Archive for the ‘Uniformes’ Category

Terceira Camisa 2021

September 15, 2021

https://i.imgur.com/XvtszFx.jpg

Eu gostei bastante dessa nova terceira camisa do Grêmio. A Umbro se valeu do seu valeu do seu losango/diamante para fazer uma espécie de mosaico/pixel art, tal qual já havia feito para Avaí e Chapecoense. Mas eu acho que a camisa gremista teve um resultado superior a dos catarinenses (e a camisa “se basta” sem ver toda a coleção ou fazer a relação entre Umbro=Diamante)

Gosto muito da gola e da distribuição das cores. Entendo que tenha achado a camisa meio “over” (talvez ficasse mais sutil com um contraste menor entre os tons de azul), mas acho que a função da terceira é justamente a de ousar e arriscar.

Esse uso dos losangos me fez lembrar um pouco das camisas feitas pela Nike para Inter de Milão em 2010/2011 (que eu gosto muito) e da atual temporada. Da mesma forma, esse estilo quase como se fosse um camuflado tem alguma semelhança com o que Adidas fez para a Seleção Japonesa para as Olimpíadas de Tóquio e para as camisas pré-jogo dos seus times europeus como Bayern e Real Madrid.  E a disposição das cores na camisa, por algum motivo, me remete as camisas do Betis de 1995/1997 e a do Athletico Bilbao 2004/2005.

Um detalhe que não me agrada é o escudo em duas cores. Não vejo muito sentido em tirar o preto do escudo quando o resto da camisa tem tons de preto. Acho que um escudo tradicional, com preto, branco e esse azul claro usada na camisa,  ficaria melhor.

Um problema que persiste nestes lançamentos da Umbro é que as versões feminina e infantil são vendidas com uma gola completamente diferente da camisa de jogo (o que, ao meu ver, é inaceitável).

Não vejo muita serventia em se fazer um outro calção preto para essa camisa. O calção titular combinaria perfeitamente.

https://i.imgur.com/imhBtei.jpg

https://s2.glbimg.com/ZgIkNZu0Mwnd2uI0CfcjlF6aCqI=/0x0:2048x1365/1008x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_bc8228b6673f488aa253bbcb03c80ec5/internal_photos/bs/2021/W/K/0wogIlTdO5XtHPoeko8w/51474782662-71a3161d72-k.jpg

 

 

https://i.imgur.com/cyrlmET.jpg

https://i.imgur.com/aDT3GuU.jpg

https://assets-mantosdofutebol.sfo2.digitaloceanspaces.com/wp-content/uploads/2021/09/Terceira-camisa-do-Gremio-2021-2022-Umbro-2.jpg

https://assets-mantosdofutebol.sfo2.digitaloceanspaces.com/wp-content/uploads/2021/09/Terceira-camisa-do-Gremio-2021-2022-Umbro-4.jpg

 — Foto: Umbro/Divulgação

 

 

Camisa Branca 2021

June 2, 2021

 

Minha opinião sobre essa camisa reserva do Grêmio de 2021 em duas palavras: Falta azul.

Nessa colagem de fotos acima, do jogo contra o Lanus, fica claro que de determinado ângulo parece que os atletas estão usando uma camisa (e um fardamento) toda branca.

Acho interessante a ideia das listras horizontais que vão diminuindo de tamanho conforme “sobem”.  Contudo, no caso dessa do Grêmio acho que a execução foi falha. Na colagem abaixo dá pra ver que essa é uma ideia que vem sendo usada por várias marcas nos últimos anos. Com exceção da camisa do FC Dallas, as demais tiveram um resultado final mais interessante do que a do Grêmio.

Na do Grêmio dá a impressão de que alguém começou a desenhar as listras e simplesmente parou quando foi avisado que precisava inserir o patrocínio do Banrisul, o logo da Umbro e o distintivo do Grêmio.

 

 

 

Acho que a camisa ganharia se as listras seguissem até em cima ou mesmo se aparecessem também em alguma das manga. Conforme simulação abaixo.

Uma outra alternativa seria de colocar o azul na gola e/ou punhos. Abaixo fiz essa simulação, bem como uma com a mesma gola da camisa titular.

 

Outra possibilidade seria de “alterar” apenas o calção ou as meias. Repetindo o mesmo padrão de listras nas demais peças (simulação abaixo).

 

 

A gola da camisa feminina segue sendo bem diferente da masculina. Sigo sem entender a razão disso.

Terceira Camisa 2020

October 8, 2020

O Grêmio finalmente estreou sua nova terceira camisa, lançada oficialmente na fatídica live do dia 15 de setembro.

Acho que ela é, disparada, a melhor camisa do Grêmio nessa temporada. Contudo eu tenho algumas ressalvas a ela.

