Archive for the ‘Puma’ Category

Camisas vendidas – 2011, 2010, 2009 e 1995

April 1, 2011
“Em uma ação de pré-venda, os torcedores compraram mil unidades da camisa tricolor antes do lançamento e da apresentação do novo uniforme, no dia 15 de fevereiro. Dezessete dias depois, já eram 80 mil camisas e 112 mil peças da nova coleção desfilando pelas ruas do estado e presentes no Estádio Olímpico. A camisa tricolor foi a mais procurada pela torcida. Ela chegou às lojas logo após o lançamento. A camisa celeste, disponibilizada alguns dias depois, também atraiu a atenção dos torcedores. Já a branca pode ser encontrada a partir desta sexta.” (ClicRBS – 11 de março de 2011)

Esse número de camisas vendidas até aqui em 2011 é muito bom. Fica ainda melhor quando comparamos com outros anos:

2011 – 80.000 camisas vendidas no primeiro mês
2010 – 138.000 camisas entre março e dezembro (13.800 por mês)
2009 Libertadores – 80.000 camisas em fevereiro e março (40.000 por mês)
1995 – 20.000 camisas por mês

É verdade que estamos comparando períodos e momentos diferentes, mas acho que ainda assim os números dão um bom indício.

—————————–

Atualização

“Supervendas

O marketing do Grêmio e a Filon, que confecciona e distribui os produtos, informam que as novas camisetas lançadas em fevereiro passado venderam 92.676 peças (tricolor, celeste e branca).

O segundo item mais vendido são as meias, com 16.743 pares.

Os calções aparecem em terceiro, com 10.058 unidades.

Paulo César Verardi, diretor-executivo de marketing, adianta que a coleção 2011 já vendeu mais de 140.384 peças

– Ou 100% a mais do que nos três primeiros meses do ano passado – explica ele.” (Zero Hora, 06 de abril de 2011, Luiz Zini Pires)

Com esses novos números o comparativo se altera um pouco:

2011 92.676 camisas vendidas em fevereiro e março (46.338 por mês)
2010 138.000 camisas entre março e dezembro (13.800 por mês)
2009 Libertadores80.000 camisas em fevereiro e março (40.000 por mês)
1995 20.000 camisas por mês

Advertisements

Número sobre a listra

January 21, 2011

Assistindo esses dois primeiros jogos do Grêmio em 2011, fiquei com a sensação de que havia algo diferente na camisa tricolor, contudo não sabia precisar o que exatamente. Pensei que poderia ser apenas a falta de costume com a presença da TIM nos números, mas um comentário do Eduardo matou a charada.

Em 2011 o número passou a ser sobreposto a listra preta, o que não acontecia em 2010, onde o número era isolado por um retângulo azul.

Comparem a foto acima, do jogo contra o Lajeadense (feita pelo Richard Ducker), com a imagem abaixo, da partida contra o Botafogo (da MCDEZ Comunicação)

O inverso foi feito na camisa branca de 2009. E repito o que disse na época. Ainda que possa prejudicar a visibilidade, eu prefiro o número colocado sobre a listra.

Puma 2014

October 15, 2010
O tema do fornecedor de material esportivo de clubes de futebol sempre gera grande repercussão. O contrato entre Grêmio e Puma voltou ao noticiário (e a discussão entre torcedores) logo depois que Luis Zini Pires publicou nota dando conta de um “namoro” entre a Nike e o tricolor. O jornalista garantiu se tratar de uma informação, mas até onde foi possível apurar, o dito interesse da marca americana parece se tratar na verdade de um mero desejo de alguns conselheiros.

A partir daí, se multiplicaram manifestações de torcedores sobre a sua marca preferida para vestir o Grêmio. O que até certo ponto é legal (os diversos mock-ups são uma boa prova disso), mas a conversa acaba tomando aquele clima de mesa de bar e se distanciando bastante da realidade. E no caso a realidade é a seguinte: O Grêmio renovou seu contrato com a Puma até 2014.

Essa informação já tinha sido divulgada no início do ano. Foi reiterada pelo Presidente Paulo Odone em entrevista recente (Não pretendo discutir agora a questão dos adiantamentos, se são certos, se já foram feitos anteriormente também e etc). Acho que esse dado, da renovação do contrato, precisa ficar bem claro para a torcida. Hoje, uma eventual troca de fornecedor precisaria passar necessariamente pelo rompimento com a Puma, o que não é tão simples assim.

