Archive for the ‘Cruzeiro’ Category

Brasileirão 2017 – Grêmio 0x1 Cruzeiro

October 12, 2017

36974450783_5a4386cc28_k (1)

Com o foco na Libertadores, Renato usou esse jogo para fazer alguns testes na escalação. O Grêmio teve mais iniciativa, mais posse de bola, mas não teve um número maior de oportunidades do que o Cruzeiro. E os visitantes conseguiram converter em gol (marcado por Sóbis após bom passe de Tiago Neves) uma dessas chances, algo que o tricolor não soube fazer. O time gremista teve pouca profundidade quando trocava passes e, por consequência, pouca presença na área adversária (o fato de Arroyo ter recuado tanto para “armar” o jogo ilustra bem tal fato).

37613779172_c9b14cc3cf_k37596695586_942174981b_k

Público de ontem foi o menor do Grêmio nos 87 jogos que disputou na Arena pelo Brasileirão. Parece claro que os transtornos causados pela chuva nas ruas que levam ao estádio tem influência nisso. Acho uma pena que, até esse momento, a diretoria do Grêmio (em nome de uma suposta vantagem negocial na pretendida compra da gestão da Arena) tenha se omitido do debate sobre o entorno da Arena, ficando totalmente inerte perante o descaso e o jogo de empurra das autoridades com o bairro Humaitá.

  • Média de público do Grêmio na temporada:22.812 (20.819 pagantes)
  • Média de público do Grêmio no Brasileirão: 23.395 (21.361 pagantes)
  • Média de público dos 87 jogos que o Grêmio disputou na Arena pelo Brasileirão: 24.312 (21.963)
  • Média de público dos 166 jogos que o Grêmio disputou na Arena desde a inauguração: 24.518 (22.278 pagantes)

    37613778162_85a6f9a077_k

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 0x1 Cruzeiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson e Arthur (Beto da Silva, 35’/2º); Fernandinho, Jean Pyerre (Patrick, 11’/2º) e Arroyo (Everton, 11’/2º); Lucas Barrios.
Técnico: Renato Portaluppi

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Digão, Manoel e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson, (Lucas Romero, 38’/2º), Rafinha e Thiago Neves; Alisson (Rafael Marques, 17’/2º) e Rafael Sóbis (Élber, 40’/2º)
Técnico: Sidnei Lobo (auxiliar técnico)

27ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 11/10/2017, quarta-feira, às 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 9.217 pessoas (7.851 pagantes)
Renda: R$ 234.055,00
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Auxiliares: José Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Gol: Rafael Sóbis, aos 23 minutos do segundo tempo

Advertisements

Primeira Liga 2017 – Cruzeiro 2×0 Grêmio

August 31, 2017

20170830222417802872e_750x405

Foi um final melancólico de Primeira Liga, com o Grêmio usando time reserva e tomando gol de bicicleta nos últimos minutos de partida.

A ideia de uma competição organizada pelos próprios clubes é elogiável e poderia ser o embrião de mudanças mais profundas no futebol nacional, mas algumas medidas adotadas na Primeira Liga parecem terem sido efeitos com o propósito de avacalhar a iniciativa, a começar pela insistência em usar o nome “Copa da Primeira Liga”.
20170830222430639790e_750x405
Fotos: Alexandre Guzanshe (Superesportes)

Cruzeiro 2×0 Grêmio

CRUZEIRO: Rafael, Lennon, Artur (Murilo), Digão e Bryan; Lucas Silva (Sassá), Nonoca, Robinho, Arrascaeta; Rafael Sóbis (Alisson), Raniel. Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Léo Jardim; Leonardo Gomes, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo e Conrado; Kaio, Machado e Esperon (Dionathã); Patrick (Dudu) e Jean Pyerre; Beto da Silva. Técnico: Felipe Endres

Primeira Liga 2017 – Quartas de Final – Jogo Único
Data: 30 de agosto de 2017, quarta-feira,  21h45min
Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 7.545 (5.708 pagantes)
Renda: R$ 69.343,00
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartões Amarelos: Arthur, Raniel (Cruzeiro); Machado (Grêmio)
Gols: Raniel, aos 43 minutos do segundo tempo e Arrascaeta, aos 47 do segundo tempo

Copa do Brasil 2017 – Cruzeiro 1×0 Grêmio

August 23, 2017

2017 cruzeiro gol hudson

O baixíssimo aproveitamento do Grêmio em pênaltis na temporada acabou cobrando seu preço, eliminando o time da Copa do Brasil.

