Brasileirão 2017 – Atlético-PR 0x2 Grêmio

May 22, 2017

2017 atletico pr Fernando Freire GE

O Grêmio teve mais uma atuação sólida e ganhou o seu segundo jogo no Brasileirão 2017. Contra o Atlético Paranaense, o maior mérito do tricolor foi ter paciência para esperar o erro o adversário. E isso só foi acontecer depois de uma primeira etapa modorrenta. No primeiro minuto do segundo tempo, Luan apareceu dentro da área para aproveitar uma bola que escapou de Barrios (1×0). 12 minutos mais tarde o centroavante gremista não desperdiçou o cruzamento de Ramiro e marcou o 2×0.

Achei a cera do Marcelo Grohe demasiada e, sobretudo, desnecessária. O Atlético estava longe de exercer uma pressão insuportável sobre  a defesa do Grêmio. Ainda assim, acho um absurdo que um atleta seja expulso de campo sem cometer uma única falta. O cartão amarelo não pode ser a única ferramenta do árbitro para zelar pelo bom andamento da partida. Ademais, fica a pergunta: Qual o melhor remédio para combater a cera? Mostrar cartão ou dar o devido tempo de acréscimo? O juiz da partida em Curitiba deu cinco minutos de acréscimos no segundo tempo, pouco tempo além da média de acréscimos no segundo tempo dos jogos do Brasileirão 2017 disputados até aqui (3,9 minutos em 19 jogos. 3,6 minutos na 1ª rodada e 4,2 minutos na 2ª rodada)

Fique na dúvida se o gol do Barrios foi de calcanhar (ou se foi um toque consciente de calcanhar). De qualquer forma o paraguaio está com um aproveitamento espetacular.

Vi o Grêmio num 4-4-2 mais fixo, com os jogadores mais “presos” ao seu posicionamentos iniciais. Michel e Arthur atuaram praticamente na mesma linha. Funcionou bem.

2017 atletico pr Geraldo Bubniak lance b Fotos: Fernando Freire (Globo Esporte) e Geraldo Bubniak (Lance)

Atlético-PR 0x2 Grêmio

ATLÉTICO PARANAENSE: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidicley; Otávio, Matheus Rossetto, Carlos Alberto (Guilherme, 18’2°T), Nikão e Pablo (Douglas Coutinho, 10’2°T); Eduardo da Silva (Grafite, 18’2°T)
Técnico: Paulo Autuori

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Ramiro, Michel, Arthur (Rafael Thyere,42’2°T) e Luan; Pedro Rocha (Jaílson, 35’2°T) e Lucas Barrios (Léo, 30’2°T)
Técnico: Renato Portaluppi.

02ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 21/5/2017, domingo, 16h00min
Local: Arena da Baixada, em Curitiba-PR
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Público: 19.483 (17.244 pagantes)
Renda: R$ 381.490,00
Cartões amarelos: Thiago Heleno e Weverton; Barrios, Ramiro e Marcelo Grohe
Cartão Vermelho: Marcelo Grohe, 29’2°T (GRE)
Gols: Luan a 1 minuto e Barrios aos 13 minutos do segundo tempo

Copa do Brasil 2017 – Grêmio 3×1 Fluminense

May 18, 2017

2017 gremio 3x1 fluminense uebel

O Grêmio repetiu a boa atuação que teve na estreia do Brasileirão e também iniciou vencendo na Copa do Brasil 2017. O Fluminense inaugurou o placar logo aos 5 minutos, quando a defesa gremista permitiu que Renato Chaves subisse sozinho para completar de cabeça o escanteio batido por Marcos Junior (pra mim não ficou claro se a falha de marcação foi de Geromel ou de Michel). Apesar do revés, o Grêmio não se abalou e foi buscar a vitória. Arthur empatou a partida aos 13 minutos, numa jogada iniciada em um tabela com Luan que terminou com o volante driblando Diego Cavalieri antes de empurrar a bola pro fundo do gol. Apesar de já controlar o jogo desde o primeiro tempo, o tricolor gaúcho só foi chegar aos gols da virada na etapa final. Aos 19 minutos, Barrios apareceu no segundo pau para aproveitar a bola desviada por Kannemann no primeiro pau (uma jogada muito parecida com a do gol marcado contra o Iquique no Chile) e aos 25 minutos o Paraguaio voltou a marcar, aproveitando passe dado por Cortez (que fez sua melhor atuação com a camisa do Grêmio).

