Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Uniformes de Treino 2019

January 10, 2019

gremio treino a45700737415_3fc5b226bd_k2019 renato

gremio treino cinzab

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Já foi noticiado, por Zini Pires, da Zero Hora, que “as camisas do Grêmio da temporada 2019 serão apresentadas em abril, depois da disputa do Gauchão, entre os jogos da fase de grupos da Libertadores e antes do início do Brasileirão“. Contudo, o time do Grêmio se reapresentou em 03 janeiro com novos uniformes de treino.

Aparentemente, os jogadores de linha usam uma camisa azul celeste, a comissão técnica uma camiseta em azul royal e os goleiros uma camisa cinza, todos com uma faixa azul marinho nos ombros.

Eu gosto da combinação de tons de azul (lembro dos uniforme feitos pela NR para a seleção uruguaia entre 1992 e 1996), mas acho que alguns detalhes poderiam ter sido melhor resolvidos nessas peças.

gremio treino 2019

Na camiseta dos jogadores de linha eu não entendo por que o logo da Umbro é aplicado em azul marinho enquanto o do Banrisul está em preto. Igualmente não entendo por que o azul do distintivo é diferente do azul da camiseta.

Na imagem de baixo na esquerda, fiz uma simulação de como ficaria a camiseta com o Umbro e Banrisul em azul marinho e o azul do distintivo no mesmo tom da camiseta. Na imagem da direita uma simulação da camiseta feita somente em dois tons de azul.


outra ideia era fazer todos os detalhes em branco, ou a faixa em branco e os distintivos e patrocínios em preto


Aqui uma inversão da ideia anterior, com todos os detalhes em preto, ou a listra em preto e os os distintivos e patrocínios em branco.

gremio treino 2019 azul royal 2019 certo
Na camiseta da comissão técnica, igualmente não entendo o por que do logo da Umbro ser aplicado numa cor diferente dos demais patrocinadores.

Abaixo fiz duas simulações, uma com todos os símbolos em branco, outro com todas em dourado

 

gremio treino 2019 cinza certo
A Umbro parece estar meio obcecada por dourado. Mas nessa camisa cinza o logo nesse tom não faz muito sentido. Abaixo fiz duas simulações, uma com tons de cinza e outra com cinza e azul marinho.

Advertisements

Médias de Público de 2018

December 14, 2018

2018 por competição

A média de público do Grêmio nos 36 jogos que fez como mandante em 2018 foi de 25.971 (23.857 pagantes). Como era de se imaginar, a Recopa e a Libertadores foram as competições com médias mais altas, enquanto o Gauchão é o campeonato que menos leva gente a Arena.

2018 temporada

Na atual temporada o Grêmio teve sua melhor média de público dos últimos dez anos. Só em 2008 a média do clube no Olímpico foi maior, mas naquele ano o número de jogos foi menor e foco estava voltado para o Brasileirão.

2018 só arena

O Grêmio fez 208 partidas na Arena desde a sua inauguração em 2012. A média de público do tricolor na nova casa é 24.922 (22.697 pagantes)

2018 Gauchao
A média do Gauchão foi a segunda melhor dos últimos anos.

2018 Copa do Brasil
Com somente dois jogos, sendo um deles de pouco apelo contra o Goiás, a média da Copa do Brasil caiu em relação aos anos anteriores.

2018 LibertadoresA média da Libertadores foi bem parecida com a do ano passado, muito embora o Grêmio não tenha chegado na final (o que talvez se explique pelo baixo público da fase de grupos do ano passado)

2018 Brasileirão
E, muito embora o Grêmio tenha usado time reserva em vários jogos no Brasileirão, a média de 2018 na competição é melhor do que a média de 2017 (o que talvez se explique pelo fato de não termos tido Gre-Nal no ano anterior)

Média de Público da Arena e divisão por modalidades no Brasileirão 2018

December 7, 2018

A média de público do Grêmio no Brasileirão 2018 foi de 24.186 (22.263 pagantes).