Os três erros de cobradores gremistas acabaram decidindo um confronto bastante igual (O Grêmio foi um pouco superior no jogo de ida e o Cruzeiro foi um pouco melhor no jogo de volta).

2017 CRUZEIRO GABRIEL DUARTE GE.JPEG

2017 cruzeiro uebel

2016 cruzeiro alexandre guzanshe superesportes
Fotos: Washington Alves (Cruzeiro), Gabriel Duarte (Globo Esporte), Lucas Uebel (Grêmio.net) e Alexandre Guzanshe (Super Esportes)

Cruzeiro 1×0 Grêmio
(Cruzeiro 3×2 nos pênaltis)

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Murilo, Léo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Rafael Sóbis – 41’/2ºT), Robinho e Thiago Neves; Alisson (Arrascaeta – 29’/2ºT) e Élber (Raniel – Intervalo).
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Bressan (Bruno Rodrigo – 40’/2ºT), Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro (Fernandinho – 37’/2ºT), Luan e Pedro Rocha; Lucas Barrios (Everton – 11’/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi

Copa do Brasil 2017 – Semifinal – jogo de volta
Data: 23 de agosto de 2017, quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Público: 55.227 (50.243 pagantes)
Renda: R$ 1.730.781,00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
Cartões Amarelos: Diogo Barbosa, Thiago Neves, Hudson; Lucas Barrios, Cortez, Edílson, Kannemann
Gols: Hudson, aos 7 minutos do segundo tempo
Nos pênaltis: Fernandinho fez (0-1) Rafael Sóbis fez (1-1) Edilson perdeu (1-1) Robinho perdeu (1-1) Everton perdeu (1-1) Murilo perdeu (1-1) Arthur fez (1-2) Raniel fez (2-2) Luan perdeu (2-2) Thiago Neves fez (3-2).

Copa do Brasil 2017 – Grêmio 1×0 Cruzeiro

August 17, 2017

IMG_9444IMG_9445 - CopiaIMG_9446 - CopiaIMG_9449 - Copia

O Grêmio conseguiu um bom resultado num difícil jogo contra o Cruzeiro na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil.

O tricolor sempre buscou mais o ataque, mas não teve tantas oportunidades de gol. Fábio fez duas boas defesas aos 14 e aos 36 minutos (numa cabeçada de Barrios e num chute de Pedro Rocha, respectivamente), mas no final do primeiro tempo, numa jogada iniciada num belo passe de Michel, lançando Pedro Rocha, que por sua vez acionou Luan que bateu pro gol, tendo o arqueiro cruzeirense dando rebote e Barrios aproveitado o erro, completando  para as redes.

O 1×0 fez com que o segundo tempo fosse demasiadamente cauteloso/estudado. E isso foi bastante compreensível. O Grêmio já estava em vantagem e não poderia se arriscar a tomar gol em casa, e tentou chamar o Cruzeiro para seu campo, apostando num contra-ataque. Mas isso não aconteceu, porque os visitantes pareciam conformados com um resultado negativo que é plenamente reversível em casa. Dessa forma poucas situações de gol foram criadas (a mais clara foi a falta cobrada por Luan) e o placar permaneceu no 1×0 da etapa inicial.

IMG_9405IMG_9406IMG_9411IMG_9412

Público de ontem foi o terceiro maior (até aqui) na temporada e o 17º maior na história do clube na Copa do Brasil (7º maior considerando só as semifinais).  É um bom público, mas está longe de ser excepcional ou imprevisto (o 17º maior em 160 jogos disputados na Arena até aqui). Diante disso, fica difícil entender algumas coisas:

– Por que o estacionamento E1 abre apenas 2 horas antes do começo das partidas, mesmo nos confrontos com casa cheia? Nesses casos se forma uma fila de carros aguardando a abertura dos portões. Isso não atrapalha a circulação no entorno do estádio?

–  Por que uma das rampas de acesso a esplanada estava fechada 20 minutos antes do jogo começar? Isso não retarda o fluxo de entrada torcida?