Tirando algums exceções, a questão da beleza da camisa passa muito pelo gosto e pela subjetividade. Entendo que todas as marcas tiveram seus acertos e seus erros ao longo da história. Assim sendo, me parece que o melhor fornecedor pro Grêmio é o que oferece o melhor contrato.

Dito isso, não considero o fim do mundo a permanência da Puma, mesmo sendo um grande crítico do trabalho da marca no Grêmio. Acredito que em muitas vezes a Puma errou com a anuência (ou leniência) da diretoria. Sigo achando que o mais fácil, e mais correto, é o clube se impor, e exigir certos aspectos na hora da definição do desenho da camisa. Os próprios responsáveis pelas marcas confirmam que isso é uma questão de conversa, de negociação. O que não dá mais pra aceitar é ver o clube refém de uma marca, seja ela Puma, Nike, Adidas, Kappa, Penalty, etc..

Atualização em 15 de dezembro de 2010 O contrato que o Grêmio mantém é com a Filon

Terceira camisa

June 9, 2010

Enfim foram divulgadas, no Blog do Zini e na coluna Bola dividida as imagens dos modelos que irão para votação do terceiro uniforme do Grêmio.

Já adianto que não gostei de nenhuma. Não me agrada esse modelo “africano”, esse corte no ombro/manga não ajuda nada. Questiono esse fato de oferecer 5 possibilidades, todas com mesmo layout (também já usado na camisa branca). Todas com um design “moderno”. A escolha fica muito limitada. Custava muito oferecer um modelo mais “tradicional”?

E aquela história de não ter grafismos no lado direito do peito? Só vale pra camisa branca?

Eu não fiquei surpreso. As informações que tinha não eram nada animadoras. Mas nem por isso deixei de ficar decepcionado. Não sinto a menor vontade de votar, ainda que ache o modelo predominantemente azul (primeira foto abaixo) o menos feio.

Segundo o Pacheco “A Puma nos entregou seis tipos de camisa e nós escolhemos as que consideramos mais bonitas“.

Afirmação questionável. Assim como é questionável o timing do lançamento. Na véspera da Copa do Mundo, quando só se fala de Joanesburgo, Jabulani, Mandela, Soweto e etc…

Outro fator a ser considerado é que as imagens (creditadas a assessoria do Grêmio) já aparecem antes na coluna/blog de um jornalista, e ainda não foram divulgadas no site oficial do clube.

atualização Segundo a assessoria do Grêmio, o clube adotou como estratégia divulgar em primeira mão na coluna do Zini Pires na Zero Hora impressa. O site do clube seria o primeiro a divulgar on-line. Mas o jornalista não seguiu o que fora combinado e divulgou no seu blog. Outro fato muito questionável.

Enfim, o desânimo é forte.

Camisas de treino

June 1, 2010

Fico completamente confuso com a atuação da Puma no Grêmio. O lançamento da camisa desse ano, feito cinco minutos antes da bola rolar, certamente não ajudou a esclarecer e delinear a proposta da coleção da marca alemã para o tricolor em 2010.

A camisa da foto abaixo já estava disponível na GrêmioMania há algum tempo. Aparentava ser o mesmo modelo usada no fardamento de treino das seleções africanas e da Itália. Contudo na loja virtual estava na seção “linha viagem” e na loja física os vendedores não sabiam explicar do que se tratava.

Aí, sem maiores avisos, essa mesma camisa surge no treino do dia 25 de maio. Obviamente que este “lançamento” ganhou pouco espaço na mídia.

O detalhe é que a camisa usada pelos atletas (foto acima) tem patrocínios (Banrisul na frente, Tramontina nos ombros, e Unimed e Banrisul nas costas). Acho legal que seja oferecida esta opção de camisa limpa (poderia ser feita na camisa de jogo também), mas o torcedor também deveria ter a opção de comprar o mesmo fardamento usado pelos jogadores. Repete-se um “erro” já cometido nas camisas femininas.

De qualquer modo, gostei desse novo fardamento de treino, retomando o azul, preto e branco. E, por incrível que pareça, gostei da presença dos patrocinadores na camisa, pois dá uma equilibrada nas cores.