Arthur vem se firmando e isso talvez explique as duas últimas boas atuações do Grêmio. O avanço dele, somado ao recuo do Luan (tal como aconteceu no lance do primeiro gol) traz uma dinâmica ao sistema de jogo do Grêmio, que alterna de um 4-4-2 (ou 4-2-3-1)  para um 4-1-4-1.
2017 Gremio 3x1 Fluminense Dado Moura Globo Esporteb

O público de ontem esteve próximo da média de outras partidas semelhantes (na mesma competição, na mesma fase, contra o mesmo adversário). Até aí tudo bem. Mas pode esse público ser considerado razoável para a estreia do campeão na competição, para o início da defesa do título?

Me pareceu equivocada promoção feita pelo Grêmio/Arena. Mais uma vez o sócio-torcedor e o sócio da arquibancada foram excluídos dos benefícios. Na imensa maioria dos setores o sócio-torcedor pagava mais pelo ingresso do que um acompanhante de sócio.

O Grêmio estreou na sua quinta competição do ano e ainda não usou o calção preto da coleção 2017.
2017 gremio 3x1 fluminense ffc
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net), Dado Moura (Globo Esporte) e Nelson Perez (Fluminense FC)

Grêmio 3×1 Fluminense

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur (Fernandinho, 42’/2ºT), Ramiro; Pedro Rocha (Everton, 16’/2ºT), Luan e Lucas Barrios (Jaílson, 36’/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Renato, Renato Chaves, Henrique e Léo; Pierre (Gustavo Scarpa, 33’/2ºT), Wendel e Sornoza; Richarlison (Maranhão, 32’/2ºT),Marcos Junior (Calazans, 38’/2ºT) e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga

Copa do Brasil 2017 – Oitavas de final – jogo de ida
​Data: 17/5/2017, quarta-feira, às 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 22.788 (20.836 pagantes)
Renda: R$ 496.703,00
Árbitro: Dewson Freitas da Silva (FIFA/PA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Bruno Boschillia (FIFA/PR)
Cartões amarelos: Fernandinho; Renato, Scarpa, Henrique, Henrique Dourado e Sornoza
Gols: Renato Chaves, aos 5 minutos e Arthur, aos 13 minutos do primeiro tempo; Lucas Barrios, aos 19 e aos 25 minutos do segundo tempo

Taça Brasil 1960 – Grêmio 1×0 Fluminense

May 17, 2017

IMG_0139

Em 12 de outubro de 1960, Grêmio e Fluminense fizeram o primeiro jogo das quartas de final da Taça Brasil daquele ano.

Elton marcou o gol da vitória gremista. O Diário de Notícias considerou “sensacional e justa, sob todos os aspectos, a vitória do onze tetracampeão do Rio Grande do Sul“. Já João Saldanha, que estreará como cronista esportivo na Rádio Guanabara após três anos como treinador do Botafogo, afirmou que o placar foi “por demais injusto” para o Grêmio que mereceu “fazer, pelo menos, três gols

IMG_0138MATERIA1960 chamada gremio fluminense radio farroupilha1960 FLUMINESE ELTON

Fonte: Diário de Notícias

Grêmio 1×0 Fluminense

GREMIO: Suli; Figueiró, Airton, Ênio Rodrigues e Ortunho; Elton e Milton; Marino, Gessi, Juarez e Vieira
Técnico: Foguinho