– Por que o trânsito na saída do jogo de ontem esteve tão pior do que a semifinal do ano passado?

É inacreditável que desde janeiro de 2013 praticamente não se pensado em nenhuma solução para o trânsito da Arena e que as poucas coisas que funcionavam vão lentamente deixando de funcionar. Ir ao estádio é uma experiência incomparável, mas não precisa virar uma tarefa de gincana em cada partida que tenha um pouco mais de procura.

IMG_9358
IMG_9471IMG_9472

Grêmio 1×0 Cruzeiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel (Bressan 36/2ºT), Kannemann e Bruno Cortez; Arthur, Michel, Ramiro, Luan e Pedro Rocha
(Fernandinho 39/2ºT); Lucas Barrios (Everton 27/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero (Ezequiel 2ºT), Léo, Murilo e Diego Barbosa; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Elber 37/2ºT), Alisson e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Raniel 26/2ºT).
Técnico: Mano Menezes

Copa do Brasil 2017 – Semifinal – Jogo de ida
Data: 16 de agosto de 2017, quarta-feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre, RS
Público: 45.102 (41.711 pagantes)
Renda: R$ 1.758.042,00
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões amarelos: Grêmio: Ramiro, Edílson, Pedro Rocha. Cruzeiro: Rafael Sóbis, Robinho, Ezequiel
Gol: Lucas Barrios, aos 45 minutos do primeiro tempo

Brasileirão 2017 – Cruzeiro 3×3 Grêmio

June 21, 2017

2017 cruzeiro 3x3 gremio washington alves

Foi um baita jogo. O 3×3 no placar fez com que muita gente classificasse o confronto como “melhor do campeonato”. E a boa atuação do Grêmio  serve para atenuar um pouco a decepção pelo fato do tricolor ter cedido o empate por duas vezes. Mais uma vez funcionou o jogo de toque de bola no meio de campo. Mais uma vez o Grêmio aproveitou bem as jogadas de bola parada. Contudo, o Grêmio também apresentou algumas falhas defensivas (Thiago Neves jamais poderia ter tido tanta liberdade para matar no peito uma bola lançada do campo de defesa na origem do segundo gol dos mandantes).

Everton voltou a jogar pelo centro do ataque. E foi bem (um gol e uma assistência).

André Rizek disse, após a partida, que “Luan pode até não aparecer no jogo o tempo todo“. Me parece uma crítica injusta, visto que Luan foi o jogador do Grêmio com maior número de toques na bola no Mineirão.

Gostei desse uniforme cinza do Marcelo Grohe (mas ele segue usando as meias do ano passado, que no caso até combinam bem)

2017 cruzeiro 3x3 gremio washington alvesc
Fotos: Washington Alves (Cruzeiro)

Cruzeiro 3×3 Grêmio

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Caicedo, Leo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral (Lucas Silva, aos 37min do 2ºT), Robinho (Ramón Ábila, aos 33min do 2ºT) e Thiago Neves; Alisson e Rafael Sobis (Elber, aos 40min do 2ºT)
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann (Rafael Thyere, aos 16min do 2ºT) e Cortêz; Michel, Arthur (Maicon, aos 40min do 2ºT)Ramiro e Pedro Rocha (Fernandinho, aos 27min do 2ºT); Everton e Luan.
Técnico: Renato Portaluppi

8ª rodada – Campeonato Brasileiro
Data: 19 de junho de 2017, segunda-feira, 20h00min
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público: 20.384 (17.327 pagantes)
Renda: R$ 375.211,00
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (CBF-SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (FIFA-SP)
Cartões amarelos: Rafael Sobis, Diogo Barbosa, Robinho, Ezequiel, Leo, Ramiro, Michel,
Gols: Everton aos 15 minutos, Michel aos 41 e Thiago Neves aos 45 do primeiro tempo; Rafael Sóbis aos dois minutos, Ramiro aos 14 e Robinho aos 17 minutos do segundo temp

Copa do Brasil 2016 – Grêmio 0x0 Cruzeiro

November 3, 2016


Mesmo jogando em casa, o Grêmio ignorou os apelos vindos das arquibancadas cheias e adotou uma postura pragmática, praticamente não se expondo durante os 90 minutos que faltavam para chegar a final. O tricolor fez o que tinha de fazer para manter a boa vantagem que conquistou no Mineirão. Ao assim proceder, o time pode ter eventualmente frustrado quem queria ver um jogo mais movimentado, mas o fato do Cruzeiro ter tido somente uma chance clara de marcar (o chute no travessão de Ariel Cabral aos 22 minutos) dá uma boa mostra da maturidade que os atletas gremistas demonstraram na partida.

