Archive for the ‘Flamengo’ Category

Brasileirão 2017 – Flamengo 0x1 Grêmio

July 17, 2017

2017 flamengo andre durao globoesporte2017 flamengo jorge rodrigues eleven d

O Grêmio se reabilitou no Brasileirão ao vencer o Flamengo (um adversário direto na briga pelas primeiras posições) fora de casa. O tricolor saiu na frente, e muito em função disso fugiu um pouco das suas características (teve pouco mais de 40% de posse de bola) para segurar o 1×0 até o apito final.

Luan contou com a sorte no lance do gol, mas também fez valer uma das suas habilidades, que é a capacidade de trocar rapidamente de direção, deixando os dois volantes adversários batendo cabeça na jogada.

2017 flamengo

Eu acho que o substituto de Pedro Rocha deveria ser Everton, e não o Fernandinho. Contudo, é preciso reconhecer que o Fernandinho ajudou bastante na marcação pelo lado esquerdo da defesa, e Everton tem um pouco mais de dificuldade em acompanhar o jogador adversário nessas situações.

Existem poucas coisas mais sem sentido no marketing esportivo do que um patrocínio na meia. Esse do Flamengo é impossível de identificar a marca.

Havia uma previsão oficial de 1.000 torcedores gremistas na Ilha do Urubu. Contudo o Flamengo disponibilizou 523 ingressos para a torcida visitante, dos quais apenas 71 foram vendidos. Estranho.

2017 flamengo b
Fotos: André Durão (GloboEsporte), Jorge Rodrigues (Lance) e Gilvan de Souza (Flamengo)

Flamengo 0x1 Grêmio

FLAMENGO: Thiago; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Trauco (Mancuello, 31’/2°T); Márcio Araújo (Geuvânio, 13’/2°T), Cuéllar (Vizeu, 31’/2°T) e Diego; Everton Ribeiro, Everton e Leandro Damião
Técnico: Zé Ricardo

GRÊMIO: Léo; Edilson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel e Arthur (Jailson, 28’/2°T) ; Ramiro, Luan (Thyere, 44’/2°T) e Fernandinho; Barrios (Everton, 25’/2°T)
Técnico: Renato Portaluppi

13ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 13/7/2017, quinta-feira, às 19h30min
Local: Ilha do Urubu, Rio de Janeiro (RJ)
Público: 18.204 (16.960 pagantes)
Renda: R$ 1.161.345,00
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo
Cartões amarelos: Michel, Kannemann; Trauco, Mancuello
Gol: Luan, aos 25 minutos do primeiro tempo

Advertisements

Primeira Liga 2017 – Flamengo 2×0 Grêmio

February 15, 2017

2017-flamengo-b

Usando time reserva, o Grêmio fez uma péssima partida e foi justamente derrotado pelo Flamengo. Nos primeiros 15 minutos o tricolor sequer conseguiu ultrapassar a metade do campo. E quando finalmente o fez, não conseguia organizar jogadas de ataque com clareza. Assim é possível dizer que o 2×0 ficou barato.
2017-flamengo-c

Difícil de entender o planejamento do Grêmio nesses primeiros jogos. Por que o tricolor usou time titular em Caxias e reserva em Brasília? O Flamengo com força máxima não seria um teste mais condizente para o que vem pela frente no restante da temporada para os titulares?

Entendo que o atrativo da Primeira Liga não está na disputa em si, e sim na iniciativa dos clubes, de buscar uma desvinculação da CBF, tentando um nova maneira de organizar o futebol no País.  Me parece estranho que o Flamengo prestigie mais do que o Grêmio essa tentativa de mudança no status quo.

Mas ainda mais estranha foi a explicação para a não ida do técnico Renato Portaluppi a Brasília. O Vice de futebol Odorico Roman afirmou que “a presença na beira do campo não dá ao técnico melhores condições de ver o jogo do que pela televisão”. Eu discordo. Desconheço local melhor para acompanhar a partida do que o próprio estádio.