FLUMINENSE: Castilho; Jair Marinho, Pinheiro, Clóvis e Altair; Edmílson e Paulinho; Maurinho, Telê, Valdo e Escurinho.
Técnico: Zezé Moreira

Taça Brasil 1960 – Quartas de Final – Jogo de ida
Data: 12 de outubro de 1960
Local: Estádio Olímpico
Renda: Cr$ 1.520.000,00
Árbitro: Eunápio de Queiroz – RJ
Auxiliares: Laje Filho e Gonçalves da Silva
Gol: Elton, aos 18 minutos do primeiro tempo

Brasileirão 2017 – Grêmio 2×0 Botafogo

May 16, 2017

botafogo casa 2017

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira (Marcelo Oliveira); Michel, Arthur (Gastón Fernández); Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios (Jaílson)
Técnico: Renato Portaluppi

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Igor Rabello, Marcelo, Emerson Santos e Victor Luiz; Airton (Gilson), Bruno Silva, Camilo (Guilherme), Pimpão e João Paulo; Roger
Técnico: Jair Ventura

01ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 14/05/2017, domingo, às 19h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Público: 20.289 pessoas (18.552 pagantes)
Renda: R$ 679.923,00
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (FIFA/SC) e Neuza Inês Back (FIFA/SC)
Cartões amarelos: Ramiro (GRE); Marcelo, Rodrigo Pimpão, Bruno Silva, Emerson Santos, João Paulo
Gols: Ramiro, aos 46 minutos do primeiro tempo; Ramiro, aos 9 minutos do segundo tempo

Libertadores 2017 – D.Iquique 2×1 Grêmio

May 4, 2017

2017 Libertadores Iquique 2x1 Gremio La tercera

O Grêmio fez sua pior apresentação na Libertadores 2017 e foi derrotado pela primeira vez na competição. A atuação do juiz talvez explique o resultado, mas de forma alguma explica a apatia da equipe tricolor no Chile.

Barrios abriu o placar aos 19 minutos do primeiro tempo, aproveitando uma bola desviada no primeiro pau por Kanneman após uma cobrança de escanteio. Contudo, cinco minutos mais tarde o árbitro marcou um pênalti numa jogada em que Ramiro, na pior das hipóteses, jogou “de maneira perigosa“. Biekiewicz converteu a cobrança e o Grêmio não se achou mais em campo.

O Iquique virou a partida no início do segundo tempo, numa falta cobrada por Torres. Marcelo Grohe poderia ter chegado na bola, mas é válido lembrar que ele não foi ajudado por sua barreira, que não saltou para cortar o chute. Depois disso, mesmo com as mudanças feitas, o Grêmio praticamente não teve oportunidade de empatar o jogo.
33595267944_ad14f6ceba_k34306065931_e5e49a0ea5_k

Entendo a escolha de Renato por escalar Michel e Jaílson como volantes. Mas ontem a equipe como um todo teve pouquíssima mobilidade. Pedro Rocha ficou sempre longe de gol e Ramiro pouco apareceu pela ponta direita. Barrios ficou demasiadamente isolado na frente e não se viu a movimentação entre os homens de frente que costuma marcar as boas atuações desse time do Grêmio.

Não entendi porque o Grêmio não usou o fardamento reserva completo. A meia branca, com os calções e camisas azuis, ao meu ver, reforça a sensação de cópia do Manchester City.

Sigo sem entender porque Everton recebe menos tempo de jogo do que o Fernandinho.

