Archive for the ‘Gauchão 2016’ Category

Gauchão 2016 – Semifinal – Grêmio 3×1 Juventude

April 27, 2016

O Grêmio jogou bem, ganhou bem, mas foi desclassificado. O time correu muito, talvez mais do que em qualquer outra partida da temporada. Tivesse todo esse empenho e movimentação no primeiro jogo no Jaconi muito provavelmente o tricolor se classificaria com facilidade. Mas não foi bem isso que aconteceu. O clube parece não entender que no futebol profissional não existe a possibilidade de se escolher quando se joga “às ganha” e quando se joga “às brinca”.
Sei bem que é impossível não estabelecer prioridades nesse calendário absurdo que temos. Só acho que o Grêmio não vem fazendo isso muito bem.  Um time de futebol é uma estrutura complexa, sujeita a quedas e aumentos de rendimento. Não há como virar um “dimmer” nas costas de cada um dos atletas quando for mais ou menos necessário um resultado.
Eu não acho que um Regional irá saciar a sede da torcida por títulos. Da mesma forma, não concordo com a tese que o Grêmio precisa necessariamente ganhar um Gauchão antes de pensar em postular títulos maiores. Mas o retrospecto dos últimos 10 anos mostram que o clube não está sabendo enfrentar a competição, mesmo que se considere todas as dificuldades que não deveriam existir (parcialidade da Federação e afins, por exemplo). 
É difícil dizer que uma eliminação no Gauchão não afeta o clube. Um exemplo disso foi a infeliz declaração do Capitão Maicon ao dizer que não podemos carregar o peso de 15 anos se chegamos agora“. Seria muito fácil receber para jogar aqui e só ter que encarar o bônus de usar a camisa do Grêmio.  Infelizmente o ônus também faz parte. Menos mal que o Roger colocou as coisas no lugar ao dizer que “Um clube grande não pode ficar tanto tempo sem títulos importantes. A cobrança é genuína, e eu sou responsável também”.
O Presidente Romildo Bolzan é um homem experiente na “vida pública” e deveria saber que frases como Se jogarmos como hoje, podemos fazer cinco no Rosario Central” tem grandes chances de serem usadas fora de contexto.

Fotos: Manoel Petry  e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio Grêmio 3×1 Juventude Juventude

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Bressan, Fred e Marcelo Oliveira; Walace (Lincoln, 36’/2ºT), Maicon, Giuliano, Douglas (Henrique Almeida, 28’/ºT) Luan; Bobô (Bolaños, 9’/2ºT)

Técnico: Roger Machado
JUVENTUDE – Elias; Hélder, Klaus, Heverton, Pará; Wanderson, Itaqui (Lucas, 9’/2ºT), Bruno Ribeiro, Hugo (Wallacer, 18’/2ºT); Dieguinho (Vacaria, 30’/2ºT) e Roberson
Técnico: Antônio Carlos Zago
Jogo de volta – Semifinal  – Gauchão 2016
Data: 24 de abril de 2016, domingo, 16h00min 
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) 
Público: 20.158 (18.285 pagantes) 
Renda: R$ 704.599,00 
Árbitro: Jean Pierre Lima (RS) 
Assistentes: Leirson Martins e Michael Stanislau (ambos do RS) 

Cartões amarelos: Bressan, Fred e Ramiro; Hugo, Dieguinho, Bruno Ribeiro e Lucas
Cartão vermelho: Hélder (Juventude) aos 48 minutos do 2º tempo
Gols: Wallace, aos três minutos do primeiro tempo, Giuliano, no 1º minuto, Roberson, aos dois minutos e Bolaños, aos 12 minutos do segundo tempo