O maior público dos 19 jogos que o Grêmio fez em casa na competição foi registrado no Gre-Nal, com 51.870 (48.035 pagantes). O menor público, por sua vez, foi o da derrota para o Sport Recife, com 13.842 (12.165 pagantes).

 

7 dos 19 jogos foram disputados com um público inferior a 20 mil pessoas. 8 foram os jogos com o público na faixa de 20 até 30 mil pessoas, 2 entre 30 e 40 mil, 1 entre 40 e 50 mil e 1 acima de 50 mil pessoas.

Considerando que a capacidade da Arena, segundo a CBF, é de 55.662 espectadores, em apenas 6 dos 19 jogos a ocupação do estádio ultrapassou a faixa dos 50%.

Como curiosidade, vale citar que foram 14 jogos disputados em finais de semana e 5 no meio da semana. A média dos jogos nos fins de semana é de 25.170 (23.235 pagantes), enquanto nos jogos de meio de semana é de 21.432 (19.542 pagantes)

brasileirao divisao por modalidade

Eu compilei dados dos borderôs dos 19 jogos do Grêmio na Arena no Brasileirão 2018 e fiz uma divisão das médias conforme a modalidade de compra do ingresso  (gráfico acima e tabela abaixo).

Já havia feito um levantamento parecido sobre os jogos da temporada 2012 e 2013. Os sócios (reunidos patrimonial, outro e diamante) representam mais de 50% do público que se fez presente na Arena nessa competição. Vale destacar também que a promoção destinada a crianças de 03 a 11 anos representa mais de 6% do público do Grêmio no Brasileirão.

O percentual de não pagantes permanece muito próximo ao de 2013. Uma questão que não tinha me dedicado em 2013 e que agora verifiquei é a questão da meia-entrada. Mais de 10% das pessoas que foram aos jogos do tricolor no Campeonato Brasileirão se valeram do benefício da Lei nº 12.933.

É preciso ressaltar que pode haver uma distorção  na questão da torcida adversária, uma vez que nos jogos contra Ceará, Vasco, Chapecoense e Corinthians não consta nos respectivos borderôs uma rubrica com a quantidade de ingressos vendidos para as torcidas adversárias.

 

MODALIDADE %
Sócios Patrimoniais 40,3
Avulsos 20,7
Meia-entrada 11,4
Sócio Diamante 9,1
Não Pagantes 8,0
Promoção Crianças 6,4
Sócio Ouro 3,0
Acompanhante 0,9
Torcida adversária 0,2

Infelizmente os borderôs dos jogos do Grêmio na Arena não permitem saber precisamente a taxa de ocupação de cada setor do estádio, visto que há uma única rubrica para os sócios patrimoniais presentes em cada jogo, independente do setor que eles acessam.

Contudo, é possível fazer esse levantamento em relação aos camarotes. Segundo dados divulgados em matéria de 2012, a Arena tem “130 camarotes com capacidade para 2.744 pessoas“. De tal modo, a taxa de ocupação média dos camarotes no Brasileirão de 2018 foi de 13,87% (a maior ocupação dos camarotes no Brasileirão foi registrada no Gre-Nal, com 1.474 pessoas – 53,71%)

Camisas Passeio Penalty 1992- Camarões 1990

November 29, 2018

gremio 1992 wagner fernandes bgremio 1992 wf

Wagner Fernandes, ex-zagueiro do Grêmio, publicou no seu Facebook fotos da excursão do tricolor à Guatemala e Honduras em 1992. Eu fiquei intrigado com as camisas de passeio que os jogadores gremistas estão usando nas imagens.

É um modelo muito parecido com o usado pela seleção de Camarões (e também pela seleção do Egito) na Copa do Mundo de 1990.  Há uma pequena diferença na gola (na camisa do Grêmio há uma sobreposição que não é visto nos modelos das seleções africanas) e obviamente nas (três) listras do ombro.

