Archive for the ‘Libertadores’ Category

Libertadores 1996

February 8, 2007

Seguindo com as participaçoes gremistas na libertadores vamos para o ano de 1996. O time era quase o mesmo de 95, dos titulares, apenas Arílson tinha saído. Como campeão o Grêmio iniciava direto nas oitavas. Primeiro adversário foi o Botafogo, que o tricolor superou com alguma facilidade. Nas quartas, o regulamento obrigava o cruzamento de times do mesmo país, então o gremio enfrentou o Coritnhians. No 1º jogo no pacaembu houve muita chuva e até mesmo um apagão nos refletores, mesmo assim deu grêmio 3 x 0. Foi ali que o presidente Fábio Koff disse a clássica frase: “o Grêmio é time copeiro e lameiro”. Na volta o grêmio se classificou mesmo com a derrota de 1 x 0 para o Corinthians, gol de Edmundo no fim do jogo. Nas semifinais o gremio parou no América de Cali. No primeiro jogo no olímpico o gremio fez o primeiro gol mas parou no goleiro Cordoba. No segundo jogo na Colômbia o tricolor até saiu vencendo, gol de jardel que acabbou deslocando o ombro, mas o américa liderado pelo zagueiro bermudez virou o jogo para 3 x 1. Foi uma das poucas vezes que tive a sensação de ver aquele time do gremio “caindo sem lutar”.

Um pouco disso se explica com a maratona de jogos imposta ao gremio pelo calendário. No dia 1 de junho o Grêmio enfrentou o caxias em Caxias pelo Gauchão. Dia 4 foi o jogo de ida contra o américa no olímpico. No dia 7 recebeu o Palmeiras pelas semifinais da copa do brasil, dia 9 enfrentou o glória pelo gauchão e no dia 12 o jogo de volta em cali. 5 jogos em 12 dias.

 

O time base naquela libertadores foi: Danrlei, Arce, Rivarola (Luciano), Adilson e Roger; Dinho, Goiano, Aílton (Emerson) e Carlos Miguel; Paulo Nunes e Jardel. ainda jogaram nessa libertadores o volante João Antônio e os atacantes Rodrigo Mendes e Zé Alcino.
1996-libertadores-z-botafogo

libertadores96botafogo1996-botafogo-volta
Oitavas de Final – Botafogo
01/05/96 – Rio (Marcanã) – Botafogo 1 x 1 Grêmio –
Gol do Grêmio: Jardel
08/05/96 – Porto Alegre -Grêmio 2 x 0 Botafogo – Gols:Luciano e Carlos Miguel

Libertadores 1996 corinthians 0x3 gremio 1996 gazeta press

1996-corinthians-ida

Quartas de Final – Corinthians
15/05/96 – São Paulo – Corinthians 0 x 3 Grêmio – Gols: Jardel (2) e Paulo Nunes
2/05/96 – Porto Alegre – Grêmio 0 x 1 Corinthians

 

1996-america-cali-ida1996-america-cali-volta-jardel1996-america-cali-volta-oviedo-arce

Semifinal – América de Cali
04/06/96 – Porto Alegre – Grêmio 1 x o América – Gol do Grêmio: Goiano
12/06/96 – Cali – America 3 x 1 Grêmio – Gol do Grêmio: Jardel

Advertisements

Libertadores 1995

February 1, 2007

Para maiores informaçoes, vídeos e fotos sobre a libertadores de 1995, acessem:
http://www.libertadores1995.blogspot.com/

1ª fase – Grupo 4
21/02/95 – São Paulo –Palmeiras 3 x 2 Grêmio – Gols do grêmio: Jardel e Goiano
14/03/95 – Guayaquil – Emelec 2 x 2 Grêmio – Gols: Paulo Nunes e Jardel
17/03/95 – Quito – El Nacional 1 x 2 Grêmio – Gols do Grêmio: Arce (2)
22/03/95 – Porto Alegre – Grêmio 0 x 0 Palmeiras –
31/03/95 – Porto Alegre – Grêmio 4 x 1 Emelec – Gols: Jardel, Luciano, P.Nunes e Magno
07/04/95 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 0 El Nacional – Gols do Grêmio: Jacques e Magno

