Sulamericana 2021 – Grêmio 1×2 LDU

July 22, 2021 by

Foto: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)

Era difícil imaginar algum sucesso do Grêmio nessa Sulamericana depois de um dos seus vice-presidentes ter dito que a competição era “a segunda divisão da Libertadores.“(algo que nem pra flauta de rival faz muito sentido) .

Assim como aconteceu na eliminação na Libertadores, o Grêmio foi muito mal ao decidir em casa e acabou sendo “surpreendido” pelo adversário.

Mas também é preciso dizer que, assim como aconteceu na Libertadores, a história poderia ser outra não fosse um erro grosseiro da arbitragem. É inacreditável o pênalti que foi marcado para a LDU.

Foto: Diego Vara (POOL/AFP)

 

Grêmio 1×2 LDU

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Vanderson, Geromel, Kannemann (Ruan, 35’/2ºT) e Cortez (Diogo Barbosa, 25’/2ºT); Bobsin e Fernando Henrique (Léo Chú, 25’/2ºT); Léo Pereira (Pinares, 18’/2ºT), Jean Pyerre e Alisson (Guilherme Azevedo, 35’/2ºT); Diego Souza
Técnico: Felipão.

LDU: Gabbarini; Perlaza, Guerra, Luis Caicedo e Ayala; Piovi e Alcivar; Zunino (Quintero, 32’/2ºT), Jhohan Julio (Cruz, 44’/2ºT) e Kevin Mercado (Villarruel, 25’/2ºT); Luis Amarilla
Técnico: Pablo Marini.

Copa Sulamericana 2021 – Oitavas de final – Jogo de volta
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS
Data: 20 de julho de 2021, terça-feira, 19h15min
Árbitro: José Argote (VEN)
Assistentes: lberto Ponte (VEN) e Pablo Llarena (URU)
VAR: Carlos Benitez (PAR)
Cartões Amarelos: Léo Pereira e Kannemann; Zunino
Gols: Diego Souza, aos 22 minutos do 1º tempo; Alcívar, aos 43 minutos do 1º tempo e Alcivar (de pênalti) aos 9 minutos do 2º tempo

Gauchão 1986 – Grêmio 1×0 Inter

July 20, 2021 by

Fonte: Livro “Gauchão: A História Ilustrada De Uma Tradição

Há exatos 35 anos o Grêmio garantia o título do Gauchão de 1986 ao vencer o Internacional, no Olímpico (1×0 com gol marcado por Osvaldo) na última rodada do quadrangular final.

Foto: Luis Avila (Placar)

Foto:  (Correio do Povo)

Foto: Luis Avila (Placar)

Foto: Luis Avila (Placar)

Foto: Roberto Santos (Correio do Povo)

 

GRÊMIO BATE INTER E CONQUISTA O BI

PORTO ALEGRE – A torcida do Grêmio fez a festa na tarde de ontem no Estádio Olímpico. O Grêmio venceu o Internacional por 1 a 0, gol de Osvaldo aos 9 minutos do segundo tempo, e conquistou o bicampeonato gaúcho. Como já é tradição em todos os Gre-Nais, a decisão foi disputada num clima de muita tensão tanto que, no final do jogo, Marcelo, do Inter, e Luis Eduardo, do Grêmio, trocaram agressões e foram expulsos pelo árbitro Carlos Rosa Martins. A renda, que não superou o recorde, somou Cz$ 730.564,00 e o público foi de 41.295 pagantes.

O Grêmio iniciou a decisão com a vantagem do empate. Entretanto, desde o início jogou em busca da vitória. O Internacional, por sua vez, linha a obrigação de vencer para ficar com o titulo. No primeiro tempo o clássico esteve muito equilibrado com as duas equipes atacando com a mesma disposição sem, no entanto, marcar.

Na fase final, o técnico Valdir Espinoza colocou Osvaldo no lugar de Caio júnior. Esta alteração foi decisiva, já que aos 9 minutos Osvaldo marcou o gol do título após completar um cruzamento de Luís Carlos. A partir daí, o Inter precisava marcar dois gols, pois o empate não servia. Numa tentativa de virar o placar, o técnico Otacílio Gonçalves colocou Tita em lugar de Balalo. Só que a alteração não deu o resultado esperado, embora Tita tivesse se empenhado bastante. Aos 30 minutos a torcida do Inter começou a deixar o Estádio Olímpico, enquanto a do Grêmio já comemorava o bicampeonato.

