Archive for the ‘Sport Recife’ Category

Brasileirão 2016 – Grêmio 0x3 Sport Recife

November 8, 2016

2016-gremio-0x3-sport-2

Esse 3×0 pro Sport foi a pior derrota do Grêmio na história da Arena. Ainda assim não houve grande revolta no pós jogo. Parece claro que o real impacto desse resultado só vai poder ser devidamente mensurado após as finais da Copa do Brasil lá. Até lá o debate sobre a pertinência de poupar os jogadores ou usar força máxima para  buscar o G6 no Brasileirão vai ser inconclusivo.

Alguns jogadores tiveram atuações inaceitáveis mesmo considerando o “relaxamento involuntário” do grupo. Wallace Oliveira e Henrique Almeida poderiam acrescentar mais em virtude da rodagem que possuem.

Que fardamento pavoroso esse do Sport.

2016-gremio-0x3-sport-1
Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 0x3 Sport Recife

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Pedro Rocha (Guilherme, 35’/2ºT), Douglas e Negueba (Batista, Intervalo); Henrique Almeida (Ty Sandows, Intervalo)
Técnico: Renato Portaluppi

SPORT: Magrão; Apodi (Serginho, 40’/2ºT), Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Ronaldo (Rodrigo Mancha, 15’/2ºT), Neto Moura, Diego Souza e Everton Felipe; Rogério (Reinaldo Lenis, 24’/2ºT) e Ruiz
Técnico: Daniel Paulista

34ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 7/11/2016, segunda, 20h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 12.444 (10.845 pagantes)
Renda: R$ 231.845,00
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA-PA)
Auxiliares: Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araújo Neves (PA)
Cartões amarelos: Negueba, Walace, Geromel e Kannemann (GRE); Matheus Ferraz, Neto Moura e Apodi (SPT)
Gols: Diego Souza, aos 44 minutos do primeiro tempo; Rogério, aos 2 minutos dois e Diego Souza aos 44 minutos do segundo

Confrontos Grêmio Vs Sport pelo Brasileirão

November 7, 2016

1993
Postei algumas imagens de partidas que o Grêmio recebeu o Sport Recife pelo Brasileirão no Tumblr.

Acima temos uma foto de Roberto Scola (do Diário Catarinense), do lateral Itá na vitória de 2×1 do Grêmio no Brasileirão de 1993. O jogo foi disputado no estádio Orlando Scarpelli em Florianópolis, uma vez que o Olímpico estava interditado em função dos tumultos no jogo contra o Santos. O público foi de 4.447 pagantes

Abaixo temos fotos publicadas na Zero Hora (Luiz Ávilla, Juan Carlos Gomez e Antônio Carlos Mafalda foram os fotógrafos que trabalharam na partida) de Tita marcando o gol da vitória no Brasileirão de 1983. O público foi de 38.203 pagantes

1983-sport-tita1983-sport-tita2
——————————————–

1994-brasileirao-gremio-1x1-sport-jeferson-osias-copia-ronaldo-bernardi-zh

Acima temos uma foto (de Ronaldo Bernardi da Zero Hora) do empate em 1×1 pelo Brasileirão de 1994. No lance vemos o goleiro Jeferson e o centroavante Osias. O público foi de 15.597 (11.830 pagantes)

Abaixo temos uma foto, também da Zero Hora, da vitória do Grêmio por 1×0 no Brasileirão de 1976.

1976

Brasileirão 2016 – Sport 4×2 Grêmio

July 23, 2016

20160717211821461387a_1200x800

A verdade é que não tem como ganhar (nenhum) campeonato tomando essa quantidade de gols de escanteio. Não tem como querer brigar pela liderança levando 4 gols de um time que estava na zona de rebaixamento.

Chega a ser estranho. O Grêmio tem uma equipe que demonstra capacidade de desempenhar bom futebol mas insiste em cometer erros tão primários na parte defensiva.
aldo carneiro lance

Não me parece que a vitória do Sport tenha passado pelo apito, mas no Brasileirão uma derrota nunca é completa sem um erro de arbitragem: Não houve o pênalti que originou o quarto gol do time da casa.