Gauchão 2016 – Semifinal – Juventude 2×0 Grêmio

April 27, 2016

Até os 14 minutos do segundo tempo o Grêmio fazia um jogo lento, mas de igual pra igual com seu adversário. O tricolor com time misto, não conseguia impor seu ritmo, mas não era superado em ações pelo seu adversário. Até ali se via uma situação aceitável para quem jogou na terça e jogaria novamente no domingo. Contudo, a partir dos 14 minutos da etapa final o Grêmio errou duas vezes. Duas vezes em bolas paradas que foram cruzadas na sua área. Duas vezes em que a defesa falhou grosseiramente. Duas vezes que o Juventude não deixou de aproveitar o erro tricolor. No primeiro lance, Marcelo Grohe se atrapalhou com Fred e acabou socando a bola para trás, onde estava Roberson, que completou para as redes. 9 minutos depois, o Grêmio permitiu que Klaus, o melhor cabeceador do Juventude, tomasse distância antes de saltar para marcar o segundo gol. Depois disso a única situação concreta de diminuir a diferença foi um cobrança de falta de Fred que parou no travessão.
Tão ruim quanto o resultado foi a notícia sobre a caxumba do Geromel. Tem algumas coisas no Grêmio que são difíceis de entender. Por que os atletas só foram vacinados na sexta-feira? Se a vacina funciona, não deveria ter feita quando da descoberta do primeiro caso? A “instituição” Grêmio tem uma séria dificuldade em reconhecer equívocos.

Fotos: Juventude e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Juventude Juventude 2×0 Grêmio Grêmio

JUVENTUDE: Elias; Helder, Klaus, Heverton e Pará; Wanderson, Itaqui, Bruno Ribeiro e Hugo (Wallacer, 16’/2ºT); Dieguinho (Lucas, 25’/2ºT) e Roberson (Sassá, 39’/2ºT)
Técnico: Antônio Carlos Zago

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Fred, Bressan e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Pedro Rocha, Lincoln (Bolaños, 18’/2ºT) e Everton (Luan, 20’/2ºT); Bobô (Henrique Almeida, 31’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

Jogo de ida – Semifinal  – Gauchão 2016
Data: 21/04/2016, quinta-feira, às 21h30min
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Diego Real (RS)
Assistentes: Maurício Penna (RS) e Antonio Albornoz (RS)
Público: ? ? ?
Cartões amarelos: Elias, Wanderson, Itaqui e Roberson ; Wallace Oliveira, Marcelo Hermes, Lincoln, Pedro Rocha e Henrique Almeida .
Gols: Roberson, aos 14 e Klaus aos 23 minutos do segundo tempo

Gauchão 2016 – Grêmio 4×1 Brasil de Pelotas

April 7, 2016

O gol de Geromel, logo aos 2 minutos inviabilizou a proposta do Brasil de jogar nos contra-ataques. Com o Xavante com dificuldade de propor ações e o Grêmio sem muita pressa para liquidar a fatura o jogo acabou ficando um pouco enfadonho. Bobô acabou fazendo o 2×0 antes do intervalo, aproveitando bom passe de Giuliano, o que deu a ideia de que o segundo tempo seria meramente protocolar.
Não foi exatamente isso que aconteceu, uma vez que o Brasil descontou aos 9 minutos, num escanteio que toda a defesa do Grêmio saltou muito pouco e Brock completou com o pé para as redes. Mas depois do susto o Grêmio se reencontrou chegou ao terceiro (Giuliano aproveitando uma confusão na área) e ao quarto (Pedro Rocha completando com categoria o belo lançamento de Luan) gol. 
Geromel está impossível. A arrancada que ele deu no segundo tempo foi sensacional.

Fotos: Richard Ducker (Grêmio.net) e Eduardo Deconto (Globo Esporte)

Grêmio Grêmio 4×1 Brasil de Pelotas  Brasil de Pelotas

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Geromel, Fred e Marcelo Hermes; Walace (Edinho, 2’/2º), Maicon, Giuliano, Douglas (Lincoln, 22’/2º) e Luan; Bobô (Pedro Rocha, int).
Técnico: Roger Machado
BRASIL-PEL: Martini; Galiardo, Cirilo, Leandro Camilo e Brock; Leandro Leite, Washington, Moisés (Márcio Hahn, 19’/2º) e Diogo Oliveira; Nathan (Nena, 35’/2º) e Ramon (Gustavo Papa, 23’/2º).
Técnico: Rogério Zimmermann

Gauchão 2016 – Quartas de Final
Data: 06 de abril de 2016, quarta-feira, 19h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 13.519 (11.931 pagantes)
Renda: R$ 462.762,00
Cartões Amarelos: Giuliano; Galiardo e Gustavo Papa
Gols: Geromel, aos dois minutos do primeiro tempo; Bobô, aos 39 do 1º tempo; Eduardo Brock  aos nove do 2º tempo; Giuliano aos 28 do 2º tempo e  Pedro Rocha  aos 32 do 2º tempo.