Não era incomum a Penalty copiar modelos criados pela Adidas, como já vimos na camisa de treino de 1991 (“inspirada” no modelo da Alemanha Ocidental de 1990) e na camisa da comissão técnica de 1991 (com o template da Holanda de 1988)

Roger Milla Kamerun luchst dem kolumbianischen Torwart René Higuita den Ball ab und erzielt danach

Foto: Norbert Schmidt (Spigel)

1990 Camarões gremio azul llxx

Adaptação feita da ilustração de erojkit.com

1990 Camarões gremio azul llxx3fm

Template disponibilizado em https://fm-view.net

O modelo azul é muito parecido com a camisa titular do Schalke 04 na temporada 1990/1991

1990_1991-1440x810 schalke 04

1990 Camarões gremio branco 1992

Adaptação feita da ilustração de erojkit.com

1990 Camarões gremio branco 1992 fm

Template disponibilizado em https://fm-view.net

E a camisa branca se assemelha a usada por Mathias Sammer & Cia no último jogo oficial da Alemanha Oriental (contra a Bélgica em Bruxelas no ano de 1990).

DDR 1990 mopoDDR 1990 welt

Brasileirão 2018 – Vitória 0x0 Grêmio

November 26, 2018

2018 vitoria lucas uebel (1)

O Grêmio deu claros sinais de cansaço (e/ou desinteresse, conforme for a leitura do torcedor) e não conseguiu sair do 0x0 com o desesperado (e horas mais tarde, rebaixado) Vitória no Barradão.

Acho pouco provável que numa eventual “Pré-Libertadores” o Grêmio encare um adversário mais fragilizado do que o Vitória nesse momento.  Talvez o time tenha desperdiçado uma oportunidade de começar 2019 com um pouco mais de folga no calendário.

Eu não me canso de dizer que não gosto dessa combinação de uniforme com meia branca, calção e camisas azuis.

2018 vitoria lucas uebel (2)
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Vitória 0x0 Grêmio

VITÓRIA: João Gabriel: Jeferson, Aderllan, Lucas Ribeiro (Bruno Ribeiro, int.), Benítez (Fabiano, 24’/1ºT), Willian Farias, Léo Gomes (Yago, 12’/2ºT), Luan, Rhayner, Lucas Fernandes, Léo Ceará
Técnico: João Burse (interino)

GRÊMIO: Paulo Victor, Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez,;Michel (Alisson, 38’/1ºT), Cícero, Ramiro, Jean Pyerre (Thonny Anderson, 25’/2ºT) e Everton; André (Jael, 15’/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

37ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 25 de novembro de 2018, domingo, 17h00min (horário de Brasília)
Local: Estádio Barradão, em Salvador-BA
Público: 3.759 (3.614 pagantes)
Renda: R$7.581,00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Cartões amarelos: Willian Farias; Kannemann, Geromel, Michel e Cícero

Brasileirão 2018 – Flamengo 2×0 Grêmio

November 22, 2018

2018 flamengo gilvan souza b2018 flamengo gilvan souza

O Grêmio vai chegando ao final da temporada 2018 longe da sua melhor forma. O time sofre com desfalques (especialmente pela ausência de Luan) e Renato tem feito variações na escalação para tentar contornar esse problema. Diante do Flamengo no Maracanã o Grêmio não fez boa partida. O tricolor até teve bastante posse de bola, mas não conseguiu dar muita velocidade nas suas jogadas de ataque.

O Flamengo acabou sendo melhor e venceu por 2×0. Mas não dá pra deixar de registar que os donos da casa saíram na frente com um gol grosseiramente ilegal. O árbitro poderia até escolher que tipo de falta marcaria (tiro livre direto ou indireto) quando Uribe levantou o pé próximo a cabeça do Cortez.

2018 flamengo globo esporte

Últimos 10 jogos entre Flamengo e Grêmio pelo Brasileirão com mando de campo rubro-negro: 5 Vitória do Fla, 2 empates e 3 vitórias do Grêmio. Média de público nesses dez jogos: 31.230 pagantes.

