Archive for the ‘Cruzeiro’ Category

Brasileirão 2017 – Cruzeiro 3×3 Grêmio

June 21, 2017

2017 cruzeiro 3x3 gremio washington alves

Foi um baita jogo. O 3×3 no placar fez com que muita gente classificasse o confronto como “melhor do campeonato”. E a boa atuação do Grêmio  serve para atenuar um pouco a decepção pelo fato do tricolor ter cedido o empate por duas vezes. Mais uma vez funcionou o jogo de toque de bola no meio de campo. Mais uma vez o Grêmio aproveitou bem as jogadas de bola parada. Contudo, o Grêmio também apresentou algumas falhas defensivas (Thiago Neves jamais poderia ter tido tanta liberdade para matar no peito uma bola lançada do campo de defesa na origem do segundo gol dos mandantes).

Everton voltou a jogar pelo centro do ataque. E foi bem (um gol e uma assistência).

André Rizek disse, após a partida, que “Luan pode até não aparecer no jogo o tempo todo“. Me parece uma crítica injusta, visto que Luan foi o jogador do Grêmio com maior número de toques na bola no Mineirão.

Gostei desse uniforme cinza do Marcelo Grohe (mas ele segue usando as meias do ano passado, que no caso até combinam bem)

2017 cruzeiro 3x3 gremio washington alvesc
Fotos: Washington Alves (Cruzeiro)

Cruzeiro 3×3 Grêmio

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Caicedo, Leo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral (Lucas Silva, aos 37min do 2ºT), Robinho (Ramón Ábila, aos 33min do 2ºT) e Thiago Neves; Alisson e Rafael Sobis (Elber, aos 40min do 2ºT)
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann (Rafael Thyere, aos 16min do 2ºT) e Cortêz; Michel, Arthur (Maicon, aos 40min do 2ºT)Ramiro e Pedro Rocha (Fernandinho, aos 27min do 2ºT); Everton e Luan.
Técnico: Renato Portaluppi

8ª rodada – Campeonato Brasileiro
Data: 19 de junho de 2017, segunda-feira, 20h00min
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público: 20.384 (17.327 pagantes)
Renda: R$ 375.211,00
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (CBF-SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (FIFA-SP)
Cartões amarelos: Rafael Sobis, Diogo Barbosa, Robinho, Ezequiel, Leo, Ramiro, Michel,
Gols: Everton aos 15 minutos, Michel aos 41 e Thiago Neves aos 45 do primeiro tempo; Rafael Sóbis aos dois minutos, Ramiro aos 14 e Robinho aos 17 minutos do segundo temp

Copa do Brasil 2016 – Grêmio 0x0 Cruzeiro

November 3, 2016


Mesmo jogando em casa, o Grêmio ignorou os apelos vindos das arquibancadas cheias e adotou uma postura pragmática, praticamente não se expondo durante os 90 minutos que faltavam para chegar a final. O tricolor fez o que tinha de fazer para manter a boa vantagem que conquistou no Mineirão. Ao assim proceder, o time pode ter eventualmente frustrado quem queria ver um jogo mais movimentado, mas o fato do Cruzeiro ter tido somente uma chance clara de marcar (o chute no travessão de Ariel Cabral aos 22 minutos) dá uma boa mostra da maturidade que os atletas gremistas demonstraram na partida.

Kannemann e Geromel mais uma vez transmitiram muita segurança. E Maicon voltou a ter uma atuação parecida com as que tinha em 2015.

img_6229b
IMG_6225.JPG

Sei que a gangorra é um elemento importante da rivalidade, mas não consigo entender porque alguém se dispõe a ir até o estádio para passar o jogo inteiro preocupado com o resultado da partida do co-irmão que se desenrolava simultaneamente. E não foram poucas pessoas que fizeram isso. Dava pra notar claramente no estádio a diferença no ânimo de boa parte da torcida conforme saiam os gols de Atlético e Inter.

