Archive for the ‘CRB’ Category

Copa do Brasil 2015 – CRB 1×3 Grêmio

May 14, 2015

As novidades do Grêmio para esse confronto contra o CRB foram a mudança do esquema, com o time passando a contar com 3 volantes (Marcelo Oliveira foi para o meio de campo e Junior entrando na lateral esquerda) e a volta de Pedro Rocha (que não jogava desde o final de Março) ao ataque.
As mudanças deram bom resultado, o Grêmio controlou bem o adversário, marcou três gols e praticamente garantiu a classificação nos primeiro 45 minutos. Aos 11, Luan recebeu bom passe pelo alto de Giuliano e tocou por baixo do goleiro. Aos 35, Pedro Rocha girou em cima da zaga e chutou rasteiro da meia lua. E aos 42, Luan entrou driblando pelo lado direito da área do CRB e deu o passe para Pedro Rocha empurrar para dentro do gol.
No segundo tempo o Grêmio foi um pouco disperso. As substituições não melhoraram a equipe. O CRB passou a incomodar, especialmente pelo lado direito com o veterano Paulo Sérgio. O time da casa chegou a descontar, com Maxwell aos 25 minutos, mas não conseguiu evitar a sua eliminação.

O Grêmio parece estar aparentando alguma dificuldade em administrar um resultado positivo. Felipão tem toda razão em constatar a queda de rendimento no segundo tempo (talvez deva olhar com mais carinho para a preparação física). Ontem isso não trouxe maiores consequências, mas no domingo, infelizmente,  a história foi bem diferente.

Pedro Rocha tinha ido bem nas partidas do Gauchão que atuou. Não entendi porque tinha sido deixado de lado (Não parece ser uma questão de contrato). Tá certo que é preciso ter calma na hora de lançar os jogadores da base, mas essas idas e vindas repentinas também não devem ter um efeito muito legal na cabeça dos guris.
Fotos: Ailton Cruz (Gazeta de Alagoas/GloboEsporte) e Itawi Albuquerque (Futura Press/Correio do Povo)
CRB CRB 1×3 Grêmio Grêmio

CRB: Julio Cesar; Gleidson, Audálio, Daniel Marques e Gleison Souza; Glaydson, Olívio, Leandro Brasília (Gérson Magrão, 28’/2ºT) e Fernando; Maxwell (Bruno Nascimento, 39’/2ºT) e Zé Carlos (Daniel Cruz, Intervalo)
Técnico: Alexandre Barroso

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Matías Rodriguez, Pedro Geromel e Rhodolfo e Júnior; Marcelo Oliveira, Walace, Maicon (Douglas, 24’/2ºT) e Giulano; Luan (Everton, 43’/2ºT) e Pedro Rocha (Fellipe Bastos, 21’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Copa do Brasil 2015 – 2ª Fase – Jogo de Ida
Data: 13/10/2015, quarta-feira, 19h30min
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Público: 8.074 (6.551 pagantes)
Renda: R$ 107.232,00
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)
Cartões amarelos: Zé Carlos, Daniel Marques e Maxwell (CRB); Pedro Rocha e Matías Rodriguez
Gols: Luan, aos 11 minutos e Pedro Rocha, aos 35 minutos e aos 42 minutos do primeiro tempo. Maxwell, aos 25 minutos do segundo tempo.

Brasileirão 1972 – CRB 0x2 Grêmio

May 13, 2015
“Lairton perdeu este lance embora acompanhado de perto por Catarina. Telefoto CJCJ
Folha da Tarde – 26 de Outubro de 1972″
O primeiro confronto da história entre CRB e Grêmio aconteceu em Maceió pelo Brasileirão de 1972. O tricolor conseguiu um vitória por 2×0, mas segundo reportagem da Folha da Tarde, a partida foi uma “pelada” e o “Grêmio perdeu uma chance de golear”.
A curiosidade é que Ivo Wortmann,  atual auxiliar técnico do Grêmio, atuou naquela partida, ingressando no lugar de Negreiros no intervalo.

 CRB CRB 0x2 Grêmio Grêmio

CRB: Vermelho; Galo Preto, Djalma Sales, Dodó (Edevaldo) e Ademir; Roberto Menezes e Zequinha (Canavieira); Mano, Edson Trombada, Alves e Silva
Técnico: Danilo Alvim
GRÊMIO: Jair; Everaldo, Ancheta, Beto e Jorge Tabajara; Jadir e Negreiros (Ivo Wortmann); Catarina, Oberti (Helenilton), Lairton e Loivo
Técnico: Daltro Menezes
Brasileirão 1972 – 1ª Fase – 14ª Rodada

Data: 25 de Outubro de 1972, quarta-feira
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Público: 8.475
Renda: Cr$ 43.594,00
Árbitro: Joaquim Gonçalves
Auxiliares: Claudionor Tenório e Luís Digerson
Gols: Lairton, aos 34 minutos do primeiro tempo e Lairton aos 45 minutos do segundo tempo