Pro meu gosto, a camisa ficaria melhor num tom de azul um pouco mais clara e/ou um pouco mais vivo (com mais brilho).

Acho que a melhor combinação para camisa celeste é feita com meias  e calções pretos, mas entendo a opção que se fez pelo azul marinho. Contudo, poderiam (deveriam) ter utilizado o mesmo tom de azul marinho em todas as peças.

Por razões de ordem históricas como também estética eu defendo que o Grêmio deveria sempre ter uma meia azul celeste disponível como alternativa. Parece que isso novamente não ocorrerá nesta temporada.

Me agrada a idéia de utilizar um distintivo antigo. Mas acho mais legal quando há uma razão para isso. A escolha pelo símbolo de 1922 parece um tanto aleatória (sem falar em novamente acrescer um elemento dourado na camisa do Grêmio, o que parece ser uma obsessão dos fornecedores de material esportivo). Ademais o uso de escudos “retrô” parece ser mais uma iniciativa institucional da Umbro do que do clube.

Assim como na camisa tricolor de 2020 a camisa de jogo feminina tem a mesma gola do modelo de jogo masculino, porém a versão de “torcedora” e o kit infantil tem uma gola distinta das demais camisas.

Aliás, na camisa infantil foi retirado o patrocínio do Banrisul e ela não possui a listra azul marinho acima do distintivo. É um peça demasiadamente diferente da camisa usada pelos jogadores (o que, ao meu ver, é um erro).

Por último, é muito estranha a forma como a venda dessa camisa vem sendo feita no site da GrêmioMania. Desde o lançamento muitas pessoas relatam dificuldade na compra. Ontem, no momento em que o fardamento estava sendo estreado, a venda estava indisponível no site. Quero acreditar que isso se deve a um mero erro de cálculo e planejamento, e  que não seja uma escassez artificial pensada para criar uma demanda reprimida.

 

 

 

 

 

 

 

Como ficaria a camisa do Grêmio no modelo usado pela Umbro no Fluminense?

May 29, 2020

Sendo o Fluminense o outro clube tricolor da Umbro no Brasil a comparação seria inevitável. E acredito que a camisa titular dos cariocas ficou muito melhor resolvida do que a do Grêmio. A começar, obviamente, pela gola, mas também pela proporção das listras e pela aplicação da marca d´água (muito mais suave na do Fluminense).

Diante disso eu resolvi fazer uma simulação de como ficaria a camisa do Grêmio caso a Umbro usasse o mesmo modelo/template do Fluminense

Me pareceu que a opção com a listra preta centralizada ficou mais interessante.

Abaixo na versão “desenhada”. Aqui igualmente me pareceu que a versão com a listra preta centralizada ficou melhor.

Simulações com base no kit para FM disponibilizado aqui:  https://sortitoutsi.net/content/177/ss09-13-template-thread?page=24#comment_571280

Camisa Branca 2019

December 20, 2019

branca anuncio

branca costasbranca detalhe

Nessa camisa a Umbro tentou pouco. No único elemento que arriscou, a fornecedora errou.

Falo do escudo monocromático, ideia que até pode gerar resultados interessantes. Mas no caso em questão toda a aposta no tom de azul do distintivo foi ignorada quando se aplicou o patrocínio do Banrisul em preto. Não vejo muito sentido em retirar essa cor do símbolo do Grêmio para manter ela no patrocinador.

Acho que todo o conjunto ficaria mais harmonioso na hipótese do patrocinador ser estampado no mesmo tom de azul dos demais elementos da camisa (inclusive fiz algumas simulações nas imagens abaixo.

Copia azul consorcioD21-3412-044_zoom1 - Copia azul vero2
Assim como acontece com a camisa titular, a versão feminina possui uma gola diferente da versão masculina.

E o kit infantil foi vendido com um calção azul, que nunca foi usado pelo time principal (somente pela equipe feminina)
camisa_umbro_gremio_ii_2019_feminina_60999_1_20190503092956branca infantil

Camisa Tricolor 2019

July 10, 2019

camisa guia

Apesar de ter uma predileção por camisas com gola polo, eu confesso não ter gostado da camisa tricolor de 2019. Achei que ela ficou mal resolvida. A gola em si parece carecer de um maior capricho.  Não gostei também da distribuição das listras. A listra branca está muito estreita (ver mais sobre isso no final do post), enquanto a listra preta dos ombros/manga.

Sigo não gostando muito dos excessos de dourado no fardamento. Essa é quinta camisa tricolor que a Umbro fez pro Grêmio. A terceira com o logo da Umbro em dourado.