Considerando o horário não imaginava que o publico total fosse chegar tão próximo do público do último Gre-Nal. E esse foi o quinto maior público pagante nos 80 jogos que o Grêmio fez em casa desde a primeira edição da Copa do Brasil.

img_6240img_6241

Deu pra notar vários assentos vazios nas cadeiras gramado, apesar de ter sido anunciado que só haviam ingressos para os camarotes.

Média de público do Grêmio no ano: 23.430 (21.286 pagantes)
Média de público do Grêmio na Copa do Brasil 2016: 30.954 (28.160 pagantes)

img_6309img_6310

Grêmio 0x0 Cruzeiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro (Jailson, 28’/2ºT), Douglas (Rafael Thyere, 46’/2ºT) e Pedro Rocha (Éverton, 12’/2ºT)); Luan
TÉCNICO: Renato Portaluppi

CRUZEIRO: Rafael, Lucas Romero, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral, Robinho (Ábila, 21’/2ºT) e De Arrascaeta (Rafael Sóbis, 14’/2ºT) ; Alisson e Willian (Alex, 29’/2ºT)
TÉCNICO: Mano Menezes

Copa do Brasil 2016 – Semifinal – Jogo de volta
Data: 2 de novembro de 2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 52.363 (47.687 pagantes)
Renda: R$ 1.708.865,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (FIFA-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Copa do Brasil 1993 – Grêmio 0x0 Cruzeiro

November 1, 2016

1993-gremio-oxo-cruzeiro-jose-doval-scan

O primeiro confronto entre Grêmio e Cruzeiro pela Copa do Brasil aconteceu no dia 30 de maio de 1993, pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil de 1993.

Lembro bem da chuva que caiu em Porto Alegre naquele domingo. O gramado do Olímpico, ainda com grama de jardim, sofreu muito (a preliminar entre modelos da Ford Models, ver imagem abaixo, acabou sendo transferida para o gramado suplemnetar), mas Márcio Rezende de Freitas (escolhido em comum acordo pelos clubes) não adiou o jogo e até hoje boa parte da torcida gremista lembra que isso prejudicou o futebol de Dener.

Na minha memória a partida não teve nenhuma chance concreta de gol, mas um consulta rápida ao YouTube desmente as minhas lembranças.
cp-paulo-nunes-fscan
cp-jose-ernesto-1-scan
1993-gremio-cruzeiro-ingressos2cp-manchetecp-notascp-wianey19931993-m
Fotos: José Doval (Zero Hora), José Ernesto e Paulo Nunes (Correio do Povo)

Grêmio 0x0 Cruzeiro

GRÊMIO: Eduardo, Luiz Carlos Winck, Paulão, Luciano e Dida; Pingo, Jamir, Juninho e Dener; Gílson (Charles) e Carlos Miguel (Mabília)
Técnico: Sérgio Cosme

CRUZEIRO: Paulo César, Zelão, Célio Lúcio, Luizinho e Nonato; Ademir, Rogério Lage e Marco Antônio Boiadeiro; Roberto Gaúcho, Cleison e Edenílson
Técnico: Pinheiro

Data: 30 de maio de 1993, domingo, 18h00min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 36.342 pagantes
Renda: Cr$ 4.492.750.000,00
Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (FIFA/MG)
Auxiliares: Theodoro Castro Lino e Paulo Jorge Alves
Cartões Amarelos: Nonato, Juninho, Luizinho, Cleison e Luiz Carlos Winck

Copa do Brasil 2016 – Cruzeiro 0x2 Grêmio

October 27, 2016

2016-mineirao-lucas-uebel-32016-mineirao-lucas-uebel-2

Apesar da notória e reconhecida má temporada do Cruzeiro, foi surpreendente a tranquilidade que o Grêmio teve para jogar no Mineirão. Passados os primeiros quinze minutos, que foram de pressão do time da casa, o tricolor tomou conta do jogo e chegou, com justiça, aos 2×0. Luan fez um golaço aos 19 do primeiro tempo e Douglas fechou o placar em um contra-ataque aos 16 minutos da segunda etapa.