O maior indício da má vontade do juiz pode ser visto na questão da distribuição dos cartões amarelos. O Grêmio recebeu cinco, tendo feito oito faltas. Já o Iquique só recebeu uma advertência, mesmo fazendo 16 faltas.
2017 Libertadores Iquique 2x1 Gremio dado moura globo esporte2017 Libertadores Iquique 2x1 Gremio dado moura globo esporte 2

Fotos: La Tercera, Lucas Uebel (Grêmio.net) e Dado Moura (Globo Esporte)

Deportes Iquique 2×1 Grêmio

DEPORTES IQUIQUE: Cortéz; Moreno, Guerrero, Zenteno e D’Ávila; Caroca, Riquero (Álvaro Ramos, 35’/2ºT), Farías, Diego Torres e Reynero (Luis Bustamante, 20’/2ºT); Bielkiewicz
Técnico: Jaime Vera.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel (Everton, 40’/2ºT), Jailson (Fernandinho, 8’/2ºT); Ramiro, Luan e Pedro Rocha (Arthur, 20’/2ºT); Lucas Barrios
Técnico: Renato Portaluppi

Libertadores 2017 – Grupo 8 – 5ª Rodada
Data: 3/5/2017, quarta-feira, 19h30min
Local: Zorros del Desierto, Calama, Chile
Público: 2.962 pessoas
Árbitro: Germán Delfino (FIFA-ARG)
Auxiliares: Diego Bonfa (FIFA-ARG) e Ariel Scime (FIFA-ARG)
Cartões amarelos: Moreno; Ramiro, Kannemann, Pedro Rocha, Geromel, M.Grohe.
Cartões vermelhos: Ramiro, 46’/2ºT (GRE)
Gols: Lucas Barrios, aos 19 minutos do primeiro tempo; Biekiewicz (de pênalti) aos 23 minutos do primeiro tempo; Torres, aos 3 minutos do segundo tempo

Média de Público do Grêmio no Gauchão

May 2, 2017

media publico gauchao 2017 2007

Na comparação imediata com a temporada anterior, a média de público do Grêmio no Gauchão aumentou. Contudo, é importante lembrar que em 2016 o tricolor fez um jogo como mandante no Estádio do Vale em Novo Hamburgo, de modo que se considerássemos somente os jogos disputados na Arena, haveria uma ligeira queda  em 2017 (15.518 pagantes em 2016 contra 15.143 pagantes nesse ano).

Libertadores 2017 – Grêmio 4×1 Guaraní-PAR

April 28, 2017

IMG_8541IMG_8542IMG_8543
O Grêmio voltou a usar seu time titular na Libertadores e voltou a vencer. Destaque para Lucas Barrios, que justificou a confiança dada pelo treinador, ao ser escalado desde o início, marcando 3 dos 4 gols da partida.

O 4×1 pode ajudar a resgatar a confiança. Por um lado o Grêmio voltou a mostrar algumas das suas virtudes, como o poder de fogo e a variação de jogadas do seu ataque. Por outro, voltou a ter problemas para controlar uma partida onde as circunstâncias lhe eram favoráveis. O time mais uma vez pareceu ter dificuldade em manter o mesmo nível de concentração e intensidade durante os 90 minutos.

Barrios abriu o placar logo aos 7 minutos, aproveitando bom cruzamento. O paraguaio voltou a marcar aos 28, aproveitando boa jogada feita pelo lado esquerdo de ataque, onde Marcelo Oliveira apareceu dentro da área para dar a assistência. A defesa tricolor se atrapalhou aos 34 minutos, quando Leo Moura acabou marcando contra numa bola erguida na área por Rolón. Aos 40, Luan desperdiçou pênalti sofrido por Arthur, mas aos 48, Geromel teve liberdade para se movimentar na área e marcar de cabeça, após escanteio cobrado por Léo Moura.

No segundo tempo, mesmo jogando com um jogador a mais (Camacho foi expulso no final da primeira etapa), o Grêmio custou a liquidar o jogo. O quarto gol só saiu aos 31 minutos, quando Lincoln (que havia ingressado no lugar de Luan) deu bom passe para Barrios marcar o seu terceiro gol da noite.