Média de públicos dos últimos dez jogos entre Flamengo e Grêmio pelo Brasileirão no Maracanã: 35.152

2018 flamengo gilvan souza c
Fotos: Gilvan de Souza (C.R.Flamengo) e Globo Esporte

Flamengo 2×0 Grêmio

FLAMENGO: César; Pará, Rhodolfo, Réver e Renê; Cuéllar e Willian Arão; Everton Ribeiro (Jena Lucas, 40’/2ºT), Diego e Vitinho (Marlos Moreno, 40’/2ºT) ; Uribe (Berrío, 21’/2ºT)
Técnico: Dorival Júnior

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Marcelo Oliveira e Cortez; Michel e Matheus Henrique (Alisson, 14’/2ºT); Ramiro, Jean Pyerre (Thaciano, 25’/2ºT) e Everton; Jael (André, 28’/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

36ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 21 de novembro de 2018, quarta-feira, 21h40min
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ
Público: 36.013 (33.932 pagantes)
Renda: R$ 701.361,00
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC) e Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG)
Cartões amarelos: Willian Arão e Diego; Matheus Henrique e Ramiro
Gols: Uribe, no 1º minuto, e Diego, aos 44 minutos do segundo tempo

Brasileirão 2018 – São Paulo 1×1 Grêmio

November 16, 2018

2018 sao paulo Marco Galvão Fotoarena Agência Lancepress

Mais uma vez o Grêmio teve um resultado melhor do que “merecia” por sua atuação.

Mais uma vez ficou muito claro que o Grêmio não tem nenhum que possa substituir Luan. E por isso o time muda bastante sua forma de jogar quando o camisa 7 está ausente.

2018 lucas uebel spfc (3)

Gremio x Sao Paulo

Fotos: Marco Galvão (Fotoarena/Agência Lancepress) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

São Paulo 1×1 Grêmio

SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei e Hudson (Liziero, 33’/2ºT); Helinho (Antony, 24’/2ºT), Nenê (Shaylon, 27/2ºT) e Everton; Tréllez
Técnico: André Jardine (interino)

GRÊMIO: Paulo Victor; Madson, Geromel, Paulo Miranda (Matheus Henrique, 16/1ºT) e Cortez; Michel e Maicon (Cícero, 14/2ºT); Ramiro, Jean Pyerre (Alisson, 27/2ºT) e Everton; Jael
Técnico: Renato Portaluppi

34ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 15/11/2018, quinta-feira, às 19h00min
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo – SP
Público: 24.757
Renda líquida: R$ 460.862,60
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Marcelino Castro de Nazaré (PE)
Cartões amarelos: Nenê; Everton e Jael
Gols: Everton, aos 11 minutos do 2º tempo; Michel (contra), aos 28 minutos do 2º tempo

Confrontos São Paulo X Grêmio pelo Brasileirão no Morumbi

November 15, 2018

IMG_5867IMG_5901

Hoje o Grêmio enfrenta o São Paulo no Morumbi pelo Brasileirão. Acho que essa é uma desculpa forte suficiente para lembrar, entre tantos confrontos tricolores naquele estádio, da final do Campeonato Brasileiro de 1981.

Nas imagens acima, temos o poster, publicado na Zero Hora, do time do Grêmio que iniciou aquela partida. Na sequência, uma ilustração do gol publicada na Folha da Tarde.

