Archive for the ‘Série B 1992’ Category

Série B 2022 – Grêmio 3×0 Brusque

November 4, 2022

https://i.imgur.com/HXy0pff.jpg

O Gabriel Silva não deveria ter recebido mais chances antes?

Eu demorei algum tempo pra entender que o jogador do Brusque se chamava Paulo Baya e não Paulo Bayer

https://live.staticflickr.com/65535/52476133900_2477a5b9f6_b.jpg

Nesta Série B o Grêmio fez 19 jogos como mandante e teve uma média de público de 24.352 (22.882 pagantes). Na Série B de 1992 foram 10 jogos em casa com média de 13.808 pagantes e na Série B de 2005 o Grêmio fez 14 diante da sua torcida (de um total de 16 partidas como mandante) e teve média de 27.254 (22.403 pagantes)

https://live.staticflickr.com/65535/52476215508_f9f9326281_b.jpg
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)
https://i.imgur.com/M85P5Is.jpeg

GRÊMIO: Adriel; Leonardo Gomes, Bruno Alves, Kannemann e Diogo Barbosa; Villasanti (Lucas Silva, 33’/2ºT), Bitello (Thiago Santos, intervalo), Gabriel Silva, Campaz (Pedro Lucas, 33’/2ºT) e Guilherme (Janderson, 21’/2ºT); Lucas Leiva (Émerson, 21’/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi

BRUSQUE: Jordan; Pará (Edílson, 24’/2ºT), Lucas Barboza, Sandro e Alex Ruan; Rodolfo, Balotelli (Felipe Manoel, 39’/2ºT), Luiz Antônio e Jailson (Paulo Baya, intervalo); Fernandinho (Neto, 39’/2ºT) e Patrick (Mascote, 24’/2ºT).
Técnico: Gilson Kleina

38ª Rodada – Série B 2022
Data: 3 de novembro de 2022, Quinta-feira, 20h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS
Público: 16.688 (15.232 pagantes)
Renda: R$ 385.554,00
Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (PE)
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Júnior (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)
VAR: Adriano de Assis Miranda (SP)
Cartões amarelos: Pará, Lucas Barboza e Sandro; Gabriel Silva
Gols: Guilherme, aos 17 minutos, e Gabriel Silva aos 47min do 1º tempo e 30min do 2º tempo

Série B 1992 – Londrina 1×1 Grêmio

October 8, 2022
https://64.media.tumblr.com/5d19ff541d75f54d1765d519f345389a/ee05b15c91391b05-54/s1280x1920/d432f836417dcd7cc40b2f9f12a5a0eb84ed8f13.jpg

Foto: Arivaldo Chaves (Zero Hora)

Na Série B de 1992 o Grêmio empatou com o Londrina em 1×1 no Estádio do Café, na antepenúltima rodada da primeira fase (que valia a classificação para a primeira divisão).

Eu lembro vagamente de assistir alguns jogos do Grêmio nesta competição pela TV. Contudo, como se pode ver na matéria do Correio do Povo abaixo, essa partida só teve transmissão em telões instalados no estádio Olímpico. Fico curioso em saber mais detalhes da negociação que tornou possível isso.

O autor do gol dos mandantes, Marcos Severo, deve ter deixado boa impressão nos dirigentes gremista, visto que logo em seguida foi contratado pelo tricolor, tendo estreado cerca de um mês depois, na vitória contra o Coritiba na terceira rodada da segunda fase.

https://64.media.tumblr.com/30377a04ec7158b9ff52b12c22952b37/ee05b15c91391b05-cf/s1280x1920/f49dadb714e1d668ec6b27ade8cf8c0874f3b7fe.jpg

Foto: Arivaldo Chaves (Zero Hora)

 

GRÊMIO EMPATA E AINDA ESPERA VOLTAR DO PARANÁ NA LIDERANÇA
A equipe gaúcha precisa vencer o Paraná, no domingo, e torcer para que São José e América não ganhem na próxima rodada

O Grêmio somou mais um ponto na sua sofrida caminhada rumo à primeira divisão do futebol brasileiro. Empatou em 1 a 1 com o Londrina, em Londrina, e soma agora 14 pontos, faltando duas rodadas para o término da primeira fase da Série Classificatória. Para a próxima etapa da competição classificam-se os três primeiros do grupo.