Kannemann e Geromel mais uma vez transmitiram muita segurança. E Maicon voltou a ter uma atuação parecida com as que tinha em 2015.

img_6229b
IMG_6225.JPG

Sei que a gangorra é um elemento importante da rivalidade, mas não consigo entender porque alguém se dispõe a ir até o estádio para passar o jogo inteiro preocupado com o resultado da partida do co-irmão que se desenrolava simultaneamente. E não foram poucas pessoas que fizeram isso. Dava pra notar claramente no estádio a diferença no ânimo de boa parte da torcida conforme saiam os gols de Atlético e Inter.

Considerando o horário não imaginava que o publico total fosse chegar tão próximo do público do último Gre-Nal. E esse foi o quinto maior público pagante nos 80 jogos que o Grêmio fez em casa desde a primeira edição da Copa do Brasil.

img_6240img_6241

Deu pra notar vários assentos vazios nas cadeiras gramado, apesar de ter sido anunciado que só haviam ingressos para os camarotes.

Média de público do Grêmio no ano: 23.430 (21.286 pagantes)
Média de público do Grêmio na Copa do Brasil 2016: 30.954 (28.160 pagantes)

img_6309img_6310

Grêmio 0x0 Cruzeiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Jailson, 28’/2ºT), Douglas (Rafael Thyere, 46’/2ºT) e Pedro Rocha (Éverton, 12’/2ºT)); Luan
TÉCNICO: Renato Portaluppi

CRUZEIRO: Rafael, Lucas Romero, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Ábila, 21’/2ºT) e De Arrascaeta (Rafael Sóbis, 14’/2ºT) ; Alisson e Willian (Alex, 29’/2ºT)
TÉCNICO: Mano Menezes

Copa do Brasil 2016 – Semifinal – Jogo de volta
Data: 2 de novembro de 2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 52.363 (47.687 pagantes)
Renda: R$ 1.708.865,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (FIFA-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Copa do Brasil 1993 – Grêmio 0x0 Cruzeiro

November 1, 2016

1993-gremio-oxo-cruzeiro-jose-doval-scan

O primeiro confronto entre Grêmio e Cruzeiro pela Copa do Brasil aconteceu no dia 30 de maio de 1993, pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil de 1993.

Lembro bem da chuva que caiu em Porto Alegre naquele domingo. O gramado do Olímpico, ainda com grama de jardim, sofreu muito (a preliminar entre modelos da Ford Models, ver imagem abaixo, acabou sendo transferida para o gramado suplemnetar), mas Márcio Rezende de Freitas (escolhido em comum acordo pelos clubes) não adiou o jogo e até hoje boa parte da torcida gremista lembra que isso prejudicou o futebol de Dener.

Na minha memória a partida não teve nenhuma chance concreta de gol, mas um consulta rápida ao YouTube desmente as minhas lembranças.
cp-paulo-nunes-fscan
cp-jose-ernesto-1-scan
1993-gremio-cruzeiro-ingressos2cp-manchetecp-notascp-wianey19931993-m
Fotos: José Doval (Zero Hora), José Ernesto e Paulo Nunes (Correio do Povo)

Grêmio 0x0 Cruzeiro

GRÊMIO: Eduardo, Luiz Carlos Winck, Paulão, Luciano e Dida; Pingo, Jamir, Juninho e Dener; Gílson (Charles) e Carlos Miguel (Mabília)
Técnico: Sérgio Cosme

CRUZEIRO: Paulo César, Zelão, Célio Lúcio, Luizinho e Nonato; Ademir, Rogério Lage e Marco Antônio Boiadeiro; Roberto Gaúcho, Cleison e Edenílson
Técnico: Pinheiro