A comissão técnica tem usado a camisa branca, igualmente com patrocínio. (foto abaixo)

Existe ainda uma camisa preta, que ainda não foi vista nos treinamentos. E Marcelo Grohe apareceu usando uma camisa cinza de goleiro (Victor também)


Mas de toda a linha de treino, o que mais me agradou foi o blusão/abrigo azul, visto na foto abaixo. Azul, bem simples, sem grandes invenções.

Muito semelhante com o usado pela Itália na sua preparação pra copa. Com a diferença que o modelo dos italianos traz um zíper junto a gola, detalhe não visto no modelo gremista.

Fotos: Juliano Schüler (Pré-jogo) e Grêmio Mania

Camisas 2010 – Sugestões de melhoria

March 7, 2010

O título do post soa bastante utópico, mas vá saber. A Puma aceitou a pressão feita pelos uruguaios e retirou o vermelho da camisa da Celeste Olímpica.
O aspecto que mais me incomoda na camiseta é a proporção (no caso a desproporção) entre a listras. A listra branca esta quase imperceptível e a listra azul está grosseiramente maior do que a preta. Tal fato não passou despercebido. Vários foram os comentários neste blog e em outros posts:
“O preto tem tanta importância quanto o azul na camisa do Grêmio. Acredito que quanto mais tradicional uma camisa de futebol, melhor.” (Clube da Bolinha – 06 de março de 2010)
“Eu gosto dos uniformes do Grêmio com mais azul do que preto, mas achei que a falta do branco deixou a camisa carregada demais – talvez uma gola branca equilibrasse mais. Além disso, as faixas pretas, bem mais estreitas do que o de costume, deixaram a camisa meio, hã, pelada – de relance parece uma camisa estilo Ajax, com detalhes pretos nas laterais, e não uma camisa listrada.” (Minhas Camisas – 07/03/2010)

Pro meu gosto, vendo assim de longe, ficou parecendo uma camisa azul com um “T” preto.

Quanto a listra azul mais larga, tem muita gente supondo que tal fato se deve ao patrocínio da Midea, que a listra foi aumentada para acomodar melhor o símbolo da empresa. Prefiro não acreditar nisso.
Enfim, medi a proporção das listras nessa camisa. O resultado pode ser conferido na imagem acima.
Com base nisso, me atrevi a fazer algumas sugestões de melhoria.
A primeira, a mais óbvia. Deixar a listra azul do mesmo tamanho da listra preta:
Depois, usei como base algumas camisetas que sabidamente fizeram ( e ainda fazem) sucesso entre a torcida.
A segunda, cumprindo o prometido pelo Pacheco, usa a proporção da camisa de 95:

A terceira, tendo como base a proporção adotada pela Kappa em 2001 (que pra mim seria modelo mais parecida com essa nova):


E por último com a proporção usada na camisa da Libertadores de 2009:
Abaixo um comparativo entre as proporções citadas:

Camisas 2010

March 7, 2010


Eu não gostei nenhum pouco. Farei maiores considerações depois. Por enquanto somente pergunto:
– Isso é um modelo tradicional?
– Essa camisa tem algo parecido com a de 95?
– Os modelos usados nas seleções africanas não tinham sido descartados?
E o que foi esse lançamento? Cria-se todo um suspense para as camisas serem apresentadas 5 minutos antes da bola rolar?

Primeiro a ver?

March 3, 2010


Em um post anterior, manifestei meu desagrado com essa questão do lançamento das camisas “no escuro”. Não sou especialista no assunto, logo não posso dizer se funciona ou não, mas é com alguma tranqüilidade que digo que uma campanha dessas pode apresentar alguns problemas.
Um deles eu já mencionei anteriormente, seria a possibilidade de vazamento de imagens ou detalhes do uniforme.
O Grêmio usou o seguinte lema na campanha desse ano:

“Você vai ser o 1º a saber”