Foi um jogo aberto e ofensivo desde o primeiro instante. A bola constantemente rondando as duas áreas. A necessidade que o Londrina tinha de vencer, oferecia os contra-ataques à equipe gaúcha. Era fácil prever que logo alguém abriria o marcador, e coube ao lateral Lira a tarefa, aos 22 minutos, na cobrança de um pênalti que o zagueiro Márcio cometera em cima de Caio. Mas a vantagem durou pouco. Aos 31, o ponta Paulinho recebeu (em impedimento) e cruzou para Marco Severo, que foi rápido o suficiente para chutar na saída de Émerson e fazer 1 a 1.

No segundo tempo, o Grêmio mudou de atitude e foi para a frente, surpreendendo o Londrina, que esperava vero adversário recuado. Alcindo, em cobrança de falta aos 9 minutos, obrigou o goleiro Anselmo a fazer uma difícil defesa. A partida se mantinha em alta rotatividade, com dois times ambiciosos, velozes e com garra. Entraram Alécio e Jerri no Londrina, na tentativa desesperada de vencer. No Grêmio, Vílson substituiu Alaércio (torção de joelho) e Xará a Juninho. Mas o jogo ficou mesmo no empate.” (ANTÔNIO BAVARESCO, Zero Hora, quinta-feira, 2 de abril de 1992)

 

https://i.imgur.com/1iDneER.jpg

GUEDES PROJETA DECISÃO PARA ÚLTIMA RODADA NO OLÍMPICO
O técnico Ernesto Guedes ficou satisfeito com o resultado obtido pelo Grêmio ontem em Londrina. Para ele, uma vitória no domingo, contra o Paraná, em Curitiba, será suficiente para que o time consiga uma das três vagas do grupo IV. “Na última rodada vamos, obrigatoriamente, vencer o Operário em casa”, garantiu o Guedes. E para buscar um resultado positivo, ele pretende contar com os mesmos jogadores que iniciaram a partida de ontem, algo que só será possível caso Alaércio se recupere da torção no joelho e que o obrigou a abandonar o gramado mais cedo.

Caio, o melhor jogador do time ontem, concorda que o time tem condições de trazer a decisão para o Estádio Olímpico: “Vamos entrar para vencer”. E Lira, autor do gol, destacou a tranqüilidade do time no jogo, dizendo que, se ela for mantida em Curitiba, o Paraná não conseguirá superá-los.

GUERRA — A cidade de Londrina preparou um verdadeiro clima de guerra para hospedar o Grêmio. Depois de uma recepção normal e sem problemas, os londrinenses guardaram a surpresa para a madrugada. As 2h50min, cerca de 30 torcedores se postaram em frente à entrada do Hotel Crillon e iniciaram uma batucada com foguetório, aos gritos de “Tubarão, Tubarão”. O barulho só foi parar após a chegada da polícia, que prendeu alguns e dispersou o grupo. Pela manhã, foi a vez do presidente do Londrina, Dorival Pagani, acusar o clube gaúcho de ter subornado o time paranaense.” (Zero Hora, quinta-feira, 2 de abril de 1992)

https://64.media.tumblr.com/2ff2f6e26b6dcf377241c6e282476147/cde4389767156bd9-85/s1280x1920/4ec0a8bfaa5ae20154d2d041f592f4e7e51d49aa.jpg

Foto: Milton Doria (Folha de Londrina) – Fonte: Blog Londrinense

 

LONDRINA EMPATE COM O GRÊMIO EM UM GOL NO ESTÁDIO DO CAFÉ
Num jogo difícil e muito equilibrado Londrina e Grêmio empataram em 1 a 1. O jogo trouxe o torcedor de volta ao Estádio do Café. Mesmo com este resultado, o time saiu aplaudido de campo. Os melhores jogadores do Tubarão foram Paulinho e Marcos Severo, que só tiveram boas performance nos 45 minutos iniciais. Poucas emoções aconteceram no 2º tempo.

No primeiro tempo o jogo começou, equilibrado. O Grêmio levava perigo com Alcindo pela direita Alexandre — figura expressiva da defesa londrinense deu uma cabeçada com um jogador adversário e acabou com o nariz sangrando. Aos 21 minutos Caio foi derrubado por Xande na grande área. O lateral Lira toca no lado de Anselmo e faz 1 a 0.