Oitavas de Final – Olimpia
25/04/95 – Assunção – Olimpia 0 x 3 Gremio – Gols: Dinho, Jardel e Paulo Nunes
03/05/95 – Porto Alegre -Grêmio 2 x 0 Olimpia – Gols: Jardel e Adílson

Quartas de Final – Palmeiras
26/07/95 – Porto Alegre –Grêmio 5 x 0 Palmeiras – Gols:Arce, Arílson e Jardel (3)
02/08/95 – São Paulo -Palmeiras 5 x 1 Grêmio – Gol do Gremio: Jardel

Semifinais – Emelec
10/08/95 – Guayaquil – Emelec 0 x 0 Grêmio
16/08/95 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 0 Emelec – Gols: Paulo e Jardel

Finais
23/08/95 – Poa – Grêmio 3 x 1 Atl.Nacional – Gols: Marulanda (C), Jardel e P.Nunes
30/08/95 – Medellin – Atl.Nacional 1 x 1 Gremio

Libertadores 1990

January 31, 2007

1990- Grêmio 2 x 0 Vasco - Libertadores e Supercopa do Brasil valdir friolin

Seguindo com as participações gremistas na libertadores vamos a edição de 1990. O grêmio se classificou para esta edição como campeão da Copa do Brasil de 1989, ficando no grupo 5 juntamente com Vasco, Olimpia e Cerro Porteño. dos 4 clubes 3 classificavam para as oitavas de final. Um dado curioso dessa edição da libertadores era de que os times colombianos não indicaram representantes pois o campeonato colombiano de 1989 foi cancelado. Apenas o Atlético Nacional, campeão da libertadores de 89, participou dessa edição, isso gerou algumas consequências estranhas como o fato de o 1°colocado no grupo do gremio iria direto as quartas de final.

O Grêmio fez sua pior participação na história da libertadores, terminando em 4 no grupo. Até que iniciou bem, surpreendendo o Vasco de Roberto Dinamite e Tita. Na seqüência o tricolor viajou ao paraguai e perdeu para o Olimpia e Cerro. Na volta o técnico Paulo Sérgio Poletto foi demitido, em seu lugar entrou Evaristo de Macedo, Evaristo realizou algumas mudanças no time que não surtiram efeito. Contra o Vasco em são januário com gramado encharcado e empate em 0 x 0 foi comemorado, pois o gremio ainda podia se classifcar em 1°lugar e restavam dois jogos no olímpico. Contudo foi no olímpico que se deu o vexame. 2 x 2 com olimpia e 0 x 0 com o cerro porteño. Vale lembrar que o Olimpia acabou sendo o campeão daquele ano, se é que isso serve de consolo.


sobre aquela libertadores disse o então presidente Paulo Odone:
“Nos fomos para a Libertadores com o Vasco, que era o nosso principal adversário. Dos quatro pontos disputados nós ganhamos três. Os outros dois times eram paraguaios, o Cerro e o Olimpia. O Olimpia não tinha time. E nós conseguimos ficar em quarto. Nós estávamos quase classificados e empatando com o Cerro no Olímpico e, faltando uns dez minutos, um cara deles um bago da bandeirinha que divide o meio campo. O Mazaropi foi correndo, ele estava no bico da área, e a bola caiu atrás dele. Nós estávamos em segundo e ficamos em quarto. Foi um terror aquilo.” (Paulo Odone)

Dois enganos do odone: Mazaropi levou frango no jogo contra o Olimpia e não contra o Cerro, além disso não foi exatamente como ele descreveu, o vídeo postado acima desmente ele. O Olimpia poderia até não ter um timaço, mas foi o campeão daquele ano (veja aqui, leia aqui) e também ganhou a supercopa no segundo semestre.