Gauchão 2016 – Grêmio 2×2 Juventude

April 5, 2016

A atuação do Grêmio foi um tanto desinteressada. Tendo feito o primeiro gol logo aos 3 minutos (foto acima), o tricolor tinha tudo para encaminhar um vitória tranquila. Mas acabou levando um virada num gol de pelada (muito embora seja precisa reconhecer o mérito do Hugo no drible em Bobô) e num pênalti que seria inaceitável na várzea (Wallace Oliveira fez sua pior partida até aqui). Menos mal que Luan conseguiu marcar o 2×2 numa bela cobrança de falta no último lance da partida.
Tendo em vista o aproveitamento mostrado, eu não entendo como o Luan não é o cobrador de todas as faltas que o Grêmio tem a seu favor nas proximidades da área 

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio Grêmio 2×2 Juventude Juventude

GRÊMIO: Bruno Grassi; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Bressan e Marcelo Oliveira (Iago, int); Edinho (Fernandinho, 29’/2º) e Maicon; Giuliano, Douglas (Lincoln, 13’/2º) e Luan; Bobô
Técnico: Roger Machado


JUVENTUDE: Douglas; Helder, Klaus, Neguete, Alan Rodrigues; Vacaria, Sananduva, Hugo (Dionas Bruno, 28’/2º), Felipe Lima (Guilherme, 24’/2º); Bruno Ribeiro e Roberson (Jeferson, 31’/2º) Técnico: Antônio Carlos Zago

13ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2016
Data: 3 de abril de 2016, domingo, 16h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Árbitro: Luís Teixeira Assistentes: Max Augusto Guimarães e Fabrício Lima Bassegio
Público: 15.991 (13.936 pagantes)
Renda: R$ 475.638,00
Cartões amarelos: Hélder, Klaus, Alan Rodrigues e Hugo (Juventude)
Cartão vermelho: Alan Rodrigues (44/2ºTJuventude)
Gols: Douglas, aos 3 minutos e Bruno Ribeiro, aos 22 minutos do primeiro tempo, Hugo (de pênalti) aos a 6 minutos e Luan, aos 50 minutos do segundo tempo.

Gauchão 2016 – Passo Fundo 1×5 Grêmio

April 5, 2016
O Grêmio “atropelou” o Passo Fundo desde o ponta pé inicial. 4 gols nos primeiros 25 minutos. Destaque para Walace, que apareceu duas vezes na área para marcar.

Que história bizarra essa da falsificação dos ingressos. Impressionante o volume de vendas dos falsificadores. Não é qualquer operação que consegue comercializar 4 mil ingressos no mercado “paralelo”.

Fotos: Alex Borgmann

 Passo Fundo Passo Fundo 1×5 Grêmio Grêmio

PASSO FUNDO: Matheus; Tiago Machado, Leo Kanu, Gustavo e Alisson Gaúcho; Rudiero, Faísca, Nata A (Branquinho, int)Jean Silva e Leandro Canhoto (Dudu Mandai, 37’/2º); Jean Carlos (Lucas Roggia, 35’/2º).
Técnico: Paulo Porto

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Geromel, Fred e Marcelo Hermes; Walace, Maicon (Edinho, 21’/2º), Fernandinho (Iago, 26’/2°),Lincoln e Pedro Rocha; Bobô (Henrique Almeida, 15’/2º)
Técnico: Roger Machado

12ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2016
Data: 30 de março de 2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Vermelhão da Serra, em Passo Fundo
Árbitro: Márcio Coruja
Assistentes: André Bittencourt e Tiago Diel
Cartões amarelos: Marcelo Hermes e Bobô (Grêmio); Nata e Jean Carlos (Passo Fundo)
Gols: Bobô, aos 7 minutos do 1º tempo; Wallace aos 10 e aos 18 minutos do 1º tempo; Pedro Rocha  aos 25 minutos do 1º tempo; Lincoln  aos 14 minutos do 2º tempo; Alisson  aos 16 minutos do 2º tempo