Achei estranho ver o Marcelo Grohe usando a camisa de linha do ano passado. Mais estranho ainda foi ver o patrocínio da Tramontina coberto por uma faixa.

20160717211832237301o_1200x800

Fotos: Rafael Martins (Diário de Pernambuco) e Aldo Carneiro (Lance)

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves (Oswaldo, 38’/2ºT) e Renê; Rithely, Serginho, Diego Souza e Everton Felipe; Rogério (Rodrigo Mancha, 24’/2ºT); Edmilson (Mansur, 35’/2ºT)
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Jailson (Pedro Rocha, 28’/2ºT), Maicon, Giuliano (Ramiro, 28’/2ºT), Douglas e Everton; Luan (Henrique Almeida, 35’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

15ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 17/7/2016, domingo,  18h30min
Local: Ilha do Retiro, em Recife-PE
Público: 10.891
Renda:  R$ 153.730,00
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ES) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
Cartões amarelos: Jaílson, Marcelo Oliveira e Ramiro (GRE)
Gols: Serginho, aos 21 do 1ºT, Diego Souza, aos 38 do 1ºT;Pedro Geromel a 1 e aos 17 do 2ºT, Edmílson, aos 23 do 2ºT e Diego Souza (de pênalti) aos 29 do 2ºT.

Brasileirão 2015 – Sport 1×0 Grêmio

November 9, 2015
O resultado acabou sendo um tanto “duro” para o Grêmio. O tricolor criou praticamente o mesmo número de chances do Sport. Danilo Fernandes foi um dos nomes da partida, fazendo duas defesas espetaculares. Mas que marcou foi o time da casa, numa falha defensiva gremista. Galhardo ficou inerte num lançamento feito para Diego Souza (não saltou na bola e não tentou ir no corpo do adversário) e André aproveitou da indecisão entre Geromel e Grohe.

Não entendi muito bem a substituição que o Roger fez no intervalo. Achei que o Moisés fez um bom primeiro tempo.
E gostei mais quando o Grêmio usou esse fardamento reserva com a meia azul, como foi na partida
contra Atlético-MG
Fazia tempo que eu não vi coisas como esse quadriculado na grande área do gramado da Ilha do Retiro.
Quanto tempo será que falta pro Heber Roberto Lopes se aposentar?

Fotos: Ricardo Fernandes (SuperEsportes)

Sport 1×0 Grêmio

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier (Oswaldo, 38’/2ºT), Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa e Renê; Rithely, Ronaldo, Diego Souza, Marlone (Régis, 16’/2ºT) e Élber; André
Técnico: Paulo Roberto Falcão

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Moisés (Ramiro, Intervalo), Giuliano e Douglas (Fernandinho, 30’/2ºT) e Everton (Pedro Rocha, 25’/2ºT); Luan
Técnico: Roger Machado

34ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 8/11/2015, domingo, 19h30min
Local: Ilha do Retiro,  em Recife -PE
Público:11.091 pagantes
Renda: R$ 215.550,00
Árbitro: Héber Roberto Lopes (FIFA-SC)
Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
Cartões amarelos: André e Samuel Xavier (SPT); Walace e Ramiro (GRE)
Cartão vermelho: Pedro Rocha, 33’/2ºT
Gol: André, aos 24 minutos do 2º tempo.