IMG_8573aIMG_8574

Gostei e concordei com a explicação dada por Renato pela escolha de Jaílson como titular (maior poder de marcação e maior altura). Foi uma das poucas vezes que o treinador deu uma explicação técnica/tática para uma pergunta feita na coletiva. Normalmente ele opta por falar em controle, confiança e estado anímico dos atletas (o que não é um tema que me interessa tanto).

Estranhamente o time do Grêmio ainda não usou o calção preto da nova coleção.

Público de ontem (21.300/19.184 pagantes) foi o menor do Grêmio em jogo de Libertadores desde partida contra o Bolívar em 13 de março de 2003. É lamentável que tenha se repetido os altos preços dos ingressos do primeiro jogo contra o D. Iquique.

IMG_8578

IMG_8537aIMG_8537b

Grêmio 4×1 Guaraní-PAR

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson, Ramiro, Luan (Lincoln, 26/2ºT), Bolaños (Arthur, 13/1ºT) e Pedro Rocha; Lucas Barrios (Everton, 34/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi.

GUARANÍ: Alfredo Aguilar; Carlos Rolon, Nery Bareiro, Luis Cabral e Tomas Bartomeus; Marcelo Palau, Wilson Pittoni(Martínez, 38’/2ºT), Juan Aguilar e Antonio Marin; (Contrera, int.) Epifanio Garcia e Nestor Camacho (V).
Técnico: Daniel Garnero

Libertadores 2017 – Grupo 8 – 4ª Rodada
Data: 27/04/2017, Quinta-feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Árbitro: Patrício Lostau – ARG
Auxiliares: Hernan Maidana e Gustavo Rossi
Público: 21.300 (19.184 pagantes)
Renda: R$ 593.856,00
Cartões amarelos: Pittoni (GUA); Arthur (GRE), Barrios (GRE);
Cartão vermelho: Camacho (GUA)
Gols: Lucas Barrios, aos 7 minutos, aos 28 minutos do primeiro tempo, Léo Moura (contra), aos 34 minutos do primeiro tempo. Pedro Geromel, aos 48 minutos do primeiro tempo e Lucas Barrios, aos 31 minutos do segundo tempo

Libertadores 1997 – Grêmio 2×1 Guaraní-PAR

April 26, 2017

penalti 1

Em 06 de maio de 1997, Grêmio e Guaraní do Paraguai se enfrentaram no Olímpico pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores daquele ano. O tricolor venceu por 2×1 no tempo normal. Paulo Nunes abriu o placar no primeiro tempo. Ovellar empatou aos 41 minutos do segundo tempo e Rodrigo Gral, já nos descontos, aproveitando um balão dado antes do meio de campo por Roger.

Como o Grêmio devolveu o placar da ida, a classificação foi decidida nos pênaltis. E foi a disputa de pênaltis mais bizarra que eu já vi no estádio (lembro claramente da corrida estranha de Rodrigo Gral antes de errar a sua cobrança). O Grêmio errou 3 das suas 5 cobranças (Dinho e Arce acertaram; Mauro Galvão, Carlos Miguel e Rodrigo Graal desperdiçaram). Mas os visitantes erraram 4 (Danrlei defendeu 2) e o tricolor avançou para as quartas.

1997 GREMIO 2x1 Guarani Jose Ernesto Correio do Povo
guarany penalty danrlei materiaIMG_0069 - CopiabIMG_0071 - Copia - CopiaIMG_0071 - Copia ccp manchetecp materiacp materia2cp materia3

 

1997 GREMIO 2x1 Guarani Elias Eberhard Correio do Povo1997-guarani-paraguai-volta pioneiro1997-guarani-paraguai-volta-ricardo-chaves-pioneiro-paulo-nunes - Copia1997-guarani-paraguai-volta-ricardo-chaves-pioneiro2
guarany penalty danrlei2 - Copiaromero b1997 GREMIO 2x1 Guarani ingressos libertadores
Fotos: Júlio Cordeiro e Valdir Friolin (Zero Hora), José Ernesto e Elias Eberhard (Correio do Povo) e Ricardo Chaves (Pioneiro)