Vejo também um problema de “diagramação”. O patrocínio do Banrisul é demasiadamente largo. Começa antes do logo da Umbro e só termina depois do distintivo do Grêmio. A Umbro não faz isso em todos os seus times. E o Banrisul não tem essa dimensão exagerada na camisa do co-irmão (um indicativo de que não deve ser uma exigência contratual)

No geral fica a sensação de que o primeiro esboço acabou virando o produto final, sem nenhum ajuste ou polimento.

Confesso não ter entendido por que a camisa versão de torcedor não tem patrocínio nas costas (faria mais sentido uma versão sem nenhum patrocínio).

Igualmente não entendi por que a camisa feminina tem uma gola completamente diferente da camisa masculina. Uma justificativa plausível seria de que o modelo diferente é do da equipe feminina do clube, mas as atletas gremistas usam o mesmo modelo com gola polo e botões da equipe masculina. O posicionamento da Umbro sobre essa questão é apenas um conjunto de respostas evasivas. E a gola diferente também se verifica no kit infantil.

Nas camisas clássicas, na média, a listras preta e azul costumam ser quatro vezes maior que a listra branca.

A Umbro costuma usar outra proporção (conforme gráfico abaixo) nas suas criações:

compara 2016 2019 b

 

–  Na camisa de 2015 a listra preta e a listra azul eram 3,6 vezes maiores que a listra branca.

– Na camisa de 2016 a listra preta era 5,8 vezes maior que a listra branca, enquanto a listra azul era 6 vezes maior que a listra branca.

– Na camisa de 2017, a listra preta e a listra azul eram 5,7 vezes maiores que a listra branca.

– Na camisa de 2018, a listra preta e a listra azul eram 4,1 vezes maiores que a listra branca.

– Na camisa de 2019 a listra preta é 8,7 vezes maior que a listra branca, enquanto a listra azul é 9,7 vezes maior que a listra branca.

Combinações de uniforme usados em jogos de Libertadores

March 6, 2019

89fd1-renato2b2x12bestudiantes

Até hoje, o Grêmio fez 181 partidas pela Libertadores (90 em casa, 90 fora e 1 em campo neutro, num jogo desempate contra o Flamengo no Pacaembu em 1984)

Eu fiz um levantamento dos uniformes usados nessas 181 partidas. Separando por peça os dados são os seguintes

CAMISAS:
– Tricolor: usada em 149 ocasiões (82,32%)
– Branca: usada em 16 ocasiões (8,84%)
– Azul: usada em 14 ocasiões (7,73%)
– Preta: usada em 2 ocasiões (1,11%)

CALÇÕES:
– Preto: usado em 139 ocasiões (76,8%)
– Branco: usado em 34 ocasiões (18,78%)
– Azul: usado em 8 ocasiões (4,42%)

MEIAS
– Branca: usada em 127 ocasiões (70,16%)
– Azul: usada em 27 ocasiões (14,92%)
– Preta: usada em 27 ocasiões (14,92%)

Nas combinações, a mais usada, por óbvio, foi a tradicional (camisa tricolor, calção preto e meia branca) em 94 jogos (51%). Na sequência a combinação com camisa tricolor e calções e meias pretos com 18 jogos (9,94%) e camisa tricolor com calções e meias brancos, com 17 jogos (9,39%).

seu verardi

Estava lendo o livro Seu Verardi e o Grêmio: Uma História de Amor” e me deparei com o trecho acima, no qual o Seu Verardi afirma que o Grêmio usou a camisa tricolor com calção branco e meia azul nas finais contra o Peñarol em 1983 (afirmativa que ele repete num trecho mais adiante). Creio que houve um problema de revisão no livro, visto que o Grêmio só foi usar meia azul na Libertadores de 1997, sendo que a combinação usada em Tóquio só foi ser vista num jogo de Libertadores no confronto com o Guarani em Assunção, nas oitavas de final da edição daquele ano. Nas finais de 1983 o Grêmio repetiu a combinação já usada anteriormente contra o Estudiantes, com camisa tricolor, calções e meias brancos.

Como última curiosidade vale lembrar que em 3 ocasiões o Grêmio usou camisa reserva em jogos disputados em Porto Alegre: Nos jogos contra Oriente Petrolero e 12 de Octubre em 2002 e contra o Deportes Iquique em 2017.

oriente Libertadores 2002 gaucha zh

Foto: GauchaZH

oriente Libertadores 2002 gaucha zh fb

oriente Libertadores 2002 gaucha zh rm

oriente Libertadores 2002 gaucha zh roger

oriente Libertadores 2002 cp

Foto: Ricardo Giusti (Correio do Povo)

Marca d´água da Camisa de 1993 – Hibernian 1989

October 10, 2018

 

No início do ano, ao tentar recriar um uniformes clássicos do Grêmio para o Pro Evolution Soccer, eu acabei observando com mais atenção a marca d´água do que a Penalty usou nas camisas (titular e reserva) de 1993.