2017-flamengo
Fotos: Staff Images/Flamengo

Flamengo 2×0 Grêmio

FLAMENGO: Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Rômulo, Arão, Diego e Mancuello (Berrío, 16’/2º); Everton (Gabriel, 25’/2º) e Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo

GRÊMIO: Bruno Grassi; Léo Moura, Thyere, Bressan e Bruno Cortez; Arthur; Kaio, Michel (Jael, 10’/2º), Fernandinho e Everton (Maxi Rodríguez, 37’/2º); Bolaños.
Técnico: Alexandre Mendes

Primeira Liga 2017 – Grupo B – 1ª Rodada
Data: 8/2/2017, quarta-feira, às 19h30min
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Público: 20.224 pagantes
Renda: R$ 943.060,00
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões Amarelos: Diego (FLA) e Bressan (GRE)
Gols: Everton, aos 42 minutos do primeiro tempo e Berrío, aos 32 minutos do segundo empo

Brasileirão 2016 – Flamengo 2×1 Grêmio

August 22, 2016

andre borgesgol damiao

O Grêmio fez mais uma partida muito ruim como visitante e acabou perdendo por 2×1 para o Flamengo em Brasília. No primeiro tempo o tricolor teve muita dificuldade para sair jogando e foi bastante pressionado pelo Flamengo. O 1×0 no intervalo (gol de pênalti convertido por Damião) acabou até sendo barato para que os times apresentaram nos primeiros 45 minutos.  O Grêmio mostrou uma leve melhora no segundo tempo. Bolaños teve boa chance, Geromel obrigou Alex Muralha a fazer uma grande defesa, mas o Flamengo chegou ao segundo gol na cabeçada do estreante Diego, após bom cruzamento de Pará. Henrique Almeida ainda conseguiu descontar, aproveitando o vacilo de Réver, mas pouco fez depois disso para chegar a um empate.

Walace e Luan foram decisivos na conquista da medalha de ouro do Brasil. Qualquer time sentiria a falta deles. Mas acho que o Grêmio poderia ter um rendimento melhor sem eles. E, de qualquer maneira, o tricolor precisa melhorar seu desempenho fora de casa se pretende ser campeão.

Foi muito estranho o critério do juiz Raphael Claus na partida. Aos 24 minutos, quando a bola bateu na mão de Everton em um lance de ataque do Flamengo ele nada marcou. Cinco minutos depois, ele marcou pênalti e mostrou cartão amarelo para Geromel em um lance parecido. E no início do segundo tempo, ele nada marcou quando a bota bateu no braço de Rafael Vaz dentro da área do Flamengo. A mais recente orientação da FIFA vem sendo usada para legitimar as diversas interpretações sobre a bola na mão/mão na bola, mas é inadmissível que o árbitro mude seu critério durante a partida. Estranho também foi o comentarista da partida, Lédio Carmona, deixando de falar sobre essa questão do critério apesar das inúmeras repetições dos lances.
gilvan de souza 01
Fotos: André Borges (Lance), Fred Gomes (GloboEsporte) e Gilvan de Souza (Flamengo)

Flamengo 2×1 Grêmio

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego (Mancuello, 34’/2°T); Gabriel (Alan Patrick, 16’/2°T), Everton e Leandro Damião (Felipe Vizeu, 12’/2°T).
Técnico: Zé Ricardo

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Wallace Oliveira (Lincoln, intervalo), Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Douglas, Everton (Guilherme, 33’/2°T) e Pedro Rocha; Miller Bolaños (Henrique Almeida, 19’/2°T).
Técnico: Roger Machado

21ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 21/08/2016, domingo, 11h00min (de Brasília)
Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Público: 22.552 pagantes
Renda:  R$ 1.421.870,00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Rogério Zanardo (SP) e Danilo Ricardo Manis (SP)
Cartões Amarelos: Geromel (GRE); Mancuello (FLA)
Gols: Leandro Damião (de pênalti) aos 29 minutos do 1° tempo; Diego aos 24 e Henrique Almeida  26 minutos do 2° tempo (2-1)