Data: 30 de maio de 1993, domingo, 18h00min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 36.342 pagantes
Renda: Cr$ 4.492.750.000,00
Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (FIFA/MG)
Auxiliares: Theodoro Castro Lino e Paulo Jorge Alves
Cartões Amarelos: Nonato, Juninho, Luizinho, Cleison e Luiz Carlos Winck

Copa do Brasil 2016 – Cruzeiro 0x2 Grêmio

October 27, 2016

2016-mineirao-lucas-uebel-32016-mineirao-lucas-uebel-2

Apesar da notória e reconhecida má temporada do Cruzeiro, foi surpreendente a tranquilidade que o Grêmio teve para jogar no Mineirão. Passados os primeiros quinze minutos, que foram de pressão do time da casa, o tricolor tomou conta do jogo e chegou, com justiça, aos 2×0. Luan fez um golaço aos 19 do primeiro tempo e Douglas fechou o placar em um contra-ataque aos 16 minutos da segunda etapa.

O primeiro gol foi uma obra não só pela definição do Luan, mas também pela troca de passes que antecedeu a conclusão. O Grêmio rodou a bola com 8 jogadores no campo de ataque, com os dois laterais projetados, abrindo o campo. É certamente uma herança dos conceitos implementados por Roger.

Já no segundo gol é preciso chamar a atenção para a recuperação de Ramiro (que fez a assistência para Douglas) como um meio campista mais ofensivo, o que inegavelmente é um mérito do Renato.

 
2016-mineirao2016-mineiraoc2016-mineiraod
Essa foi a maior vantagem que o Grêmio conseguiu jogando a primeira partida fora de casa em uma semifinal da Copa do Brasil. Em 1997 o tricolor venceu o Corinthians por 2×1 no Morumbi. Essas duas foram as  únicas vezes que o Grêmio venceu nas 8 ocasiões  que jogou o primeiro jogo da semifinal como visitante (um total de 3 vitórias em 12 jogos como visitante em semifinais).

Eu sigo sem entender porque o Grêmio está usando a meia preta do ano passado e porque os goleiros estão usando a quarta camisa “de linha” de 2015.

2016-mineirao-lucas-uebel-1
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Washington Alves (Cruzeiro)

Cruzeiro 0x2 Grêmio

CRUZEIRO: Rafael; Lucas (Alisson, no intervalo), Leo, Bruno Rodrigo e Edimar; Denilson (Alex, aos 25min do 2ºT), Lucas Romero, Robinho e Arrascaeta; Rafael Sobis (Willian, aos 21min do 2ºT) e Ramón Ábila.
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Wallace, Maicon (Jailson, no intervalo), Ramiro,Douglas e Pedro Rocha (Everton, aos 24min do 2ºT); e Luan (Kaio, aos 41min do 2ºT).
Técnico: Alexandre Mendes (Renato Portaluppi suspenso)

Copa do Brasil 2016 – semifinal – Jogo de ida
Data: 26/10/2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público: 53.452 (50.715 pagantes)
Renda: R$ 1.606.821,00
Árbitro: Péricles Bassols(FIFA/PE)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (SC) e Nadine Câmara Bastos (SC)
Cartão Amarelo: Kannemann, aos 7min do 2ºT
Gols: Luan, aos 19 minutos do 1º tempo; Douglas, aos 16 minutos do 2º tempo

Copa do Brasil 1993 – Cruzeiro 2×1 Grêmio

October 25, 2016

19931993-gol
1993-eduardo-heuser

O último confronto entre Cruzeiro e Grêmio pela Copa do Brasil aconteceu em 3 de junho de 1993, no Mineirão, na partida de volta da final da Copa do Brasil daquele ano.

O lance que marcou essa decisão foi o frango do goleiro Eduardo Heuser logo aos 12 minutos em chute de Roberto Gaúcho. O tricolor, treinado por Sérgio Cosme, chegou a fazer o 1×1 que lhe daria o título (a partida de ida terminou em 0x0) com um gol do capitão Pingo, mas acabou levando o 2×1 (marcado por Cleisson) no primeiro lance do segundo tempo.

O jogo foi transmitido para o Rio Grande do Sul pela TVE e naquela época ainda vigorava o costume do time da casa usar o uniforme reserva no caso de “colisão” de cores.