Abaixo, na primeira imagem, o anúncio publicado pela direção do Grêmio após o título, brincando com falado favoritismo do São Paulo (que possuía vários jogadores da Seleção Brasileira) na decisão. Na sequência, matérias do Correio do Povo, Folha da Tarde e Zero Hora sobre a conquista gremista.
IMG_5843IMG_5899IMG_5900IMG_5915IMG_5924IMG_5824IMG_5823IMG_5961IMG_5964

Brasileirão 2018 – Grêmio 2×1 Vasco

November 12, 2018

2018 vasco maxi2018 vasco gol

O Grêmio venceu a segunda partida seguida no Brasileirão após a eliminação da Libertadores e ingressou no G4. Venceu, mas não teve uma grande atuação. Ainda sem Luan e com Everton sem ritmo, o tricolor teve um meio campo de pouca mobilidade com Michel, Maicon e Cícero. O Vasco saiu na frente, com Thiago Galhardo aproveitando uma bela assistência de calcanhar de Maxi Lopez. Jael empatou ainda no primeiro tempo, completando de cabeça a grande jogada feita por Leo Moura na ponta direito. E a virada gremista só saiu graças ao frango de Martin Silva, que se atrapalhou com o chute de fora da área de Matheus Henrique.

Eu gostaria de ter 1/10 da autoestima do Jael.

Gremio x Vasco

– Média de público da Arena na atual temporada:
25.843 (23.699 pagantes)

– Média de público do Grêmio como mandante no Brasileirão 2018:
23.719 (21.761 pagantes)

Gremio x Vasco
Fotos: Rafael Ribeiro (Vasco) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 2×1 Vasco

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura (Marinho  33’/2ºT), Paulo Miranda, Pedro Geromel e Bruno Cortez; Michel, Maicon (Matheus Henrique  24’/2ºT) e Cícero; Alisson (Jean Pyerre 13’/2ºT), Jael e Everton
Técnico: Renato Portaluppi

VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo (Lucas Kal 41’/2ºT), Henríquez, Ricardo Graça e Ramon; Willian Maranhão, Andrey, Marrony (Rildo  11’/2ºT) e Thiago Galhardo (Raul  33’/2ºT); Yago Pikachu e Maxi López
Técnico: Alberto Valentim

33ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 11 de novembro de 2018, Domingo, 17h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 22.622  (20.763 pagantes)
Renda: R$ 666.258,00
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (FIFA-SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Cartões Amarelos: Paulo Miranda, Marinho; Ricardo, Thiago Galhardo, Yago Pikachu, Lucas Kal
Gols:  Thiago Galhardo, aos 12 minutos e Jael, aos 19 minutos do 1º tempo; Matheus Henrique, aos 49 minutos do 2º tempo

Libertadores 2018 – Grêmio 1×2 River Plate

October 31, 2018

2018 river casa conmebol 2 gol
2018 ricardo giusti cp 2

A prudência recomendaria um pouco mais de espera para ter o devido distanciamento crítico, mas eu já arrisco em afirmar, no calor do momento mesmo, que esse jogo entrou para história como uma das eliminações mais doloridas  do Grêmio. E foi especialmente dolorido porque o tricolor esteve muito perto de chegar a sua sexta final de Libertadores (o que seria sua segunda decisão da competição em sequência).

Foi dolorido mas não foi injusto, porque o confronto foi decidido nos detalhes. Em Buenos Aires os “detalhes” penderam a favor do Grêmio. Em Porto Alegre, os “detalhes” penderam para o River.

O Grêmio mais uma vez adotou uma postura mais reativa, “abrindo mão” da posse de bola. E assim foi resistindo ao River no início do primeiro tempo, conseguindo até ampliar sua vantagem aos 35 minutos, com Leonardo Gomes apanhando um rebote de escanteio (ele praticamente fez o gol que deixou de fazer em Buenos Aires).

Na etapa final, o jogo parecia transcorrer mais ao feitio do tricolor. Everton, que entrara no lugar de Maicon (que esteve fora do seu padrão habitual), teve chance de liquidar a partida, mas o bom goleiro Armani conseguiu travar a conclusão do avante gremista. Quando faltavam menos de dez minutos para  o final, o River empatou o jogo, numa falta cobrada na área que Borré desviou para as redes. E aos 42, o juiz, com auxilio do VAR, marcou um pênalti de Bressan, que Pity Martinez converteu, classificando os visitantes.