Confrontos Flamengo Vs. Grêmio

August 20, 2016

1990 flamengo 0x1 gremio

Postei mais algumas fotos de confrontos entre Flamengo e Grêmio pelo Brasileirão no Tumblr. A imagem de acima (do jornal Zero Hora) mostra Nilson marcando o único gol da partida em Juiz de Fora pelo Brasileirão de 1990 (Sidmar defendeu um pênalti cobrado por Renato Portaluppi quando o jogo ainda estava 0x0).

Flamengo e Grêmio já se enfrentaram 4 vezes em Brasília. No Brasileirão de 2013 (vitória do Grêmio com gol de falta do Pará), pela Copa dos Campeões Mundiais em 1997 (3 gols de Lúcio na vitória de 4×2 do Flamengo e em 1995 (quando Renato Portaluppi formou o ataque do Grêmio com Paulo Nunes e Jardel) e um amistoso em 1971, no qual o Flamengo levou a taça no sorteio após o empate em 2×2.
1968 volmir alcindo flamengo jb

A foto acima, retirada do Jornal do Brasil, mostra Volmir e Alcindo no lance do gol do Grêmio na vitória por 1×0 no Maracanã pelo Robertão de 1968.

Abaixo, foto do Jornal Zero Hora, do empate em 2×2 no Maracanã pelo Brasileirão de 1994, onde os gremistas Osias, Emerson, Jamir e Pingo disputam a bola com Marquinhos e Magno

1994 flamengo 2x2 gremio

Brasileirão 2016 – Grêmio 1×0 Flamengo

May 24, 2016

O Grêmio pode não ter feito uma grande partida. Pode ter corrido riscos desnecessários quando já estava em vantagem (Gol de cabeça Fred, que realmente estava “precisando” disso), mas é inegável que o tricolor foi melhor do que o Flamengo durante a maior parte do jogo, tendo criado mais oportunidades e merecendo levar os 3 pontos que estavam em disputa. 

Ontem ficou bem claro que o Grêmio jogou numa espécie de 4-4-2. Bolaños ficava sempre mais a frente do que Luan e Giuliano. E quando o time perdia a bola, era Bobô que voltava para recompor. Também me pareceu claro que o time passou a render mais quando Luan passou a jogar mais perto do gol, ficando Everton responsável por ocupar a faixa lateral. 

O público foi menor do que a média dos últimos 10 confrontos contra o Flamengo pelo Brasileirão em Porto Alegre. Uma pena. Enquanto isso cada vez surge uma nova desculpa na questão do check-in/check-out. Só o que não surge é uma solução.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 1×0 Flamengo

GRÊMIO:  Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Frede Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano (Pedro Rocha, 29’/2ºT), Luan e Bolaños; (Douglas, 37’/2ºT); Bobô (Everton, int.).
 Técnico: Roger Machado
FLAMENGO: Paulo Victor; Rodinei, Juan, Léo Duarte e Jorge; Cuellar (Willian Arão, 32’/2ºT), Márcio Araújo, Gabriel (Marcelo Cirino, 25’/2ºT), Éverton(Ederson, 25’/2ºT) e Alan Patrick; Guerrero.
Técnico: Jayme de Almeida

02ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 22 de maio de 2016, domingo, 16h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 17.866 (15.976 pagantes)
Renda: R$ 522.592,00
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Anderson de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Luan, Fred, Maicon (GRE); Guerrero, Everton (FLA)
Gol: Fred, aos 8 minutos do 2º tempo