Aos 42 minutos, visivelmente nervoso, Marcelo empurrou Luís Eduardo, que revidou a agressão. Ambos foram expulsos. Final de jogo, os jogadores do Grêmio comemoraram a conquista dando a volta olímpica com a taça” (Jornal dos Sports, segunda-feira, 21 de julho de 1986)

 

Foto:  (Correio do Povo)

GRÊMIO: Mazaropi; Raul, Baidek, Luis Eduardo e Casemiro; China, Bonamigo e Luis Carlos Martins; Renato, Caio Júnior (Osvaldo) e Valdo
Técnico: Valdir Espinosa

INTER: Taffarel; Luis Carlos Winck, Pinga, Aloisio e Mauro Galvão; Marquinhos, Aírton e Ruben Paz; Robertinho, Marcelo e Balalo (Tita)
Técnico: Otacílio Gonçalves

Gauchão 1986 – Quadrangular Final – 2º Turno – 3ª Rodada
Data: 20 de julho de 1986, domingo, 16h00min
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre, RS
Público: 41.295 (pagantes)
Renda: Cz$ 730.574,00
Árbitro: Carlos Martins
Auxiliares: Adão Alípio Soares e Adílson da Silveira

Brasileirão 2021 – Fluminense 0x1 Grêmio

July 18, 2021 by

Foto: Lucas Merçon (Fluminense FC)

Se o moderno é jogar com dois laterais sendo pontas, então eu não vou ser moderno“.

Felipão, além de tudo, é um grande frasista.

Ele poderia ter lembrado de outra grande frase, de Otto Rehhagel (seu oponente na final da Eurocopa de 2004) que foi mais direto: “Moderno é quando se ganha“.

A verdade é que o jogo, em si, foi ruim. O Grêmio não teve uma atuação muito inspirada, mas errou pouco e soube aproveitar da situação (Fluminense pensando na Libertadores + pênalti marcado no fim da partida)

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Foto: Lucas Merçon (Fluminense FC)

 

Fluminense 0x1 Grêmio


FLUMINENSE: Muriel, Calegari, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Wellington (Yago Felipe – 24’/2ºT), Martinelli e Ganso (John Kennedy – 24’/2ºT); Luiz Henrique (Lucca – 30’/2ºT), Gabriel Teixeira (Cazares – 30’/2ºT) e Abel Hernández (Matheus Martins – 24’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Vanderson, Geromel, Kannemann e Cortez; Fernando Henrique, Victor Bobsin, Alisson, Jean Pyerre (Pinares – 39’/2ºT) e Léo Pereira (Ruan – 50’/2ºT); Diego Souza (Ricardinho – 39’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

12ª rodada – Brasileirão 2021
Data: 17/07/2021, sábado, 21h00min
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro, RJ
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartão amarelo: Fernando Henrique, Kannemann, Jean Pyerre e Lucca
Gol: Pinares (de pênalti) aos 44 minutos do 2º tempo

Como ficaria a camisa do Grêmio no modelo usado pela Umbro no Fluminense em 2021? (E Vice-Versa)

July 17, 2021 by

Ano passado, ao fazer essa comparação entre os clubes tricolores da Umbro no Brasil, eu fiquei com a clara sensação de que a camisa do Fluminense estava muito mais bem resolvida do que a do Grêmio.

Em 2021, a camisa titular do Grêmio melhorou bastante. Tem alguns aspectos novos bem interessantes (como a gola), mas eu me incomodo muito com a posição das listras na manga (onde nenhuma delas foi centralizada na altura do ombro).

Já a camisa do Fluminense segue super tradicional, e, ao meu ver, as listras estão corretamente posicionadas na manga.

 

De tal modo acho que cabe fazer algumas simulações de como ficaria a camisa do Grêmio nesse modelo do Fluminense.

Na imagem abaixo fiz as duas com a listra azul centralizada. Na simulação da direita eu alterei a ordem das cores nas mangas (me pareceu mais interessante o resultado).

 

Simulações com base no kit para FM disponibilizado em: https://sortitoutsi.net/content/177/ss09-13-template-thread?page=45#comment_638521

 

Simulações com base no kit para FM disponibilizado em: https://sortitoutsi.net/content/177/ss09-13-template-thread?page=45#comment_638521

 

Na imagem acima usei a listra preta centralizada. Aqui também eu acho mais interessante inverter a ordem das listras da manga.