O primeiro gol foi uma obra não só pela definição do Luan, mas também pela troca de passes que antecedeu a conclusão. O Grêmio rodou a bola com 8 jogadores no campo de ataque, com os dois laterais projetados, abrindo o campo. É certamente uma herança dos conceitos implementados por Roger.

Já no segundo gol é preciso chamar a atenção para a recuperação de Ramiro (que fez a assistência para Douglas) como um meio campista mais ofensivo, o que inegavelmente é um mérito do Renato.

 
2016-mineirao2016-mineiraoc2016-mineiraod
Essa foi a maior vantagem que o Grêmio conseguiu jogando a primeira partida fora de casa em uma semifinal da Copa do Brasil. Em 1997 o tricolor venceu o Corinthians por 2×1 no Morumbi. Essas duas foram as  únicas vezes que o Grêmio venceu nas 8 ocasiões  que jogou o primeiro jogo da semifinal como visitante (um total de 3 vitórias em 12 jogos como visitante em semifinais).

Eu sigo sem entender porque o Grêmio está usando a meia preta do ano passado e porque os goleiros estão usando a quarta camisa “de linha” de 2015.

2016-mineirao-lucas-uebel-1
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Washington Alves (Cruzeiro)

Cruzeiro 0x2 Grêmio

CRUZEIRO: Rafael; Lucas (Alisson, no intervalo), Leo, Bruno Rodrigo e Edimar; Denilson (Alex, aos 25min do 2ºT), Lucas Romero, Robinho e Arrascaeta; Rafael Sobis (Willian, aos 21min do 2ºT) e Ramón Ábila.
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Wallace, Maicon (Jailson, no intervalo), Ramiro,Douglas e Pedro Rocha (Everton, aos 24min do 2ºT); e Luan (Kaio, aos 41min do 2ºT).
Técnico: Alexandre Mendes (Renato Portaluppi suspenso)

Copa do Brasil 2016 – semifinal – Jogo de ida
Data: 26/10/2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público: 53.452 (50.715 pagantes)
Renda: R$ 1.606.821,00
Árbitro: Péricles Bassols(FIFA/PE)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (SC) e Nadine Câmara Bastos (SC)
Cartão Amarelo: Kannemann, aos 7min do 2ºT
Gols: Luan, aos 19 minutos do 1º tempo; Douglas, aos 16 minutos do 2º tempo

Copa do Brasil 1993 – Cruzeiro 2×1 Grêmio

October 25, 2016

19931993-gol
1993-eduardo-heuser

O último confronto entre Cruzeiro e Grêmio pela Copa do Brasil aconteceu em 3 de junho de 1993, no Mineirão, na partida de volta da final da Copa do Brasil daquele ano.

O lance que marcou essa decisão foi o frango do goleiro Eduardo Heuser logo aos 12 minutos em chute de Roberto Gaúcho. O tricolor, treinado por Sérgio Cosme, chegou a fazer o 1×1 que lhe daria o título (a partida de ida terminou em 0x0) com um gol do capitão Pingo, mas acabou levando o 2×1 (marcado por Cleisson) no primeiro lance do segundo tempo.

O jogo foi transmitido para o Rio Grande do Sul pela TVE e naquela época ainda vigorava o costume do time da casa usar o uniforme reserva no caso de “colisão” de cores.

1993-eder

1993-a-3

1993-cleisson

1993-cruzeiro-finalb1993-paulo-cesar

1993-ademir

CLEISSON: “Cumpri minha missão. Ajudei o Cruzeiro a chegar  a uma conquista inédita”.

estado-de-minas-1993

1993-miguel

1993-a

a

cruzeiro-fora-zh-fichacruzeiro-fora-zh-eduardo-heuser

EDUARDO HEUSER: “No jogo mais importante da minha vida eu tinha que ser perfeito. Não fui. Eu falhei. É imperdoável, eu sei, mas todos podem saber que eu sou quem está sentindo ais. Eu não estava nervoso. Estava frio, talvez até confiante demais. Eu tentei fazer o encaixe e a bola me engano.”