Abaixo a matéria da Placar sobre a desclassificação do Grêmio.
Time base do Poletto:
Mazarópi; Alfinete, Luís Eduardo, Vílson e Hélcio; Jandir, Cuca e Adílson Heleno (Geverton); Darci, Nílson e Paulo Egídio.

Time base do Evaristo:
Mazarópi; Alfinete, Luís Eduardo, Vílson e Hélcio; João Antônio (Jandir), Lino (Nando) e Cuca; Darci (Almir), Nílson e Paulo Egídio.
14/03/90 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 0 Vasco – Gols do Grêmio: Nilson e Darci
27/03/90 – Assunção – Olimpia 1 x 0 Grêmio –
30/03/90 – Assunção – Cerro Porteño 3 x 1 Grêmio – Gol do Grêmio: Cuca
18/04/90 – Rio (São Januário) – Vasco 0 x 0 Grêmio
24/04/90 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 2 Olimpia – Gols do Grêmio: João Antônio e Nílson
27/04/90 – Porto Alegre – Grêmio 0 x 0 Cerro Porteño

Libertadores 1984

January 24, 2007

1984 Independiente Renato Portaluppi Luiz Avila Zero Hora

Seguindo com as participações do Grêmio na libertadores, vamos agora com a participação de 84. Como campeão do ano anterior o Grêmio entrou direto na segunda fase, num triangular com o Flamengo e o Universidad Los Andes de Mérida na Venezuela. Apenas um time passava para final e Grêmio e Flamengo terminaram empatados na 1ª posição com 6 pontos, o regulamento previa um jogo desempate e campo neutro. O jogo foi marcado para São Paulo (à 1100km de porto alegre e apenas 430km do Rio) o Grêmio tinha vantagem do empate devido ao melhor saldo de gols. No Pacaembu com 40.000 pessoas o Grêmio jogou com o regulamento embaixo do braço e garantiu o empate em 0x0, classificando-se para final contra o “Rey de copas” Independiente.

 

Reza a lenda, que os jogadores gremistas, liderados por De León, entreram em atrito com a direção por causa do valor do “bicho”. Muitos atribuem a isso a derrota na primeira partida. Já vi China e Tarciso minimizando esse fato. Fato é que o Grêmio perdeu o 1°jogo no olimpíco por 1×0, gol de Burruchaga. No jogo de volta, o time de Ricardo “Bocha” Bochini (descrito como o Woody Allen jogando bola) segurou o 0x0 garantindo a sétima libertadores do Independiente.

Vendo pelo lado dos argentinos é interessante esse relato retirado de um site de torcedores do Independiente:

“Por último, derrotó a Gremio de Porto Alegre, equipo que venía de ser campeón de América y del mundo en la temporada anterior, lo que lo califica como muy duro. Independiente lo venció en Porto Alegre (un bastión casi inexpugnable) por 1 a 0 en una brillantísima exhibición que la prensa brasileña dió en llamar “el partido perfecto”. El diario Zero Hora, de Brasil, otorgó 10 puntos a los once jugadores de Independiente” (Diabolicos.com.ar)
RICARDO BOCHINI:  “And another time, against Gremio in Porto Alegre, I had the ball at my
feet but I had to wait, because they were sitting back very well and
there was nearly no space, so I had to hold the ball against a marker,
knowing that I had to wait for Burruchaga, who had already started
running to break the lines. We were close to the box, so there wasn’t
much space and it had to be a very sharp pass. I waited, and then I gave him the pass, and we scored.”
(The Guardian, 23 de janeiro de 2014)

Obs: fotos do time e das jornais retirados do site Coleção Gremio – Gianfranco: http://www.torcedor.gremista.nom.br/


