Archive for the ‘Ypiranga’ Category

Gauchão 2022 – Grêmio 2×1 Ypiranga

April 3, 2022

https://i.imgur.com/6DykYHO.jpg

O Grêmio ganhou o jogo em dois lances de bola parada. Vale lembrar que também foi através da bola parada que a vitória contra o Ypiranga, no final do primeiro turno, começou a se desenhar.

– Média de público do Grêmio no Gauchão 2022:
16.229 (15.093 pagantes)

Essa foi a quinta final de Gauchão (com torcida) que o Grêmio fez na Arena. Média de público nesses cinco jogos é de 42.783 (40.138 pagantes)

E de 1990 pra cá o Grêmio fez 17 jogos de final de Gauchão em seu estádio com torcida liberada. A média de público nestas 17 partidas é de 36.041 pagantes.

https://i.imgur.com/nFwxOTb.jpg

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Thiago Santos, 49’/2ºT) e Bitello (Benítez, 49’/2ºT); Campaz (Janderson, 35’/2ºT), Elias (Churín, 35’/2ºT) e Ferreira (Gabriel Silva, 38’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

YPIRANGA: Edson; Gedeílson, Carlos Alexandre, Bruno Bispo e Diego Porfírio; Lorran (Robson, 18/2ºT, depois Jefferson, 35’/2ºT) e Falcão; Matheus Santos Gabriel Rossetto, 35’/2ºT), Marcelinho (Cesinha, Intervalo) e Erick; Hugo Almeida (Rodrigo Carioca, 13’/2ºT)
Técnico: Luizinho Vieira

Data: 02 de abril, sábado às 16h30min.
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS).
Público: 43.689 torcedores
Renda: R$ 3.244.443,00
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Tiago Augusto Kappes Diel
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Ferreira (Grêmio) Diego Porfírio, Rodrigo Carioca e Falcão (Ypiranga)
Gols: Bruno Alves, aos 45 minutos do 1º tempo; Rodrigues, aos 29 minutos e Erick, aos 33 minutos do 2º tempo

Gauchão 1977 – Grêmio 3×1 Ypiranga

April 1, 2022
https://64.media.tumblr.com/c2c86662a8cb54a26579fa1d1478a6ee/53aed4c5ca3d381d-f2/s1280x1920/a7ca69af18edada0c0ce0eb1b31a3ed044d5ea11.jpg

Foto: Zero Hora

No Gauchão de 77, Grêmio e Ypiranga também se enfrentaram no final de março/início de abril. Mas naquela ocasião as equipes se enfrentaram somente uma vez pelo estadual,  em jogo disputado no Olímpico, com vitória gremista por 3 a 1.

É interessante notar as diferenças do Gauchão de 1977 para o de 2022. Naquela temporada o Grêmio fez 34 jogos na campanha do título. Já o Ypiranga foi rebaixado, numa campanha com os mesmo 15 jogos que irá fazer neste ano.

Mas nada disso é mais interessante do que essa história do jogador Clóvis tentando assinar a súmula como atleta e como médico.

https://64.media.tumblr.com/dea6d27752911225ac848e2ae3f9bc9d/53aed4c5ca3d381d-2d/s1280x1920/a1fdb881e53b8a8ec7e0477ad3b3a773f32ba592.jpg

Foto: Zero Hora

 

OBERDAN COMEÇA MAL E ACABA COMO O HERÓI DO JOGO

Quem esperava uma retranca do lpiranga, se enganou.  O treinador João Alberto tentou fechar os espaços e até conseguiu empatar. Mas Telê Santana conseguiu evitar o nervosismo e o time acabou fazendo 3 a 1. Foi a volta do futebol solidário e competitivo do Grêmio.

 

Pressão

Por jogar em seu estádio, com a torcida a seu favor e muito confiante o Grêmio começou atacando. A movimentação do ataque era boa, com destaque para Zequinha que entrava pelo meia carregando o marcador e abrindo espaços. Os zagueiros lambem davam muito apoio e de vez em quando, só Vítor Hugo e Tadeu ficavam recuados, à espera de qualquer reação do Ipiranga. A defesa do adversaria era fraca. Jorge e Mujica falhavam em lances sérios e deixavam o goleiro Dilon em apuros. O Grêmio parecia querer massacrar, mas o gol não saia.