FÁBIO KOFF:Lutamos muito e não deu. Nós nem imaginávamos disputar o título com um time formado em pouco tempo. Perdemos e não foi culpa de ninguém“.

cruzeiro-fora-zh-cosmecruzeiro-fora-zh-jogadorescruzeiro-fora-zh-roberto-gaucho

1993-paulo-robert2o

1993-a-2

“Abraçado ao treinador Pinheiro, o lateral Paulo Roberto secava as lágrimas e dizia que vencer o Grêmio na final dava emoção especial à conquista”

cruzeiro-fora-zh-delegacia

cruzeiro-fora-zh-ruy-carlos-ostermann

cruzeiro-fora-zh-lauros-quadros1993-zh1993-cruzeiro-final-dener-corrigido

Fotos: José Doval (Zero Hora), Nélio Rodrigues (Placar), Estado de Minas

Cruzeiro 2×1 Grêmio

CRUZEIRO: Paulo César, Paulo Roberto Costa, Célio Lúcio, Róbson e Nonato; Ademir Kaefer, Rogério Lage e Éder Aleixo; Roberto Gaúcho, Cleisson e Edenílson.
Técnico: Pinheiro

GRÊMIO : Eduardo Heuser, Jackson, Paulão, Luciano e Dida (Charles 15 do 1º tempo); Pingo, Jamir (Fabinho 25 do 2º tempo), Juninho e Dener; Gílson e Carlos Miguel.

Técnico: Sérgio Cosme

Copa do Brasil 1993 – Jogo de volta
Data: 03 de junho de 1993, quinta-feira, 21h40min
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG;
Público: 76.426 (70.723 pagantes)
Renda: Cr$ 11.023.125.000,00
Árbitro: Renato Marsiglia (FIFA/RS)
Auxiliares: Daniel Fernandes e Edie Mauro Detofoloi
Cartões Amarelos: Cleison, Éder, Ademir, Roberto Gaúcho, Dêner e Jamir.
Gols: Roberto Gaúcho aos 12 minutos e Pingo aos 25 minutos do 1º tempo; Cleison aos 20 segundo do 2º tempo;

Brasileirão 2016 – Cruzeiro 1×0 Grêmio

October 17, 2016

;2016-cruzeiro-1x0-gremio

O Grêmio fez um jogo ruim contra o Cruzeiro no Mineirão, mas só foi ser derrotado num lance de desatenção, onde os mandantes bateram rapidamente um escanteio e Henrique completou para as redes.

Interessante esse dado do Footstats sobre o número de desarmes no campo de ataque. Aparentemente o Grêmio recuou a sua marcação.

20161001215157520175i_1200x800

Fotos: Washington Alves (Lightpress/Cruzeiro) e Ramon Lisboa (SuperEsportes)

Cruzeiro 1×0 Grêmio

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Bruno Rodrigo, Léo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral (Lucas Romero 28/2T), Robinho e Rafinha; Rafael Sobis (Élber 13/2T) e Ramon Ábila (Willian 20/2T)
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Bruno Grassi; Wallace Oliveira, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Kaio (Guilherme 30/2T), Jailson, Ramiro e Douglas (Henrique Almeida 35/2T); Pedro Rocha (Everton 24/2T) e Luan
Técnico: Renato Portaluppi

28ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 31 de setembro de 2016, sábado, 18h30min
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte-MG
Público: 16.618 pagantes
Renda: R$ 363,879
Árbitro: Celmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Henrique, Ariel Cabral e Ábila (Cruzeiro); Marcelo Oliveira, Everton e Luan(Grêmio)
Gol: Henrique aos 27 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)