Como bônus, ficam simulações de como ficaria a camisa do Fluminense no modelo que a Umbro usou no Grêmio.

 

Simulações com base no kit para FM disponibilizado em: https://sortitoutsi.net/content/177/ss09-13-template-thread?page=42#comment_631783

Sulamericana 2021 – LDU 0x1 Grêmio

July 17, 2021 by

 

O Grêmio precisava de uma mudança no retrospecto recente muito mais do que uma mudança de estilo.  Nesse aspecto, a vitória por 1×0 foi muito mais importante do que qualquer alteração ou evolução na forma do time jogar.

O bom do time ter voltado a ganhar é poder criticar a rouparia sem culpa. Acredito que diversas Outras combinações de calção e meias ficariam bem mais agradáveis com essa camisa azul.

Fotos: Conmebol (Twitter) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

LDU 0x1 Grêmio

LDU: Gabbarini; José Quintero (Perlaza 10’/2ºT), Guerra, Luis Caicedo e Ayala (Muñoz, 39’/2ºT); Piovi e Alcivar (Kaprof, 30’/2ºT); Zunino (Kevin Mercado, 10’/2ºT), Jhojan Julio e Billy Arce; Luis Amarilla (Reascos, 10’/2ºT)
Técnico: Pablo Marini.

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Kannemann e Cortez; Fernando Henrique e Lucas Silva (Sarará, 32’/2ºT); Léo Pereira, Jean Pyerre (Douglas Costa, 30’2ºT) e Alisson (Léo Chú, 32’/2ºT); Diego Souza  (Ricardinho, 23’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Copa Sulamericana 2021— Oitavas de Final – Jogo de Ida
Data: 13 de julho de 2021, terça-feira, 19h15min
Local: Estádio Casa Blanca em Quito, no Equador
Árbitro: Cristián Garay (CHI)
Assistentes: Claudio Rios (CHI) e Christian Schiemann (CHI)
VAR: Mario Díaz de Vivar (PAR)
Cartões amarelos: Guerra e Piovi; Alisson
Gol: Léo Pereira, aos 18 minutos do 1º tempo

Brasileirão 2021 – Grêmio 0x0 Inter

July 11, 2021 by

Foto: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)

Uma boa notícia do jogo foi que o jovem goleiro Chapecó saiu-se muito bem e foi o melhor jogador em campo. Uma má notícia é que o Grêmio precisava ganhar e o seu goleiro foi o melhor jogador em campo.

Essa aplicação do patrocínio do Banrisul ficou muito ruim. A marca já estava demasiadamente grande antes e a frase inserida abaixo ficou praticamente ilegível.

Foto: Eduardo Moura (Globo Esporte)

Foto: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)

Foto: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)

Foto: Lucas Uebel (Grêmio FBPA)


Grêmio 0x0 Inter

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Rafinha (Vanderson, 29’/2ºT), Geromel, Kannemann e Cortez; Fernando Henrique e Victor Bobsin; Alisson, Douglas Costa (Jean Pyerre, 21’/2ºT) e Ferreira (Léo Pereira, INT.); Diego Souza (Ricardinho, 21’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

INTER: Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés (Paulo Victor, 20’/2ºT); Rodrigo Dourado; Edenilson (Johnny, 27’/2ºT), Taison (Boschilia, intervalo), Caio Vidal (Thiago Galhardo, 20’/2ºT) e Patrick; Yuri Alberto
Técnico: Diego Aguirre

11ª Rodada – Brasileirão 2021
Data: 10 de julho de 2021, sábado, 16h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (FIFA – SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques (SP)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
Cartões Amarelos: Victor Bobsin; Bruno Méndez, Rodrigo Dourado

Brasileirão 1991 – Grêmio 0x0 Inter

July 10, 2021 by

Foto: Valdir Friolin (Zero Hora) / Fonte: Súmulas -Tchê

 

As grandes atrações deste Gre-Nal estavam do lado vermelho.  Lima faria sua estreia como centroavante do Inter e Cuca enfrentaria o Grêmio pela primeira vez usando a camiseta colorada. De certa maneira essa contratações do Inter eram vista como uma espécie de troco ao Grêmio, que havia contratado os ex-colorados Nilson e Maurício na temporada anterior. Neste partida nenhum desses atletas conseguiu se destacar e o placar não saiu do zero.