A partir de determinado momento do primeiro tempo lá pelos sete minutos o Ipiranga tentou marcar por pressão. Tirou os espaços para o Grêmio sair jogando, cercou o ataque e o meio-campo e não havia jeito da bola ser lançada para a frente. Ai começaram a aparecer algumas falhas do Grêmio. Oberdan tinha trabalho para segurar o lateral direito João Carlos, que forçava jogadas mais pelo meio e a torcida ficou pensando que o Ipiranga poderia complicar uma partida que tinha tudo para ser uma vitória.

Aos dez minutos do primeiro tempo, Zequinha fez 1 a 0. Ele estava com a bola, fora da área. Iura chegou a correr para se colocar, a defesa do Ipiranga também se preparou. O ponteiro direito preferiu dar por cobertura, a bola saiu alta o goleiro Dilon não conseguiu defender.

 Estava tudo pronto para uma goleada, mas o Ipiranga insistia nas jogadas por pressão e conseguia em alguns minutos dar trabalho à defesa do Grêmio. Apesar de não entrar na área, o time de Erexim sempre tentava chutar ou aproveitar as jogadas do ponteiro direito João Carlos com muita velocidade, ele criava algumas jogadas de perigo. Aos 26 minutos, houve uma falha de Oberdan e o Ipiranga empatou. O zagueiro atrasou mal a bola tocou mais para o meio da goleira e Remi se jogou para a direita. O centroavante Lambari entrou e chutou para o empate.

O Grêmio então se afobou, tentando de qualquer forma o gol de desempate. Houve muitos escanteios, faltas perto da área (o zagueiro Mujica salvou um gol feito, cabeceando na linha de gol) mas o Grêmio não marcava. O Ipiranga se fechava, utilizando uma retranca bem armada e a agonia do empate começava a dar trabalho ao Grêmio. Todo time ia a frente, buscando marcar e os jogadores do Ipiranga aliavam as jogadas de qualquer forma. Aos 44 minutos, Tarciso chutou uma bola na trave esquerda e a defesa do adversário teve muito trabalho para evitar o gol de desempate O primeiro tempo terminou com uma agonia para a torcida gremista a vitória não vinha. o Ipiranga forçava a marcação por pressão e o Grêmio não parecia tranquilo.

 

A vitória

A agonia terminou aos quatro minutos do segundo tempo. Ladinho deu apoio ao ataque e perto da área, cruzou forte. Oberdan que vinha pelo meio, como centroavante e marcou 2 a 1 para o Grêmio. Ele havia entregado um gol para o adversário e agora se recuperava O Ipiranga, que tentara no primeiro tempo marcar por pressão, já não corria tanto em campo. O Grêmio começava a dominar a partida, correndo muito, criando mais situações de perigo e abafando a defesa do Ipiranga. A meia-cancha gremista dominava a situação.

 Oberdan marcou mais um gol, aos 15 minutos, Desta vez foi o lateral Eurico quem fez o cruzamento para a área. Na bola alta, Oberdan entrou de cabeça, o goleiro Dilon não alcançou e o Grêmio fez 3 a 1. Os dois gols de Oberdan e as cruzadas dos laterais que foram para o ataque, provaram que o time de Telê Santana está funcionando de verdade. O futebol solidário, de que tanto se falava a e do qual se teve uma amostra na partida contra o Cruzeiro voltava no olímpico com um time calmo.

 As chances de gol iam se seguindo. Aos 27, Iura quase marcou, depois de um lançamento do lateral Eurico. O Grêmio dominava o Ipiranga jogando pelas pontas, com os laterais apoiando e a meia-cancha controlando o adversário. Aos 35 minutos, Oberdan saiu sentindo câimbras. Mas o Grêmio não parava de atacar, forçando a defesa do Ipiranga, que, sem fôlego, se fechava na retranca tentando evitar mais gols. A movimentação dos jogadores gremistas era boa, havia aproximação dos laterais com os ponteiros, a zaga ia do ataque quando havia alguém colocado na cobertura e a meia-cancha se entendia bem com o ataque Era o domínio de campo e da bola, uma vitória bem construída.

O Ipiranga fechou os espaços, enquanto teve pernas. Mas faltou preparo físico, coisa que o Grêmio tem de sobra e a vitória veio ao natural. No fim do primeiro tempo, parecia que o Ipiranga ia complicar a partida, marcando por pressão e tirando as chances do Grêmio sair com a bola. Com os 3 a 1, a torcida respirou aliviada. Telê sabe que até domingo terá de corrigir alguns detalhes de atenção da zaga,  especialmente Oberdan, que falhou no gol do Ipiranga. Mas domingo que vem o time tem novidade: o goleiro Corbo.” (Zero Hora, sexta-feira, 1º de abril de 1977)

