultado, que o deixou no 14º lugar, 26 pontos, o CRB ainda está complicado na tabela, porque terá que vencer seu último jogo, dia 10 de setembro, contra o Criciúma, em Santa Catarina, para afastar de vez o risco de rebaixamento e não depender de ninguém. Se empatar ou perder, o time alagoano dependerá da combinação de resultados no bolo de times que ainda brigam para não cair. Já o Grêmio, com o empate, consolidou sua passagem à próxima fase da Série B.

O jogo

A partida no primeiro tempo teve poucos lances de emoção para a torcida que lotou o Rei Pelé, cerca de 15 mil pessoas. De um lado, um CRB tenso que errava muitos passes na saída de bola. As melhores jogadas do Galo aconteceram pelo lado direito com a trama entre Ivonaldo, Edson Baiano e Helinho. Do outro, um Grêmio que mantinha uma postura tática de muita marcação e alguns poucos ataques que chegaram a levar o goleiro Jeferson a fazer pelo menos uma boa defesa. O meia Juninho Cearense sentiu de novo o velho problema na coxa ainda no 1º tempo. O jogador foi substituído por Claudinho, que não estava numa noite inspirada.

Na segunda etapa, a partida cresceu. Logo aos três minutos Zé Carlos fez boa jogada e forçou o árbitro a expulsar o zagueiro Pereira. Com o apoio em massa da torcida, o CRB partiu com tudo e obrigou o goleiro gremista Gallato a fazer intervenções até no susto. A primeira chance foi um chute de Helinho, aos 10 minutos, da intermediária. A bola bateu no terreno e subiu para se chocar na cabeça do goleiro, levando perigo ao gol gremista. Mas foi Grêmio que achou o gol aos 22 com Geovânio. Antes de empatar, o CRB perdeu uma chance incrível com Cristiano embaixo da trave, sem goleiro. Aos 39, ele finalmente achou o caminho das redes: 1×1 Galo. Aos 47, com o estádio em delírio para a virada, Emerson bateu uma falta do bico da área, mas colocou em cima da barreira e desperdiçou a última chance. Valmir, do Galo, também foi expulso.

A nota triste ficou por conta dos gestos obscenos do atacante Zé Carlos para a torcida e de sua discussão nos vestiários com PMs que o ameaçavam prender. A situação só foi contornada pelo policial do Bope Gilmar e o supervisor Mauro Ramos.” (WELLINGTON SANTOS Repórter, Gazeta de Alagoas, sábado, 3 de setembro de 2005)

 

https://i.imgur.com/vxRoxUV.jpg

CRB: Jefferson: Carlinhos (Cristiano), Émerson e Gustavo; Ivonaldo, Dino, Edson Baiano, Juninho Cearense (Claudinho) e Valmir; Zé Carlos (Josimar) e Helinho
Técnico: Flávio Barros

GRÊMIO: Galatto; Patricio, Marcelo Oliveira, Pereira e Escalona;Jeovanio, Sandro Goiano, Bruno (Marco Aurélio) e Marcel (Luiz Fernando): Ricardinlo e Samuel (Domingos)
Técnico: Mano Menezes

Série B 2022 – Grêmio 2×0 CRB

May 2, 2022

https://i.imgur.com/MFEnGpO.jpg

Dessa vez o erro praticamente teve quase nenhuma consequência. Mas no aspecto conceitual o impedimento assinalado pelo VAR no segundo gol do Elias foi tão absurdo quanto aquele contra o Palmeiras no ano passado. Estão tentando atribuir a ferramenta uma precisão que ela não tem. Na melhor das hipóteses (só um jogador caminhando e câmera com 60 fps) a diferença entre cada quadro seria de cerca de 2,5 cm.

 

– Média de público do Grêmio na temporada:
17.611 (16.407 pagantes)

– Média de público do Grêmio na Série B 2022:
21.296 (19.909 pagantes)

Como curiosidade, vale apontar que a média de público dos três primeiros jogos que o Grêmio fez com torcida na Série B de 2005 foi de 15.895 (11.941 pagantes). Cabe lembrar que naquele ano o clube tinha menos de 20 mil sócios (contra pouco mais de 60 mil sócios ao final do primeiro trimestre de 2022)

https://i.imgur.com/FqVyEjL.jpg

Fotos: Luciano Maciel (Grêmio FBPA)

https://i.imgur.com/M85P5Is.jpeg

GRÊMIO:Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva, 22’/2ºT) e Bitello (Diogo Barbosa, 47’/2ºT); Elias (Campaz, 37’/2ºT), Diego Souza (Elkeson, 22’/2ºT) e Biel (Janderson, 37’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

CRB : Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Iago Mendonça eGuilherme Romão; Marthã (Wallace, 33’/ºT) e Yago; Raul Prata (Vico, intervalo), Gustavo Apis (Fabinho, intervalo) e Richard (Negueba, 23’/2ºT); Anselmo Ramon
Técnico: Marcelo Cabo