Vale lembrar que além dos citados acima, outros envolvidos na partida tinha ou acabaram tendo passagens pelos dois clubes. A começar pelos treinadores (tanto o Jornal do Brasil como o Jornal dos Sports equivocadamente identificam Cládio Duarte como técnico do Inter), além de Bonamigo, Chiquinho, Luis Carlos Winck e João Antônio

Outra curiosidade é que o jogo foi marcado para uma segunda-feira à noite, em virtude do televisionamento pela Bandeirantes (que deixava de fora do estado do RS, no Jornal Folha de Hoje, de Caxias, o colunista Alfeu de Oliveira relata ter assistido ao “Gre-Nal através da antena parabólica“)

 

Foto: Paulo Franken (Zero Hora) / Fonte: Súmulas -Tchê

 

“A TORCIDA BEM QUE MERECIA UM CLÁSSICO DE MELHOR QUALIDADE
O maior destaque do Gre-Nal foi mesmo o público que lotou o Olímpico, mas o 0 a 0 não agradou ninguém. Juiz prejudicou o Inter

Um erro da arbitragem tirou do Inter a chance de vencer o Gre-Nal de ontem à noite. Foi 0 x 0, mas Lima teve um gol anulado ao receber passe de Cuca e o auxiliar Clodoaldo Oliveira marcou impedimento antes mesmo do chute certeiro do atacante, sendo endossado por Luiz Cunha Martins. Os torcedores não gostaram de um clássico que prometia muito brilho,- mas acabou opaco.

Luis Carlos cruzou, Lima bateu forte, mas Sidmar fez a defesa. Eram apenas quatro minutos e o Gre-Nal das estrelas ameaçou ser sensacional, Mas, afora urna cabeçada de Vilson, aos 34 minutos, depois da cobrança de um escanteio, o primeiro tempo foi decepcionante. Foi um jogo truncado, com muitos lances violentos e pouca inspiração, Destacou-se quem transpirou mais, caso de Darci, responsável pela condução de bola rio time gremista e Winck no apoio. A marcação superou ao resto e os goleiros não tiveram trabalho. A maior prova disso é que Maizena só tocou na bola no final, defendendo um cruzamento de Donizete,

No segundo tempo, o Grêmio foi quem ameaçou primeiro com um chute de João Antônio defendido por Maizena e o Inter chegou a marcar, aos sete, por Lima, em lance erradamente anulado pela arbitragem. Winck bateu farte em China que saiu e o jogo ameaçou melhorar. Eram 15 minutos.

Lima deixou o campo aos 22 minutos, mas o Inter ameaçou duas vezes: por Simão e por Hamilton, quando Sidmar brilhou. O Grêmio respondeu no final na saída errada de Maizena. Nilson cabeceou e a bota só não entrou pois Márcio Santos salvou. Helcinho entrou no final, mas não teve tempo de mostrar seu futebol.” (José Evaristo Villalobos, Zero Hora, terça-feira, 19 de fevereiro de 1991 / Fonte: Súmulas -Tchê)

 

Foto: Folha de Hoje

 

GRENAL É JOGO VIOLENTO QUE ACABA EM 0 A 0

PORTO ALEGRE — Alta tensão e baixo nível técnico impediram que Grêmio e Internacional saíssem do empate em 0X0, ontem, a noite, no Estádio Olímpico. Um jogo muito disputado no meio de campo e quase nulo em ações de ataque tornou-se, muitas vezes, violento e terminou com nove jogadores punidos com cartão amarelo, sendo cinco do Internacional. Terminado o jogo, o juiz Luiz Cunha, Martins quase foi agredido pelo técnico do lnter, Cláudio Duarte.

O goleiro Sidmar, do Grêmio, fez uma 1 defesa importante, aos 3 minutos de jogo e Maizena, do Internacional, fez sua primeira defesa já nos acréscimos do primeiro tempo. Isto, praticamente, resumiu o que houve de ofensivo e emocionante, na primeira etapa, para uma torcida que lotou as instalações disponíveis do estádio — uma parte das arquibancadas está interditada, por medida de segurança. O jogo já se anunciava violento, e Vilson e João Antônio do Grêmio, e Ricardo, do lnter, receberam cartão amarelo.