https://pbs.twimg.com/media/FPWSk9hXMAMYrr7?format=jpg

CLÓVIS CRIA CONFUSÃO NO ANTIDOPING

O funcionário da FGF Vilmário Rosa, ficou surpreso quando o meia-cancha Clóvis Stainissuski do Ipiranga se apresentou como médico do clube e se prontificou a assinar a relação dos relação dos medicamentos para efeito do exame antidoping. A relação entregue a Vilmario Rosa indicava que o jogador João Carlos havia tomado sal de frutas e os demais tinham tomado café antes de entrar em campo. Mas o médico da FGF – Ênio Rosa – desconfiado de que Clóvis não estava habilitado, solicitou do jogador que ele apresentasse o número do seu registro (CRM) Clóvis mostrou apenas o CPF e agora o Ipiranga vai ter que comparecer no TJD para explicar porque o jogador mentiu ao representante da FGF e se apresentou como o médico do clube.

Assim, o Ipiranga será responsabilizado duas vezes: a equipe se atrasou para entrar em campo e por tentar iludir os representantes da FGF. Segundo informações, no caso do jogador Clovis, será também responsabilizado o supervisor Vitor Bertisselli que teria induzido o meia-cancha a mentir, já que na delegação do Ipiranga não havia médico, contrariando urna das exigências da FIFA.

Ainda no primeiro tempo, o goleiro Odilon levou um chute sem bola de Ladinho. E como apenas o massagista estava cuidando do jogador os responsáveis pela FGF mandaram que o médico Anderlei Antonelli do Grêmio fosse até ao gol para recuperar o goleiro do Ipiranga. O estranho e que o “médico” Clovis em vez de atender seu companheiro, preferiu ficar no meio do campo vendo o massagista da sua equipe trabalhar sozinho. Clovis tinha assinado a súmula corno jogador e como medico e agora terá que explicar porque tentou enganar a mesa da FGF.” (Zero Hora, sexta-feira, 1º de abril de 1977)

 

 

https://64.media.tumblr.com/247a12e5d0eb245ee37a08a64c4f637a/53aed4c5ca3d381d-28/s1280x1920/edd0f3e157917883ff7a1abbb73e3d36ac656267.jpg

 

GRÊMIO: Remi; Eurico, Ancheta, Oberdan (Vilson) e Ladinho; Vítor Hugo, Tadeu e Iúra,  Zequinha,  Tarciso e Éder Aleixo
Técnico: Telê Santana

YPIRANGA: Dilon; Joubert, Jorge, Mujica e Cito; Clóvis, Éderson e Paulo Roberto; João Carlos, Lambari e Fernando Rebelo (Paulo Taborda)

Renda:Cr$ 185.650,00
Arbitro: Luis Guaranha
Auxiliares:  Olinto Preussler e  Herminio Goulart

Gauchão 2022 – Final – Ypiranga 0x1 Grêmio

March 28, 2022
https://i.imgur.com/ZnnKr4N.jpg

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

https://i.imgur.com/DcK82oU.png

Foto: Matheus Pé (FGF)

Pela forma como aconteceu, com o gol marcado no final, deu até um pouco de pena do Ypiranga, que conseguiu se recuperar na segunda etapa depois de ser dominado no primeiro tempo. Mas o pênalti em Churin foi claríssimo.

Roger parece ter encontrado uma forma de jogar. Mas esse esquema ainda precisará de alguns ajustes. Alguns jogadores, como o Elias, estão sendo exigidos em demasia.

https://i.imgur.com/Syh5wDz.jpg

Foto: Ypiranga FC

 

https://i.imgur.com/HJWV991.png

YPIRANGA: Edson; Gedeílson (Guilherme Amorim, 34’/2ºT), Carlos Alexandre, Bispo e Diego Porfirio; Lorran (Robson, intervalo), Falcão, Luiz Felipe (Cesinha, Intervalo), Marcelinho (Jefferson, 38’/2ºT) e Erick; Hugo Almeida (Gabriel Rossetto, 47’/2ºT)
Técnico: Luizinho Vieira

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva, Bitello (Vini Paulista, 34’/2ºT), Elias (Janderson, 24’/2ºT) e Campaz (Gabriel Silva, 24’/2ºT); Diego Souza (Diego Churín, 34’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

Data: 26 de março de 2022, sábado, 16h30min
Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, RS
Árbitro: Anderson Daronco
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Maíra Mastella Moreira
VAR: Bráulio da Silva Machado
Cartões amarelos: Bispo, Gabriel Rossetto e Edson; Bitello e Geromel
Gols: Lucas Silva (de pênalti) aos 47 minutos do 2º tempo

Gauchão 1975 – Ypiranga 0x0 Grêmio

March 25, 2022
https://64.media.tumblr.com/742e3a3ba8f3cd1af3e528677558522b/aedbce66c3e3a1ca-94/s1280x1920/0658c4be4b9fb8f02e43abab2f167baf57a3264b.jpg

Foto: Correio do Povo

No Gauchão de 1975, Ypiranga e Grêmio empataram sem gols no Colosso da Lagoa, em partida do 1º turno da fase final. Naquele ano Grêmio e Inter não disputaram a primeira fase da competição.