Série B 2022 – 5ª Rodada
Data:  30 de abril de 2022, Sábado, 16h30min
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS
Público: 17.739 (16.394 pagantes)
Renda: R$ 633.555,00
Cartões amarelos: Yago, Negueba
Cartão vermelho: Nicolas
Gols: Elias, aos 14 minutos;, Bitello a 38 minutos do primeiro tempo; Elias aos 28 minutos do segundo tempo

Copa do Brasil 2015 – CRB 1×3 Grêmio

May 14, 2015

As novidades do Grêmio para esse confronto contra o CRB foram a mudança do esquema, com o time passando a contar com 3 volantes (Marcelo Oliveira foi para o meio de campo e Junior entrando na lateral esquerda) e a volta de Pedro Rocha (que não jogava desde o final de Março) ao ataque.
As mudanças deram bom resultado, o Grêmio controlou bem o adversário, marcou três gols e praticamente garantiu a classificação nos primeiro 45 minutos. Aos 11, Luan recebeu bom passe pelo alto de Giuliano e tocou por baixo do goleiro. Aos 35, Pedro Rocha girou em cima da zaga e chutou rasteiro da meia lua. E aos 42, Luan entrou driblando pelo lado direito da área do CRB e deu o passe para Pedro Rocha empurrar para dentro do gol.
No segundo tempo o Grêmio foi um pouco disperso. As substituições não melhoraram a equipe. O CRB passou a incomodar, especialmente pelo lado direito com o veterano Paulo Sérgio. O time da casa chegou a descontar, com Maxwell aos 25 minutos, mas não conseguiu evitar a sua eliminação.

O Grêmio parece estar aparentando alguma dificuldade em administrar um resultado positivo. Felipão tem toda razão em constatar a queda de rendimento no segundo tempo (talvez deva olhar com mais carinho para a preparação física). Ontem isso não trouxe maiores consequências, mas no domingo, infelizmente,  a história foi bem diferente.

Pedro Rocha tinha ido bem nas partidas do Gauchão que atuou. Não entendi porque tinha sido deixado de lado (Não parece ser uma questão de contrato). Tá certo que é preciso ter calma na hora de lançar os jogadores da base, mas essas idas e vindas repentinas também não devem ter um efeito muito legal na cabeça dos guris.
Fotos: Ailton Cruz (Gazeta de Alagoas/GloboEsporte) e Itawi Albuquerque (Futura Press/Correio do Povo)
CRB CRB 1×3 Grêmio Grêmio

CRB: Julio Cesar; Gleidson, Audálio, Daniel Marques e Gleison Souza; Glaydson, Olívio, Leandro Brasília (Gérson Magrão, 28’/2ºT) e Fernando; Maxwell (Bruno Nascimento, 39’/2ºT) e Zé Carlos (Daniel Cruz, Intervalo)
Técnico: Alexandre Barroso

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Matías Rodriguez, Pedro Geromel e Rhodolfo e Júnior; Marcelo Oliveira, Walace, Maicon (Douglas, 24’/2ºT) e Giulano; Luan (Everton, 43’/2ºT) e Pedro Rocha (Fellipe Bastos, 21’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Copa do Brasil 2015 – 2ª Fase – Jogo de Ida
Data: 13/10/2015, quarta-feira, 19h30min
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Público: 8.074 (6.551 pagantes)
Renda: R$ 107.232,00
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)
Cartões amarelos: Zé Carlos, Daniel Marques e Maxwell (CRB); Pedro Rocha e Matías Rodriguez
Gols: Luan, aos 11 minutos e Pedro Rocha, aos 35 minutos e aos 42 minutos do primeiro tempo. Maxwell, aos 25 minutos do segundo tempo.

Brasileirão 1972 – CRB 0x2 Grêmio

May 13, 2015
“Lairton perdeu este lance embora acompanhado de perto por Catarina. Telefoto CJCJ
Folha da Tarde – 26 de Outubro de 1972″
O primeiro confronto da história entre CRB e Grêmio aconteceu em Maceió pelo Brasileirão de 1972. O tricolor conseguiu um vitória por 2×0, mas segundo reportagem da Folha da Tarde, a partida foi uma “pelada” e o “Grêmio perdeu uma chance de golear”.
A curiosidade é que Ivo Wortmann,  atual auxiliar técnico do Grêmio, atuou naquela partida, ingressando no lugar de Negreiros no intervalo.

 CRB CRB 0x2 Grêmio Grêmio

CRB: Vermelho; Galo Preto, Djalma Sales, Dodó (Edevaldo) e Ademir; Roberto Menezes e Zequinha (Canavieira); Mano, Edson Trombada, Alves e Silva
Técnico: Danilo Alvim
GRÊMIO: Jair; Everaldo, Ancheta, Beto e Jorge Tabajara; Jadir e Negreiros (Ivo Wortmann); Catarina, Oberti (Helenilton), Lairton e Loivo
Técnico: Daltro Menezes
Brasileirão 1972 – 1ª Fase – 14ª Rodada

Data: 25 de Outubro de 1972, quarta-feira
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Público: 8.475
Renda: Cr$ 43.594,00
Árbitro: Joaquim Gonçalves
Auxiliares: Claudionor Tenório e Luís Digerson
Gols: Lairton, aos 34 minutos do primeiro tempo e Lairton aos 45 minutos do segundo tempo