Brasileirão 2015 – Grêmio 1×1 Sport

July 27, 2015

O empate em 1×1 foi muito ruim para o Grêmio, que precisava se restabelecer no Brasileirão, que precisava superar um adversário direto, que precisava se manter no G4. Mas a atuação gremista e o jogo em si foram muito bons.
No estádio ficou claro que o Sport é uma equipe muito bem treinada. O time do Recife foi bastante corajoso na  proposta de compactação das suas linhas. Em diversas vezes foi possível ver que os zagueiros do Sport se posicionavam perto da linha do meio de campo quando o goleiro do Grêmio tinha a bola nas mãos para fazer a reposição. E a equipe gremista, mesmo diante desse cenário, manteve a sua proposta de rodar a bola, de tentar inversão do jogo buscando a entrada de um jogador vindo da lateral pela diagonal. E assim o time criou oportunidades e marcou o seu gol, aos 45 minutos da primeira etapa, com Pedro Rocha aparecendo dentro da área para chutar rasteiro.
O início do segundo tempo não foi tão bom para o Grêmio. Eduardo Baptista tirou um dos seus volantes e passou a incomodar mais no ataque. Aos 17, num cruzamento vindo da esquerda, toda a defesa gremista saltou pouco (inclusive  Tiago, que saiu do gol de maneira questionável) e a bola sobrou para Diego Souza empatar a partida. Depois disso o tricolor voltou a pressionar, passando a usar mais os cruzamentos na área (após as entradas de Fernandinho e Braian Rodriguez). O Grêmio poderia ter saído com a vitória, não fosse a grande atuação do goleiro Danilo Fernandes, que fez duas defesas sensacionais na cabeçada de Braian e num chute de Luan, aos 42 e 46 minutos, respectivamente.

Não acho que o resultado da partida possa ser atribuído à arbitragem. Mas o juiz foi muito mal no jogo. É surreal que ele tenha colocado na súmula que o Rogerfalou palavras que não foram identificadas, mas que considerei por demais ofensiva à arbitragem” para justificar a expulsão do treinador. Lembrei daquela cena do personagem do Kevin Hart no filme “O Virgem de 40 anos”.
César Pacheco deixou pra reclamar depois do jogo da escalação de um juiz que já prejudicou o Grêmio nesse campeonato. Acho (só acho) que seria mais producente tomar uma medida antes da partida. Mas a parte que mais me surpreendeu nessa coletiva foi o uso do neologismo “gabine” (a partir de 4min40s no áudio do link.)
Mas não é só nos “detalhes” da escala de arbitragem e da língua portuguesa que o Grêmio anda se descuidando. Roger pediu que a torcida comparecesse no estádio nesse sábado. A torcida foi (não chegou na casa dos 40 mil, mas num bom número), mas algumas situações preocupantes se repetiram. Mais uma vez uma das rampas do setor leste estava fechada no final do jogo. E, pelo jeito, a chegada e a saída do Humaitá seguirá sendo tarefa de gincana por um bom tempo. As obras do entorno do estádio, que tinham finalização prometida para junho de 2013, ficaram para 2017 ou 2019. E as referidas obras não preveem nenhum tipo de integração dos acessos ao estádio com a Free-Way (o que hoje é um dos principais gargalos da Arena, quando deveria ser um dos seus principais trunfos). E ninguém do clube se manifesta a respeito disso.
Contudo, apesar de todas essas dificuldades, a torcida segue comparecendo. E, o mais importante, segue se renovando.   


Grêmio  Grêmio 1×1 Sport Recife Sport

GRÊMIO: Tiago; Galhardo, Erazo, Rafael Thyere e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano (Fernandinho, 33’/2ºT), Douglas (Maxi Rodriguez, 21’/2ºT) e Pedro Rocha (Braian Rodríguez, 35’/2ºT); Luan.
Técnico: Roger Machado

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo; Rithely, Wendel, Rodrigo Mancha (Élber, int.), Diego Souza (Samuel, 34’/2ºT) e Marlone; André (Régis, 23’/2ºT). Técnico: Eduardo Baptista

15 ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 25 de julho de 2015, sábado, 18h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 33.437 (31.084 pagantes)
Renda: R$ 1.134.524,00
Árbitro: Péricles Cortez (FIFA-RJ)
Assistentes: Rodrigo Corrêa (FIFA-RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (Esp.-RJ)
Gols: Pedro Rocha, aos 44 minutos do primeiro tempo; Diego Souza, aos 17 minutos do segundo tempo.