Público: 38.112 (32.664 pagantes)
Renda: R$ 234.053,00

Gauchão 2017 – Novo Hamburgo 1×1 Grêmio (NH 7×6 nos pênaltis)

April 24, 2017

2017 Novo Hamburgo 1x1 Gremio Lucas Uebel Gremio (2)

Pelo segundo ano seguido (e pela nona vez desde 2000) o Grêmio fica de fora da final do Gauchão. O time não conseguiu sair do empate pela terceira vez que enfrentou o Novo Hamburgo nesse campeonato. Nesse jogo de volta, pela necessidade do resultado, o tricolor teve mais iniciativa, mas não se viu o “tudo ou nada” prometido na quinta-feira, quando os titulares foram poupados na Libertadores. O Grêmio ficou mais com a bola, mas criou pouco. Barrios abriu o placar aos 19 minutos do segundo tempo. Pouco depois, Julio Santos correu livre dentro da área e saltou para empatar o jogo numa cabeçada. Nos pênaltis o Grêmio errou 3 das suas 9 cobranças e foi eliminado.

Entendo que Renato tenha o hábito de não criticar o seu time publicamente (ou de fazer autocritica em público), mas mesmo assim fica muito estranho ele dizer que o Grêmio “jogou muito melhor, mas deu mole” quando os números da partida mostram que o Novo Hamburgo foi muito mais eficiente nos cruzamentos e finalizações, mesmo tendo menos posse de bola.
2017 Novo Hamburgo 1x1 Gremio Lucas Uebel Gremio (1)
Foto: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Novo Hamburgo 1×1 Grêmio

(Nos pênaltis: Novo Hamburgo 7×6 Grêmio)

NOVO HAMBURGO: Matheus; Léo, Júlio Santos, Pablo e Assis; Amaral, Renan, Preto, Juninho e Branquinho (Lucas Santos); João Paulo
Técnico: Beto Campos

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson (Lucas Barrios), Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Maicon, Ramiro, Léo Moura (Lincoln), Miller Bolaños (Arthur) e Pedro Rocha; Luan
Técnico: Renato Portaluppi

Gauchão 2017 – Semifinal – Jogo de Volta
Data: 23/04/2017, domingo, 19h00min
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo-RS
Árbitro: Jean Pierre Lima
Assistentes: José Eduardo Calza e Alexandre Kleiniche
Cartões amarelos: J. Santos, R.Ribeiro, Pablo e Preto; Ramiro, Edílson e Léo Moura
Gols: Lucas Barrios aos 19 minutos e Júlio Santos aos 28 minutos do 2º tempo
Nos pênaltis: Maicon, Lucas Barrios, Luan, Marcelo Oliveira, Ramiro e Arthur converteram. Lincoln, Pedro Rocha e Kannemann desperdiçaram; João Paulo, Léo, Pablo, Júlio Santos, Juninho, Renan e Amaral converteram. Preto e Assis desperdiçaram (Novo Hamburgo)

Libertadores 2017 – Guaraní-PAR 1×1 Grêmio

April 21, 2017

2017 Libertadores Guarani 1x1 gremio lucas uebel (4)

Foi um jogo parelho, de oportunidade para os dois lados.  O Guaraní teve mais iniciativa, mas o Grêmio nunca deixou de buscar o jogo. Os gols só saíram no segundo tempo, após a expulsão de Michel. Aos 27 minutos, o veterano Hernán Rodrigo Lopez marcou de cabeça, aproveitando erro da defesa gremista (Fernandinho não acompanhou seu marcador, fazendo com que Edilson ficasse perdido entre dois adversários) e aos 34 minutos Pedro Rocha empatou, aproveitando bom passe de Arthur. Com um pouco mais de sorte o tricolor poderia ter saído com a vitória (Barrios perdeu chances que um centrovante do renome dele não costuma perder) e com um pouco de azar poderia ter sido derrotado (Marcelo Grohe fez ao menos duas grandes defesas e o juiz anulou um gol dos mandantes em um impedimento “duvidoso), mas o 1×1 foi condizente com o que aconteceu no campo.