Gauchão 2016 – Grêmio 3×0 Lajeadense

March 30, 2016

O Grêmio fez um gol cedo e teve pouca dificuldade para conquistar os três pontos. O Lajeadense se encontra em situação delicada e assim fica complicado de ser usado como parâmetro. Walace foi bem, Pedro Rocha foi bem, Bobô foi bem. Mas a grande dúvida da tarde, Douglas e Lincoln jogando juntos, parece não ter sido devidamente testada.
Lajeadense voltou para a primeira divisão do Campeonato Gaúcho em 2011. Desde então, sempre jogou com o Grêmio em Porto Alegre. É difícil entender essa tabela do Gauchão

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Eduardo Moura (Globo Esporte)

Grêmio Grêmio 3×0 Lajeadense Lajeadense

GRÊMIO: Bruno Grassi; Ramiro, Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Edinho, 30’/2ºT), Pedro Rocha, Douglas (Batista, 37’/2ºT) e Lincoln; Bobô (Henrique Almeida, 25’/2ºT). 
Técnico: Roger Machado 
LAJEADENSE: Lauro; Juninho, Léo, Edson Borges e Alan Bald; Marabá, Reinaldo Silva (Eduardo, 40’/2ºT), Quaresma e Lucas Marques (Magalhães, 23’/2ºT); Erik e Ícaro (Dieguinho, 24’/2ºT). 
Técnico: Édson Porto 
11ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2016
Data: 27 de março de 2016, domingo,16h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS Público: 9.294 (8.228 pagantes)
Renda: R$ 285.359,00
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves
Assistentes: José Javel Silveira e Carlos Henrique Selbach
Cartões amarelos: Maicon, Pedro Rocha, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira (Grêmio); Léo e Lauro (Lajeadense)

Gols: Bobô, aos 13 minutos do primeiro tempo; Pedro Rocha, a 1 minuto, e Batista, aos 46 minutos do segundo tempo

Gauchão 2016 – Ypiranga 1×2 Grêmio

March 21, 2016
O Grêmio conseguiu abrir 2×0 no placar ainda no primeiro tempo. O primeiro gol foi de Pedro Rocha, que sempre mostra uma capacidade acima da média de se colocar em condições de marcar. Aos 27 ele apareceu dentro da área para desviar o passe dado por Bobô e fazer o 1×0. O segundo gol saiu sete minutos mais tarde, numa jogada iniciada por Pedro Rocha, que girou em cima da marcação e arrancou pela ponta direita, de onde cruzou para Lincoln, que por sua vez pegou a bola no ar, de costas para o gol, com o calcanhar. Golaço. No segundo tempo o Grêmio diminuiu o ritmo, chegou a levar um gol numa bola que Fred acabou colocando dentro da própria goleira, mas depois disso não foi  mais tão ameaçado de tomar um empate.

Desse jeito o Lincoln não vai demorar muito pra realizar o seu sonho de veranear em CIDREIRA.

Além das atuações de Pedro Rocha e Lincoln, outro destaque importante foi o retorno do Walace. É o tipo de jogador que “arruma” o time.

O Ypiranga voltou a primeira divisão em 2015. Neste dois anos o Grêmio foi o único time de Porto Alegre que jogou em Erechim. É muito difícil de entender a montagem da tabela do Gauchão.

Fotos: Diogo Zanatta (Zero Hora)

 Ypiranga Ypiranga 1×2 Grêmio Grêmio

YPIRANGA: Carlão; Daniel (Jucemar, 31’/2ºT), Negretti, Laerte e Ernani; Robson, Jessé, Jardel (João Paulo, Intervalo) e Danilinho; Túlio Rennan e Léo (Maycon, 38’/2ºT)

Técnico: Leocir Dall’Astra
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Bressan, Fred e Marcelo Hermes (Kaio, 43’/2ºT); Edinho, Walace, Pedro Rocha, Lincoln e Everton (Iago25’/2ºT); Bobô
Técnico: Roger Machado
10ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2016
Data: 20/03/2016, domingo, 18h30min
Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)