Brasileirão 2016 – Grêmio 2×0 Cruzeiro

June 20, 2016

gol douglas

 

O Grêmio fez 2×0 no Cruzeiro, chegando a sua quinta vitória em nove rodadas e aos 66% de aproveitamento. No primeiro tempo o jogo foi de poucas alternativas, até que, a partir dos 40 minutos, Luan começou a fazer a diferença. Aos 42 ele fez jogada individual e bateu de esquerda, acertando a trave do goleiro Fábio. Douglas desperdiçou o rebote. Mas 2 minutos depois, Luan iniciou jogada pela ponta direita e se deslocou para marca do pênalti, onde recebeu grande cruzamento de Everton para abrir o marcador. No segundo tempo, aos 6 minutos, Luan chutou de fora da área, Fábio espalmou e Douglas completou de cabeça para as redes (foto acima). Depois disso o Grêmio acabou levando alguns sustos com as lesões e com o pênalti estranhamente (em função da demora) marcado pelo juiz, mas que De Arrascaeta desperdiçou.
marcelo oliveira

 

Eu não lembro de ter visto outro jogo do Grêmio em casa com tanta neblina. Achei muito oportuna a iniciativa de liberar o ingresso dos torcedores do quarto anel para o primeiro anel no intervalo.

Interessante notar que Douglas apareceu mais uma vez dentro da área para pegar o rebote. Algo que ele precisa fazer (mas nem sempre faz) na função que exerce nesse esquema do Grêmio.

A bola que bateu na mão do Marcelo Oliveira foi tão faltosa quando a que bateu na mão do zagueiro Henrique no joga contra o Fluminese. Mas só aqui o pênalti foi marcado. Essa falta de critério é o que mais irrita.

Eu gostaria de ver o Grêmio com uma camisa de manga longa de verdade. Sei que o uso de uma malha por baixo da camisa de manga curta é a praxe agora, mas no caso da nossa camisa titular acho que isso acaba “interrompendo” as listras.  E ao menos no ano passado o torcedor tinha uma opção mais tradicional.

 

 

cruzeiro
cruzeiro 2
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Eduardo Moura (Globo Esporte)

Grêmio 2×0 Cruzeiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Geromel (Marcelo Hermes, 14’/2ºT), Wallace Reis (Bressan, 22’/1ºT) e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Jaílson, 14’/2ºT), Giuliano, Douglas e Everton; Luan.
Técnico: Roger Machado

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Viana, Fabrício Bruno e Bryan; Lucas Romero, Henrique, De Arrascaeta e Alisson; (Bruno Ramires, 13’/2ºT) Rafael Silva (Allano, int.), Riascos (Willian, 29’/2ºT).
Técnico: Paulo Bento

09ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data:  19 de junho de 2016, domingo, 19h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 16.566 (14.658 pagantes)
Renda: R$ 453.041,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Cartões Amarelos: Riascos e Bruno Viana
Gols: Luan, aos 43 minutos do primeiro tempo; Douglas , aos 6 minutos do segundo tempo.

Brasileirão 2015 – Cruzeiro 0x0 Grêmio

October 17, 2015
 

 A dúvida recaia sobre como o Grêmio reagiria após a eliminação na Copa do Brasil.
A resposta pode ser dividida em duas partes: O desempenho foi ruim. Mas o resultado foi bom/razoável.
O Cruzeiro foi claramente superior no jogo, tendo mais iniciativa e colocando duas bolas na trave. Mas o Grêmio teve o mérito de não se desesperar com esse domínio do adversário e conseguiu segurar o 0x0 até o apito final. E, historicamente, o empate no Mineirão não é um resultado tão comum.