Brasileirão 2015 – Grêmio 2×0 Flamengo

November 2, 2015

Fotos: Manoel Petry

Grêmio 2×0 Flamengo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Hermes; Moisés, Marcelo Oliveira, Douglas (Bobô, 33’/2º), Giuliano e Pedro Rocha (Everton, int); Luan (William Schuster, 44’/2º). 
Técnico: Roger Machado 
 FLAMENGO: Paulo Victor; Ayrton, César Martins, Wallace e Jorge; Márcio Araújo, Canteros (Kayke, 28’/2º), Luiz Antonio (Tiago Santos, 21’/2º) e Jajá (Ronaldo, 42’/2º); Gabriel e Guerrero. Técnico: Oswaldo de Oliveira 

Data: 1º de novembro de 2015, domingo, 17h00min 

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 37.793 (35.160 pagantes)
Renda: R$ 1.539.677,15
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões Amarelos: Guerrero
Cartão vermelho: Guerrero aos 15 minutos do 2º tempo
Gols: Everton, aos 6 minutos, e Bobô, aos 39 minutos do segundo tempo

Brasileirão 2015 – Flamengo 1×0 Grêmio

July 20, 2015

O Grêmio definitivamente se afastou da boa fase ao ser derrotado pela terceira vez nos últimos quatro jogos. O confronto com o Flamengo, reforçado por Emerson Sheik e Paolo Guerrero e um Maracanã cheio, era sabidamente difícil. E até sofrer o gol, o tricolor não estava pior do que o que o seu adversário, tendo inclusive uma chance muito clara aos 20 minutos da primeira etapa, quando Galhardo carimbou o travessão após um baita passe de Luan.
Mas o jogo mudou aos 40 minutos. O Flamengo teve uma falta ao lado da área. Ayrton cruzou sobre a pequena área. A defesa do Grêmio teve um comportamento estranho no lance: ninguém atacou a bola e ninguém impediu a corrida dos cabeceadores Flamenguistas. Marcelo Grohe poderia/deveria ter cortado o cruzamento, mas optou por permanecer em cima da linha, aonde só conseguiu defender a cabeçada de Wallace, mas não conseguiu evitar que Guerrero marcasse no rebote.

O Grêmio teve uma chance de empatar logo aos 4 minutos do segundo tempo, mas Pedro Rocha acabou ficando sem ângulo para finalizar após driblar o goleiro Cesar. Depois disso o tricolor até voltou a chegar na área adversária, mas o arqueiro flamenguista praticamente não foi mais acionado.

Das falácias repetidas na defesa do sistema de pontos corridos a que mais me incomoda é da suposta “igualdade” entre todos os participantes. Corinthians e Grêmio enfrentaram o “mesmo” Flamengo no “mesmo” Maracanã num intervalo de seis dias. Para se falar em igualdade nesse caso nós teríamos que ignorar que o Sheik e Guerrero não atuaram contra o Corinthians e que o público praticamente dobrou de um fim de semana para o outro.  
O Grêmio parece ter feito questão de se bagunçar fora de campo justamente quando tinha começado a se ajustar dentro das quatro linhas. Essa situação do Rhodolfo está cada vez mais incompreensível. Quando a negociação com os turcos avançou, o atleta não só voltou a ser escalado como também recebeu de volta a braçadeira de capitão.

Nem o “pensamento mágico” justifica essa decisão de resgatar o Fernandinho. É puro non sense. 

Fotos: Gilvan de Souza (Flamengo) e Celso Pupo (Fim de Jogo)

Flamengo Flamengo 1×0 Grêmio Grêmio

FLAMENGO: Cesar; Ayrton, Marcelo, Wallace e Jorge; Canteros, Márcio Araújo e Everton (Gabriel, 41’/2ºT); Marcelo Cirino (Arthur Maia, Intervalo), Emerson Sheik e Guerrero
Técnico: Cristovão Borges
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Rhodolfo e Marcelo Hermes; Wallace (Braian Rodríguez, 43’/2ºT), Maicon, Giuliano, Douglas (Fernandinho, 16’/2ºT) e Pedro Rocha (Vitinho, 29’/2ºT); Luan 