Um empate fora de casa na Libertadores é bom resultado. O empate,  depois de sair perdendo, é bom resultado. Empate, jogando com um jogador a menos desde os 15 do segundo tempo é bom resultado. Um empate que mantém o time na primeira posição do grupo é bom resultado. E um empate jogando com somente 2 titulares é bom resultado. Ocorre que a escalação 9 reservas foi uma escolha do Grêmio. Uma escolha estranha, uma escolha sui generis (única comparação possível na história do clube na Libertadores aconteceu em 2003, quando o Grêmio iniciou a partida contra Bolivar com apenas 4 titulares. Mas naquela ocasião o time já estava garantido na primeira posição do grupo).

Creio ser um equívoco tirar jogadores de uma partida de Libertadores para poupá-los para um confronto de Gauchão. Me parece ser um falta de visão da dimensão que essas competições possuem atualmente e uma escolha demasiadamente imediatista.  As justificativas apresentadas pelos dirigentes e pelos profissionais foram pouco claras e um tanto contraditórias. Espinosa falou que a escalação do time se daria com base em informações médicas/fisiológicas. Renato falou em “poupar para não perder ninguém” e o Presidente Romildo Bolzan Jr. falou que “a própria classificação que o Internacional obteve contra o Corinthians tenha dado uma dimensão maior” ao Gauchão. Essa última frase é a que mais me preocupa, uma vez que o Grêmio costuma se atrapalhar quando foca excessivamente no seu principal rival.

2017 Libertadores Guarani 1x1 gremio lucas uebel (3)

Pedro Rocha deu assistência contra o Zamora, sofreu pênalti contra o Iquique e fez gol ontem. Mas tem quem não queira ele de titular.

Não me parece certo que Everton seja reserva do Fernandinho. Não se levarmos em conta o que os dois já fizeram com a camisa do Grêmio e o potencial de evolução na carreira de cada um dos atletas.

Arthur fez grande partida. Não errou passe.

Eu não marcaria pênalti no lance em que Fernandinho chutou a bola na mão zagueiro do Guaraní e também não marcaria no lance em que Camacho cai na área após trombar com Thyere.

Marcelo Grohe jogou com a meia amarela de um dos seus uniformes do ano passado. Por falar em uniforme, gostei muito dessa jaqueta/capa de chuva que os reservas estavam usando (espero que seja colocada a venda. É uma peça muito útil para quem costuma ir ao campo).

2017 Libertadores Guarani 1x1 gremio lucas uebel (1)
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Guaraní 1×1 Grêmio

GUARANÍ-PAR: Alfredo Aguilar; Carlos Rolón, Nery Bareiro, Luis Cabral e Marcelo Baez; Luis De la Cruz (Bogarín), Marcelo Palau, Juan Aguilar, Hernán Novick (Rodrigo López) e Epifanio García; Néstor Camacho (Marin)
Técnico: Daniel Garnero

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere, Bressan e Bruno Cortez; Jaílson, Arthur, Michel, Fernandinho (Kaio) e Lincoln (Pedro Rocha); Lucas Barrios (Everton)
Técnico: Renato Portaluppi

Libertadores 2017 – Grupo 8 – 3ª Rodada
Data: 20/04/2017, quinta-feira, às 19h30min
Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção-PAR
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Auxiliares: Alexander Guzman e Cristian de la Cruz
Cartões amarelos: Michel, Bressan, Pedro Rocha, Marcelo Grohe (GRE)
Cartão vermelho: Michel, aos 15 do 2º tempo
Gols: Rodrigo López, aos 27 minutos do segundo tempo (GUA); Pedro Rocha, aos 34 minutos do segundo tempo (GRE)