Logo no início do segundo tempo Maizena defendeu dois chutes perigosos do Grêmio, aos 3 e aos 18 minutos, e logo o jogo voltaria à monotonia de jogadas brutais no meio de campo.” (Jornal do Brasil, terça-feira, 19 de fevereiro de 1991)

 

Foto: Folha de Hoje

 

GRE-NAL ACABA EMPATADO EM JOGO DISPUTADO

Porto Alegre – A tradição do futebol gaúcho foi confirmada ontem no Estádio Olímpico. Grêmio e Internacional fizeram uma partida bastante disputada com uma forte marcação no meio-de-campo, o que dificultou a ação dos atacantes de ambos os times. Assim o jogo só poderia terminar sem gols. Desde o início, as duas equipes fizeram uma forte marcação no meio-de-campo, característico do futebol gaúcho. No entanto, as faltas violentas foram muitas o que obrigou o juiz Luís C nha Martins a distribuir cinco cartões amarelos, para Vilson. Ricardo, João Marcelo, Lima e João Antônio. No segundo tempo, nada mudou e o árbitro advertiu mais três jogadores – Luís Carlos Winck, Alex e Célio. No final, o técnico do Internacional, Cláudio Duarte tentou agredir o juiz”. (Jornal dos Sports, terça-feira, 19 de fevereiro de 1991)

 

Foto: Luiz Gonçalves (Zero Hora) / Fonte: Súmulas -Tchê

Foto: Valdir Friolin (Zero Hora) / Fonte: Súmulas -Tchê


GRÊMIO: Sidmar; Chiquinho, João Marcelo, Vílson e China (Marquinho); João Antônio, Donizete, Assis e Darci; Maurício e Nílson
Técnico: Cláudio Duarte

INTER: Maizena, Luiz Carlos Winck, Célio Silva, Márcio Santos, Ricardo; Simão, Júlio, Paulinho Criciúma, Cuca; Aléx Rossi (Hélcinho) e Lima (Hamílton)
Técnico: Ênio Andrade

Brasileirão 1991 – Primeira Fase – 3ª Rodada
Data: 18 de fevereiro de 1991, segunda-feira, 21h30min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre, RS
Público: 45.276 pagantes
Renda: Cr$ 51.448.500,00
Juiz: Luiz Cunha Martins
Auxiliares: Clodoaldo Ramon Jesus Oliveira e Gilberto dos Santos Cardoso
Cartões Amarelos: João Marcelo, Vílson, João Antônio, Luiz Carlos Winck, Célio Silva, Ricardo, Aléx Rossi, Lima

Brasileirão 2021 – Palmeiras 2×0 Grêmio

July 8, 2021 by

Não há muita análise a se fazer dessa partida que não seja enfatizar que o time que ainda não venceu e está na lanterna do campeonato tomou um gol com quinze SEGUNDOS de partida.

Tá certo que o treinador era interino, mas não deu pra entender muito bem essa ideia de começar o jogo com dois laterais direito para sacar os dois no intervalo.

Foto: Cesar Greco (S.E. Palmeiras)

Foto: Cesar Greco (S.E. Palmeiras)

Palmeiras 2×0 Grêmio

PALMEIRAS: Jailson; Gabriel Menino (Mayke, 31’/2ºT), Luan, Gustavo Gómez e Viña; Danilo, Zé Rafael (Felipe Melo, 33’/2ºT); Raphael Veiga; Gustavo Scarpa (Patrick de Paula, 31’/2ºT), Wesley (Breno Lopes, 19’/2ºT); Rony (Deyverson, 24’/2ºT)
Técnico: Abel Ferreira

GRÊMIO: Brenno; Rafinha (Ruan, intervalo), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa (Alisson, 35’/2ºT); Victor Bobsin (Jean Pyerre, 31’/2ºT), Matheus Henrique; Vanderson (Léo Pereira, intervalo), Douglas Costa e Ferreira; Diego Souza (Ricardinho, intervalo)
Técnico: Thiago Gomes (interino)

10ª Rodada – Brasileirão 2021
Data: 07 de julho de 2021, quarta-feira, 19h00min
Local: Allianz Parque, em São Paulo, SP
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: Gabriel Menino, Danilo; Thiago Gomes, Matheus Henrique, Vanderson
Gols: Raphael Veiga, aos 15 segundos e Gabriel Menino, aos 16 minutos do 1º tempo

Brasileirão 2021 – Grêmio 0x1 Atlético Goianiense

July 6, 2021 by

Esse ultimato dado ao técnico Tiago Nunes não fazia lá muito sentido: Se o Grêmio fizesse péssima apresentação, mas por puro acaso vencesse a partida, ele permaneceria? E se o time tivesse uma atuação magnífica, mas não somasse três pontos, ele cairia mesmo assim?