A torcida protestava contra o Wilson Carlos dos Santos que em alguns lances beneficiou o Grêmio. Atuando com multa garra e personalidade o centroavante Marcos Severo aos 31 recebeu de Paulinho e empatou a partida. A bola entrou chorando e o artilheiro comemorou nu 7° tento no campeonato. Daí pra frente os gaúchos se assustaram mas o Tubarão não conseguiu virar.

Na etapa final as duas defesa. superaram os ataques. Em boa parte do tempo o Grêmio dominou o meio de campo. Nos últimos 15 minutos o Londrina ameaçou uma reação. No lance mais perigoso que teve o Tubarão parou nas mãos do arqueiro Emerson, foi num chute à queima-roupa de Jerry.

Com este resultado o Londrina precisa ganhar do América de qualquer maneira para continuar brigando pela classificação.” (Correio de Notícias, quinta-feira, 2 de abril de 1992)

https://64.media.tumblr.com/c39e85de051cd435dacfd3231cb0fa7a/f77ac5a32c02f53a-ea/s640x960/0479decc6c9b8e1b58c461dc4c053d4cdcc37c83.jpg

Foto: Folha de Londrina) – Fonte: Blog Londrinense

https://64.media.tumblr.com/36f09c400ca51ac22c16129a97489898/f77ac5a32c02f53a-85/s1280x1920/18507f814aa25889552a97786a29d7ebf5d1a34d.jpg

“GRÊMIO EMPATA E BAIXA PARA 4º
O Grêmio caiu de rendimento em relação ao último jogo – jogou um futebol apenas razoável – , mas ainda assim garantiu um empate em 1 a 1 com o Londrina, que também não apresentou nada que justifique sua classificação à Primeira Divisão. O resultado de ontem à noite, combinado com os outros resultados, deixa o Grêmio na obrigação de ao menos empatar com o líder Paraná, domingo, em Curitiba.

Foi um jogo difícil, em que os dois times se posicionaram com cautela, especialmente o Grêmio, que ficou sempre esperando pela iniciativa do Londrina. A estratégia de Ernesto Guedes era explorar os espaços que o time paranaense pudesse deixar em sua defesa quando partisse ao ataque, empurrado pela torcida. O problema é que o Grêmio nunca teve força ofensiva, enquanto o Londrina provou ser somente uma equipe esforçada.

Mas numa de suas raras jogadas objetivas no ataque, o Grêmio marcou o gol. Cuca tocou para Caio, que investiu sobre a zaga e foi derrubado dentro da área. O árbitro marcou pênalti. Lira cobrou com perfeição e fez 1 a 0. Eram 23 minutos. Aos 30, o Grêmio mostrou que continua frágil em seu sistema defensivo, permitindo a penetração fácil do ponta Paulinho, que estava em posição duvidosa. O atacante cruzou para Marcos Severo, o jogador mais perigoso do Londrina, fazer 1 a 1, apesar de boa saída de Emerson.

No segundo tempo, o Grêmio voltou melhor posicionado no meio-campo, controlando as investidas do Londrina e partindo rápido ao ataque. Foram 15 minutos de bom futebol do time gaúcho, que chegou a envolver seu adversário. Mais uma vez, contudo, faltou força na frente, principalmente dentro da área para disputar a bola com a lenta dupla de área paranaense. Aos poucos, o Londrina foi equilibrando de novo o jogo e nos últimos minutos tentou uma pressão em busca da vitória, mas não teve futebol para isso. Com o empate, o Grêmio fica com 14 pontos.” (Correio do Povo, quinta-feira, 2 de abril de 1992)

https://64.media.tumblr.com/d68bff0af3e468b1099d97b6db06e422/f77ac5a32c02f53a-7c/s1280x1920/92d0d37adc2e7739ea160a275d886b6b11080940.jpg

https://i.imgur.com/OvCQS3f.jpg

https://i.imgur.com/SMlOaWW.jpg

 

https://i.imgur.com/d2twmAS.png

LONDRINA: Anselmo; Xande, Márcio, Souza e Roberto; Alexandre, Marco Aurélio (Jerry, 18/1ºT) e Luís Carlos Gaúcho; Paulinho, Marcos Severo e Edson Vieira (Aléssio, 17/2ºT).
Técnico: Julinho Barcelos