Árbitro: Diego Real
Assistentes: Élio Nepomuceno Júnior e José Eduardo Calza
Cartões amarelos: Marcelo Hermes, Bressan e Ramiro; Daniel e Ernani
Gols: Pedro Rocha, aos 27 minutos e Lincoln, aos 34 minutos do primeiro tempo; Fred, (contra), aos 10 minutos do segundo tempo

Gauchão 2016 – Cruzeiro 1×3 Grêmio

March 15, 2016
Esse Cruzeirinho de 2016 parece ter a sina das equipes que são rebaixadas. Conseguiu sair na frente (após um lateral arremessado para a área), mas levou o empate no lance seguinte (gol de Pedro Rocha, foto acima), chegou a esboçar uma reação, colocando bola na trave, mas sofreu a virada ainda no primeiro tempo, numa bola que Bobô fico completamente livre para cabecear dentro da área.
O Grêmio não tem nada que ver com a situação do Cruzeiro e soube conduzir bem a partida no segundo tempo, ampliando o placar para 3×1 num (questionável) pênalti sofrido e convertido por Lincoln.

Vamos combinar que o Pedro Rocha não pode receber menos oportunidades do que o Fernandinho. Especialmente se levarmos em conta tudo que os dois já produziram com a camisa tricolor.
Nesse ano o Grêmio usou uma meia toda azul no jogo contra o Brasil de Pelotas e uma toda branca nas demais partida. Contra o Cruzeirinho o time usou a meia preta do ano passado (com duas listras) e o Bruno Grassi usou a meia azul do ano passado (aquela que nunca foi colocada a venda).
O Grêmio não deveria ter usado sua camisa preta, uma vez que o mandante usava uma camisa azul e  branca?

 Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e José Haag

Cruzeiro RS Cruzeiro 1×3 Grêmio Grêmio

CRUZEIRO: Andrey; Rodrigo Heffner, André Ribeiro, Vladimir e Sander; Ben-Hur (Raymond, 8’/2º), Reinaldo (Jefferson Luís, 29’/2º), Paraná e Chiquinho (Matheus, 15’/2°); Thiago Alagoano e Caion
Técnico: Ben Hur Pereira
GRÊMIO: Bruno Grassi; Kaio, Bressan, Thyere e Marcelo Hermes; Jaílson e Ramiro; Fernandinho (Tontini, 30’/2º), Lincoln (Iago, 41’/2°) e Pedro Rocha; Bobô (Henrique Almeida, 30’/2°)
Técnico: Roger Machado
09ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2016
Data: 12 de março de 2016, sábado, 18h30min
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo – RS
Árbitro: Daniel Soder
Assistentes: Maurício Penna e Michel Stanislau
Cartões Amarelos: Ben Hur, Paraná, André Ribeiro (Cruzeiro); Lincoln (Grêmio)
Gols: Caion, aos 24, Pedro Rocha, aos 25 e Bobô, aos 42 minutos do primeiro tempo; Lincoln (de pênalti) aos 11 minutos do segundo tempo.

Gauchão 2016 – Grêmio 0x0 Inter

March 7, 2016

 

Esse era um Gre-Nal estranho desde antes do seu começo. Valia por duas competições, mas nenhuma delas é a prioridade do Grêmio neste momento. Mesmo assim o tricolor entrou com força máxima e talvez tenha pago um preço alto por isso. Miller Bolaños fraturou a mandíbula logo aos 3 minutos de jogo, após receber uma cotovelada do lateral William. O equatoriano ainda resistiu no primeiro tempo, mas foi substituído no intervalo e deve desfalcar o Grêmio por um bom tempo.
Esse lance e as suas consequências acabaram se sobrepondo sobre o jogo. Por dois motivos: 1) o jogo foi “chato”; 2) mais uma vez a imbecilidade tomou conta das discussões sobre o que aconteceu na jogada.

Me parece ser tarefa bastante complicada medir ou verificar a presença de intenção/maldade na conduta de um atleta. Contudo, fica difícil de isentar William de responsabilidade quando se constata que não foi a primeira vez que o lateral colorado agiu dessa forma.  De maneira cínica o jogador e a sua assessoria resolveram citar o seu histórico para alegar ausência de dolo na jogada.