Agora essas perguntas não fazem lá muito sentido, porque o Grêmio teve desempenho ruim e resultado negativo. A única novidade que o time apresentou foi uma maior troca de posições entre Douglas Costa e Ferreirinha durante a partida. Mesmo assim o tricolor produziu pouco. A melhor jogada foi um voleio de Geromel.

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 0x1 Atlético Goianiense

GRÊMIO: Brenno; Rafinha (Vanderson, 41’/2ºT), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa (Léo Chú, 32’2/2ºT); Victor Bobsin (Darlan, 41’/2ºT) e Matheus Henrique (Ricardinho, 18’/2ºT); Douglas Costa, Jean Pyerre e Ferreira (Alisson, 18’/2ºT); Diego Souza
 Técnico: Tiago Nunes

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu, Oliveira, Eder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas, André Luis (Arnaldo, 32’/2ºT), Gabriel Baralhas e Arthur Gomes (Pablo Dyego, 42’/2ºT); Lucão (Zé Roberto, 26’/2ºT)
Técnico: Eduardo Barroca

9ª Rodada – Brasileirão 2021
Data: 4 de julho de 2021, domingo, 20h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre, RS
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Cartões amarelos: Bobsin, Kannemann e Vanderson
Gol: Lucão, aos 9 minutos do 2º tempo

Brasileirão 2021 – Juventude 2×0 Grêmio

July 2, 2021 by

 

O Grêmio apresentou muito pouco nesse jogo contra o Juventude. O goleiro Marcelo Carné praticamente não foi exigido. Douglas Costa foi o jogador com maior lucidez nas poucas jogadas ofensivas do Grêmio mas ele aparenta ainda estar longe da sua melhor condição física/ritmo (está “sem embocadura”, como diriam os mais antigos).

Acho pouco coerente o Presidente do clube publicar um vídeo pedindo união para poucas horas depois um de seus vices se valer da expressão “torcedor comum” para justificar uma suposta incompreensão do trabalho apresentado pelo treinador. Essa expressão é, na melhor das hipóteses, desagregadora (não é necessário fazer uma interpretação “maldosa” para considerar esse termo como “pejorativo”).

No dia 22 de abril a temperatura em Porto Alegre nunca esteve abaixo dos 20º C durante o jogo Grêmio x La Equidad. Jean Pyerre atuou naquela partida com uma malha de manga longa por baixo da camisa de manga curta. No Jaconi, com a temperatura se aproximando do 0ºC, ele atuou de manga curta, sem malha. Dificil de entender, por mais que se considere que a sensação de frio varia de pessoa pra pessoa, dia pra dia.

Fotos: Arthur Dallegrave (E.C.Juventude)

Juventude 2×0 Grêmio

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Michel, Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Elton (Cleberson, 31’/2ºT); Wescley (Fernando Pacheco, 31’/2ºT), Guilherme Castilho, Matheus Jesus (Marcos Vinicos, 21’/2ºT) e Paulinho Boia (Chico, 21’/2ºT); Matheus Peixoto (Didi, 44’/2ºT)
Técnico: Marquinhos Santos

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Rafinha (Vanderson, 32’/2ºT), Paulo Miranda, Geromel e Diogo Barbosa (Léo Pereira, 40’2ºT); Victor Bobsin; Douglas Costa, Darlan (Jean Pyerre, intervalo), Matheus Henrique (Luiz Fernando, 32’/2ºT) e Ferreira; Diego Souza (Ricardinho, intervalo)
Técnico: Tiago Nunes

Brasileirão 2021 – 8ª Rodada
Data: 30 de junho de 2021, quarta-feira, 21h30min
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, RS
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Evandro Melo de Lima (SP)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Elton, Chico e Vitor Mendes(Juventude)
Gols: Paulinho Bóia, aos 27 minutos do 1º tempo; Matheus Peixoto, aos 37 minutos do 2º tempo