Triangular Semifinal – Grupo B
26/06/84 – Poa –Grêmio 5 x 1 Flamengo – Gols: Osvaldo(2), Caio, Renato e Tarciso
03/07/84 – Caracas – ULA Mérida 0 x 2 Grêmio – Gols do Grêmo: Renato e Caio06/07/84 – Rio de Janeiro – Flamengo 3 x 1 Grêmio – Gol do Grêmio: Guilherme

09/07/84 – Poa – Grêmio 6 x 1 Mérida – Gols:: Caio, Tarciso(2), Guilherme(2) e De Leon

Jogo Desempate

19/07/84 – São Paulo (Pacaembu) – Grêmio 0 x 0 Flamengo

FUTEBOL- RENATO GAÚCHO

Finais

24/07/84 – Porto Alegre – Grêmio 0 x 1 Independiente – Gol: Burruchaga
27/07/84 – Avellaneda – Independiente 0 x 0 Grêmio

1984 Independiente gol Guaracy Andrade Zero Hora
1984 independiente ida 21984 guaracy andrade zh independiente ida

1984 independiente ida 31984 independiente ida

1984 Independiente Guilherme Macuglia Luiz Avila Zero Hora

Final – 1°jogo – Grêmio 0 x 1 Independiente

GRÊMIO: João Marcos; Paulo César, Baidek, De León e Casemiro; China, Osvaldo e Guilherme (Gilson); Renato, Luís Carlos e Tarciso.
Técnico: Carlos Froner

INDEPENDIENTE: Goyén; Clausen, Villaverde, Trossero, Enrique, Giusti, Marangoni, Bochini, Burruchaga, Bufarini, Barberón (Reinoso).
Técnico: José Osmar Pastoriza


Data: 24 de julho de 1984
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre
Juiz: Juan Daniel Cardellino (Uruguai)

Auxiliares: Ramon Barreto e José Martinez
Público: 51.590 Pagantes

Renda: Cr$ 209.528.000,00
Gol: Burruchaga 24 do 1°tempo
1984 independiente volta 31984 independiente volta 41984 independiente volta11984 independiente volta 2
Final – 2°jogo – Independiente 0 x 0 Grêmio

INDEPENDIENTE: Goyén; Clausen (Zimmerman), Villaverde, Trossero, Enrique, Giusti, Marangoni, Bochini, Burruchaga, Bufarini, Barberón
Técnico: José Osmar Pastoriza


GRÊMIO:
João Marcos; Paulo César, Baidek, De León e Casemiro; China, Osvaldo e Luís Carlos; Renato, Guilherme e Tarciso.
Técnico: Carlos Froner

Data: 27 de julho de 1984
Local: Avellaneda, Buenos Aires
Juiz: Mario Lira (Chile)
Público: 60.000 pessoas

Libertadores 1983

January 17, 2007

Para informações sobre a libertadores de 1983, mais vídeos e fotos acessem:
http://www.libertadores1983.blogspot.com/

a campanha e os gols:

1ª fase – Grupo 2
04/03/83 – Porto Alegre –Grêmio 1 x 1 Flamengo – Gol do grêmio: De León
22/03/83 – Santa Cruz de la Sierra – Blooming 0 x 2 Grêmio – Gols: Tita e Renato
25/03/83 – La Paz – Bolívar 1 x 2 Grêmio – Gols do Grêmio: Osvaldo e China
26/04/83 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 0 Blooming – Gols: Caio e Osvaldo
31/05/83 – Porto Alegre – Grêmio 3 x 1 Bolivar – Gols: Tita, Tonho e Tita
05/06/83 – Rio de Janeiro – Flamengo 1 x 3 Grêmio – Gols do Grêmio: Tita, Caio e Osvaldo


Triangular Semifinal –
21/06/83 – Porto Alegre –Grêmio 2 x 1 Estudiantes – Gols do grêmio: Osvaldo e Tarciso
24/06/83 – Cali – América 1 x 0 Grêmio –
06/07/83 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 1 América – Gols do Grêmio: Caio e Osvaldo
08/07/83 – La Plata – Estudiantes 3 x 3 Grêmio – Gols do Grêmio: Osvaldo, César e Renato