Fotos: Cruzeiro e Super Esportes

Cruzeiro Cruzeiro 0x0 Grêmio Grêmio

CRUZEIRO: Fábio; Fabiano, Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Willians (Marcos Vinícius 40/2ºT), Henrique e Cabral; Allano (Gabriel Xavier 20/2ºT), Leandro Damião (Arrascaeta 27/2ºT) e Willian
Técnico: Mano Menezes
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Edinho, Giuliano,  Douglas (Maxi Rodríguez 35/2ºT)  e Pedro Rocha (Fernandinho, 15/2ºT); Luan (Bobô 15/2ºT)
Técnico: Roger Machado

29ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 04/10/2015, domingo, 16h00min
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Público: 29.294 pagantes
Renda: R$ 800.555,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA-SC)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (FIFA/SP) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Cartões amarelos: Willians, Henrique e Willian (Cruzeiro); Galhardo, Bobô e Edinho (Grêmio)

Brasileirão 2015 – Grêmio 1×0 Cruzeiro

July 2, 2015

O Grêmio chegou a sua quarta vitória seguida no Brasileirão através da repetição de virtudes vistas nas partidas anteriores: Forte movimentação, velocidade na criação de jogadas e intensidade na marcação. O jogo foi bastante franco desde o seu início, a equipe tricolor correu alguns riscos, mas sempre teve mais controle e maior volume ofensivo do que o Cruzeiro.
No primeiro tempo aos 8 minutos, Manoel aproveitou um breve momento de indecisão de Luan para colocar  a bola para escanteio. Fábio fez duas importantes intervenções nos arremates de Marcelo Oliveira e Luan, aos 12 e 17 minutos, respectivamente. Pelo lado Cruzeirense, Charles acertou o travessão com um forte chute de fora da área aos 28 minutos.
No segundo tempo, Fábio ia se tornando o nome do jogo ao fazer duas grandes defesas em conclusões de Luan (aos 2 e aos 18 minutos), mas aos 22, o camisa 7 gremista mais uma vez ficaria em boa situação para concluir e sofreu a falta de Bruno Rodrigo. Pênalti que Douglas converteu, fazendo o 1×0 pro Grêmio

“Não acredito que quem treine andando jogue correndo“. Essa frase do Roger ajuda muito a explicar como o time conseguiu aumentar a intensidade dentro de campo.
Uma pena que nem todas frase ditas no vestiário do Grêmio foram tão felizes. Não entendi porque Cesar Pacheco quis resgatar a conversa da já famigerada “poção mágica”. Eu acharia bem mais legal um vice de futebol que não apelasse tanto pro folclore.
É curioso que vem se falando da “sorte” trazia por esse terceiro uniforme, mas ontem o time entrou em campo com uma meia diferente da que vinha usando nos jogos anteriores.
Sou um leigo interessado no assunto fotografia. Vejo um número razoável de fotógrafos credenciados na beira do campo na Arena, mas raramente vejo fotos dos gols, mesmo os de pênalti (como foi ontem), o que em tese permitiria um tempo maior para encontrar um melhor posicionamento e/ou trocar as lentes, ajustar o zoom, etc..

Fotos: Guilherme Testa (Lance) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio Grêmio 1×0 Cruzeiro Cruzeiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano e Douglas (Edinho, 41’/2ºT); Luan e Pedro Rocha (B. Rodríguez, 21’/2ºT)
Técnico: Roger Machado
CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Bruno Rodrigo, Manoel e Fabrício; Willians, Charles (Léo, 26’/2ºT), Marquinhos (Marcos Vinicius, Intervalo) e De Arrascaeta; Willian e Leandro Damião (Allano, Intervalo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

10ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 1º de julho de 2015, quarta-feira, 22h00min 
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 24.656 (22.517 pagantes)
Renda: R$ 673.287,00
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Cartões amarelos: Luan, Maicon, Walace, Geromel (GRE); Leandro Damião, Willians, Bruno Rodrigo, Marcos Vinicius, Mayke  (CRU)
Gols: Douglas (de pênalti), aos 23 minutos do segundo tempo