Acho difícil existir uma defesa do Grêmio com nomes mais estilosos do que Picasso, Vilson Cavalo, Beto Fuscão, Beto Bacamarte e Jorge Tabajara.

 

https://64.media.tumblr.com/29a1a2a1b794e6105cc6a791df908096/aedbce66c3e3a1ca-eb/s1280x1920/eb6078574dfecf9a60194ea4cdf51938917cb093.jpg

“IPIRANGA NÃO DEIXOU O GRÊMIO JOGAR. ESQUEMA DE EDGAR DEU RESULTADO

Jogando sua pior partida neste campeonato, o Grêmio não passou de um empate m zero em Erechim, diante do Ipiranga. E desta feita os tricolores não criaram uma só situação de golo ao longo dos noventa minutos. O técnico Edgar Ferreira, do Ipiranga, armou um bom esquema defensivo, que também teve seus momentos ofensivos, criando duas situações de perigo para a meta de Picasso, sem falar no gol anulado, aos cinco minutos de jogo

PRIMEIRO TEMPO

Encontrando um Grêmio numa tarde de pouca inspiração, o Ipiranga foi melhor em campo nos primeiros 20 minutos de jogo. Foi um time bem posicionado, que procurou com harmonia e criação de jogadas de ataque e também chutes a golo. Aos 5 minutos o meia-cancha Evonir armou um jogada pela direita, lançando Ênio Fontana pelo meio. O goleador do Ipiranga recebeu na entrada da grande área, chutou sem muita força, a bola passou sobre o corpo de Picasso, indo para as redes. A torcida vibrou, mas o juiz da partida, acertadamente, anulou a jogada, porque quando Ênio Fontana recebeu a bola em impedimento e o auxiliar de arbitragem já havia assinalado a posição ilegal. Foi apenas um susto para a torcida gremista, que começou a sentir que a equipe não estava bem. Neste primeiro tempo Tarciso arrematou uma bola contra a meta de Valdir e Nenê, na cobrança de uma falta de fora da área, chutou no canto sem muito perigo, mas que, a rigor, foi a única oportunidade em que o Grêmio esteve mais perto de marcar. Depois dos 20 minutos, o lpiranga recuou em campo, conseguindo, entretanto, até o final dos primeiros 45 minutos, criar mais duas ou três jogadas, desfeitas na entrada da área gremista.

SEGUNDO TEMPO

Sem ritmo e sem explosão, como aconteceu no primeiro tempo da partida contra o São José, o Grêmio só conseguiu chutar uma bola contra a meta de Valdir, no segundo tempo, aos 22 minutos. Cacau recebeu uma bola fora da grande área e arrematou fraco, para uma defesa difícil de Valdir. Apenas Nenê, no ataque, corria com disposição e tentava a armação das jogadas pela esquerda, mas sempre com dificuldades, em virtude da marcação de dois adversários e por não haver ninguém para receber suas cruzadas na área.

Beto Fuscão na defesa, Cacau e lura na meia-cancha e Nenê no ataque foram os jogadores gremistas que mereceram algum destaque na partida. Os demais mostraram-se apáticos e nada fizeram para que o Grêmio conseguisse um resultado melhor do que o zero a zero.

O Ipiranga, que levou apenas 10 golos ao longo do campeonato, sendo que 6 aconteceram na primeira rodada, quando foi goleado pelo Internacional no Gigante da Beira-Rio, confirmou ter uma defensiva excelente, em condições de levar a equipe até as finais. Com o empate de domingo, o Ipiranga chegou a uma invencibilidade de nove partidas.” (Correio do Povo, terça-feira, 10 de junho de 1975)

https://64.media.tumblr.com/1607ec0be97d31c07ccb8bc2cfd190ed/aedbce66c3e3a1ca-6a/s1280x1920/fced16d108f4e29f80a00e0c5f83262ef3f106fb.jpg