GRÊMIO: Émerson Ferretii; Chiquinho, Wagner Fernandes, Luciano e Lira; Jandir, Alaércio (Vílson, 38/2ºT), Juninho (Xará, 43/2°T) e Wolnei Caio; Alcindo Sartori e Cuca
Técnico: Ernesto Guedes

Série B 1992 – Primeira Fase – Grupo IV – 12ª Rodada
Data: 1º de abril de 1992, quarta-feira, 20h30min
Local: Estádio do Café, em Londrina, PR
Público: 10.105 pagantes
Renda: Cr$ 48.850.000,00
Arbitragem: Wílson Carlos dos Santos (FIFA)
Auxiliares: Paulo Jorge Alves e Dilermando Sampaio
Cartões amarelos: Roberto; Luciano, Vágner e Alaércio
Gols: Lira (de pênalti) aos 22 minutos; Marcos Severo aos 31 minutos do primeiro tempo

Série B 1992 – Grêmio 2×0 Londrina

June 27, 2022
https://64.media.tumblr.com/220e3bc724d95bc0008559a12de92632/01511c0a1144cad7-8d/s1280x1920/e0d5b8e407486951a31bcdd305282ad273b9a53a.jpg

Foto: Valdir Friolin (Zero Hora)

Há 30 anos. Na Série B de 1992. Essa foi a última vez que o Grêmio recebeu o Londrina em casa.

Esse jogo marcou a estréia de Ernesto Guedes como treinador tricolor. Seu antecessor, Valdir Espinosa, fora demitido na rodada anterior, após a derrota em casa para o América-MG (antes disso, Espinosa já havia se queixado da falta de garra dos atletas na derrota para o São José-SP).

Um detalhe curioso desse jogo é que o lateral-esquerdo Lira havia sido convocado por Carlos Alberto Parreira para a Seleção Brasileira (que jogaria um amistoso contra os EUA em Fortaleza). Contudo a direção gremista, preocupado com o desfalque na sua equipe, pediu (e conseguiu) a dispensa do jogador.

https://64.media.tumblr.com/d312aa9beb496e1123af8c385a57805f/01511c0a1144cad7-a8/s1280x1920/0242b2396872624e95e2008b300b91eed8bc50d5.jpg

Foto: Valdir Friolin (Zero Hora)

“DOIS GOLS DE ALCINDO LIQUIDAM LONDRINA E GRÊMIO JÁ É QUARTO
Série Classificatória – O atacante Caio foi expulso ainda no 1º tempo, mas era noite de Alcindo. A equipe mostrou muito empenho na estrela de Guedes

O técnico Ernesto Guedes estreou com vitória no Grêmio. Jogando ontem à noite,  no Olímpico, o tricolor gaúcho venceu o Londrina por 2 a O, gol de Alcindo, reabilitando-se das  duas derrotas anteriores e passando para a quarta colocação na tabela do Grupo IV da Série Classificatória.

O Grêmio começou pressionando. Com algumas atuações individuais bem melhores do que na última quinta-feira, quando perdeu para o América MG, o time de Guedes impôs-se com facilidade ao adversário paranaense. Mesmo com a lesão de João Marcelo logo no início, o que criou algumas dificuldades defensivas, o tricolor foi melhor e marcou logo aos 17 minutos. Caio sofreu falta, Chiquinho bateu, Grotto aparou o rebote e atrasou para Alcindo colocar fora do alcance de Anselmo.

O Grêmio ainda perdeu Caio, expulso junto com Roberto, do Londrina, aos 38 do primeiro tempo, mas seguiu em busca de mais gols.

Aos 5 minutos do segundo tempo, Alcindo recebeu a cruzada de Chiquinho e, de cabeça, fez o segundo, liquidando o Londrina. Assis bem marcado, não teve uma boa atuação. A surpresa foi Luciano, um zagueiro seguro e decidido. Mas ninguém jogou melhor que Alcindo, o mais aplicado do time. No final, Chiquinho ainda chutou no poste. O juiz, estranhamente, acabou o jogo aos 42 min do 2′ tempo.” (Antônio Bavaresco, Zero Hora, terça-feira, 25 de fevereiro de 1992)

“GUEDES CUMPRE SUA PROMESSA

Não poderia ter sido melhor a estréia do técnico Ernesto Guedes. Uma vitória de 2 a 0 fez o time subir de sétimo para quarto colocado n seu grupo. Ele cumpriu sua promessa e venceu na estréia: “A vitória nos permite trabalhar com mais segurança”. Destaque do jogo, o atacante Alcindo dividiu os elogios com seu companheiros. “Quem ganhou foi grupo”, destacou.