Finais
22/07/83 – Montevideo – Peñarol 1 x 1 Grêmio – Gols: Tita
28/07/83 – Porto Alegre – Grêmio 2 x 1 Penãrol – Gols: Caio e César

Um texto do espinosa sobre a equipe de 83:
GRÊMIO 83

Através do Blog ,tenho recebido pedidos para falar daquela equipe do Grêmio Campeão Mundial de 83.Tenho notado que os leitores ,em sua grande maioria ,ou eram muito pequenos ou nem nascidos eram ainda.
Bem, tirando vários aspectos que foram importantes para a formação daquela equipe,me deterei em dois grandes aspectos que fizeram a diferença em todos os jogos :a técnica e força física .

Era uma equipe que dava condições de colocar em prática ,conceitos que até hoje entendemos importantes para vencermos,ou seja ,contrariar as ações do adversário;Ex:Adversário com mais técnica ,se enfrenta usando mais força e equipe com mais marcaçaõ ,quebra-se este ímpeto com toque de bola.
Outro detalhe que considero importantíssimo :Quando jogar de visitante e esperam que voce defenda-se …ATAQUE!!!!
Pois meus amigos ,assim era a equipe do Grêmio,que mudava o ritmo de jogo dentro de uma mesma partida , sempre buscando obter vantagem para vencer!
Contra o Estudiantes em La Plata atacamos, quando eles esperavam que fossemos nos defender .
Em La paz ,em função da altitude ,usamos da pura técnica para vencer !

Também nos jogos finais da Libertadores contra o Peñarol, precisamos calcular muito bem as ações a serem usadas :
– Primeiro jogo em Montevidéo:Houve equilíbrio, onde jogamos de forma ofensiva:1×1.

– Segundo jogo no Olímpico: O adversário,muito mais experiente em Libertadores ,forçou-nos a jogar com muito mais garra e técnica o tempo inteiro:2×1

Este era o GRÊMIO daTécnica e da Força!!!!

O GRÊMIO que sabia como usá-las e ao final da Libertadores e do Mundial via consagrado seu trabalho e sua dedicação,conquistando os tão almejados Títulos , que até hoje fazem parte do melhor de sua história ” (Valdir Espinosa)

Libertadores 1982

January 10, 2007

renato 1981 penarol placar nico esteves

A primeira participação do Grêmio em Libertadores aconteceu em 1982, tendo se classificado para a competição como Campeão Brasileiro de 1981

O tricolor ingressou no grupo 2 juntamente com São Paulo, Penãrol e Defensor. Apenas o 1° colocado de cada grupo avançava a fase seguinte. O Grêmio não fez uma boa campanha e acabou em 3° lugar, obtendo apenas uma vitória, justamente contra o Penãrol que viria a ser campeão da América e do mundo naquele ano (o detalhe e que foi a única derrota do Penarol na competição)

Segue abaixo a relação dos jogos do Grêmio no torneio:

13/08/82 – São Paulo – São Paulo 2 x 2 Grêmio – Gols do grêmio: Edmar e Bonamigo
24/08/82 – Montevideo – Defensor 0 x 0 Grêmio
27/08/82 – Montevideo – Peñarol 1 x 0 Grêmio
03/09/82 – Porto Alegre – Grêmio 0 x 0 São Paulo
17/09/82 – Porto Alegre – Grêmio 3 x 1 Peñarol – Gols: China, Paulo Roberto e Batista
24/09/82 – Porto AlegreGrêmio 1 x 2 Defensor – Gol do Grêmio: De León


Obs: quem quiser obter maiores informações sobre a libertadores de 82 clique aqui, aqui e aqui
Fotos: Revista Placar, Folha de São Paulo, Zero Hora