Ypiranga 0x0 Grêmio

YPIRANGA: Valdir; Joubert, Mujica, Cuca e Cláudio; Paulo Ferro, Evonir e Clóvis; Luisinho, Ênio Fontana e Tonho
Técnico: Edgar Ferreira

GRÊMIO Picasso; Vilson, Beto Bacamarte, Beto Fuscão e Jorge Tabajara; Cacau, Iúra (Luis Carlos) e Neca; Zequinha, Tarciso e Nenê
Técnico: Ênio Andrade

Gauchão 1975 – Fase Final – 1º Turno -12ª Rodada
Data: 08 de junho de 1975, domingo
Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, RS
Renda: Cr$ 154.000,00
Árbitro: Rui Canedo
Auxiliares: Pedro Ivo Reis e Luis Carlos Tiburski

Gauchão 2022 – Grêmio 2×0 Ypiranga

March 13, 2022

https://i.imgur.com/z4p5CNs.jpg

Achei interessante uma resposta do Roger na coletiva, na qual ele praticamente confirmou que o escalou o time num 4-4-1-1. Me parece ser a melhor maneira de aproveitar o Campaz. E hoje o colombiano precisa ser titular desse time. A vitória em cima do Ypiranga começou/passou por ele.

– Média de público do Grêmio em 2022:
8.684 (7.835 pagantes)

https://i.imgur.com/kHHVZFf.jpg

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)

https://i.imgur.com/HJWV991.png

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti e Bitello (Lucas Silva, 34’/2ºT); Janderson (Rildo, 10’/2ºT), Campaz (Vini Paulista, 34’/2ºT) e Gabriel Silva (Benítez, 27’/2ºT); Elias
Técnico: Roger Machado.

YPIRANGA: Edson; Gedeílson (Guilherme Amorim, intervalo), Carlos Alexandre, Bispo e Diego Porfirio (Marcão, 38’/1ºT); Lorran (Jefferson. 17’/2ºT), Robson e John Lennon (Windson, 27’/2ºT); Erick, Matheus Santos (Marcelinho 17’/2ºT) e Hugo Almeida
Técnico:
Luizinho Vieira

11ª Rodada – Gauchão 2022
Data: 12 de março de 2022, sábado, 16h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS
Público: 8.403 (7.625 pagantes)
Renda: R$ 241.330,00
Árbitro: Erico Andrade de Carvalho
Assistentes: Artur Avelino Birk Preissler e Otávio Legramanti
Cartões amarelos: Lorran, Allan e Amorim ); Villasanti (G)
Cartão vermelho: Jefferson
Gols: Campaz aos 25 minutos do primeiro tempo. Bitello aos 18 minutos do segundo tempo.

Gauchão 1992 – Grêmio 3×1 Ypiranga

March 12, 2022
https://64.media.tumblr.com/4a62713aba5a0a1cf91a1ffb2c1028b4/tumblr_m6hj0sCPDv1rxrwn5o1_r1_1280.jpg

Foto: Ricardo Chaves (Zero Hora)

No Gauchão de 1992, o Grêmio enfrentou o Ypiranga no Olímpico, pelo primeiro turno da primeira fase.

Tirando o fato do Grêmio  estar usando uma equipe reserva, eu não encontrei nenhum explicação para o fato do time ter usado o fardamento branco nessa partida

https://64.media.tumblr.com/c51153263de258c631a43f7327263b06/tumblr_mg1uu1e00C1rxrwn5o1_1280.jpg

Foto: José Doval (Zero Hora)

 

VITÓRIA GARANTE INVENCIBILIDADE

Com uma boa atuação apenas no segundo tempo, o Grêmio derrotou o Ypiranga, sábado à tarde, no Estádio Olímpico, pela sétima rodada do campeonato gaúcho. A equipe do técnico Ernesto Guedes completou 20 partidas invicta e, até a quarta-feira volta as suas preocupações apenas para o segundo jogo das semifinais da Taça Conmebol, quando enfrenta o Nacional, do Equador, em Quito.