Muito legal, achei bastante interessante a abordagem. Contudo ela não é bem verdadeira.
Antes de mais nada é preciso dizer que eu acho extremamente positivo que sócios e torcedores participem do processo de escolha do novo uniforme. É salutar que diferentes pessoas façam parte da avaliação do trabalho feito pela Puma. Mais salutar seria se a camisa passasse pelo crivo de todos os sócios, mas isso ainda é um desejo bastante utópico.
Contudo, me parece que foi o Eduardo Bernardon o primeiro a saber. Creio que o post dele no Grêmio Sempre Imortal pode acabar tirando um tanto de graça da brincadeira pretendida pela campanha.
Confesso que fiquei com uma pontinha de inveja, mas é preciso reconhecer que o Bernardon tem seus méritos e deve ter trabalhado para conseguir a informação em primeira mão. E sabemos que o desejo de compartilhar tal informação é tentador e torna desculpavel qualquer divulgação indevida
E por favor, que isto não seja entendido como o critica ao Bernardon (com quem eu já tive o prazer de conversar), e sim como um questionamento a um procedimento que, ao privilegiar um sócio ligado (ou simpatizante) a atual diretoria, termina por prejudicar todo um projeto de lançamento desenvolvido pelo marketing.

Camisas no escuro

February 23, 2010

“A partir desta segunda, o Grêmio começa a pré-venda da camisa oficial 2010 para o torcedor que quer chegar na frente. Antes mesmo do lançamento oficial, os gremistas podem garantir a sua camisa tricolor – I ou a camisa branca – II com um super desconto.

Comprando na loja virtual do Grêmio (www.gremio.net) ou pela tele-vendas (51-3219.4297), a camisa que o tricolor gaúcho entrará em campo este ano pode ser adquirida por R$149,90, lembrando que sócio em dia ainda tem 5% de desconto.

Mas atenção, a promoção é válida somente para torcedores e sócios alistados no Exército Gremista. A pré-venda vai de 22/02 a 05/03 ou até esgotar o lote do pré-lançamento. ” (Gremio.net – 22/02/2010)


Sei que outros clubes anda fazendo isso, sei que o Grêmio fez isso no ano passado, mas mesmo assim não me agrada a idéia da venda da camisa “no escuro”.

O primeiro motivo é bastante óbvio. O aproveitamento da Puma no Grêmio é muito ruim. A possibilidade de se ter uma surpresa desagradável é muito grande.

Outra questão é que essa operação teve problemas na sua realização em 2009. Muita gente comprou a camisa na pré-venda e só recebeu depois de quem esperou o lançamento para comprar.

Há ainda a possibilidade do vazamento de imagens, o que aconteceu no ano passado.

Uma coisa que não ficou bem clara para mim é se haverá desconto para quem comprar antecipadamente. Ano passado tinha, muito embora as informações sobre o valor final fossem desencontradas.

Ainda, como já falei antes, fiquei bastante decepcionado com o atraso no lançamento. Por mais que se pense positivo, que se imagine que o Grêmio esteja fazendo exigências, querendo mudanças, não dá pra aceitar que as camisas sejam prometidas para janeiro e seu lançamento só saia em março. Uma falha de comunicação, na melhor das hipóteses.

De qualquer forma, o Presidente Duda Kroeff se mostrou entusiasmado com as novas camisas:

“Estou contente com a camisa desse ano. Aquela gola do ano passado, não tem mais. A nova é parecida, mas sem aquela gola. Teremos mais um patrocinador, que vai nos agregar um valor importante como receita anual. Vai ficar bonita e nos agregar uma verba importante” (Lance – 23/2/2010 às 9:36)

Camisas – Puma Retrô 95

February 14, 2010


Quando do lançamento desta camisa , logo após o jogo de despedida do Danrlei, não foram poucos os que sugeriram que o Grêmio adotasse esse modelo retrô como sua camisa principal em 2009.

Não é má idéia. O sucesso desse modelo deve ter influenciado a direção e a Puma nessa promessa de que o modelo 2010 será inspirado no de 1995.

A Puma sempre trabalhou bem nessa área das camisas retrô. No caso desse modelo em especial, talvez nem seja um modelo retrô, pendendo mais pro lado da réplica.

A reprodução do tecido, da marca d´água e dos detalhes da gola é perfeita. Imagino que a ausência de um retângulo branco em volta do número e do marca do fornecedor tenha sido uma opção da Puma, ao qual eu considero bastante válida.

O único senão é uma discrepância na ordem das listras da manga, que difere da original, haja visto que na camisa da pênalty as listras seguem as mesmas ordem nos dois lados (foto abaixo), o que não acontece nesse modelo da Puma.

(foto: Coleção Grêmio Gianfranco)