Com igual desfaçatez se portou o árbitro Anderson Daronco, que diz não precisar se defender ou justificar num lance em que ele ele inverteu a marcação e um jogador saiu com uma dupla fratura na mandíbula.

 

 

O jogo em si não foi muito movimentado. O Inter claramente jogou pelo 0x0, e isso foi perceptível não só pelo posicionamento da equipe, mas especialmente pela indolência dos colorados em cada tiro de meta e lateral que tinham que executar. No primeiro tempo o Grêmio foi claramente superior, ganhando a primeira e a segunda bola e sempre rondando a área colorada. Contudo, faltou um pouco mais de refino para traduzir essa superioridade em gols. Nos 45 minutos finais o Inter conseguiu adiantar sua última linha e afastou a bola de perto do seu gol.

 

Sei bem que os jogos de final de semana costumam levar mais gente ao estádio. Mas ainda assim me surpreendi ao ver um público maior em Gre-Nal de primeira fase do Gauchão do que no jogo de Libertadores. Talvez a diferença no preço dos ingressos explique, mas será que é só por isso?

 

Segundo o FootStats, o Grêmio teve 57,8% de posse de bola. Somente em outros 4 jogos de 2016 o time teve números melhores neste quesito.
O número de 48.204 espectadores foi saudado como recorde da Arena, mas na semana passada foi divulgado que o público da inauguração foi de 51.901 (46.969 pagantes).
Na média da temporada o Grêmio costuma ceder 4,1 escanteios por jogo. Ontem o Inter teve 7 escanteios a seu favor e pouco ameaçou na bola aérea (tida como um dos seus pontos fortes). Interessante notar que o tricolor posicionava os seus 11 atletas dentro da sua área nos escanteios, algo que eu não lembro de ter acontecido antes sob o comando de Roger.

 

. Grêmio Grêmio 0x0 Inter Internacional

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wesley, Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano, Douglas (Everton, 27’/2t) e Luan (Bobô, 45’/2t); Bolaños (Henrique Almeida, int)
Técnico: Roger Machado 
INTER:  Allisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fabinho, Anderson (Vitinho, 18’/2t) e Andrigo (Alex, 28’2/t); Aylon (Réver, 45’/2t) e Sasha
Técnico: Argel Fucks 

Gauchão 2016 – 08ª Rodada
Primeira Liga 2016 – Grupo B – 3ª Rodada
Data: 06 de março de 2016, domingo, 18h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 48.204 presentes (44.839 pagantes)
Renda: R$ 1.937.749,00
Árbitro: Anderson Daronco
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Júlio Cesar dos Santos
Cartões Amarelos: Geromel, Marcelo Oliveira, Maicon, Henrique Almeida ; Aylon, Andrigo, William
Cartão Vermelho: Paulão, aos 47 minutos do 2º tempo

Gauchão 2016 – Grêmio 4×2 Glória

February 28, 2016

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio Grêmio 4×2 Glória Glória

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Maicon (Henrique Almeida, 33/2T), Kaio, Giuliano, Douglas (Lincoln, 26/2T) e Everton (Bobô, 29/2T); Luan.
Técnico: Roger Machado
GLÓRIA: Rafael Roballo; Danilo, PV, Alisson e Márcio Goiano; Luanderson, Elyeser, Eder e Cleiton (Vinicius, 18/2T); Leandro (Germano, 13/2T) e Baré.
Técnico: Rodrigo Bandeira

7ª rodada – Gauchão 2016
Data: 27 de fevereiro de 2016, sábado, 17h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 9.582 torcedores (8.155 pagantes)
Renda: R$ 279.800,00
Árbitro: Jean Pierre Lima
Assistentes: Max Augusto Guimarães Vioni  e Fabrício Lima Baseggio
Cartões amarelos: Fred, Douglas, Bressan (no banco de reservas), Maicon (GRE), Baré, Rafael Roballo, Cleiton, Luanderson (GLO)
Gol: Eder, aos 27, e Giuliano, aos 46 minutos do primeiro tempo; Geromel, aos 3, e Vinícius, aos 27, Henrique Almeida, aos 43, e Luan, aos 48 minutos do segundo tempo.