Com um time reserva e desentrosado, o Grêmio fez um primeiro tempo de má qualidade, tanto que voltou ao vestiário derrotado por 1 a 0, gol de Sérgio Oliveira aos 16 minutos, aproveitando uma falha da defesa. Na etapa final, com o crescimento do estreante Jairo Lenzi, a equipe também subiu de produção, a ponto de virar o placar através de Marquinhos (meia emprestado pelo Ypiranga e que também fez sua primeira partida no Grêmio), aos oito minutos; com Lenzi, aos 17, de pênalti; e Marcos Severo, aos 40.” (Zero Hora, segunda-feira, 24 de agosto de 1992)

 

https://64.media.tumblr.com/545c53857af7a1ca4165456817716fe9/011da1383cc4b055-c9/s1280x1920/19e41aaf090e13978ad98fbdbe5ca1a312d896d5.jpg

https://64.media.tumblr.com/f0ba2fc9018635db3f17023bdb4ff82d/011da1383cc4b055-ff/s1280x1920/e9e9f51739da99079c01dcc374ad7c0b84ee3019.jpg

Foto: Ronaldo Bernardi (Zero Hora)

https://64.media.tumblr.com/7936a4cefc53dede10245059036234be/011da1383cc4b055-0c/s1280x1920/77c5b86be55466fcbf75eae9bd9f30194ebb380e.jpg

Foto: Ronaldo Bernardi (Zero Hora)

 

GRÊMIO: Ademir Maria; Leandro, João Marcelo, Édson Mariano e Xará; Grotto, Marquinhos (Carlos Miguel) e Mabilia (Daniel); Carlinhos, Marcos Severo e Jairo Lenzi.
Técnico: Ernesto Guedes

YPIRANGA: Casagrande: Maurício, Márcio Paraná, Menezes e índio; CarlosRo-berto, Sérgio Oliveira, Fraga e Toti (João Carlos); Paulo Gaúcho e Fábio (Paulinho).
Técnico: Donga

Gauchão 1992 – 1ª Fase
Data: 22 de agosto de 1992, sábado
Local: Estádio Olimpico, em Porto Alegre, RS
Público: 6.409 pagantes
Renda: Cr$ 20.721.000,00
Arbitragem: Jorge Schaeffer, com Luis Augusto Muhle e Orlando Sturn.
Cartões amarelo: João Marcelo (G) c Toti
Cartão vermelho: Carlos Roberto
Gols: Sérgio Oliveira, aos 16 minutos do primeiro tempo. Marquinhos,, aos oito; Jairo Lenzi,(de pênalti) aos 17 e Marcos Severo, aos 40 minutos do segundo tempo

Gauchão 2021 – Ypiranga 2×3 Grêmio

April 26, 2021

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

O pênalti que resultou no primeiro gol da partida foi mal marcado. Matheus Henrique caiu antes do jogador adversário tocar nele.

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Ypiranga 2×3 Grêmio

YPIRANGA: Paulo; Muriel, Reinaldo, Luís Eduardo e Zé Mário; Mikael, Fidélis (Revson, 32’/2ºT); Jean Silva (Silvano, 46’/2ºT), Mossoró e Caprini (Dija Baiano, 46’/2ºT); Cristiano (Quirino, 25’/2ºT)
Técnico: Júnior Rocha

GRÊMIO: Brenno; Vanderson (Rafinha, 19’/2ºT), Rodrigues, Paulo Miranda e Cortez; Thiago Santos, Matheus Henrique (Darlan, 43’/2ºT); Léo Pereira (Léo Chú, 19’/2ºT), Jean Pyerre (Lucas Silva, 29’/2ºT) e Ferreira; Diego Souza (Churín, 29’/2ºT)
Técnico: Tiago Nunes

Gauchão 2021 – Primeira Fase – 11ª Rodada
Data: 24 de abril de 2021, sábado, 21h00min
Local: Estádio Colosso da Lagoa, Erechim, RS
Árbitro: Éder Davi Zanella
Assistentes: Claiton Timm e Juarez de Mello Júnior
Cartões amarelos: Rodrigues, Vanderson e Matheus Henrique, Thiago Santos e Brenno; Caprini e Zé Mario
Cartão vermelho: Mikael (Ypiranga)
Gols: Diego Souza (de pênalti), aos 23 minutos, Léo Pereira, aos 26min, Vanderson, aos 28min do 1º tempo; Zé Mário, aos 5min, e Mossoró, aos 7min do 2º tempo

Gauchão 2020 – Grêmio 1×1 Ypiranga

July 27, 2020

https://i0.wp.com/rdgalera.com/site/wp-content/uploads/2020/07/Gr%C3%AAmio-1x1-Ypiranga-1024x683.jpg

https://imagens.ebc.com.br/62bF9xXcnpVTYSyMnJS3OeQH7Ik=/1170x700/smart/https://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/default/files/thumbnails/image/gremio_campeonato_gaucho_ypiranga.jpg?itok=I3WYcQWc

a volta do futebol com a segurança sanitária possível seria uma das formas de manter as pessoas em casa ainda pelo tempo necessário” 

Mas o futebol é uma atividade econômica e também deve ajudar animicamente pessoas que gostam deste esporte e que estão em quarentena nas suas casas

” Grêmio e Inter são patrimônios materiais, culturais e espirituais do Rio Grande do Sul. Se voltarem a jogar, darão novo ânimo à população. Darão esperança.”