1993-eder

1993-a-3

1993-cleisson

1993-cruzeiro-finalb1993-paulo-cesar

1993-ademir

CLEISSON: “Cumpri minha missão. Ajudei o Cruzeiro a chegar  a uma conquista inédita”.

estado-de-minas-1993

1993-miguel

1993-a

a

cruzeiro-fora-zh-fichacruzeiro-fora-zh-eduardo-heuser

EDUARDO HEUSER: “No jogo mais importante da minha vida eu tinha que ser perfeito. Não fui. Eu falhei. É imperdoável, eu sei, mas todos podem saber que eu sou quem está sentindo ais. Eu não estava nervoso. Estava frio, talvez até confiante demais. Eu tentei fazer o encaixe e a bola me engano.”

FÁBIO KOFF:Lutamos muito e não deu. Nós nem imaginávamos disputar o título com um time formado em pouco tempo. Perdemos e não foi culpa de ninguém“.

cruzeiro-fora-zh-cosmecruzeiro-fora-zh-jogadorescruzeiro-fora-zh-roberto-gaucho

1993-paulo-robert2o

1993-a-2

“Abraçado ao treinador Pinheiro, o lateral Paulo Roberto secava as lágrimas e dizia que vencer o Grêmio na final dava emoção especial à conquista”

cruzeiro-fora-zh-delegacia

cruzeiro-fora-zh-ruy-carlos-ostermann

cruzeiro-fora-zh-lauros-quadros1993-zh1993-cruzeiro-final-dener-corrigido

Fotos: José Doval (Zero Hora), Nélio Rodrigues (Placar), Estado de Minas

Cruzeiro 2×1 Grêmio

CRUZEIRO: Paulo César, Paulo Roberto Costa, Célio Lúcio, Róbson e Nonato; Ademir Kaefer, Rogério Lage e Éder Aleixo; Roberto Gaúcho, Cleisson e Edenílson.
Técnico: Pinheiro

GRÊMIO : Eduardo Heuser, Jackson, Paulão, Luciano e Dida (Charles 15 do 1º tempo); Pingo, Jamir (Fabinho 25 do 2º tempo), Juninho e Dener; Gílson e Carlos Miguel.

Técnico: Sérgio Cosme

Copa do Brasil 1993 – Jogo de volta
Data: 03 de junho de 1993, quinta-feira, 21h40min
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG;
Público: 76.426 (70.723 pagantes)
Renda: Cr$ 11.023.125.000,00
Árbitro: Renato Marsiglia (FIFA/RS)
Auxiliares: Daniel Fernandes e Edie Mauro Detofoloi
Cartões Amarelos: Cleison, Éder, Ademir, Roberto Gaúcho, Dêner e Jamir.
Gols: Roberto Gaúcho aos 12 minutos e Pingo aos 25 minutos do 1º tempo; Cleison aos 20 segundo do 2º tempo;

Brasileirão 2016 – Cruzeiro 1×0 Grêmio

October 17, 2016

;2016-cruzeiro-1x0-gremio

O Grêmio fez um jogo ruim contra o Cruzeiro no Mineirão, mas só foi ser derrotado num lance de desatenção, onde os mandantes bateram rapidamente um escanteio e Henrique completou para as redes.

Interessante esse dado do Footstats sobre o número de desarmes no campo de ataque. Aparentemente o Grêmio recuou a sua marcação.

20161001215157520175i_1200x800

Fotos: Washington Alves (Lightpress/Cruzeiro) e Ramon Lisboa (SuperEsportes)

Cruzeiro 1×0 Grêmio

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Bruno Rodrigo, Léo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral (Lucas Romero 28/2T), Robinho e Rafinha; Rafael Sobis (Élber 13/2T) e Ramon Ábila (Willian 20/2T)
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Bruno Grassi; Wallace Oliveira, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Kaio (Guilherme 30/2T), Jailson, Ramiro e Douglas (Henrique Almeida 35/2T); Pedro Rocha (Everton 24/2T) e Luan
Técnico: Renato Portaluppi

28ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 31 de setembro de 2016, sábado, 18h30min
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte-MG
Público: 16.618 pagantes
Renda: R$ 363,879
Árbitro: Celmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Henrique, Ariel Cabral e Ábila (Cruzeiro); Marcelo Oliveira, Everton e Luan(Grêmio)
Gol: Henrique aos 27 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)