Eu não marcaria o pênalti dado pelo árbitro Andrés Cunha. Vale lembrar que o texto da regra fala em “tocar deliberadamente a bola com as mãos“. Não acho que o toque foi deliberado (e me parece que o juiz desconsiderou o critério “a distância entre o jogador e a bola (bola inesperada)“). Mas é preciso reconhecer que a arbitragem mundial (como pode ser visto na Copa do Mundo) vem marcando pênalti em lances parecidos com esse.  O problema maior é a falta de critério, uma vez que, aparentemente, o VAR não foi acionado no toque de braço de Borré no gol de empate do River Plate.

Mas é bom lembrar que o Grêmio chegou bastante enfraquecido nessa semifinal. O time principal foi “preservado” inúmeras vezes ao longo da temporada e mesmo assim o grupo sofreu com lesões no momento decisivo. Luan não participou de nenhum dos jogos contra o River e Everton atuou em pouco mais de 30 minutos dos 180 do confronto. As contratações mais caras da temporada (André e Marinho) não deram nenhuma resposta. A discrepância (não só de qualidade, mas principalmente de característica) entre os zagueiros titulares e reservas do Grêmio era conhecida desde o ano passado e pouco se fez para corrigir isso. Enfim, é possível dizer que o Grêmio da semifinal de 2018 decaiu na comparação com o Grêmio da semifinal de 2017 (enquanto o nível dos adversários, ao menos em tradição, aumentou).

2018 river casa conmebol 1 gol2018 ricardo giusti cp

– Média de público do Grêmio na Libertadores 2018:
38.821 (36.250 pagantes)

– Média de público da Arena na atual temporada:
25.940 (23.788 pagantes)

– Média de público do Grêmio na história da Libertadores (90 jogos em casa):
32.049 torcedores

– Média de público em jogos de semifinal da Libertadores (7 jogos em casa):
41.747 (37.655 pagantes)

– Média de público do Grêmio em partidas de Libertadores na Arena (26 jogos):
37.873 (35.360 pagantes)

– Média de público do Grêmio em partidas de mata-mata pela Libertadores na Arena (11 jogos):
46.051 (43.287 pagantes)

2018 river casa dado moura globoesporte
Gremio vs River 30.10.2018 Foto Maxi FaillaFotos: Conmebol , Ricardo Giusti (Correio do Povo), Maxi Failla Olé e Eduardo Moura (GloboEsporte)

Grêmio 1×2 River Plate

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Leonardo, Geromel, Paulo Miranda (Bressan, 25’/2º) e Bruno Cortez; Michel e Maicon (Everton, 9’/2º); Ramiro, Cícero e Alisson; Jael (Thaciano, 40’/2º).
Técnico: Renato Portaluppi

RIVER PLATE: Armani; Montiel, Maidana, Pinola e Casco; Ponzio (Enzo Pérez, 23’/1º), Palacios, Quintero (Scocco, 17’/2º) e Nacho Fernández (Pity Martínez, int); Borré e Lucas Pratto.
Técnico: Marcelo Gallardo

Libertadores 2018 – Semifinal – jogo de volta
Data: 30 de outubro de 2018, terça-feira, 21h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 53.571 (49.893 pagantes)
Renda: R$ 4.477.119,50
Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai)
Asistentes: Nicolás Tarán y Richard Trinidad (Uruguai)
Quarto Árbitro: Jonathan Fuentes (Uruguai)
VAR: Leodan González (Uruguai)
AVAR 1: Esteban Ostojich (Uruguay)
AVAR 2: Mauricio Espinosa (Uruguai)
Cartões amarelos: Enzo Pérez, Pinola, Paulo Miranda, Cortez, Bressan, Cícero
Cartão vermelho: Bressan
Gols: Leonardo, aos 35 minutos do primeiro tempo; Borré, aos 36 e Pity Martínez (de pênalti), aos 49 minutos do segundo tempo.