As frases acima foram escritas por jornalistas que defendiam o retorno do futebol. Afirmavam, em suma, que o televisionamento dos jogos ajudaria a população a manter a quarentena e respeitar o distanciamento social.

No primeiro fim de semana de retorno do futebol no Rio Grande do Sul, o jogo do Internacional é transmitido pela TV fechada e o do Grêmio somente no pay-per-view.

Essa hipocrisia ilustra bem como hoje o futebol é um PRODUTO, e nada mais.

“Fique em casa (mas em hipótese alguma deixe pagar o Pay-Per-View)”

https://i0.wp.com/rdgalera.com/site/wp-content/uploads/2020/07/Gr%C3%AAmio-1x1-Ypiranga-2-1024x683.jpg

https://www.correiodopovo.com.br/image/policy:1.458111:1596152540/.jpg


Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kanneman e Guilherme Guedes; Lucas Silva (Luciano, 22/2ºT), Matheus Henrique; Alisson (Pepê, 22/2ºT), Jean Pyerre, Everton; Diego Souza
Técnico: Renato Portaluppi

IPIRANGA: Deivity; Muriel, Saimon, Diogo Silva, Henrique Ávila; Tárik, Clayton (Pedrinho, 39/2ºT), Zotti (Fidélis, 27/2ºT); Jean Silva (Fernandinho, 15/2ºT), Neto Pessoa, Leilson (Reinaldo Dutra, 39/2ºT)
Técnico: Paulo Henrique Marques

Gauchão 2020 – 2º Turno – 5ª Rodada
Data: 26 de julho de 2020, domingo, 11h00min
Local: CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul – RS
Árbitro: Érico Andrade
Assistentes: Michael Stanislau e Luiza Reis
Cartões amarelos: Kanemann e Zotti
Gols: Diego Souza, aos 37 minutos e Muriel, aos 43 minutos do 1º tempo

Gauchão 1970 – Grêmio 3×0 Ypiranga

July 26, 2020
1970 cp

Foto: Correio do Povo

 

No Gauchão de 1970, o Grêmio venceu o Ypiranga por 3×0, com dois gols Volmir e um de Loivo.
guaiba

GRÊMIO VENCEU UM IPIRANGA VALENTE ONTEM À NOITE NO OLÍMPICO POR 3 x O

Representado por sua equipe principal, o Grêmio Pôrto Alegrense derrotou ao Ipiranga de Erexim, ontem à noite, no Olímpico por 3 a 0. Vitória sem contestação a conquistada pelos tricolores, que somaram mais méritos do que o adversário. O Ipiranga, contudo, mereceu também aplausos, pois não se entregou nunca, lutando bravamente até o final, a par de excelente disciplina. Público reduzido assistiu ao triunfo do Grêmio, proporcionando receita de apenas 4.548,00 cruzeiros.

2 A O — O Grêmio estabeleceu uma vantagem folgada no primeiro tempo. Madrugou no marcador antes dos 5 minutos e dominou as ações. Mas apesar do predomínio não conseguia maiores soluções ofensivas, mormente depois dos 15 minutos. João Severiano jogando muito aberto pela direita, Sérgio Lopes destruindo bem, irias sem dar continuidade ofensiva com aquêle, para acionar os homens de frente — Flecha e Volmir — o onze tricolor não obtinha meios de lograr concretizar em números seu maior volume de jôgo até por volta dos 35, quando fêz 2 a 0. Enquanto isso, o Ipiranga, que foi surpreendido no início, tratava de alterar seu sistema de jogo. Inicialmente procurou jogar resguardado, mas com o tento inicial gremista, largou-se mais, procurando através Rui, Teio e, Cafuringa alterar os rumos da contenda. As incursões logradas não foram no entanto de molde a mudar em nada a vantagem gremista, que atenta na extrema defesa, conseguiu levar até o final do primeiro tempo a vantagem obtida.