Se fosse me guiar exclusivamente pela memória, eu diria que o desenho dessa marca d´água é o logo da Penalty repetido em diversas orientações. Todavia, isolando ele (imagem acima, a direita) vemos que não é o caso.

E para minha surpresa, essa marca d´água não é uma criação da Penalty, uma vez que já havia sido usada pela Adidas na camisa da temporada de 1989 do Hibernian, da Escócia (fotos abaixo).

hibernian steve archibaldadidas_1989_90_hibernian_match_worn_uefa_cup_home_shirt_collins_a

Camisa Preta 2015

December 6, 2015

 Eu já disse antes que não entendi muito bem o porque do lançamento dessa quarta camisa no penúltimo jogo da temporada. Acho que essa questão poderia ser mais claramente regulada pelo Grêmio, seguindo o modelo dos clubes ingleses (O Arsenal, por exemplo, garante que lançará no máximo 3 camisas por ano, e que elas serão usadas por uma temporada)
A camisa em si não me pareceu ter nada especial. Muito parecida com os modelos já usados pela Chapecoense em 2015 (listras fininhas no tronco e mangas “lisas”).
Quanto a parte das costas da camisa, repito a crítica que fiz em 2013: Todas as camisas pretas de jogo que o Grêmio já teve usaram o Banrisul em branco, seguido do número em azul e Tramontina em branco logo abaixo (ver imagem abaixo). Creio que uma certa variação seria bem vinda. 

Camisas 2014 – Tricolor e Branca

May 4, 2014

Creio que seja mais fácil começar pelas coisas que gostei/entendi desse lançamento da coleção 2014 das camisas do Grêmio. Achei bem legal a ideia de fazer o desfile de apresentação na Arena em um dia de jogo. Isso não só prestigia quem costuma ir a campo como também valoriza a esplanada do estádio, que é um espaço pra lá de subaproveitada.
De resto é difícil entender algumas questões que envolvem esse tema do material de esportivo:
– Por que a coleção da temporada é lançada somente no final de abril?
– Por que se espera a segunda rodada do brasileirão para estrear a camisa titular?
– Por que se divulga o lançamento de produtos que ainda não estão disponíveis pra venda, como a camisa branca o os fardamentos de treino?
– A tal da “venda no escuro” precisa ser repetida em todos os anos?
– Por que não é ofertada a camisa feminina na pré-venda de modo a atingir também as sócias?

Além disso, sou cada vez mais contrário a essa ideia de ter uma camisa titular para a Libertadores e outra para as demais competições. Creio que a camisa tricolor mereça alguma pompa, e me parece que o mais correto seria que ela fosse a mesma do primeiro ao último jogo da temporada. Do modo como é feito hoje o Grêmio chegar a usar três camisas tricolores num mesmo ano. Sem falar no fato de que lança uma camisa em fevereiro e outra em abril.
 

Não gostei muito da camisa tricolor. Acho que as listras brancas ficaram excessivamente finas. Se somar isso ao fato de que o Banrisul na frente esteja em preto, assim como os punhos e boa parte da gola, deixa o conjunto do fardamento com um excesso de tons negros.
Não gostei muito do detalhe em azul na parte da frente da gola, parece que o azul da listra “vazou” para lá. Acho que a ideia de usar preto no restante gola e nos punhos até poderia ser uma diferença interessante aos modelos anteriores, mas acabou remetendo um pouco ao uniforme de 2008. E acho que poderiam ter usado uma fonte nova para os números, visto que já terceira camisa titular com essa mesma fonte.
No site do Grêmio se afirma que o “modelo é inspirado no ano de 1928“. Por óbvio que o conceito de “inspirado” pode ser muito relativizado, mas acho que se a ideia era lembrar o primeiro fardamento tricolor a Topper poderia ter pensado num modelo com gola branca ou mesmo com cordão junto a gola (tal como fez a Uhlsport no Munchen 1860 ou a Puma para a seleção uruguaia)
Eu gostei bem mais da camisa branca. Gostei desse grafismo, me remete aos uniformes dos anos 90. Só acho que ele poderia seguir na parte de trás da camiseta, que mais uma vez acaba ficando um pouco sem graça. E esse desenho me lembrou mais da camisa branca de 1996 do que dos  “grafismos étnicos dos tradicionais Pampas gaúchosanunciados pela Topper.

Achei legais o restante da coleção, especialmente da camisa de goleiro, com essas listras em diversos tons de azul e outra em diversos tons de amarelo. Uma pena que ainda não estejam a venda.