Para Assis, que não chegou a ter uma atuação de destaque, o resulta do dá maior tranqüilidade. “Vencer em casa é sempre importante, ainda mais no momento difícil em que estávamos”. O presidente Rafael Bandeira lembrou que o resultado de ontem foi fundamental e pediu o apoio da torcida nos próximos jogos. “É preciso que a torcida esteja em campo, no próximo dia 8, para mais uma vitória”. E prometeu buscar novos reforços. Na quinta-feira, o Grêmio deve acertar a compra do passe de Pino.” (Zero Hora, terça-feira, 25 de fevereiro de 1992)

LAURO QUADROS
“Enfim

O resultado valeu, o Grêmio subiu de sétimo para quarto, mas foi difícil. Um a zero no primeiro tempo, mas o Londrina perdeu três gols feitos em falhas do Grotto e desatenções do Lira. Ernesto escondeu Luciano para substituir o Vílson, suspenso. Mas João Marcelo se machucou. Grotto precisou entrar e mostrou que não é um bom zagueiro, embora tenha participado dos dois gols do Grêmio.

Pelo menos os que sabem jogar desta vez jogaram bem. Alcindo. o melhor de todos. Caio destacava-se, porém resolveu revidar (de novo) uma falta e foi expulso. A troca do Lira com o Pino funcionou, como a troca entre Luciano e Grotto, para cuidar do Marcos Severo. Ernesto precisa organizar melhor ainda e indicar, daqueles que ele viu em São Paulo, um bom zagueiro e um bom atacante.” (Lauro Quadros, Zero Hora, terça-feira, 25 de fevereiro de 1992)

“RUY CARLOS OSTERMANN
Bom começo
Ouvi o jogo de pé de ouvido, enquanto gravava o Plenário na RBS/TV. Que ria ir ao estádio ver o Grêmio do Ernesto Guedes. Não consegui, mas pelo que captei da narração do Brauner, notei um Grêmio bem mais aplicado. Bem ao estilo do Ernesto, um técnico de decisões enérgicas.  Sem poder falar do jogo, nem dos gols do sempre aplicado Alcindo, falo da entrevista do Ernesto Guedes depois do jogo. Elogiou Espinosa, a garra dos jogadores e destacou a tranquilidade dos vitoriosos. A tranquilidade também é fruto do pulo que o Grêmio deu na tabela de classificação. Passou de sétimo para quarto. Isso é um bom começo para o Ernesto e lhe dá mais tranquilidade para trabalhar.” (Ruy Carlos Ostermann, Zero Hora, terça-feira, 25 de fevereiro de 1992)

https://64.media.tumblr.com/d9073c2952abbfdad5c384e8b51beaef/01511c0a1144cad7-ba/s640x960/1221393984ad80874fa6fde885db66674d338ba8.jpg

https://i.imgur.com/d2twmAS.png

GRÊMIO: Émerson; Chiquinho, João Marcelo (Grotto, aos 14/1ºT) Luciano e Lira; Jandir, Pino, Caio e Assis. Alcindo e Sinval (Biro-Biro, aos 32/2ºT)
Técnico: Ernesto Guedes

LONDRINA: Anselmo, Nilson, Márcio Alcântara, João Neves e Roberto; Alexandre Bianchi (Luis Carlos Gaúcho), Tadeu e Marco Aurélio (Alaor); Edson Vieira, Marcos Severo e Aléssio
Técnico: Julinho Barcelos

Série B 1992
Data: 24 de fevereiro de 1992, segunda-feira, 21h00min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre
Público: 3.818 pagantes
Renda: Cr$ 9.799.000,00
Árbitro: Wilson Carlos dos Santos (RJ)
Auxiliares: Osvaldo Meira Júnior e Delmo Tadeu Finge (SC)
Cartões Vermelhos Caio e Roberto
Gols: Alcindo Sartori, aos 17 do primeiro tempo. Alcindo, aos 5 do 2º tempo