3 A 0 — Para a etapa final, o Grêmio não dormiu nos 2 a 0. Tratou logo de conseguir maior folga. Alimentou a velocidade, procurando decidir logo a contenda. O ataque melhor municiado, de modo especial Volmir, começou a visitar mais seguidamente a extrema retaguarda do Ipiranga. O martelar terminou dando os frutos, com o terceiro golo, obra de Volmir, o melhor avante do tricolores. Estabelecida a boa margem, o Grêmio parou um pouco, tratando os visitantes então de procurar ir à frente, na tentativa de marcar ao menos o tendo de honra. Mas foi tudo em vão, pois mais uma, vez prevalecera a defensiva gremista, mantendo o escore. Na segunda etapa o Grêmio promoveu duas alterações, sem. maiores vantagens para o quadro. Alcindo entrou para o lado de Volmir, saindo Flecha, mas o “Bugre” durante o tempo em que estêve em campo não produziu ainda o que dêle era esperado. Sérgio Lopes foi outro que deixou o campo, cedendo lugar à Clairton, substituição que pouco influiu no rendimento da esquadra.

OS TENTOS – Loivo aos 4 minutos, cobrando falta, abriu o escore para o Grêmio, bola que ainda raspou na perna de Joãozinho. Aos 34, Volmir fêz 2 a 0. Recebeu de Sérgio Lopes e encheu o pé vencendo ao goleiro Valdir. Quando decorriam 58 minutos Volmir fechou a conta. Espinosa desceu pela direita e serviu certinho para o ponta de lança, que anotou.” (Correio do Povo, 21 de maio de 1970)

diario noticias

GRÊMIO GANHA: VOLMIR O SHOW

A grande maioria da torcida gremista, que ontem primou pela ausência no Olímpico, deixando de apoiar sua equipe predileta, perdeu de assistir a uma das mais espetaculares atuações do. avante Volmir, que voltou a confirmar sua situação de melhor avante gremista na atualidade, verdadeiro show de futebol. com suas jogadas desnorteantes e, ainda de lambuja marcando dois gols, um dos quais verdadeira obra prima. […]” (Diário de Notícias, 21 de maio de 1970)

ingressos

Gremio 3 x Ypiranga 0

GRÊMIO: Jair; Valdir Espinosa, Ari Ercílio, Beto e Jamir; Jadir (Clairton) e Sergio Lopes; Flecha (Alcindo), Joaozinho, Volmir e Loivo
Técnico: Carlos Froner

YPIRANGA: Valdir; Alvim, Mujica, Osmar (Plinio) e Claudio; Arli e Roberto; Rui, Borjao, Cafuringa e Teio.

Gauchão 1970 – 5ª Rodada – 2º Turno
Data: 20 de maio de 1970
Local: Estadio Olimpico,em Porto Alegre-RS
Renda: Cr$ 4.548,90
Juiz: Jeferson de Freitas
Auxiliares: Gomercindo Silva e João Carlos Ferrari
Gols: Loivo 4′, Volmir 34′ do 1º tempo; Volmir 13 minutos do 2.° tempo

Gauchão 2017 – Grêmio 2×0 Ypiranga

February 9, 2017

Gremio x Ypiranga
O Grêmio até levou alguns sustos, como a bola chutada no travessão por Maycon, mas ganhou bem do Ypiranga na sua estreia na temporada. Destaque para o Fernandinho, que entrou na etapa final e marcou o segundo gol.

Gremio x Ypiranga

Achei que o patch de Campeão da Copa do Brasil ficou um pouco desproporcional na camisa. Será que ele precisar ser necessariamente aplicado no peito?

Público da estreia em 2017 foi apenas o 10º melhor das primeiras partidas em casa no Gauchão desde 2000.

publico-estreia

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 2×0 Ypiranga

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Gomes (Fernandinho – 15’2ºT), Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson, Maicon, Ramiro, Douglas (Bolaños – 26’2ºT) e Pedro Rocha (Everton – 31’2ºT); Luan.
Técnico: Renato Portaluppi

YPIRANGA: Carlão; Márcio, Tairone, Carlão Farias e Vinicius; Henrique (Hadrian – 38’2ºT), Araújo, Gabriel Araújo (Éder – INT) e Diego Torres; Maycon (Kaio Wilker – 16’2ºT) e Michel.
Técnico: Carlos Moraes

01ª Rodada – 1ª Fase – Campeonato Gaúcho 2017
Data: 2 de fevereiro de 2017, quinta-feira, 21h15min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público total: 12.731 (11.505 pagantes)
Renda: R$ 412.954,00
Árbitro: Roger Goulart
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Michael Stanislau
Cartões amarelos: Maicon, Pedro Rocha, Douglas (Grêmio), Henrique, Vinicius (Ypiranga)
Gols: Henrique (contra), aos 34 minutos do primeiro tempo; Fernandinho, aos 21 minutos do segundo tempo