Técnico: Roger Machado

14ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 18/07/2015, sábado, 18h30min
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 51.055 (44.318 pagantes)
Renda: R$ 2.070.015,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (FIFA-MG) e Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)
Cartões amarelos: Emerson Sheik, Pedro Rocha, Marcelo Hermes, Geromel, Maicon e Marcelo Grohe
Gol: Guerrero, aos 40 minutos do primeiro tempo 1-0 (40’/1ºT)

Brasileirão 2014 – Flamengo 0x1 Grêmio

September 9, 2014
 

Durante a semana que antecedeu o jogo, chegou-se a cogitar que o Grêmio seria escalado num 3-5-2 para enfrentar o Flamengo. Mas Felipão decidiu manter o time no 4-1-4-1 dos últimos jogos, com Walace fazendo o papel do suspenso Ramiro, e essa opção se mostrou acertada. Não só o tricolor freou o entusiasmo inicial da torcida flamenguista, que compareceu em peso no Maracanã, como também foi claramente superior durante toda a primeira etapa. O Grêmio adiantou suas linhas, afastando o Flamengo de perto do gol defendido por Marcelo Grohe e manteve a bola na sua intermediária ofensiva. E, ainda que tenha faltado  um pouco de paciência e criatividade para trabalhar jogadas ataque, o Grêmio ainda assim criou situações de gol a partir de chutes de longa distância, especialmente com Fellipe Bastos.


O Flamengo melhorou no segundo tempo, usando a velocidade no seu lado direito para atacar. Foi dali que saíram dois bons cruzamentos para Alecsandro, mas na primeiro o centroavante rubro-negro cabeceou para fora e no segundo ele tentou uma pretensiosa bicicleta. Nos demais lances Marcelo Grohe passou tranquilidade para sua defesa e o Grêmio jogava por uma bola no contra-ataque, o que acabou acontecendo, mas Dudu ficou sem ângulo após a boa saída de gol de Paulo Victor. Aos 46, quando o empate já não parecia um mau negócio, Fernandinho recebeu na ponta direita e entrou na diagonal, a bola chegou em Luan, que com espantosa tranquilidade entrou a dribles na área adversária e mandou a concluiu junto a trave. 1×0 para o Grêmio e mais três pontos na conta tricolor.


 Luan é novo, ainda tem pouca experiência e por isso é de se esperar que seu rendimento oscile,  mas ele é o melhor jogador do Grêmio. É atleta mais capaz de fazer jogadas que decidem um jogo, como esta feita no último minuto no Maracanã.
A atual posição do Grêmio na tabela e a distância para o G4 não são de todo ruim se considerarmos os vários tropeços que o time teve nesse primeiro turno. Um dado a ser considerado é que todos os times que hoje estão a frente do Grêmio não trocaram de treinador no Brasileirão. O Grêmio acaba pagando um preço caro por ser uma equipe em formação em meio ao campeonato.
E por ser uma equipe em formação, o Grêmio ainda busca um maior equilíbrio. No Maracanã o time  marcou muito bem, mas teve alguma dificuldade na criação. O que corresponde aos números do time na competição, em que tem a segunda melhor defesa (em gols sofridos) e apenas o 10º ataque em gols marcados.

Fotos: Daniel Ramalho (AGIF/ZH), Ivo Gonzalez (O Globo), Gilvan de Souza  (Flamengo) e Paulo Sérgio (Lance)

Flamengo Flamengo 0x1 Grêmio Grêmio
FLAMENGO: Paulo Victor; Léo Moura, Marcelo, Chicão, João Paulo; Recife (Amaral, 30’/2ºT), Márcio Araújo, Canteros, Mugni (Gabriel, 21’/2ºT); Arthur (Eduardo da Silva, 15’/2ºT) e Alecsandro.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Walace, Fellipe Bastos, Matheus Biteco, Giuliano (Fernandinho, 40’/2ºT); Dudu e Lucas Coelho (Luan, 32’/2ºT)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

19ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2014
Data: 06 de setembro de 2014, sábado, 18h30min
Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 59.680 presentes (51.858 pagantes)
Renda: R$ 1.756.965,00
Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e João Patricio de Araujo (GO)
Cartões amarelos: Amaral (Flamengo); Walace e Fellipe Bastos (Grêmio)
Gol: Luan, aos 46min do segundo tempo

Brasileirão – Grêmio 2×1 Flamengo

November 18, 2013

Maxi Rodriguez resolveu o jogo para o Grêmio. Nem sempre é possível resumir o jogo em uma frase, mas creio que dessa vez não há nenhum exagero na afirmativa que inicia esse texto. Pois foi exatamente o que aconteceu. O uruguaio saiu do banco e marcou dois belo gols em jogadas individuais, numa partida que se mostrava complicada para a equipe gremista. 
Enfrentando um Flamengo escalado para não perder (ou talvez até não perder de muito) o Grêmio deu sinais de fadiga, tendo dificuldade de se movimentar e ser criativo, apesar do claro empenho ofensivo do time. No primeiro tempo o tricolor chegou perto de abrir o marcador em bolas lançadas na área e em duas ocasiões os defensores flamenguistas salvaram o gol em cima da linha. Contudo, o placar só foi ser movimentado aos 15 do segundo tempo, após a entrada de Maxi Rodriguez, que acrescentou iniciativa pessoal a um time que driblava pouco, e assim ele fez o 1×0, trazendo uma bola da ponta direita, para o centro, concluindo no canto esquerdo da meta adversária. Mas, perto do final do jogo,  Flamengo viu que não tinha mais nada a perder e procurou o campo de ataque e empatou aos 40 minutos, quando João Paulo chutou e a bola desviou em Rhodolfo, tirando Dida do lance. Contudo, praticamente no lance seguinte, Maxi Rodriguez voltou a fazer a diferença, abrindo espaço na defesa a dribles para dessa vez chutar no alto para superar o arqueiro:. 2×1 providencial na classificação.

Eu sempre defendo que o treinador deva ser avaliado pelo que FAZ, e não pelo que FALA. Mas é preciso reconhecer que as vezes a fala do treinador ajuda a entender o trabalho que ele faz. Assim sendo, eu continuo acreditando que seria proveitoso que Renato mencionasse mais alguns temas nas suas coletivas. Ontem ele poderia falar sobre tática, sobre como ele recuou Zé Roberto e “criou” um espaço para Maxi Rodriguez avançar. Poderia também falar um pouco mais sobre seus critérios para utilização de jogadores, e não só se limitar a dizer que vai “esfriar a cabeça e pensar no assunto”.

 
 

Fotos: Mauro Schaefer (Correio do Povo), Vinicius Costa (UOL), Lucas Uebel (Grêmio.net) e Leonardo Osmarin (GrêmioFotos)

Grêmio Grêmio 2×1 Flamengo Flamengo

GRÊMIO: Dida; Pará, Rhodolfo, Bressan e Alex Telles; Souza, Ramiro, Riveros (Maxi Rodríguez, 10’/2ºT), Zé Roberto; (Yuri Mamute, 41’/2ºT), Kleber (Elano, 26’/2ºT) e Barcos
Técnico: Renato Portaluppi
FLAMENGO: Paulo Victor; Welinton, Frauches, Samir; Digão, Diego Silva, Val (Luiz Antônio, 20’/2ºT), Gabriel (Adryan, 38’/2ºT), João Paulo; Bruninho (Rafinha, 29’2ºT) e Nixon
Técnico: Jayme de Almeida
35ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2013
Data: 17/11/2013, domingo, 19h30min
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Público: 23.372 (17.097 pagantes)
Renda: R$ 648.812,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Auxiliares: Nadine Schramm Camara Bastos-SC e Jose Roberto Larroyd-SC)
Cartões amarelos: Kleber, M. Rodríguez;  e Frauches, L. Antonio
Gols: Maxi Rodríguez 15’/2ºT, João Paulo 40’/2ºT  e Maxi Rodríguez 42’/2ºT .